EVANGELIZAR.

NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

OS RESSUSCITADOS

"Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus." (Colossenses 3:1)

         Temos o hábito de fazer afirmações, asseverações que somos de Cristo, que somos salvos, que somos novas criaturas, que o velho homem e/ou a velha mulher morreram e renascemos em Cristo. Mas se essas afirmações forem verdadeiras, forem verídicas, então devemos viver sempre buscando as coisas do Reino e não as do mundo, da terra, porque muitos desses que se dizem novas criaturas continuam na busca desenfreada de coisas mundanas e terrenas, coisas materiais; na verdade usam o Nome do Senhor, que é Bendito para sempre Amém, para tentar conseguir coisas daqui. Quando nos submetemos ao batismo nas águas, estamos, na verdade, nos batizando não na vida, mas na morte de Cristo. Estamos também sepultando, matando o velho homem, a velha mulher, a corrupção e a vontade da carne; temos que nos submeter ao batismo e renascer em Cristo. Se, ao passarmos pelas águas, assumimos Jesus e rejeitamos a natureza adâmica, que é carnal, e assumimos a natureza Divina, a natureza de Cristo, então temos que viver de acordo com Ele. Portanto, não podemos viver em prol de coisas materiais ou físicas, e os nossos pensamentos têm que estar voltados exclusivamente para o futuro, para a vida em Cristo, para a vida eterna. Assim, buscamos o que é do alto, e não as coisas daqui, portanto, as pessoas que vivem frequentando templos em busca de bênçãos terrenas, participando de campanhas para conseguirem isto ou aquilo, não conhecem Cristo e não vivem a vida de Cristo. Não mataram o velho ser e não nasceram de novo. Essas pessoas que só sabem fazer orações pedindo bênçãos, socorro para as suas vidas, querem livramentos, proteção aqui, mas não estão comprometidas com a vida futura, não estão preocupadas em agradar o Senhor, com certezas essas não conhecem Jesus. "Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus." (Colossenses 3:2-3). Devemos estar com os nossos pensamentos nas coisas do Reino, viver em prol de alcançarmos vida plena, e não bem-estar aqui. Tudo aqui passará, mas no lugar onde estivermos depois será decidido se estávamos vivendo aqui, ou se aqui estávamos mortos, porque os que estão vivos aqui no mundo estão mortos para o Reino. Temos que assumir a nossa morte aqui para o mundo e viver a vida de Cristo, isto é, agir segundo a sua vontade e não segundo a vontade da nossa carne, porque a carne é vontade do mundo, mas se a sepultarmos em Cristo, então viveremos Nele para todo o sempre.
 "Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com Ele em Glória." (Colossenses 3:4). Quando Jesus voltar, se manifestar, quando a Vida se manifestar, então nós também nos manifestaremos com Ele. Mas, para que isto aconteça, é necessário estarmos vivendo mortos para o mundo, porque estaremos mentindo quando afirmamos que somos mortos para o mundo, mas as nossas orações são só pedidos de bênçãos e mais bênçãos para coisas aqui neste mundo. Temos que ser sábios e examinar o Evangelho, porque veremos que em nenhum momento Jesus prometeu qualquer coisa aqui. Devemos observar que vivermos clamando ao Senhor para nos abençoar na nossa vida financeira, na saúde, na família, ou em qualquer outra área, mostra o quanto somos carnais e estamos vivos para o mundo. Se estamos mortos para o mundo, os nossos pensamentos têm que ser de acordo com a vontade de Cristo. Nossas orações têm que ser de acordo com as suas orações, e, portanto, sempre pediremos por mais crescimento espiritual, por sabedoria, por fortalecimento espiritual, e não nos preocuparemos com mais nada, uma vez que Ele, o Senhor, prometeu cuidar das demais coisas. Assim, se cremos Nele, vivemos a sua Palavra. "Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra: a fornicação, a impureza, a afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria; Pelas quais coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência; Nas quais, também, em outro tempo andastes, quando vivíeis nelas." (Colossenses 3:5-7). Devemos mortificar, matar as nossas vontades, desejos, emoções que são contrárias à Palavra de Deus, andar segundo a vontade do Senhor, andar em espírito, que é andar somente de acordo com o Evangelho. Temos de examinar se tudo o que fazemos, falamos, olhamos, pensamos se está de acordo com o Evangelho de Jesus Cristo. Andar em espírito não é andar orando ou cantando canções que falem de Deus, mas andar segundo as determinações do Senhor. Andar na contramão do mundo, porque quem já morreu para o mundo, os que já ressuscitaram em Cristo não dão valor às coisas mundanas, porque vivem em um outro patamar. São pessoas que confiam plenamente no Senhor e sabem que Ele é tudo, sabem que o seu Maná é real. Mas quando ficamos preocupados em comprar, obter, enriquecer, reinar aqui, não estamos no Senhor, não o conhecemos. Quando achamos que, por sermos cristãos, temos o direito de desfrutar do melhor aqui, que temos que reinar aqui, então estamos totalmente afastados do Senhor. "Mas agora, despojai-vos também de tudo: da ira, da cólera, da malícia, da maledicência, das palavras torpes da vossa boca. Não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do velho homem com os seus feitos, E vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou; Onde não há grego, nem judeu, circuncisão, nem incircuncisão, bárbaro, cita, servo ou livre; mas Cristo é tudo, e em todos. Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade; Suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também. E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição. E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos. A Palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando ao Senhor com graça em vosso coração. E, quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em Nome do Senhor Jesus, dando por Ele graças a Deus Pai." (Colossenses 3:8-17). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

A VOZ DO ESPÍRITO.

"Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios." (1 Timóteo 4:1)

         Percebemos como a Palavra de Deus é atual, porque o que Paulo escreveu há dois mil anos hoje é uma realidade em nosso meio. Sim, porque são muitos os que apostataram da fé e vivem uma religião, ou seita, vivem algo estranho dizendo-se servirem ao Senhor ou que estão adorando Deus, mas pelas práticas sabemos que estão, na verdade, fazendo uma espécie de adoração a demônios. Qualquer prática contrária à Palavra de Deus é algo que agrada o outro lado, o que não é luz são trevas. Pessoas estão dentro de templos que se dizem evangélicos, mas que praticam idolatrias a coisas e objetos, tais como palitos, sal, rosas, lenços, toalhas, envelopes, alianças, pulseiras e outras tantas coisas. Dançam, pulam, rolam no chão, atiram-se no chão dizendo ser ação do Espírito Santo. Pessoas vivem adorando supostos pastores, bispos e bispas, beijam pés de mulheres e colocam dinheiro; pessoas ficam jogando água, cuspindo nos outros dizendo que é unção. Há todos os tipos de loucuras, muito mais escandalosas do que centros espíritas. São profecias mentirosas, pois são contra a Palavra de Deus, uma anarquia total, cujo centro não é Cristo, mas o ser humano. São templos nos quais a diversão é garantida: shows, ajuntamentos estranhos. Observamos muita coisa acontecendo e sabemos que é simplesmente a Palavra de Deus se cumprindo, não nos assustamos porque já fomos alertados, fomos avisados de que isso aconteceria. Devemos simplesmente permanecer no Evangelho e no ensinamento de Jesus Cristo e não cair nessas ciladas, porque estão trazendo ensinamentos e doutrinas de homens completamente contra a Palavra de Deus. "Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência; Proibindo o casamento, e ordenando a abstinência dos alimentos que Deus criou para os fiéis, e para os que conhecem a verdade, a fim de usarem deles com ações de graças."1 Timóteo 4:2-3). Seitas, religiões usam o nome do Senhor, mas proíbem o que Deus autoriza e liberam e incentivam o que Ele proíbe. Assim é a questão do casamento, porque estão incentivando o divórcio e o recasamento, sendo que Deus o proibiu. Para Deus só existe um casamento, que é até que a morte os separe, porque, quando se casam, Ele une os dois. Estão pregando e ensinando uma prosperidade como se fosse de Deus, sendo que quem ofereceu riquezas a Jesus foi o diabo. Jesus disse que é mais fácil um camelo passar no fundo de uma agulha do que um rico entrar no Reino de Deus.
 "Porque toda a criatura de Deus é boa, e não há nada que rejeitar, sendo recebido com ações de graças. Porque pela Palavra de Deus e pela oração é santificada." (1 Timóteo 4:4-5). Chegam ao ponto de proibirem determinado alimento como se fosse uma proibição do Senhor. O Evangelho, a Palavra de Deus, somente nos proíbe de comer sangue e comida oferecida a ídolos, mas há muitos templos que, inclusive, levam as festas pagãs, de adorações a ídolos para dentro dos templos, e eles mesmos comem e ainda oferecem os alimentos, servem a todos os alimentos consagrados. Fazem jejuns de alguns alimentos, de redes sociais e de outras coisas, que para nada serve, uma vez que só existe uma espécie de jejum, que é o jejum total com ausência de água e alimentos. Tudo o que o Senhor fez é santo, e podemos ingerir, desfrutar, desde que não seja oferecido a ídolos. Nem mesmo comida das festas juninas que são oferecidas a santos, ou doces e balas de Cosme e Damião. Outros ainda querem viver na antiga lei proibindo a carne de porco, sendo que a Palavra de Deus nos fala que podemos comer qualquer carne, desde que não seja com sangue. O que as pessoas estão usando é parte do Antigo Testamento para justificar as suas religiões, são crendices que para nada servem, porque vivemos na Graça, vivemos em Jesus Cristo. "Propondo estas coisas aos irmãos, serás bom ministro de Jesus Cristo, criado com as palavras da fé e da boa doutrina que tens seguido." (1 Timóteo 4:6). Se queremos realmente agradar ao Senhor, então temos que ouvi-lo, temos que falar da Verdade, falar e ensinar o seu Evangelho, e não religiões. Não podemos dar ouvido a mentiras ou a espíritos enganadores, não podemos buscar simplesmente fazer a nossa vontade, mas nos curvar diante do Senhor e praticar a Bíblia. Temos que ser discípulos de Jesus, ser bons e autênticos ministradores da Palavra da Salvação. "Mas rejeita as fábulas profanas e de velhas, e exercita-te a ti mesmo em piedade; porque o exercício corporal para pouco aproveita, mas a piedade para tudo é proveitosa, tendo a promessa da vida presente e da que há de vir." (1 Timóteo 4:7-8). Devemos rejeitar tudo aquilo que contradiz o Evangelho de Jesus Cristo, porque, para alcançar o nosso objetivo, alcançar a vida, é necessária obediência a Ele. Assim, não podemos ficar tentando trazer novidades e coisas mundanas para nós, mas simplesmente nos submeter ao Senhor. Também não podemos tentar viver as histórias de Israel, porque elas já aconteceram na vida dos judeus. Nós vivemos em Jesus, na Graça, e, portanto, vivemos o Novo Testamento feito no Sangue Dele. Sejamos crentes sábios, legítimos, verdadeiros adoradores do Senhor, pessoas que o adorem em espírito e em verdade. Não sejamos enganados pela carne, e muito menos por doutrinas demoníacas, pois somos de Jesus, e não do mundo, fazemos a vontade do Senhor, e não a nossa. "Esta Palavra é fiel e digna de toda a aceitação; Porque para isto trabalhamos e somos injuriados, pois esperamos no Deus vivo, que é o Salvador de todos os homens, principalmente dos fiéis. Manda estas coisas e ensina-as. Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis, na Palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé, na pureza. Persiste em ler, exortar e ensinar, até que eu vá. Não desprezes o dom que há em ti, o qual te foi dado por profecia, com a imposição das mãos do presbitério. Medita estas coisas; ocupa-te nelas, para que o teu aproveitamento seja manifesto a todos. Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem." (1 Timóteo 4:9-16). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

terça-feira, 29 de agosto de 2017

A CURA DO COXO

"E, apegando-se o coxo, que fora curado, a Pedro e João, todo o povo correu atônito para junto deles, ao alpendre chamado de Salomão." (Atos 3:11)

