Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2015

SEM CONHECIMENTO DE DEUS

"Mas, quando não conhecíeis a Deus, servíeis aos que por natureza não são deuses." (Gálatas 4:8)
Antes de conhecermos o Senhor, antes de nos convertermos a Ele, éramos cegos, tolos, e vivíamos ilusões, muitas delas hereditárias, vivíamos tradições maléficas. Sim, maléficas, porque tudo o que não vem do Senhor é maléfico, é destruidor, é confusão. Quando não conhecíamos o Senhor, apesar de falarmos, citarmos o seu nome e dizermos que era nosso Deus, que o amávamos, com as nossas atitudes mostrávamos o contrário. Vivíamos adorando objetos, sim imagens e ídolos que para nada servem a não ser para atrair demônios, espíritos enganadores e destruidores. Servíamos a tanta coisa, a santos, santas, padroeiros, protetores, supostos anjos da guarda, carregávamos amuletos, vivíamos cheios de superstições, acreditando em espíritos, vendo e ouvindo muita coisa. Éramos servos das trevas, mas o Senhor, na sua infinita bondade, seu Amor, permitiu que o conhecêssemos, que fôssemos a Ele e rece…

UMA GRANDE MULTIDÃO

"Ora, ia com Ele uma grande multidão; e, voltando-se, disse-lhe: Se alguém vier a mim, e não aborrecer a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs, e ainda também a sua própria vida, não pode ser meu discípulo." (Lucas 14:25-26)
Jesus estava andando e pregando o seu Evangelho quando observou que havia uma multidão o acompanhando, e por conhecer o sentimento, a natureza humana, Ele aproveita para dar um grande ensinamento. Fala que aqueles que não largarem as pessoas que lhes são importantes, que não largarem a própria vida, não terão nada. Para ter as pessoas, para se ter vida, é necessário largá-las, deixá-las. Vemos templos denominacionais, igrejas, lotados de pessoas, mas não de discípulos de Jesus; pessoas que estão ali por causa da sua vida ou por causa de parentes, bens materiais, realizações, por causa de tudo. As pessoas estão buscando o Senhor não por Ele ser o Senhor, ser Deus, mas por causa de bênçãos, por causa do que Ele pode fazer, do que Ele pode da…

A VINDA DO NOSSO SENHOR

"Ora, irmãos, rogamo-vos, pela vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, e pela nossa reunião com Ele." (2 Tessalonicenses 2:1)
Temos que orar, clamar, rogar pela vinda do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, para que possamos nos reunir com Ele e irmos para a vida eterna. Claro que nem todos desfrutarão dessa vida, porque não estão vivendo aqui agora Nele, e com certeza também não viverão Nele depois. A nossa reunião com Ele será selada com a sua vinda, mas, para que desfrutemos dessa comunhão com Ele, é necessário que ela já esteja acontecendo agora, porque é necessário vivermos Nele agora, e viver Nele é assumir a sua morte nas nossas vidas. Portanto, sabemos que, enquanto estamos aqui, passamos por inúmeras lutas e batalhas, mas sabemos que teremos o descanso eterno Nele. Por isso oramos e clamamos para que sua vinda seja rápida, mas também somos conscientes de que não acontecerá antes dos sinais descritos na sua Palavra acontecerem. Oremos, porque isso é agradável ao Senhor, …

O QUE O ESPÍRITO DIZ

"Portanto, como diz o Espírito Santo: Se ouvirdes hoje a sua voz, não endureçais os vossos corações, Como na provocação, no dia da tentação no deserto." (Hebreus 3:7-8)
Temos que entender o que Deus nos fala neste texto através do seu Espírito. Exorta-nos, aconselha-nos a não agirmos como os hebreus, que foram libertos por Ele da escravidão no Egito. Aquele povo que Deus tirou do Egito, das mãos de Faraó, operando sinais e prodígio, não entrou na terra prometida por causa da desobediência. Exatamente por incredulidade e desobediências é que quase todos morreram no deserto depois de penarem durante quarenta anos dando voltas. Sim, somente dois entraram, que foram Calébe e Josué, e nem mesmo Moisés entrou, viu somente de longe a bênção prometida. O Espírito Santo nos avisa para não sermos incrédulos, para não duvidarmos das promessas do Senhor, porque tudo o que Ele prometeu pela sua Palavra se cumprirá de uma maneira ou de outra. Entretanto, podemos não receber, podemos morrer…

