Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2018

ATENTANDO

“Portanto, convém-nos atentar com mais diligência para as coisas que já temos ouvido, para que em tempo algum nos desviemos delas.” (Hebreus 2:1)

          Devemos observar com toda a atenção as verdades que temos ouvido e lido no Evangelho de Jesus Cristo, porque somente Ele é a salvação para todos. Não podemos nos desviar da sua Palavra, da sua Verdade, porque estaríamos nos desviando Dele, estaríamos nos desviando da Vida, estaríamos optando pela vergonha, pela desonra e morte eterna. Não podemos ficar preocupados com o bem-estar aqui, nem viver em prol deste mundo. Devemos buscar cada vez mais conhecer o Evangelho de Jesus Cristo, conhecer a sua vontade para cada um de nós. Não podemos escolher o que nos convém no Evangelho, mesmo porque não é um self-service, e sim um prato cheio, que nos alimenta e dá força para alcançarmos a vida e o descanso eterno. Temos que tomar muito cuidado com as pregações e ensinos melosos, aqueles que servem somente para agradar os homens e oferecem ape…

QUEM BATIZOU.

“E quando o Senhor entendeu que os fariseus tinham ouvido que Jesus fazia e batizava mais discípulos do que João (Ainda que Jesus mesmo não batizava, mas os seus discípulos), Deixou a Judéia, e foi outra vez para a Galiléia. E era-lhe necessário passar por Samaria. Foi, pois, a uma cidade de Samaria, chamada Sicar, junto da herdade que Jacó tinha dado a seu filho José. E estava ali a fonte de Jacó. Jesus, pois, cansado do caminho, assentou-se assim junto da fonte. Era isto quase à hora sexta.” (João 4:1-6)

          As pessoas sempre querem idolatrar alguém, elas têm necessidade de, mesmo em coisas espirituais, agirem como carnais. Vemos que as pessoas já comentavam que Jesus estava batizando mais do que João Batista, mas, na verdade, isso não importava, e sim o fato de que as pessoas estavam sendo batizadas, para Honra e Glória do Senhor. Como sempre as pessoas sempre omitem a verdade ou acrescentam alguma coisa, porque, nesse caso, falavam que Jesus estava batizando mais pessoas do q…

DOIS BARCOS

“E aconteceu que, apertando-o a multidão, para ouvir a Palavra de Deus, estava Ele junto ao lago de Genesaré; E viu estar dois barcos junto à praia do lago; e os pescadores, havendo descido deles, estavam lavando as redes.” (Lucas 5:1-2)

 Jesus estava pregando seu Evangelho como sempre fazia, mas uma multidão, uma grande quantidade de pessoas o apertava, tirando-lhe todos os movimentos. Tentando pregar o Evangelho e sem espaço para se movimentar, como estava próximo ao lago de Genesare, ou mar de Tiberíades, como também era conhecido, Ele vê dois barcos que se aproximam das margens. Os pescadores, que tinham trabalhado toda a noite, estavam retornando para casa, para a terra firme. Como sempre, os pescadores, após desembarcarem, lavam as suas redes e deixam tudo pronto para a próxima noite, a próxima jornada. Assim, esses desceram dos seus barcos e agora estavam lavando suas redes, seus instrumentos de trabalho. Veremos que esses pescadores terão uma surpresa muito grande, pois o que a…

ENTREGUES A IDOLATRIA

“E, enquanto Paulo os esperava em Atenas, o seu espírito se comovia em si mesmo, vendo a cidade tão entregue à idolatria. De sorte que disputava na sinagoga com os judeus e religiosos, e todos os dias na praça com os que se apresentavam.” (Atos 17:16-17)

         Paulo, que foi um dos maiores missionários bíblicos, tendo viajado por toda parte levando o Evangelho de Jesus Cristo a todos, chega a Atenas e se depara com a idolatria, e quando ele percebe que os atenienses eram, em sua maioria, idólatras, fica preocupado e extremamente chateado com esse fato. Então, como ele sempre fazia, começa a pregar falando de Jesus, apresentando a salvação a todos. Temos que observar que Paulo não ficava tentando agradar o povo para ouvi-lo, ou fazendo teatros, shows ou algo similar para atrair as pessoas; também não está prometendo riquezas, nem alegrias ou prosperidade, ele oferece salvação, fala do Reino de Deus. Ele faz isso debatendo, combatendo com os religiosos. Mostrava que agora viviam na Gr…

FALANDO OUTRA VEZ

“Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Eu retiro-me, e buscar-me-eis, e morrereis no vosso pecado. Para onde eu vou, não podeis vós vir.” (João 8:21)