         Pedro e João, quando estavam se dirigindo para o templo, depararam com um homem deficiente físico que ficava na porta do templo pedindo esmolas. Esse homem pediu esmolas, mas esses apóstolos, guiados pelo Espírito Santo, pedem a esse mendigo que olhe para eles e dizem que aquilo que Ele pede eles não têm para dar, porque não tinham dinheiro, mas tinham a cura, tinham Jesus, e em Nome do Senhor Jesus o mandam se levantar e caminhar, e assim acontece. Não sabemos a idade desse homem, mas sabemos que ele tinha nascido aleijado, pois é o que a Bíblia nos fala. Após a ordem em Nome do Senhor, ele se endireita e passa a andar e pular como se nunca tivesse tido problema algum. Temos que observar que não foi em um culto à noite que isso aconteceu, e nem em uma reunião matutina, mas as três horas da tarde, e não foi dentro do templo, mas fora, porque para o Senhor agir não tem que necessariamente ser dentro do templo, pode ser em qualquer lugar e momento. Assim como aconteceu naquele dia, ainda acontece hoje, quase dois mil anos depois, porque as pessoas ficam assustadas sem entender quando o milagre acontece. Se fossem realmente espirituais, saberiam que Jesus continua curando normalmente, e Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente."E quando Pedro viu isto, disse ao povo: Homens israelitas, por que vos maravilhais disto? Ou, por que olhais tanto para nós, como se por nossa própria virtude ou santidade fizéssemos andar este homem?" (Atos 3:12). O povo foi correndo para eles querendo elogiá-los, agradar-lhes e até mesmo adorá-los, como se eles tivessem feito alguma coisa por eles mesmos. Pedro então chama a atenção de todos e começa a explicar que não foram eles que fizeram nada, chama atenção para Jesus Cristo, que eles haviam prendido, crucificado e que tinha morrido na cruz. Hoje, quando acontece algum milagre, alguma cura através de algum pastor, o povo começa a endeusá-lo, e isso é errado, porque todos nós somos somente servos, instrumentos, ferramentas que o Senhor usa. Portanto, as pessoas têm que saber que não somos nós que fazemos alguma coisa, mas Jesus, que opera tudo em todos. Ninguém, nenhuma pessoa poderá operar qualquer milagre se não for por Jesus, quem cura, liberta, transforma é Jesus Cristo. E Ele pode usar qualquer pessoa e em qualquer lugar, portanto não podemos ficar adorando ou dependendo de ninguém, a não ser de Cristo. Por mais ungido, por mais espiritual que alguém seja, o Poder vem é do Senhor, e quem opera milagres é somente Ele, que é digno de toda adoração.
 "O Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó, o Deus de nossos pais, glorificou a seu filho Jesus, a quem vós entregastes e perante a face de Pilatos negastes, tendo ele determinado que fosse solto." (Atos 3:13). Pedro aproveita a oportunidade para chamar a atenção do povo e, ao mesmo tempo, faz uma pregação legítima, verdadeira, confrontando, exortando, admoestando, e apresenta a solução para todos, pois ele apresenta Jesus Cristo, o Salvador. E fala que o Deus da Bíblia, o Deus que eles diziam conhecer e adorar tinha enviado o seu Filho amado para os salvar, mas eles tinham escarnecido Dele, tinham perseguido, humilhado, prendido e crucificado Ele. Eles tinham escolhido um bandido, um homicida e negaram o Filho de Deus, Jesus Cristo, escolheram Barrabás e negaram Cristo. Mas o povo ainda continua o mesmo: continua negando, rejeitando Jesus e mandando soltar o bandido. As pessoas fazem isso todas as vezes em que, mesmo sabendo quem é Jesus, mesmo citando o seu Nome, que é Santo para todo o sempre Amém, continuam nos erros, nos pecados, continuam duvidando, não acreditando em sua Palavra, porque quem acredita é quem pratica, todos os desobedientes não acreditam porque, se assim fosse, teriam medo do castigo eterno, teriam medo do que Cristo fala que acontecerá aos desobedientes. Continuam na religião citando o Nome do Senhor, mas não abandonam os seus erros, porque temos assistido a coisas muito estranhas acontecerem nos interiores dos templos atuais - não somente a adoração a pastores, como adoração a objetos e a todos os tipos de heresias. "Mas vós negastes o Santo e o Justo, e pedistes que se vos desse um homem homicida. E matastes o Príncipe da vida, ao qual Deus ressuscitou dentre os mortos, do que nós somos testemunhas." (Atos 3:14-15). As escolhas erradas é que fazem com que os milagres não aconteçam em nossas vidas, porque muitos ainda teimam em praticar uma religião e assim não obedecer a Jesus, preferem seguir ritos e preceitos humanos à doutrina de Jesus Cristo. Por tal motivo, os milagres não acontecem, e quando as pessoas presenciam acontecer na vida de outras, ficam assustadas e querem adorar pessoas, adorar o pastor que foi usado por Cristo. Conclusão: acumulam erros sobre erros, porque ninguém pode fazer nada se não for o Senhor, e quando passamos a adorar alguém, estamos pecando, uma vez que o Senhor deixou claro que nada e nem ninguém é digno de nossa adoração, a não ser Ele. Não podemos esquecer que o nosso Deus é um Deus zeloso. "E pela fé no seu Nome fez o seu Nome fortalecer a este que vedes e conheceis; sim, a fé que vem por Ele, deu a este, na presença de todos vós, esta perfeita saúde." (Atos 3:16). Foi em Nome de Jesus que aquele aleijado ficou curado, ficou perfeito, não foi em nome de Pedro ou de João, mas de Jesus Cristo. Jesus deixou claro que nós faríamos milagres ainda maiores, pois Ele ia para o Pai, e o que pedisse em seu Nome com fé aconteceria. Assim, temos que saber que nada somos, e Jesus é tudo, e somos somente seus servos, instrumentos que Ele usa. Todos os que têm fé legítima no Senhor, e sendo praticantes da Palavra, podem e devem operar milagres em seu Nome, mas não podem receber os créditos, pois pertencem a Ele."E agora, irmãos, eu sei que o fizestes por ignorância, como também os vossos príncipes. Mas Deus assim cumpriu o que já dantes pela boca de todos os seus profetas havia anunciado; que o Cristo havia de padecer. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor, E envie ele a Jesus Cristo, que já dantes vos foi pregado." (Atos 3:17-20). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que os Deus abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

