EVANGELIZAR.

NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

ORANDO SÓ

"E, saindo, foi, como costumava, para o Monte das Oliveiras; e também os seus discípulos o seguiram. E quando chegou àquele lugar, disse-lhes: Orai, para que não entreis em tentação." (Lucas 22:39-40)

          Jesus tinha o hábito de se retirar para lugares ermos para orar, para dialogar com o Pai. Ele ia aos montes, aos jardins onde podia ter privacidade e assim conversar calmamente com Deus. Ele, sabendo que o fim estava próximo, que a sua missão estava no fim e logo seria preso e passaria por um terrível sofrimento, busca forças no Senhor. Jesus vai aos jardins onde tinha o hábito de ir e passar as noites. Acompanhado de alguns discípulos, pede-lhes que fiquem a uma boa distância orando, intercedendo, vigiando em oração para não caírem em tentação, e Ele segue mais adiante. Então, a sós, abre o seu coração a Deus Pai. Todos nós deveríamos aprender a orar com Jesus, e na nossa Bíblia há vários exemplos, várias orações que Jesus fez, quando orou por Ele mesmo, pelos discípulos, pelo mundo, orou, orou, e na maioria das vezes estava só. Vejo as pessoas buscarem companheiros de oração, mas, na verdade, o nosso momento de oração deve ser um momento particular, momento de intimidade entre nós e Deus. As pessoas não têm que ouvir nossas orações, e nem devemos procurar palavras bonitas para impressionar ninguém. Devemos ser sinceros e ter uma conversa franca com o nosso Deus que tudo vê e sabe. Ele ouvirá e nos atenderá. Jesus nos mandou entrar em nossos quartos, fechar a porta e falar com o Pai. Vejo pessoas fazendo campanhas de orações em redes sociais, chamando outras para orar, mas elas fazem isso de uma maneira religiosa, pois não param para examinar, para ver se isto está de acordo com a Palavra de Deus. Temos que compreender que, quando oramos, estamos falando com Deus, e Ele nos responde, e se estivermos no meio de pessoas também orando, falando, cantando, como conseguiremos ouvir a sua voz? "E apartou-se deles cerca de um tiro de pedra; e, pondo-se de joelhos, orava, Dizendo: Pai, se queres, passa de mim este cálice; todavia não se faça a minha vontade, mas a tua." (Lucas 22:41-42). Não podemos fazer orações a Deus com exigências, com autoridade, pois há somente uma autoridade: Ele. Portanto, quem manda é Ele e não nós. O que devemos fazer é nos humilhar, é clamar por sua misericórdia, pelo seu favor, mas sempre pedir que seja feita a sua vontade, e não a nossa. Jesus sabia tudo pelo que ia passar, seu sofrimento, e tudo o mais que viria pela frente, mas a sua oração foi para que, se fosse possível, que Deus o livrasse, mas, caso contrário, que fosse feita a sua vontade. Existem situações em que Deus não vai nos livrar, porque é propósito Dele, é a sua vontade.
 "E apareceu-lhe um anjo do céu, que o fortalecia. E, posto em agonia, orava mais intensamente. E o seu suor tornou-se como grandes gotas de sangue, que corriam até ao chão." (Lucas 22:43-44). Existem momentos, situações em que vamos orar, vamos clamar, sabendo que o Senhor não irá nos atender, e que o que tememos irá acontecer, porque essa é a vontade de Deus Pai, então devemos simplesmente dizer: seja feita a sua vontade. Quando procedemos assim, descansamos no Senhor, entregamos as nossas vidas a Ele e o socorro vem, não em forma de solução, mas com o seu conforto, o seu refrigério, Ele envia anjos para nos fortalecer, para que possamos passar pelo deserto, pela tempestade. Jesus estava em momento de grande agonia, porque tinha conhecimento do sofrimento a que seria submetido, sabia que logo seria preso, humilhado, espancado, cuspido, e depois crucificado; sabia que morreria na cruz do Calvário. Com Ele antevendo tudo isso, o seu sofrimento aumentou ainda mais, e em tal proporção que o seu suor se transformou em sangue, isto porque os vasos, as veias pequenas estouraram e o sangue jorrava. Esse é um fenômeno conhecido que acontece em momento de grande estresse e sofrimento. "Hematidrose é um fenômeno raríssimo, é uma fraqueza física excepcional onde todo o corpo apresenta dores, acompanhada de um abatimento moral violento causada por uma profunda emoção, por um grande medo. Apenas um ato destes pode causar o rompimento das finíssimas veias capilares que estão sob as glândulas sudoríparas onde o suor anexa-se ao sangue formando a Hematidrose. A Hematidrose pode ser mais entendida com uma transpiração de sangue acompanhada de suor." Jesus estava na carne como todo ser humano, e por tal motivo sofreu e sofria como qualquer outra pessoa, assim sabemos o quanto sofreu por nossa causa, para que pudéssemos ser salvos. Todos os que não valorizam o sacrifício de Jesus, os que não se rendem ao Senhor, não aceitam a salvação de Jesus, merecem, com certeza, o sofrimento e a morte eterna a que estão destinados. "E, levantando-se da oração, veio para os seus discípulos, e achou-os dormindo de tristeza. E disse-lhes: Por que estais dormindo? Levantai-vos, e orai, para que não entreis em tentação." (Lucas 22:45-46) Jesus volta e vai até onde deixara os discípulos e os encontra dormindo, pois eles não conseguiram permanecer vigiando, orando com Ele. Eles queriam, mas não conseguiram, isto porque se abateu sobre eles uma tristeza, apesar de não terem conhecimento pleno, mas entenderam que algo iria acontecer com Jesus, e isto lhes trouxe uma grande tristeza. Jesus os acorda e lhes manda ficar de pé para que não entrassem em tentação, porque o Senhor sabia que o espírito estava pronto, mas a carne era fraca. "E, estando Ele ainda a falar, surgiu uma multidão; e um dos doze, que se chamava Judas, ia adiante dela, e chegou-se a Jesus para o beijar. E Jesus lhe disse: Judas, com um beijo trais o Filho do homem?" (Lucas 22:47-48). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 
 