         Jesus, falando com os judeus, dizia que ia se retirar, e eles não poderiam acompanhá-lo, e iriam morrer nos seus pecados. Jesus falava isso mostrando que Ele era a Salvação, a libertação e o perdão dos pecados, e quem não o seguisse iria padecer nos seus pecados. Em uma outra feita, Jesus disse aos seus discípulos que ia preparar lugar, os seus se reuniriam com Ele e teriam descanso. Onde Jesus está não existe lugar para pecadores, não existe a menor possibilidade de alguém que vive no pecado estar com Ele, e isto já ficou muito claro, portanto, sabemos que, se queremos seguir Jesus, se queremos ser seus discípulos, temos que abandonar todos os nossos pecados, caso contrário, morreremos neles. As pessoas têm o hábito de dizer que Deus ama os pecadores mas odeia o pecado, isso não é verdade, porque Deus ama os pecadores arrependidos,…

O PECADO E A LEI

“Que diremos pois? É a lei pecado? De modo nenhum. Mas eu não conheci o pecado senão pela lei; porque eu não conheceria a concupiscência, se a lei não dissesse: Não cobiçarás.” (Romanos 7:7)

         Vejo muitas seitas, muitas pessoas tentarem se justificar através de partes da lei, buscarem o que lhes interessa em versículos, mas esquecem que a própria lei diz que aquele que não a cumprir totalmente é maldito. Devemos procurar compreender, entender a lei, porque foi através dela que o pecado se manifestou, mas só em Jesus houve a libertação. Não que a lei seja ou tenha sido pecado, mas foi ela que nos mostrou o quanto somos pecadores, porém não mostrou como nos libertar dele, por isto veio Jesus, o Filho de Deus, que cumpriu toda a lei (foi o único) e trouxe a libertação a todos os que o aceitarem. Se não houvesse a lei que diz que é pecado cobiçar, ou que mentir é pecado, ou outra coisa, não saberíamos, mas a lei veio com a função de mostrar, de apresentar o que é pecado e determinar…

AS DÚVIDAS

“E de todos se apoderou o temor, e glorificavam a Deus, dizendo: Um grande profeta se levantou entre nós, e Deus visitou o seu povo. E correu dele está fama por toda a Judéia e por toda a terra circunvizinha. E os discípulos de João anunciaram-lhe todas estas coisas.” (Lucas 7:16-18)

         Jesus estava operando inúmeros milagres, e essas notícias chegaram até João Batista, que se encontrava preso por ordem de Herodes. Herodias, mulher do seu irmão Filipe, mãe de Salomé, tinha deixado seu marido e casado com Herodes, e porque João Batista sempre o acusava de adultério e dizia que não era lícito possuir a mulher do seu irmão, Herodias não gostava de João Batista e tudo fazia para que ele fosse preso e morto. Jesus tinha passado por Naim e lá tinha ressuscitado o filho de uma viúva. Os discípulos de João Batista foram imediatamente falar com ele sobre tudo o que o povo estava falando a respeito de Jesus, qualificando-o como um grande profeta, mas não como o Messias, não como o Filho de…

GANHAR SEM PALAVRAS

“Semelhantemente, vós, mulheres, sede sujeitas aos vossos próprios maridos; para que também, se alguns não obedecem à Palavra, pelo porte de suas mulheres sejam ganhos sem palavra; considerando a vossa vida casta, em temor.” (1 Pedro 3:1-2)

 Infelizmente, com o modernismo, as mulheres, na verdade, querem usurpar o lugar dos homens, pois estão invertendo os papéis, já que muitas acham que podem mandar em seus lares e os liderar. São muitas as mulheres que acham que elas é que devem mandar em seus maridos, eles é que devem obedecer-lhes e fazer-lhes as vontades. Conclusão: vemos muitos lares desfeitos ou em total desorganização, isto porque estão invertendo os papéis, não estão obedecendo à Palavra de Deus. A ordem natural das coisas é assim: primeiro Deus, pois todos nós, para vivermos, para desfrutarmos de paz, devemos obedecer-lhe, vivermos segundo a sua Palavra. Assim, tanto o homem quanto a mulher, se forem obedientes à Palavra de Deus, saberão que quem lidera o lar, a família, o ca…

FORTES E FRACOS

“Mas nós, que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos, e não agradar a nós mesmos.” (Romanos 15:1)

 Nós, os que nos julgamos fortes espiritualmente, devemos sempre nos julgar, nos examinar à luz do Evangelho para ver se realmente estamos fortes em Cristo e se estamos fazendo o que Ele assim determinou. Devemos nos examinar para ver se estamos cuidando das pessoas que são fracas na fé, das que têm dificuldades de se firmarem no Evangelho, apesar dos seus esforços e tentativas; se estamos cuidando das ovelhas do Senhor, e digo que isso não é só para pastores ou líderes, mas para todos nós, que fomos chamados para viver em comunhão, para todos nós que compomos a igreja de Cristo, para todos nós que achamos, imaginamos que conhecemos o Senhor, que estamos firmados no Evangelho. Temos o dever de ajudar, socorrer, orientar, ensinar a todos os que ainda não têm um entendimento completo. Se somos a igreja de Cristo, se fazemos parte da noiva do Senhor, então somos conscientes da…