SENDO TARDIOS

"Portanto, meus amados irmãos, todo o homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar. Porque a ira do homem não opera a justiça de Deus." (Tiago 1:19-20)

         Nós devemos procurar colocar em prática todos os ensinamentos da Palavra de Deus para que possamos realmente ser considerados seus Filhos. Tiago recomenda a todos nós que estejamos prontos para ouvir, que estejamos sempre preparados para ouvir a Palavra de Deus. Sabemos que a fé vem pelo ouvir, mas ouvir a Palavra de Deus, e não ouvir qualquer coisa. Por isso, sempre que possível, ouçamos a Palavra de Deus; sempre que possível, meditemos no Evangelho; sempre que possível, tenhamos sempre em nossas mentes Jesus, pois Ele fala conosco quando o buscamos, porque, para ouvirmos a voz de Deus, devemos estar prontos para ouvi-la, caso contrário, não a ouviremos, ou podemos até escutá-la, mas não a entenderemos. Devemos ser tardios para falar, ou seja, pensarmos bem antes de abrirmos as nossas bocas, analisarmos tudo antes de responder a quaisquer comentários ou fazer o nosso. Temos que ouvir, compreender bem e analisar de acordo com a Palavra de Deus, para saber se devemos comentar, responder, e como responder, porque muitas vezes falamos o que não devíamos, e depois nos arrependemos, percebemos que erramos por não termos ficado calados. Principalmente, temos que aprender a dominar a nós mesmos, a dominar os nossos sentimentos, porque, na ira, falamos o que não devíamos, ofendemos, falamos palavras duras, que magoam e ferem, as quais a outra pessoa não esquecerá. Na ira se inicia uma guerra, destroem-se pessoas e a nós mesmos, porque depois pode até vir o remorso, que para nada serve a não ser para trazer sofrimento e nenhum benefício espiritualmente falando. Temos de aprender a controlar a ira, porque, quando percebemos que aconteceu ou está acontecendo algo que nos deixa irados, então é hora de nos calarmos até a ira passar. A ira traz o descontrole, que leva a ações contrárias a Deus, ao afastamento da Justiça de Deus, e Ele não age, não opera na ira. Quando colocamos esses ensinamentos em prática, percebemos que muitos problemas, situações e confusões que existem poderiam ter sido evitados se houvesse esse controle. Quando analisamos à luz do Evangelho, percebemos que muitas vezes nós fomos os principais culpados pelas confusões e problemas que enfrentamos, porque poderíamos ter controlado a nossa ira, poderíamos ter ficado calados, mas, por cedermos a provocações, por necessidade de nos justificar, atacar, geramos um problema para o qual às vezes não vemos saída.
 "Por isso, rejeitando toda a imundícia e superfluidade de malícia, recebei com mansidão a Palavra em vós enxertada, a qual pode salvar as vossas almas." (Tiago 1:21). Para sermos vencedores em qualquer área das nossas vidas, ou melhor, sermos vencedores em todas as áreas, é necessário sermos ouvintes e praticantes da Palavra de Deus, porque o Evangelho é Vida, e por Ele seremos salvos e teremos vida eterna, porque Jesus é o Evangelho, Ele é o Verbo, a Palavra. A própria Palavra nos fala que sem santidade ninguém verá Deus, e quando não estamos realmente firmados em Jesus, não o vemos agir em nossas vidas, em nossa casa e, principalmente, não teremos vida. Assim, devemos nos despir de tudo o que não presta, nos despir do mundo, de toda sujeira que o mundo oferece e tornarmo-nos praticantes zelosos da Palavra de Deus. Procuremos apresentar o Evangelho de Jesus Cristo, apresentar a Verdade para que por ela haja vidas. Não temos a preocupação de falarmos de templos denominacionais, ou de ministérios, porque só existe um que salva, que é Jesus, e é desse que falamos e que exortamos. Mas sem a santidade ninguém o verá; assim deixemos a mentira, a fornicação, o adultério, o roubo, a desonestidade, a fofoca, a carnalidade e voltemos para o Senhor. Devemos aprender a esmurrar a nossa carne, e não fazer a sua vontade, mas fazer a vontade do Senhor, porque receberemos no momento certo a nossa coroa de vitória. Tudo aqui passa, e não estamos em casa, estamos de passagem, estamos peregrinando em direção a algum lugar, pode ser para o Paraíso ou para o inferno, depende somente de como estamos caminhando, portanto aqui. "E sede cumpridores da Palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos. Porque, se alguém é ouvinte da Palavra, e não cumpridor, é semelhante ao homem que contempla ao espelho o seu rosto natural; porque se contempla a si mesmo, e vai-se, e logo se esquece de como era." (Tiago 1:22-24). Não podemos em hipótese alguma ser religiosos, aqueles que ouvem a Palavra, que oram, que cantam, que frequentam templos, que ofertam, mas que não praticam a Palavra. São muitos os que, inclusive, sabem de cor a Bíblia, que gostam de ficar repetindo partes, versículos, mas vivem no pecado. Têm aparência de santidade, mas é como Jesus disse: "são os sepulcros caiados", pois por fora mostram uma aparência santa, mas por dentro estão cheios de podridão. Temos que ouvir a Palavra de Deus, e o que aprendermos devemos pôr em prática, devemos executar, para sermos filhos de Deus. Não é por lermos a Bíblia, ou por irmos a reuniões, cultos, nem por subirmos ao monte, nem darmos ofertas, nem devolvermos o dízimo que seremos salvos. Nós seremos salvos pela nossa obediência total à Palavra de Deus, uma vez que é a única maneira de demonstrarmos o nosso amor a Jesus, porque foi Ele quem disse: "quem ama guarda os meus mandamentos, e quem não me ama não os guarda". Portanto, sejamos sábios e pratiquemos o Evangelho, porque teremos grande recompensa. "Aquele, porém, que atenta bem para a lei perfeita da liberdade, e nisso persevera, não sendo ouvinte esquecidiço, mas fazedor da obra, este tal será bem-aventurado no seu feito. Se alguém entre vós cuida ser religioso, e não refreia a sua língua, antes engana o seu coração, a religião desse é vã. A religião pura e imaculada para com Deus e Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo." (Tiago 1:25-27). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que os Deus abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