MINHA LOUCURA

"Quisera eu me suportásseis um pouco na minha loucura! Suportai-me, porém, ainda." (2 Coríntios 11:1)
São muitos os que nos acusam de loucos, doidos, alienados e outros adjetivos, por defendermos com afinco a Palavra de Deus, por não aceitarmos ou concordarmos com heresias muito comuns hoje no meio denominado evangélico, gospel. Acham que somos muito radicais, e realmente somos, porque a Palavra de Deus é imutável, e Jesus é o mesmo ontem, hoje e sempre. Aquilo com que Ele não concordava antes continua não concordando; o que Ele exigia antes continua da mesma maneira, portanto nada podemos alterar. Toda alteração, modificação do homem ao Evangelho nada mais é do que vereda que conduz à morte eterna. Assim, quando insistimos em falar, em ensinar o Evangelho pleno, é por amor a todos. "Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus; porque vos tenho preparado para vos apresentar como uma virgem pura a um marido, a saber, a Cristo." (2 Coríntios 11:2). Se somos duros, exi…

INSPIRAÇÃO DIVINA

"Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra." (2 Timóteo 3:16-17)
A Bíblia, a Escritura Sagrada, a Palavra de Deus foi escrita por homens guiados pelo Espírito Santo. Pessoas que viveram há centenas de anos diferentes uns dos outros, mas os seus escritos se completavam e completam. Portanto, tudo o que está escrito na Bíblia é a vontade de Deus, digo a Bíblia original e suas traduções corretas, porque existem muitas religiões e seitas que a adulteram. Sim, adulteram, uma vez que acrescentaram ou suprimiram algo em benefício dos seus pensamentos e entendimento. A Bíblia foi escrita por homens, mas todos foram guiados por Deus e escreveram exatamente por ordem do Senhor, para que tomássemos conhecimento da sua vontade e dos testemunhos. Assim, ela é capaz de nos ensinar, mostrar o Caminho que devemos percorrer;…

PERGUNTAR AO SENHOR

"A palavra que veio a Jeremias da parte do SENHOR, quando o rei Zedequias lhe enviou a Pasur, filho de Malquias, e a Sofonias, filho de Maaséia, o sacerdote, dizendo: Pergunta agora por nós ao SENHOR, por que Nabucodonosor, rei de babilônia, guerreia contra nós; bem pode ser que o SENHOR trate conosco segundo todas as suas maravilhas, e o faça retirar-se de nós." (Jeremias 21:1-2)
            O povo de Israel, o povo separado para o Senhor, o povo de Deus, eles o tinham abandonado, pois incorreramem todos os erros e pecados, tinham desobedecido ao Senhor, apesar de inúmeras vezes o Senhor nosso Deus ter-lhes enviado profetas alertando-os. Como não ouviram o Senhor, levantou um inimigo para os punir; mas mesmo com os erros o rei mandou perguntar ao profeta Jeremias se o Senhor iria tirar os inimigos, se iria libertá-los, ou seja,  não obedeciam, mas queriam socorro. Assim são as pessoas agora: mesmo sabendo a verdade, sabendo que devem evitar os erros, os pecados e viver em ob…

PECADO VOLUNTARIO

"Porque, se pecarmos voluntariamente, depois de termos recebido o conhecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados." (Hebreus 10:26)
Se depois que nos convertemos ao Senhor, se depois que conhecemos a Verdade, sabendo que não devemos pecar, assim mesmo pecarmos de maneira consciente, estamos pisando no Sangue de Cristo, que foi derramado por nossa causa. Muitos, e não poucos, que conheceram o Senhor, o seu Evangelho, sabem a verdade, mas se corromperam e criaram adendos e maneiras de servir o nosso Deus. Pessoas que antes eram fiéis ao Senhor, que receberam todos os ensinamentos, mas com o passar do tempo também resolveram ultrapassar barreiras e já não praticam o Evangelho pleno, agora vivem e ensinam um outro evangelho, um que é contrário à Bíblia; são pessoas que, mesmo dentro de templos, procuram na Palavra um jeito de justificar os seus maus costumes. Muitos são os que, quando se converteram ao Senhor, abominavam o pecado, mas, agora, o tempo passou, e…