Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2018

FORTIFICAR NA GRAÇA

“Tu, pois, meu filho, fortifica-te na Graça que há em Cristo Jesus. E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros. Tu pois, sofre as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo.” (2 Timóteo 2:1-3)

          O apóstolo Paulo, falando para o jovem pastor Timóteo, faz uma série de advertências que servem para todos nós, principalmente para os pastores atuais. Servem para todos nós, pastores, vivermos e, principalmente, ensinarmos, e não pregarmos mentiras, como muitos fazem. É necessário saber que se precisa de idoneidade para exercer a função de pastor, e principalmente compreender que ser pastor é ser chamado por Jesus Cristo para pregar, ensinar o seu Evangelho, e não outra coisa qualquer. A função de pastor requer disponibilidade em tempo integral, porque se vive em função do Evangelho, tendo a certeza de que não foi chamado para viver na bonança, e sim para as lutas. Ser um guerreiro de Cristo, ser um sold…

GRANDE MISERICÓRDIA

“Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança incorruptível, incontaminável, e que não se pode murchar, guardada nos céus para vós, Que mediante a fé estais guardados na virtude de Deus para a salvação, já prestes para se revelar no último tempo.”(1 Pedro 1:3-5)

         Temos que bendizer, exaltar, glorificar o Nome do Senhor (que é Santo para sempre Amém), porque pela sua misericórdia, pelo seu amor Ele nos deu vida novamente. Estávamos mortos em nossos pecados e não tínhamos salvação, mas aprouve a Ele enviar seu Filho amado, em semelhança de carne, para nos resgatar. Mas Ele não nos gerou novamente, Ele não nos deu vida novamente para vivermos como quisermos, e sim para vivermos segundo a sua vontade, segundo os seus preceitos. Ele tem todo o direito de nos exigir isso, pois foi Ele quem nos deu vida e nos comprou com o Sa…

NADA FICARÁ

“E, dizendo alguns a respeito do templo, que estava ornado de formosas pedras e dádivas, disse: Quanto a estas coisas que vedes, dias virão em que não se deixará pedra sobre pedra, que não seja derrubada.” (Lucas 21:5-6)

 Quando os discípulos de Jesus o procuram, eles chamam a sua atenção para a grandiosidade, a suntuosidade do templo, e Ele responde de maneira clara que todas aquelas coisas um dia iriam sumir, desaparecer, deteriorar. Hoje, vejo pastores preocupados em construir templos enormes e luxuosos. Analisando, vejo a incoerência com a Palavra de Deus, porque, primeiramente, nos grandes templos, as pessoas que os frequentam, os membros, não recebem o tratamento de ovelhas, mesmo porque é impossível um pastor conhecer dez mil pessoas e saber a situação de cada uma, e elas serem atendidas quando precisarem. Vejo que muitas vezes as pessoas, as ovelhas, ou os frequentadores desses templos grandiosos, precisam de uma orientação do pastor e não conseguem, porque, como ele é muito at…

ANDANDO DIFERENTE

“E digo isto, e testifico no Senhor, para que não andeis mais como andam também os outros gentios, na vaidade da sua mente. Entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração; os quais, havendo perdido todo o sentimento, se entregaram à dissolução, para com avidez cometerem toda a impureza.” (Efésios 4:17-19)

 O apóstolo Paulo de maneira clara fala, para que todos possam entender, que ser cristão, ser crente, ser evangélico é ter um comportamento diferente, é viver de acordo com os ensinamentos de Cristo. Não se pode falar em conversão, ou que as pessoas se transformarão em crentes só por frequentarem uma congregação qualquer. Não é o fato de ir diariamente a um templo denominado evangélico que transforma uma pessoa em crente. Mas, se houve uma conversão, então houve uma mudança, e essa mudança começa de dentro para fora, começa pelo nosso interior, em nosso coração, porque passamos a rejeitar tudo o que é contrário à Pala…

IMITANDO A CRISTO

“Sede meus imitadores, como também eu de Cristo. E louvo-vos, irmãos, porque em tudo vos lembrais de mim, e retendes os preceitos como vo-los entreguei. Mas quero que saibais que Cristo é a cabeça de todo o homem, e o homem a cabeça da mulher; e Deus a cabeça de Cristo.” (1 Coríntios 11:1-3)

 Paulo pede aos coríntios o imitarem no seu jeito de viver, pregar e ensinar o Evangelho, mas isto ele falava porque tinha a certeza, a segurança de estar realmente imitando Cristo, de estar praticando os ensinamentos de Jesus Cristo. Por isto eu sempre digo que a melhor pregação, o melhor ensino é aquele que transmitimos com o nosso viver, nosso comportamento, porque muitos falam uma coisa, mas fazem e vivem outra totalmente diferente. O apóstolo Paulo ainda pede que eles retenham, segurem, aprendam, pratiquem o que ele ensinou, da mesma forma que se sente alegre por muitos deles estarem fazendo exatamente isso. Nós temos que aprender a ser discípulos de Cristo, andar, viver como Ele viveu, falar,…