LAODICÉIAS

"E ao anjo da igreja de Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus: Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente!" (Apocalipse 3:14-15)

         Ao pastor da igreja de Laodicéia João escreve por ordem de Jesus Cristo, porque Jesus mandou e ditou as cartas para os sete pastores das igrejas. Como sempre faço questão de frisar, as cartas não foram escritas e nem enviadas para os membros, para as ovelhas, e sim para o anjo, o pastor da igreja, o responsável pelo rebanho do Senhor. A esse pastor Jesus fala que conhece as obras dele, que ele nem é frio nem quente, nem é uma coisa nem outra, não é um cristão verdadeiro, um discípulo Dele, e nem está totalmente no mundo. Quando lemos essa parte, percebemos que Jesus está falando para muitos pastores hoje que estão à frente de grandes ministérios. Isto porque são muitos os que falam, citam o Nome do Senhor, mas não têm um compromisso real com o Senhor, estão mais preocupados em encher os templos, e por isso se desviam da verdade para aceitar, tolerar pecados em seus templos. Alguns pastores, com ganância, criam doutrinas estranhas, campanhas, desafios, vendas de amuletos, shows, eventos, tudo para atrair o povo. O que chamam de avivamento não passa de festas para divertir e alegrar o povo; e aceitam todo o tipo de movimento falando que é do Espírito. Esses pastores não estão totalmente no mundo, porque se fantasiam de crentes, de homens de Deus, eu disse "se fantasiam", porque geralmente, além desses desmantelamentos com que agem em seus templos, também se misturam com os profanos. Muitos são viciados em pornografia, estão em adultérios, se divorciando e se aventurando em segundo e terceiros casamentos, fazendo uso de bebidas alcoólicas, em jogos de azar. "Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca." (Apocalipse 3:16). Como estão em cima do muro, não são fiéis ao Senhor como também não estão totalmente no mundo, por isso o Senhor os rejeitará. Não adianta somente falar o Nome do Senhor, o que Ele cobra de nós é obediência, porque como pastores somos responsáveis pelas ovelhas do rebanho. E as que se desviam por causa do nosso comportamento, ou de nossos ensinos nós prestaremos contas ao Senhor por elas, porque, apesar de estarmos à frente de um templo que se diz evangélico, onde citam o Nome do Senhor, onde pelo menos partes, trechos da Bíblia são lidos, em que se faz orações, podemos fazer também com que as ovelhas pratiquem doutrinas contrárias à Palavra de Deus. Portanto, não são uma coisa nem outra, e por isso o Senhor os está rejeitando.
 "Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu." (Apocalipse 3:17) Esses pastores de grandes templos, grandes denominações, por terem milhares de ovelhas, grandes e suntuosos templos, por serem ricos, acham que têm a aprovação de Deus. Eles nem mesmo conhecem as suas ovelhas, porque é impossível um pastor conhecer e cuidar de tantas ovelhas. Acham que Deus aprova o que eles fazem e chegam a esse convencimento a partir do crescimento financeiro, mas não perceberam que o Senhor não os chamou para serem ricos, e sim para serem somente pastores de ovelhas. Não perceberam que aquilo que eles têm é terreno, e as suas riquezas e o seu poderio acabarão aqui, e que nada têm para a vida. Não perceberam que diante do Senhor estão despidos, que nada possuem, e por isso serão enviados para o fogo, para a chama ardente se não se converterem rapidamente. Jesus fala de maneira clara que pastores devem cuidar de ovelhas, de acordo com o seu Evangelho, e não criar doutrinas próprias, ou preceitos e doutrinas humanas. Portanto, vemos hoje templos que não são bem templos mundanos, mas também não são templos que vivem e pregam a doutrina, o Evangelho de Jesus Cristo. São mornos, não são uma coisa nem outra. Temos que saber que a cobrança maior virá para os pastores, para os anjos dessas igrejas, pois eles são os responsáveis por elas. "Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas." (Apocalipse 3:18). Esses pastores, por terem grandes, ricos e suntuosos templos, acham que, por serem ricos, têm aprovação e bênção do Senhor, mas devem se examinar e mudar imediatamente. São, na verdade, os mais pobres, porque estão em erro, estão agindo de maneira contrária ao Senhor, assim serão tratados como adversários. O Senhor os chama agora para a mudança não por raiva, ira, mas por amor, para que se convertam e abandonem o erro, e assim sejam salvos. Que eles entendam que o dinheiro ficará por aqui, e que nada levarão daqui, porque para o Senhor isso não é nada e não representa nada, mesmo porque quem dá dinheiro, poder aqui não é Jesus; vimos que o diabo tentou dar isso a Ele no deserto, e Ele rejeitou. Mas muitos pastores não só estão aceitando como pedindo mais, e o nosso adversário os está satisfazendo, e eles não perceberam que, apesar de citarem o Nome do Senhor, estão muito longe Dele. Jesus quer que eles voltem-se para Ele e comecem a pregar a Verdade, a exortar, a chamar o povo ao arrependimento, a cobrar santidade e parar de promover eventos para atrair multidões e aceitar os pecados. Eles têm que exigir a prática do Evangelho, fazer o que o Senhor determina, porque, caso contrário, experimentarão o sofrimento por toda a eternidade. Está na hora de trocar as vestes. "Eu repreendo e castigo a todos quantos amo; sê, pois, zeloso e arrepende-te. Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo. Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu Trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu Trono. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas." (Apocalipse 3:19-22). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

USANDO OS DONS

"Segui o amor, e procurai com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar." (1 Coríntios 14:1)

