Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2016

INCREDULIDADE E MEDO

"E falando eles destas coisas, o mesmo Jesus se apresentou no meio deles, e disse-lhes: Paz seja convosco." (Lucas 24: 36)
 Durante três anos, Pedro, João e os outros discípulos estiveram convivendo com Jesus, ouvindo suas pregações, sendo ensinados por Ele, e vendo inúmeros milagres e maravilhas. Estiveram se alimentando diretamente da Fonte Inesgotável, receberam poder e foram enviados em Nome do Senhor para preparar as pessoas, expulsarem demônios, curarem pessoas, tudo em Nome de Jesus. Viram e ouviram Jesus orando e falando com o Pai, e também ouviram o Pai responder a Ele, além de Jesus informar-lhes sobre tudo o que iria acontecer. Jesus disse a eles que a Palavra se cumpriria Nele, que seria preso, humilhado e que morreria, mas que no terceiro dia ressuscitaria, e foi o que aconteceu. Mas, apesar de Jesus ter falado, prevenido-os sobre tudo o que aconteceria, quando aconteceu, eles não acreditaram e se sentiram decepcionados quando Jesus morreu. Apesar de Jesus ter di…

O QUE É HERANÇA

"E disse: Um certo homem tinha dois filhos; E o mais moço deles disse ao pai: Pai, dá-me a parte dos bens que me pertence. E ele repartiu por eles a fazenda." (Lucas 15:11-12)
 Esta parábola que Jesus nos conta é muito interessante, porque nos mostra o arrependimento pela necessidade de viver. Começa dizendo que um homem tinha dois filhos, e um deles, o mais novo, lhe exige a parte da herança afirmando que lhe pertencia. Devemos observar que o pai deixou, permitiu que o seu filho achasse que o estava enganando, isto porque herança é só para ser dividida após a morte. Herança é dos filhos após a morte dos pais, porque, enquanto eles forem vivos, é deles e dela podem dispor como bem quiserem sem ter que dar nenhuma explicação aos filhos; e os pais não têm obrigação nenhuma de deixar herança material para os filhos. Têm obrigação de deixar herança moral, espiritual, têm que amá-los, educá-los, e prepará-los para viverem de acordo com a Palavra de Deus. Mas esse pai resolveu, mes…

HUMILHAÇÃO E SOFRIMENTO

"Pilatos, pois, tomou então a Jesus, e o açoitou. E os soldados, tecendo uma coroa de espinhos, lha puseram sobre a cabeça, e lhe vestiram roupa de púrpura. E diziam: Salve, Rei dos Judeus. E davam-lhe bofetadas." (João 19:1-3)
 Jesus estava preso e, por ordem de Pilatos, tinha sido espancado, açoitado e também humilhado de maneira dolorosa, pois fizeram uma coroa de espinhos grandes e a colocaram forçando-a sobre a sua cabeça. Ao colocar essa coroa de espinho sobre a sua cabeça, os espinhos adentraram o seu crânio, causando-lhe uma terrível dor e, consequentemente, sangramento. O sangue escorria pela sua cabeça e corpo por causa das chicotadas que tinha levado, mas mesmo assim Jesus não abriu a boca para pedir clemência, Ele foi o Cordeiro mudo. Ainda o vestiram com uma veste púrpura e lhe fizeram chacotas. Mesmo já ferido, era espancado, levava murros, bofetadas, mas nem assim Ele reclamou ou pediu para pararem. Jesus passou por todo tipo de humilhação, dor e não reclamou, …