FORTALECENDO OS CORAÇÕES

“Sede, pois, irmãos, pacientes até à vinda do Senhor. Eis que o lavrador espera o precioso fruto da terra, aguardando-o com paciência, até que receba a chuva temporã e serôdia. Sede vós também pacientes, fortalecei os vossos corações; porque já a vinda do Senhor está próxima.” (Tiago 5:7-8)

 Não podemos ser impacientes e nem ansiosos. Sabemos que o Senhor Jesus sempre nos alertou sobre a ansiedade, portanto, tenhamos calma e aguardemos a sua vinda, o seu regresso, quando então levará a sua igreja. Vejo pessoas diante das dificuldades, diante das lutas desejarem que Jesus volte logo, mas falam isto somente para se livrarem das suas dificuldades. Temos que saber que o Senhor voltará logo, mas esse logo não é imediato, porque não podemos esquecer que para o Senhor um dia é como mil anos e mil anos são como um dia, assim sendo, sabemos que pode demorar ainda bastante. Na verdade, sabemos que ainda vai demorar um pouco, porque, como Jesus disse, nem Ele mesmo sabe quando isso ocorrerá, some…

PRESO POR JESUS

“E, estando eles falando ao povo, sobrevieram os sacerdotes, e o capitão do templo, e os saduceus, doendo-se muito de que ensinassem o povo, e anunciassem em Jesus a ressurreição dentre os mortos. E lançaram mão deles, e os encerraram na prisão até ao dia seguinte, pois já era tarde.” (Atos 4:1-3)

          Os capitães do templo, as autoridades do templo, a mando dos sacerdotes, ao ouvirem Pedro pregando a Bíblia, falando de Jesus Cristo, ensinando a Verdade, ficaram chateados, com inveja, e por isso mandaram prender Pedro e João. Os sacerdotes não queriam que o povo conhecesse a Verdade, aprendesse sobre Jesus Cristo. Eles não aceitavam as curas que Ele fazia e muito menos o que Pedro fez, ou melhor, realizou em Nome do Senhor. Por isto foram presos e colocados em prisão para que, no dia seguinte, fossem apresentados no sinédrio para serem interrogados. Podemos achar que não está correto, pois eles nada fizeram de errado para serem presos, ou para serem perseguidos, mas temos que crer…

O COMERCIO

“E estava próxima a páscoa dos judeus, e Jesus subiu a Jerusalém. E achou no templo os que vendiam bois, e ovelhas, e pombos, e os cambiadores assentados.” (João 2:13-14)

          Estavam próximos os dias em que os judeus comemoram a festa da páscoa, que, como sempre falo, é totalmente diferente da páscoa que comemoramos, pois eles comemoram é a libertação do Egito. Pessach (do hebraico פסח, que significa passar por cima ou passar por alto) é a "Páscoa judaica", também conhecida como "Festa da Libertação", que celebra a libertação dos hebreus da escravidão no Egito em 14 de Nissan do ano de 1446 a.C. De acordo com a tradição, a primeira celebração de Pessach ocorreu há 3.500 anos, quando, de acordo com a Torá, Deus enviou as dez pragas sobre o povo egípcio. Antes da décima praga, o profeta Moisés foi instruído a pedir a cada família hebreia que sacrificasse um cordeiro e molhasse os umbrais (mezuzót) das portas com o sangue do cordeiro, para que não fossem acometid…

NADA FICARÁ

“E, dizendo alguns a respeito do templo, que estava ornado de formosas pedras e dádivas, disse: Quanto a estas coisas que vedes, dias virão em que não se deixará pedra sobre pedra, que não seja derrubada.” (Lucas 21:5-6)

 Quando os discípulos de Jesus o procuram, eles chamam a sua atenção para a grandiosidade, a suntuosidade do templo, e Ele responde de maneira clara que todas aquelas coisas um dia iriam sumir, desaparecer, deteriorar. Hoje, vejo pastores preocupados em construir templos enormes e luxuosos. Analisando, vejo a incoerência com a Palavra de Deus, porque, primeiramente, nos grandes templos, as pessoas que os frequentam, os membros, não recebem o tratamento de ovelhas, mesmo porque é impossível um pastor conhecer dez mil pessoas e saber a situação de cada uma, e elas serem atendidas quando precisarem. Vejo que muitas vezes as pessoas, as ovelhas, ou os frequentadores desses templos grandiosos, precisam de uma orientação do pastor e não conseguem, porque, como ele é muito at…