         A Bíblia nos fala para seguirmos o Amor, e sabemos que o Amor é Deus, como a própria Palavra nos mostra:"Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor." (1 João 4:8). "E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele." (1 João 4:16). Mas o Amor, Deus, não é esse sentimento carnal humano corrompido que faz as pessoas chorar, mas permanecer no erro, no pecado. Devemos entender o que é Deus, o que é o Amor, porque Ele enviou seu Filho único para sofrer e morrer, mesmo sendo inocente. Ele enviou seu Filho para o deserto para ser tentado pelo diabo e permitiu que o seu Filho fosse crucificado e morresse ali na cruz do Calvário. Seguir Jesus é amar com o mesmo amor que Ele nos amou, é fazer o que Ele determina, manda, e não agir segundo os nossos entendimentos. O que as pessoas, os templos, igrejas praticam não é Amor, e sim obras do diabo, porque estão tolerando, concordando, aceitando os erros, os pecados e afirmando que fazem isso por amor. Pais estão concordando, aceitando que seus filhos se prostituam, se transformem em homossexuais, que sejam viciados em drogas, sejam baderneiros, desobedientes, e dizem que é por amor. Estão apoiando o que não presta, templos denominacionais estão apoiando, aceitando, incentivando o divórcio e os recasamentos com a mentira de que Deus quer que todos sejam felizes. Estão aceitando tudo e dizem que é amor. Isso não é amor, porque Amor é Deus, e quem o ama Ele corrige e exige mudança de comportamento, exige conversão. Infelizmente, o que se pratica nos templos modernos é qualquer coisa, só não estão seguindo Jesus, porque não chamam o povo ao arrependimento, não cobram mudança. Seguir o Amor é cobrar, exigir que as pessoas mudem, se transformem para que possam alcançar a Vida eterna, porque a concordância com os pecados e as desobediências as conduzirá ao inferno, e todos os que estão concordando com isso, não alertando, também estão. O que estão pregando, ensinando, não é Amor, são coisas de satanás para conduzir essas pessoas ao seu mundo. Vemos muita religião nos templos, muitos falam em línguas, há muito rodopiar, muita glória a Deus, mas não vemos ninguém seguindo Jesus, seguindo o Amor. Pregadores estão preocupados em lotar templos, e por isto estão desviando o rebanho, não permitindo que alcance a vida eterna.
 "Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios." (1 Coríntios 14:2). Temos que entender que falar em línguas dos anjos não é ficar em púlpitos falando, não é ir orar pelo irmão, irmã e ficar falando algo de que eles nada entendem, nem eles mesmos que estão falando. Falamos em línguas quando estamos a sós com o Senhor em nosso momento de intimidade, e, para se falar em público, tem que se ter obrigatoriamente um intérprete, caso contrário, que fique calado. Temos que entender também que existe muita decoreba, pessoas que ouviram outros falarem e decoram aquilo, e ficam repetindo, falando como se viesse do Espírito. Devemos estar em alerta porque o diabo também fala em línguas, e muitas pessoas enrolam as línguas e falam algo que não é do Senhor, mas das trevas. As pessoas ficam falando amém, quando, na verdade, não sabem o que está sendo dito, não sabem se é bênção ou maldição. Temos que ser espirituais, não carnais, não emocionais. "Mas o que profetiza fala aos homens, para edificação, exortação e consolação." (1 Coríntios 14:3). O dom de profetizar é o que todos nós devemos buscar, porque a profecia não é falar os desejos dos nossos corações, mas falar a Palavra expirada. É falar da parte de Deus, e invariavelmente é falar de futuro e não de Passado, porque quem revela o passado, fatos já ocorridos é o diabo, que vive ao nosso derredor e a tudo assiste, portanto, fala do que viu. Já a profecia do Senhor é falar do que irá acontecer, pois somente o Senhor conhece de fato o futuro, pois é Ele quem faz o nosso futuro de acordo com as nossas obras. Edificar, firmar, fundamentar e exortar, chamar ao arrependimento, à mudança, à conversão, e também consolar, confortar, tudo de acordo a com a Palavra de Deus, de acordo com o Amor, pois é Ele quem tudo faz. Portanto, falamos aqui de profecias sérias, verdadeiras e legítimas, e não essa bagunça que homens e mulheres andam fazendo por aí, dizendo que Deus falou isto, falou aquilo. Essas pessoas têm que entender que estão em pecado, estão mentindo, estão usando o Nome do Senhor em vão, e vão pagar por isto. "O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja. E eu quero que todos vós faleis em línguas, mas muito mais que profetizeis; porque o que profetiza é maior do que o que fala em línguas, a não ser que também interprete para que a igreja receba edificação." (1 Coríntios 14:4-5). Profetizar é falar uma linguagem clara para que todos possam entender, compreender e obedecer ao Senhor. Profetizar é trazer recado, mensagens do Senhor, e, falando do futuro, o que for dito tem que acontecer, porque, se não acontecer, não foi Deus quem falou. E o profeta, para profetizar no templo, deve antes verificar se há outros profetas, porque as profecias são julgadas por profetas, caso contrário, que se calem. "E agora, irmãos, se eu for ter convosco falando em línguas, que vos aproveitaria, se não vos falasse ou por meio da revelação, ou da ciência, ou da profecia, ou da doutrina? Da mesma sorte, se as coisas inanimadas, que fazem som, seja flauta, seja cítara, não formarem sons distintos, como se conhecerá o que se toca com a flauta ou com a cítara? Porque, se a trombeta der sonido incerto, quem se preparará para a batalha? Assim também vós, se com a língua não pronunciardes palavras bem inteligíveis, como se entenderá o que se diz? Porque estareis como que falando ao ar. Há, por exemplo, tanta espécie de vozes no mundo, e nenhuma delas é sem significação. Mas, se eu ignorar o sentido da voz, serei bárbaro para aquele a quem falo, e o que fala será bárbaro para mim. Assim também vós, como desejais dons espirituais, procurai abundar neles, para edificação da igreja. Por isso, o que fala em língua desconhecida, ore para que a possa interpretar. Porque, se eu orar em língua desconhecida, o meu espírito ora bem, mas o meu entendimento fica sem fruto. Que farei, pois? Orarei com o espírito, mas também orarei com o entendimento; cantarei com o espírito, mas também cantarei com o entendimento. De outra maneira, se tu bendisseres com o espírito, como dirá o que ocupa o lugar de indouto, o Amém, sobre a tua ação de graças, visto que não sabe o que dizes? Porque realmente tu dás bem as graças, mas o outro não é edificado." (1 Coríntios 14:6-17). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

NO HORTO

"Tendo Jesus dito isto, saiu com os seus discípulos para além do ribeiro de Cedrom, onde havia um horto, no qual Ele entrou e seus discípulos." (João 18:1)