RECEBEU A BENÇÃO

"E, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, A uma virgem desposada com um homem, cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria." (Lucas 1:26-27)
 O sacerdote Zacarias, marido de Isabel, e a própria, apesar de ambos já serem idosos, tinham recebido a bênção do Senhor e estavam aguardando a chegada do filho amado, porque, apesar de ambos servirem ao Senhor, Isabel era estéril e não poderia ter filhos, até que o Senhor mandou o anjo Gabriel informar a Zacarias que ele seria pai de um filho que seria um homem de Deus. Inclusive, disse-lhe que teria um estilo de vida diferente, e sabemos que assim foi, pois a criança veio a ser João Batista, que batizou Jesus e vivia no deserto. Ele também tinha uma alimentação um tanto peculiar. O filho de Zacarias foi João Batista, o preparador do caminho para o Senhor Jesus, e que foi morto, perdeu a cabeça, literalmente falando, por confrontar o pecado, por pregar contra o…

REPREENDENDO OS DISCÍPULOS

"E ajuntaram-se a Ele os fariseus, e alguns dos escribas que tinham vindo de Jerusalém. E, vendo que alguns dos seus discípulos comiam pão com as mãos impuras, isto é, por lavar, os repreendiam." (Marcos 7:1-2)
 Os fariseus, os religiosos da época sempre buscavam o Senhor Jesus com a intenção de criticar, apontar erros e discordâncias Dele em relação à lei. Os conhecedores da Palavra, da torá, da lei de Moisés, sempre o cercavam com o objetivo de desmoralizá-lo, dizendo que Ele agia contra a vontade, contra a Palavra de Deus. Mas esses religiosos daquela época não são diferentes dos da nossa, porque muitos vão a templos denominacionais para observar, apontar defeitos dos cultos e a maneira como são conduzidos. São muitos os que gostam de criticar o louvor, a oração, as vestes dos irmãos, a pregação e até mesmo a oração. A perseguição a Jesus não se encerrou com a sua morte na cruz, ao contrário, ainda mais se acirrou, e cada vez mais desencadeia novas frentes. Mas o cristão d…

FALANDO COMO HOMEM

"Irmãos, como homem falo; se a aliança de um homem for confirmada, ninguém a anula nem a acrescenta." (Gálatas 3: 15)
 Temos que entender com clareza a Palavra de Deus até mesmo para que possamos manter uma fé saudável assim como a nossa esperança, porque muitos vivem uma emoção, fazendo orações vazias e realizando rituais que para nada servem; simplesmente estão imitando outros, mas eles mesmos não têm conhecimento do que estão praticando. Oram, rezam, fazem preces, mas não têm a certeza se o Senhor tem compromisso com o que eles estão pedindo. Falam sobre promessas, mas, na verdade, não conhecem a Promessa de Deus, e, portanto, citam um monte de vontades e dizem ser promessas do Senhor. Por tal motivo, Paulo esclarece o que é a Promessa de Deus e como ela foi cumprida. Esse apóstolo dirige-se aos irmãos falando, citando exemplos humanos, a fim de provocar um melhor entendimento, porque, considerando que um testamento seja feito por mãos humanas, ninguém poderá anulá-lo depo…

SENDO OUSADO

"Porque vós mesmos, irmãos, bem sabeis que a nossa entrada para convosco não foi vã; Mas, mesmo depois de termos antes padecido, e sido agravados em Filipos, como sabeis, tornamo-nos ousados em nosso Deus, para vos falar o Evangelho de Deus com grande combate." (1 Tessalonicenses 2:1-2)
 Paulo foi um dos mais ferrenhos pregadores do Evangelho de Jesus Cristo, também um dos que mais sofreu perseguições, humilhações, prisões e açoites. Mas em nenhum momento sabemos de ele ter falado em esmorecer, ou ter reclamado do que estava passando, ao contrário, a cada perseguição, com mais afinco pregava. Era expulso de uma cidade ou obrigado a fugir, ia para outra e continuava a pregar, e tempo depois voltava àquela de onde antes tinha sido expulso. Ele apresentava Jesus Cristo, pregava o Evangelho legítimo, expositivo, chamando todos ao arrependimento, testemunhando o Poder de Deus. Paulo foi um grande soldado e combatente do Reino, um pregador admirável, do qual devemos seguir o exempl…