Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2015

QUE TIPO DE CORPO

"Mas alguém dirá: Como ressuscitarão os mortos? E com que corpo virão?" (1 Coríntios 15:35)
 A curiosidade natural do ser humano faz com que muitos especulem como serão os corpos, a nossa forma depois que ressuscitarmos. Mas esse tipo de questionamento é feito somente por quem crê na ressurreição, porque nem todos os que se dizem cristãos creem. Muitos que creem e não têm pleno conhecimento da Palavra especulam se ficarão como os anjos, com asinhas e tudo mais, ou diferentes, se verão os amigos, familiares, se os identificarão, enfim são muitos os "serás". Perguntam se serão como fantasmas sem corpo, somente como uma espécie de forma corpórea, ou se estaremos vendo tudo o que acontece aqui. Mas para todas essas perguntas encontramos as respostas no Evangelho. Jesus tudo falou."Insensato! O que tu semeias não é vivificado, se primeiro não morrer. E, quando semeias, não semeias o corpo que há de nascer, mas o simples grão, como de trigo, ou de outra qualquer seme…

AMOU ATÉ O FIM

"Ora, antes da festa da páscoa, sabendo Jesus que já era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, como havia amado os seus, que estavam no mundo, amou-os até o fim." (João 13:1)
Jesus, apesar de ser Deus, estava no mundo como homem, mas sabia que tinha vindo cumprir uma missão. Sabia que a sua missão estava chegando ao final, tinha conhecimento de que os momentos mais dolorosos estavam se aproximando e que logo estaria retornando para o Pai. Durante o seu ministério terreno, esteve sempre acompanhado pelos doze discípulos e deles recebendo apoio, os quais Ele denominou apóstolos. Jesus foi amado por eles e conviveu com eles amando-os e protegendo-os o tempo todo. Inclusive na sua oração final, falando ao Pai, Ele mesmo diz de seu cuidado, quando afirma que desses doze que o Pai tinha lhe dado nenhum se perdeu, somente o filho da perdição, que foi Judas Iscariotes. Jesus tinha pleno conhecimento de tudo o que iria acontecer e sabia que ia ser traído e por quem. Ass…

O FIRME FUNDAMENTO

"Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não veem." (Hebreus 11:1)
Falar em fé é fácil, mas o que é difícil é exercitar a fé. As pessoas falam que têm fé em Deus, que creem em sua Palavra, mas vivem em constante desespero e não conseguem descansar Nele. Existem dois tipos de fé, a natural e a espiritual. A natural é aquela em que vamos dormir tendo a certeza de que vamos acordar, em que trabalhamos tendo a certeza de que no fim do mês receberemos o salário. Entramos em um ônibus, uma condução, com certeza de que nos levará aonde pretendemos ir, ou compramos algo com certeza de que vamos usar, usufruir, desfrutar. A fé espiritual é crer na Palavra do Senhor, esperamos algo que não vemos e não temos condições físicas, material ou financeira de ter. A fé espiritual é crermos naquilo que a Palavra de Deus diz que acontecerá, e então nos posicionamos, praticamos a Palavra e aguardamos, sabendo que receberemos. A fé espiritual é receber…

IMITANDO A DEUS

"Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave." (Efésios 5:1-2)
Na Criação, Deus disse: "Façamos o homem a nossa imagem e semelhança". Portanto, somos imagem Dele, somos semelhantes a Ele, e não estamos falando de sexo masculino ou feminino, mas do ser humano. Sabemos que Deus é multiforme, e assim a aparência do Senhor é a de um ser humano, independentemente de cor, estatura, sexo ou qualquer coisa. Se somos semelhantes a Ele na aparência, temos que ser também em caráter e poder, temos que agir segundo as ações Dele. Se somos os seus filhos, temos o seu DNA, então praticamos o que Ele mesmo pratica. Sabemos como Ele vive porque seu caráter e as suas ações estão todas expostas na sua Palavra, e quem conhece a sua Palavra O conhece. Deus é Pai, Filho e Espírito Santo, nós somos corpo, alma e espírito. Mas somos derrotados, fracassados …

O QUE REALMENTE IMPORTA

"E, dizendo alguns a respeito do templo, que estava ornado de formosas pedras e dádivas, disse: Quanto a estas coisas que vedes, dias virão em que não se deixará pedra sobre pedra, que não seja derrubada." (Lucas 21:5-6)
Jesus estava dentro do templo e perto do gazofilácio (Ofertório). Observou os que ali colocavam a sua oferta e elogiou uma pobre viúva que tinha dado duas moedas. Viu pessoas que tinham boas condições financeiras depositarem o que lhes sobrava, e a viúva tinha dado tudo. Agora, os discípulos vinham elogiar o templo, então o Senhor chamou a atenção para dois fatores: primeiro o desperdício em se gastar uma fortuna para fazer um templo luxuoso e desnecessário, e segundo, principalmente, por se usar dinheiro de pessoas que nada possuíam, mas com o pouco que tinham faziam questão de serem fiéis a Ele. Os templos funcionam simplesmente como um lugar para se reunir e orar, proclamar o Nome do Senhor. Mas isso vai passar, esse templo será destruído. Temos que guarda…

INDESCULPÁVEIS

"Portanto, és inescusável quando julgas, ó homem, quem quer que sejas, porque te condenas a ti mesmo naquilo em que julgas a outro; pois tu, que julgas, fazes o mesmo." (Romanos 2:1)
Os ensinamentos de Paulo sobre o ato de julgar concordam com os de Jesus, que não condenava o julgamento em si, e sim o julgamento hipócrita. Advertência de especial pertinência para os judeus, que tendiam a desprezar os gentios pelo fato de desconhecerem a revelação de Deus no Antigo Testamento, e por levarem uma vida imoral. Muitas pessoas têm o habito de usar esse versículo e outros para se eximirem da responsabilidade, e por concordarem e consentirem com os erros. A questão do julgamento é que não podemos esconder os nossos erros para apontar os dos outros, não podemos tentar tirar um cisco dos olhos dos outros com um poste em nossos olhos. Como cristãos, devemos procurar viver de acordo com o Evangelho de Jesus Cristo, praticar a sua Palavra, e se há pessoas que se dizem cristãs, evangélicas…

A RESSURREIÇÃO É UM FATO

"Ora, se se prega que Cristo ressuscitou dentre os mortos, como dizem alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos?" (1 Coríntios 15:12)
Existem pessoas, religiões, seitas e outros que fazem questão de afirmar que não acreditam na ressurreição. Muitos tentam justificar de inúmeras maneiras as suas teorias infundadas e descabidas da impossibilidade da ressurreição. Existem várias histórias, mas que realmente não passam de histórias inventadas com o objetivo de denegrir o Evangelho. Entendo que não passa de artimanhas do diabo para trazer a dúvida e assim o afastamento de muitos que se perdem. Mas, a bem da verdade, o que temos é um relato de um fato acontecido em Israel há dois mil anos testemunhado por todos. A Bíblia relata o acontecido diante de inúmeras testemunhas, tudo foi registrado para que andemos por fé e não por vista, como alguns teimam. O cristão tem convicção da ressurreição, porque, além dos Evangelhos, tem o Espírito Santo, que o convence da Verdade. Por…