Pular para o conteúdo principal

ENTREGUES A IDOLATRIA

“E, enquanto Paulo os esperava em Atenas, o seu espírito se comovia em si mesmo, vendo a cidade tão entregue à idolatria. De sorte que disputava na sinagoga com os judeus e religiosos, e todos os dias na praça com os que se apresentavam.” (Atos 17:16-17)

         Paulo, que foi um dos maiores missionários bíblicos, tendo viajado por toda parte levando o Evangelho de Jesus Cristo a todos, chega a Atenas e se depara com a idolatria, e quando ele percebe que os atenienses eram, em sua maioria, idólatras, fica preocupado e extremamente chateado com esse fato. Então, como ele sempre fazia, começa a pregar falando de Jesus, apresentando a salvação a todos. Temos que observar que Paulo não ficava tentando agradar o povo para ouvi-lo, ou fazendo teatros, shows ou algo similar para atrair as pessoas; também não está prometendo riquezas, nem alegrias ou prosperidade, ele oferece salvação, fala do Reino de Deus. Ele faz isso debatendo, combatendo com os religiosos. Mostrava que agora viviam na Graça e que todos podiam ser salvos em Jesus Cristo. Paulo pregava, ensinava sobre o Evangelho de Jesus Cristo nas praças, nas sinagogas, ou seja, em templos e por onde passava. E como ele confrontava, pregava um Evangelho expositivo, as pessoas se convertiam ou então se tornavam seus perseguidores, o odiavam. Os que tinham raiva dele eram os religiosos, eram os que amavam o mundo, os que não conheciam Deus, assim como muitos dos religiosos que hoje se identificam como crentes, evangélicos, cristãos, mas, na verdade, são somente religiosos, pois falam de um deus diferente do Evangelho, falam de um Jesus que não é o nosso Cristo, o Salvador, pois falam de um Jesus bonzinho, que está preocupado em agradar as pessoas. “E alguns dos filósofos epicureus e estóicos contendiam com ele; e uns diziam: Que quer dizer este paroleiro? E outros: Parece que é pregador de deuses estranhos; porque lhes anunciava a Jesus e a ressurreição. ” (Atos 17:18). Quando Paulo prega, ao falar de Jesus, os atenienses, que não conheciam esse Jesus que salva, que liberta, que nos dá vida eterna, se questionam, querem saber quem é esse de quem ele está falando. No início até falavam, chamavam Paulo de falador, mas o fato é que queriam entender, queriam compreender o que ele estava dizendo. As pessoas sempre vão querer saber, conhecer mais de Jesus. Elas ficam tentando entender, quando pregamos sobre Jesus, como Ele é, e falamos da sua Promessa, que é a vida eterna e não outra, como os pregadores ficam tentando fazer as pessoas acreditarem.
      “E tomando-o, o levaram ao Areópago, dizendo: Poderemos nós saber que nova doutrina é essa de que falas? Pois coisas estranhas nos trazes aos ouvidos; queremos pois saber o que vem a ser isto (Pois todos os atenienses e estrangeiros residentes, de nenhuma outra coisa se ocupavam, senão de dizer e ouvir alguma novidade).”(Atos 17:19-21). Assim, esse povo, que tinha sede e fome de conhecimento, pega Paulo e o conduz a um lugar apropriado para que ele pudesse expor, falar mais sobre Jesus. As pessoas, os atenienses queriam saber mais sobre a doutrina de Jesus Cristo que Paulo estava ensinando, estava defendendo. Assim também acontece quando falamos com algumas pessoas que não conhecem o Senhor, elas vêm até nós para esclarecermos as suas dúvidas, querem conhecer mais sobre o Evangelho. Quando expomos o Evangelho de Jesus Cristo, puro como Ele é, as pessoas sentem que precisam aprender, precisam conhecer Jesus, não digo todas, somente as sinceras de coração, aquelas que realmente buscam o Senhor. Na verdade, são muitos, na verdade, a maioria busca não Jesus, mas um lugar para se reunir, como um clube social, ou está em busca de bênçãos e milagres, em busca de alegrias. Mas as que querem, quando ouvem a verdade, percebem uma oportunidade de aprender mais do Senhor, elas percebem que foram enganadas a maior parte das suas vidas com pregadores mentirosos. “E, estando Paulo no meio do Areópago, disse: Homens atenienses, em tudo vos vejo um tanto supersticiosos; Porque, passando eu e vendo os vossos santuários, achei também um altar em que estava escrito: AO DEUS DESCONHECIDO. Esse, pois, que vós honrais, não o conhecendo, é o que eu vos anuncio. O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens; Nem tampouco é servido por mãos de homens, como que necessitando de alguma coisa; pois Ele mesmo é quem dá a todos a vida, e a respiração, e todas as coisas; E de um só sangue fez toda a geração dos homens, para habitar sobre toda a face da terra, determinando os tempos já dantes ordenados, e os limites da sua habitação; Para que buscassem ao Senhor, se porventura, tateando, o pudessem achar; ainda que não está longe de cada um de nós; Porque Nele vivemos, e nos movemos, e existimos; como também alguns dos vossos poetas disseram: Pois somos também sua geração. Sendo nós, pois, geração de Deus, não havemos de cuidar que a divindade seja semelhante ao ouro, ou à prata, ou à pedra esculpida por artifício e imaginação dos homens. Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam; Porquanto tem determinado um dia em que com justiça há de julgar o mundo, por meio do homem que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-o dentre os mortos. E, como ouviram falar da ressurreição dos mortos, uns escarneciam, e outros diziam: Acerca disso te ouviremos outra vez. E assim Paulo saiu do meio deles.”(Atos 17:22-33). Paulo explica que eles adoram um Deus que eles mesmos não conhecem, pois, apesar de terem boas intenções no coração, apesar da sinceridade, eles estão agindo de maneira errada, por desconhecerem a vontade do Senhor para eles. Assim são muitos os frequentadores de templos, os buscadores, os caçadores de bênçãos, que não conhecem Jesus, e os seus líderes os conduzem com palavras amáveis, afáveis para cada vez mais longe do Senhor. Mas Deus chama todos nós agora ao arrependimento, nos convida a nos arrepender, pois Ele nos receberá e nos dará vida eterna.“Todavia, chegando alguns homens a ele, creram; entre os quais foi Dionísio, areopagita, uma mulher por nome Damaris, e com eles outros.” (Atos 17-34).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino
 

Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Comentários

Postagens Mais Acessadas

RAÇA DE VÍBORAS? QUEM SÃO?

E, vendo ele muitos dos fariseus e dos saduceus que vinham ao seu batismo, dizia-lhes: Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira futura?(Mateus 3. 7)
           Aqui vemos como João Batista pregava, como ele falava e exortava para que os mesmos abandonassem os pecados e a religiosidade, muitos não gostavam porque achavam a pregação dura, mas João é aquele que foi enviado para preparar o caminho para Jesus, é o qual o Senhor testemunhou dele. “E eu vos digo que, entre os nascidos de mulheres, não há maior profeta do que João o Batista; mas o menor no Reino de Deus é maior do que ele.” (Lucas 7.28) João Batista não ficava alisando ego, não prometia bênçãos sem fim, nem mesmo prosperidade, mas chamava ao arrependimento. Ele não concordava com o fato de pecadores contumazes irem buscar somente o batismo com ele, ouvir a pregaçã o curta e direta dele, porém continuarem nos erros, nos pecados. Da mesma maneira existem hoje milhares de pessoas que gostam de ir à igrejas, de falarem o n…

A DIFERENÇA ENTRE O JUSTO E O ÍMPIO

Então vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus e o que não serve. (Malaquias 4.1)
                 Veja que a palavra de Deus chama a nossa atenção para que observemos as pessoas, que teme ao Senhor e as que não temem; devemos observá-las pela forma como vivem como enfrenta os problemas quando surgem, como educa e trata os seus familiares, e principalmente como reage diante do inesperado. Pois o mal vem sobre os justos e injustos, sobre bons e mal. “Para que sejais filhos do Pai que está nos céus; porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons e a chuva desça sobre justos e injustos.”(Mateus 5.45) Mas a diferença é exatamente como encaramos, pois se somos Justos, somos tementes e praticante da palavra, usaremos o nome e o poder do nome de Jesus e mandaremos o mal embora; e  também por maior que sej a o problema que estamos atravessando,   sabemos que vai passar logo, e temos paz, não perdemos a paz, e não nos desesperamos, pois a nossa confi…

FOME DA PALAVRA.

Eis que vêm dias, diz o Senhor Jeová, em que enviarei fome sobre a terra, não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do Senhor. (Amós 8.11)
Temos um grande número de pessoas que buscam as igrejas somente para ouvir palavras de consolo, incentivo, ou bênçãos, pessoas estas que decoram alguns versículos e se pauta por eles, e exigem as suas bênçãos, e isto com respaldo, uma vez que pregadores estão distribuindo, ou vendendo bênçãos, prosperidade e tranqüilidade. Estas pessoas não querem saber de ouvir a verdade, não querem saber de obediência, querem salvação, e bênçãos somente por ir a igrejas. Chegará o dia que irão querer ouvir a palavra verdadeira e não acharão, não encontrarão a verdade, somente as mentiras, e engano como já existem muitos por ai. “E irão errantes de um mar até outro mar e do Norte até o Oriente; correrão por toda parte, buscando a Palavra do Senhor, e não acharão.” (Amós 8.12) As pessoas viajarão de um país a outro tentando encontrar pregadores da …