ABANDONANDO E FUGINDO

“E levaram Jesus ao sumo sacerdote, e ajuntaram-se todos os principais dos sacerdotes, e os anciãos e os escribas. E Pedro o seguiu de longe até dentro do pátio do sumo sacerdote, e estava assentado com os servidores, aquentando-se ao lume.” (Marcos 14:53-54)

         Jesus tinha sido preso, no horto, no Getsêmani, e, quando isso ocorreu, todos os seus discípulos o abandonaram, todos fugiram, correram, inclusive o escritor deste livro, Marcos, que estava somente envolto em um lençol e correu nu. Mas aquilo não era novidade para Jesus, que já tinha dito que seria abandonado por todos; inclusive, na época, Pedro teimou dizendo que todos poderiam abandoná-lo, mas ele jamais, e aconteceu exatamente como Jesus disse: todos correram, abandonaram o seu Mestre. Jesus foi traído por um dos seus discípulos e abandonado pelos outros na hora da sua prisão. Agora é conduzido, levado diante das principais autoridades religiosas, eclesiásticas de Israel, os que tinham a obrigação de conhecer as Escri…

INDO A BETÂNIA

“Foi, pois, Jesus seis dias antes da páscoa a Betânia, onde estava Lázaro, o que falecera, e a quem ressuscitara dentre os mortos. Fizeram-lhe, pois, ali uma ceia, e Marta servia, e Lázaro era um dos que estavam à mesa com Ele.” (João 12:1-2)

          Alguns dias antes do dia em que se comemorava a festa judaica da páscoa, Jesus foi a Betânia. Essa páscoa não tem nada a ver e nada se parece com a páscoa que conhecemos, pois não existem chocolates e nem ovos de espécie alguma, muito menos coelhos. A festa da páscoa foi determinada desde a época em que Deus tirou o seu povo do Egito, e não é uma festa comercial como se comemora aqui. Jesus sempre que ia a Betânia passava na casa de Marta e Maria, irmãs de Lázaro, pois os considerava amigos, e, portanto, às vezes pernoitava ali, ou sempre fazia alguma refeição junto com eles. Lázaro era um amigo de Jesus. Ele tinha ficado doente, e as suas irmãs tinham mandado chamar Jesus para o ajudar, para o curar, mas o Senhor estava distante, e mesm…

SABENDO OS MANDAMENTOS

“Finalmente, irmãos, vos rogamos e exortamos no Senhor Jesus, que assim como recebestes de nós, de que maneira convém andar e agradar a Deus, assim andai, para que possais progredir cada vez mais. Porque vós bem sabeis que mandamentos vos temos dado pelo Senhor Jesus.” (1 Tessalonicenses 4:1-2)

          Sempre pregamos o Evangelho de Jesus Cristo mostrando como todos nós devemos viver, andar, nos comportar, porque nós procuramos viver dessa maneira uma vez que nos é exigido pelo Senhor. Devemos compreender que andar em santidade não é fazer nada demais, mas sim fazer nossa obrigação, é dever de todos viver em santidade, porque, quando praticamos algum pecado, estamos indo contra a Palavra de Deus, estamos desobedecendo ao Senhor, e, quando fazemos o certo, que é viver em santidade, não estamos fazendo nada além da nossa obrigação. Muitos acham que a vida dos cristãos se resume em orar, cantar e ir a templos denominacionais, mas não é isso, ser cristão é andar e viver como Cristo andou…

MARAVILHADO

Paulo, apóstolo (não da parte dos homens, nem por homem algum, mas por Jesus Cristo, e por Deus Pai, que o ressuscitou dentre os mortos), e todos os irmãos que estão comigo, às igrejas da Galácia: Graça e paz da parte de Deus Pai e do nosso Senhor Jesus Cristo, o qual se deu a si mesmo por nossos pecados, para nos livrar do presente século mau, segundo a vontade de Deus nosso Pai, Ao qual seja dada Glória para todo o sempre. Amém.” (Gálatas 1:1-5)

          Paulo sempre fazia questão de iniciar as suas cartas saudando os irmãos, a igreja, com o cumprimento cristão, assim como Jesus determinou. Além de cumprimentar, ele também fazia questão de se identificar, falar quem era, qual a sua missão e o desejo do seu coração. Aqui ele começa dizendo que ele é um apóstolo de Jesus Cristo, que não foi ordenado nem chamado por nenhum ser humano, quem o chamou, convocou foi o próprio Jesus Cristo, e nós sabemos disso, pois conhecemos a sua história: ele ia a Damasco com o objetivo de prender os ir…