         Jesus tinha acabado de fazer três orações maravilhosas, tinha orado por si mesmo, depois orou pelos seus discípulos e, finalmente, orou por todos os crentes. Depois que terminou de fazer essas orações, Ele saiu e foi em direção ao horto, onde várias vezes tinha passado a noite, e todos os seus discípulos sabiam disso. Inúmeras vezes Jesus durante o dia estava no templo pregando, ensinando, e à noite se retirava para aquele horto. A Bíblia nos conta que muitas vezes Jesus dormia ali naquele horto com os seus discípulos, isto porque Ele não tinha uma morada certa, era recebido nas casas das pessoas, mas em nenhum momento soubemos que Ele tinha alguma propriedade. Mas queremos comentar é o fato de que Jesus sabia tudo o que iria lhe acontecer, sabia tudo o que o aguardava, e em nenhum momento tentou fugir ou se desviar do que havia sido proposto por Deus. Ele sabia que seria traído por Judas Iscariotes, e mesmo assim o chamou de amigo; sabia que seria preso, humilhado, espancado, crucificado e que morreria, mas sabia também que dentro de três dias o Pai o ressuscitaria. Sabia que passaria por sofrimento e dores atrozes, mas em nenhum momento tentou se desviar de seu caminho, tendo sido obediente até a morte de cruz. Devemos analisar a vida de Jesus, que dizemos ser o nosso Mestre; dizemos que somos os seus discípulos para podermos realmente agir como Ele manda e agiu. Temos que saber que o Senhor não se comprometeu em nos dar bens materiais aqui, e muito menos luxo, a Promessa foi de vida eterna. O próprio Jesus nasceu na pobreza, em um local destinado a animais (manjedoura); viveu fugindo das perseguições, sofreu todos os tipos de acusações. Não tinha nenhum patrimônio, não fez nenhuma aquisição, não juntou dinheiro, e seu patrimônio foram somente as suas vestes, as quais os soldados dividiram entre si ao pé da cruz. Jesus não cobrou ou orou pedindo ao Pai qualquer coisa para Ele, o que fazia era para abençoar o povo. Não operou nenhum milagre para que pudesse ter alguma coisa, e sim para matar a fome do povo que o estava seguindo. Jesus perdoou a Judas Iscariotes, pois sabia que ele o trairia, e não fez nada contra ele. Sabia até o momento em que seria preso, mas não fugiu, ao contrário, caminhou em direção ao local onde sabia que os guardas iriam guiados por Judas. Temos que repensar que tipo de cristianismo estamos vivendo, porque falamos que o amamos, mas, na verdade, amamos somente a nós mesmos.
 "E Judas, que o traía, também conhecia aquele lugar, porque Jesus muitas vezes se ajuntava ali com os seus discípulos. Tendo, pois, Judas recebido a coorte e oficiais dos principais sacerdotes e fariseus, veio para ali com lanternas, e archotes e armas." (João 18:2-3). Jesus então vai para o horto, onde sempre ia, e Judas Iscariotes já tinha recebido escoltas, guardas para prender Jesus. Ele andou com Jesus durante três anos; comeu junto; passou a noite junto com Jesus ali mesmo, naquele horto; recebeu poder de Jesus para expulsar demônios, para curar quando o Senhor enviou os doze em duplas; viu durante aproximadamente três anos Jesus operar todos os tipos de milagres, curar as pessoas, libertar, perdoar. Esse homem era uma espécie de tesoureiro do ministério de Jesus, pois era ele que cuidava da bolsa e ainda roubava, como a Palavra fala. Esse homem não somente entregou, vendeu Jesus como também foi pessoalmente com guardas para o prender. Por tal motivo somos instruídos pela Palavra a não colocar a nossa confiança em nada, em nenhum ser humano ou em coisas materiais. Não importa quem seja, sabemos que podemos ser traídos, portanto a nossa confiança sempre tem que estar no Senhor, porque sabemos que por Ele jamais seremos traídos. Temos que orar, mas vigiar, portanto sempre tomar cuidado com o que falamos ou mostramos para as pessoas. Judas veio pronto, preparado para prender aquele que ele chamava de mestre. "Sabendo, pois, Jesus todas as coisas que sobre Ele haviam de vir, adiantou-se e disse-lhes: A quem buscais? Responderam-lhe: A Jesus Nazareno. Disse-lhes Jesus: Sou Eu. E Judas, que o traía, estava com eles". (João 18:4-5). Jesus, quando viu que eles se aproximavam, se adiantou e perguntou a quem eles buscavam, fez isso para que os seus discípulos não fossem perseguidos ou inquiridos. Jesus caminhou para a sua sentença e não titubeou, declarou que era Ele a quem buscavam. Jesus não fugiu, mas nós que falamos que somos seus discípulos, por qualquer coisinha estamos fugindo, estamos reclamando e pedindo socorro ao Senhor. Se vem alguma luta, achamos que é maldição, que é o diabo, e não paramos para pensar que pode ser a vontade de Deus. Deus amava o seu Filho, mas o enviou para sofrer e para morrer por nós, e isso Ele fez por amor. Na verdade, somos aquela raça que Jesus muito combateu, a raça de hipócritas, porque falamos uma coisa e fazemos outra, falamos que o amamos, mas não lhe obedecemos. Somos bebês chorões, pois por qualquer coisinha ficamos chorando e lamentando, esquecemo-nos dos sofrimentos do Senhor. "Quando, pois, lhes disse: Sou Eu, recuaram, e caíram por terra. Tornou-lhes, pois, a perguntar: A quem buscais? E eles disseram: A Jesus Nazareno. Jesus respondeu: Já vos disse que Sou Eu; se, pois, me buscais a mim, deixai ir estes; Para que se cumprisse a Palavra que tinha dito: Dos que me deste nenhum deles perdi." (João 18:6-9) Quando Jesus se apresentou e afirmou "Sou Eu", estava afirmando que Ele era Tudo, que era Deus, e quando Ele se revelou, o impacto dessa revelação jogou todos por terra, porque Jesus é Deus, Ele é Tudo, é o Criador, é o Senhor. Essa é uma afirmação grandiosa, e, quando eles a ouviram, caíram por Terra. Quando nós mostramos, apresentamos o Poder de Deus, as trevas caem por terra. O Nome de Jesus tem todo o Poder no céu e na terra. Mas Ele sabia que deveria obedecer ao Pai e não fugiu, e quando Pedro tentou defendê-lo, Ele disse que iria cumprir a Vontade do Pai. "Então Simão Pedro, que tinha espada, desembainhou-a, e feriu o servo do sumo sacerdote, cortando-lhe a orelha direita. E o nome do servo era Malco. Mas Jesus disse a Pedro: Põe a tua espada na bainha; não beberei eu o cálice que o Pai me deu?" (João 18:10-11). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

terça-feira, 22 de agosto de 2017

REPREENDENDO E EXORTANDO

"Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu Reino, Que pregues a Palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina." (2 Timóteo 4:1-2)