CRESCIMENTO NA FÉ

“Paulo, e Silvano, e Timóteo, à igreja dos tessalonicenses, em Deus nosso Pai, e no Senhor Jesus Cristo: Graça e paz a vós da parte de Deus nosso Pai, e da do Senhor Jesus Cristo. Sempre devemos, irmãos, dar graças a Deus por vós, como é justo, porque a vossa fé cresce muitíssimo e o amor de cada um de vós aumenta de uns para com os outros.” (2 Tessalonicenses 1:1-3)

         Paulo, juntamente com mais dois pastores, escreve essa carta aos da igreja em Tessalônica, e, como sempre, inicia com a saudação cristã, abençoando e clamando a Deus pela vida deles. A bem da verdade, todos nós, cristãos, devemos sempre cumprimentar os irmãos, os da mesma fé com esse cumprimento ou essa saudação que o Senhor Jesus nos mandou, com a paz do nosso Senhor Jesus Cristo, que às vezes muda conforme a denominação, umas dizem somente a paz do Senhor, outras dizem a paz do Senhor Jesus Cristo, além de algumas que fazem como Paulo fez, dando Graça e paz. Nenhuma dessas saudações é superior ou inferior, é sim…

O REI DOS JUDEUS

“Pilatos, pois, tomou então a Jesus, e o açoitou. E os soldados, tecendo uma coroa de espinhos, lha puseram sobre a cabeça, e lhe vestiram roupa de púrpura. E diziam: Salve, Rei dos Judeus. E davam-lhe bofetadas.” (João 19:1-3)

 Pilatos tinha antes pedido para o povo escolher entre soltar, libertar Jesus ou o bandido Barrabás, e o povo gritou desesperado pedindo que soltassem o Bandido, o homicida, e que crucificassem, que matassem Jesus. Rejeitaram a vida e pediram a morte. Então Pilatos manda açoitar Jesus, isto é, deram-lhe quarenta chicotadas, ou seja, trinta e nove, menos uma, e os soldados ainda fizeram chacotas, piadas com Nosso Senhor, pois fizeram uma coroa de espinhos e colocaram em sua cabeça, e os espinhos cravaram em seu crânio. Também lhe vestiram uma roupa púrpura e faziam piadas, chamando-o de rei, cumprimentando-o, ao mesmo tempo em que lhe batiam, que lhe davam bofetadas. Submeteram Jesus a todos os tipos de humilhação, maldades, e isto sendo Ele inocente, nada tendo …

DESPERTANDO COM FÉ

“Amados, escrevo-vos agora esta segunda carta, em ambas as quais desperto com exortação o vosso ânimo sincero; para que vos lembreis das palavras que primeiramente foram ditas pelos santos profetas, e do nosso mandamento, como apóstolos do Senhor e Salvador.” (2 Pedro 3:1-2)

 Nesta segunda carta do apóstolo Pedro, ele exorta para que confiem na Palavra, na Promessa de Deus, para que fiquem firmes no que Jesus Cristo falou e prometeu a todos nós. Sim, porque a Promessa é para todos nós, e é claro que se cumprirá independentemente das nossas vontades, pois a Palavra do Senhor jamais falha. Sabemos que, milhares de anos antes de Jesus vir, Deus já tinha afirmado como Ele viria, e tudo está registrado nos profetas, nas Escrituras, assim também como Ele disse que o povo hebreu ficaria preso como escravos mais de quatrocentos anos no Egito e que depois os libertaria com seu Poder. E assim aconteceu. Tudo o que aconteceu já tinha sido revelado antes por Deus, através dos seus profetas, assim …

OS ÚLTIMOS DIAS

“Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.” (2 Timóteo 3:1)

 Paulo, há quase dois mil anos, já avisava, recomendava cuidados, porque nos últimos tempos aconteceriam muitas dificuldades e lutas para os verdadeiros cristãos. Aqui, falando através de uma carta ao jovem pastor Timóteo, ele recomenda cuidados, porque, infelizmente, muitos tentam atrapalhar a obra do Senhor. Hoje vemos isso acontecer de maneira rotineira e comum nos interiores dos templos denominados evangélicos, porque são muitos os que de maneira disfarçada ensinam heresias e pregam contra Cristo. Observamos a mudança comportamental das pessoas que se dizem religiosas, porque já aderiram aos costumes do mundo, aos hábitos mundanos, e percebemos pelas vestes, pela maneira de se portar e falar, pelas conversas, que são idênticas às dos profanos. Os que se dizem cristãos, ou evangélicos, já não aceitam mais a pregação do Evangelho puro como ele é. Querem facilidades, querem coisas e não o Senhor, …