         O apóstolo Paulo conjura a Timóteo, diante de Deus, que pregue a Palavra de Deus, que não escolha lugar para falar de Cristo e do seu Evangelho. Também ensina como deve ser pregada, falada a Palavra de Deus, que é redarguindo, repreendendo, exortando, sendo longânimo na única Doutrina do Senhor. Esse mandamento de Paulo, essa ordem, não é só para Timóteo, mas para todos nós. Também não é só para pastores, mas para todos os que são cristãos, todos os que conhecem o Senhor. Temos de pregar a Palavra de Deus, a Verdade contida no Evangelho, e não criar situações favoráveis para falar de um amor que não é bíblico. Pregar a Palavra é chamar o povo ao arrependimento, é exortar, confrontar, porque o que estão fazendo hoje nos templos não é pregar a Palavra de Deus. A função da Palavra de Deus é fazer com que todos vejam os seus erros, seus pecados, e queiram abandoná-los, queiram servir ao Senhor, e que busquem a salvação. A função da Palavra de Deus é gerar o arrependimento, é descobrir que quem está no pecado está morto, e assim, ouvindo a Palavra, queiram a Vida, busquem a Vida e se convertam a Cristo, e não a uma denominação, a uma igreja, templo ou pregador, mas a Jesus, o Autor e Consumador da nossa fé. Pregar a Palavra é falar a verdade bíblica e não essas mentiras, esse engano, chamando o povo para os seus templos, oferecendo o que o Senhor nunca ofereceu, falando em bênçãos de todos os tipos, ou chamando o povo para participar dessa ou daquela campanha. Pregar a Palavra não é fazer show gospel, não é fazer espetáculos, nem festas para atrair o povo, porque o povo, as pessoas têm que ser atraídas pela Palavra de Deus. Pregar a Palavra de Deus é confrontar o erro e não concordar com o pecado em nossa casa, no trabalho e na congregação, é pautar a vida pelo Evangelho de Jesus Cristo, porque muitos se dizem pregadores da Palavra, mas, a bem da verdade, estão conduzindo as pessoas à morte, porque não estão atraindo as pessoas a Cristo, estão atraindo a si mesmas, ou aos seus templos pagãos. Fazem isso criando atrações ou oferecendo o que o Senhor não ofereceu, e concordando com o que o Senhor proíbe. É necessária com urgência uma mudança, uma postura diferente, porque, se isso não acontecer, esse povo que está lotando os templos pagãos, todos irão padecer.
 "Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas." (2 Timóteo 4:3-4). Esse tempo há muito já chegou, porque a maioria não suporta a sã doutrina; e assim criaram pregadores, pastores, que pregam para eles uma palavra distorcida. Hoje a maioria quer pregadores que falem de prosperidade, que falem de bênçãos, e que não falem de abandono de pecado, que não exijam santidade. Não querem ouvir a Verdade, querem a mentira de que já são salvos, que Deus não se importa com os seus pecadinhos, porque sabem que são carne. Querem ouvir que Deus vai lhes dar riquezas, casamentos abençoados, saúde, e viverão e reinarão aqui. Querem ouvir que são cabeças e não caudas, querem ouvir que vão emprestar a muitos e não vão tomar emprestado. Querem ouvir coisas boas, não querem saber de abandonar os pecados, não querem saber de obedecer, por isso buscam pregadores que os fazem pular, dançar, gritar, os conduzem de maneira emocional a um estado de emoção que os faz chorar. Querem somente isso, não querem se converter, prova tal que saem dos templos e continuam mentindo, se prostituindo, enganando e fazendo tudo o que a Palavra condena. Querem pregadores que lhes aconselhem a divorciar, se o casamento não estiver bom, e a casarem outra vez. Querem pregadores que lhes diga que o sexo antes do casamento é tolerável, que Deus os ama e quer vê-los felizes aqui. Não querem ouvir a verdade, querem na Bíblia ouvir as histórias de Israel e querem que aconteçam as bênçãos na vida deles, mas somente as bênçãos. "Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério. Porque eu já estou sendo oferecido por aspersão de sacrifício, e o tempo da minha partida está próximo." (2 Timóteo 4:5-6). Nós temos que ser sóbrios, temos que ser verdadeiros, temos que ser fiéis ao Evangelho, temos que ser verdadeiros discípulos de Jesus. Devemos fazer a obra de um evangelista, levar o Evangelho de Jesus Cristo a todos, independentemente de estarmos agradando ou não, temos que pregar a Verdade, não podemos ter compromisso com o mundo, e sim com o Senhor. Não podemos ficar preocupados em agradar a ninguém, devemos simplesmente obedecer, fazer, falar o que o Senhor nos manda. Amar a Deus é obedecer aos seus mandamentos, e é um mandamento do Senhor que preguemos o Evangelho a todas as criaturas. E amar o próximo como a nós mesmos é simplesmente exortar, falar para que abandonem o erro, o pecado, se convertam, para serem salvos, porque, se não pregarmos a Verdade, estaremos desobedecendo a Deus, ou seja, não o estaremos amando, e também não estaremos amando o próximo, pois permitiremos que sejam condenados por toda a eternidade. Temos que falar a Verdade; se aceitarem, ótimo; se não, fizemos o nosso papel, e eles que respondam diante do Senhor. Temos que cumprir a nossa obrigação, temos que viver o Evangelho e não as mentiras gospel. "Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda." (2 Timóteo 4:7-8).  
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.