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

JESUS FALANDO NO TEMPLO

"E, falando Jesus, dizia, ensinando no templo: Como dizem os escribas que o Cristo é filho de Davi?" (Marcos 12:35)

          Os religiosos, os praticantes de uma lei que não conhecem profundamente são os que mais erram e criam heresias, que são difundidas como sendo a Palavra de Deus. Por não conhecerem como deveriam a Palavra de Deus, os escribas, os que tinham a obrigação, o ofício de transcrever as Escrituras - uma vez que naquela época não existia máquina de tipografia e muito menos xerox -, eles ficavam transcrevendo a lei e sobre os profetas, mas não meditavam a respeito de tudo o que estava escrito, ou do que estavam escrevendo. Prova tal que eles difundiam e afirmavam que Jesus era filho de Davi, e, apesar de anos, séculos terem se passado, muitas pessoas, pregadores ainda ensinam, afirmam isso. Jesus combatia as heresias, os falsos entendimentos, a religiosidade, e por esse motivo, no templo, quando estava ensinando, pregando, Ele pergunta o que os escribas diziam sobre Ele ser filho de Davi. Eu sempre faço questão de ressaltar que Jesus se dedicava a ensinar o Evangelho, se dedicava a pregar a Palavra de Deus, não como muitos pensam que Ele veio somente para abençoar, curar e fazer milagres. Ele veio e começou o seu Ministério terreno foi pregando, ensinando, e agora no templo Ele traz mais um ensinamento com essa pergunta. Quem eles dizem que Ele é, porque, se falarem que é Filho de Davi, então as Escrituras estão se chocando, porque elas afirmam que Ele é Filho de Deus. Sabemos que a Palavra de Deus não se contradiz, mas, na própria escritura, vimos pessoas afirmarem, chamarem-no de filho de Davi, assim como foi o caso de um cego que ficou gritando para que Ele tivesse piedade dele e o curasse. Mas o seu chamamento foi exatamente chamando-o de filho de Davi. Não somente este, na verdade, quase todos os judeus assim pensavam e pensam até hoje. Os judeus até hoje se referem a Jesus como filho de Davi, mas devemos entender que isso não é possível, porque o mesmo Davi se referia a Ele como o Filho de Deus. Davi, profetizando em seus salmos, em nenhum momento se refere ao Salvador, ao Messias como seu filho, e também não sabemos de nenhum dos profetas chamarem, afirmarem que Jesus seria filho de Davi. Hoje vemos, ouvimos várias citações que se dizem bíblicas sem o serem, e também falam frases dizendo que foram ditas por Jesus ou por Deus, só que elas não se encontram na Bíblia. As pessoas afirmam muitas coisas, tais como          "não cai uma folha se não for a vontade de Deus", ou "Deus escreve certo por linhas tortas", e "o cair é do homem, mas o levantar é de Deus", essas e mais um monte de citações que não existem na Bíblia.
 "O próprio Davi disse pelo Espírito Santo: O Senhor disse ao meu Senhor: Assenta-te à minha direita Até que eu ponha os teus inimigos por escabelo dos teus pés. Pois, se Davi mesmo lhe chama Senhor, como é logo seu filho? E a grande multidão o ouvia de boa vontade." (Marcos 12:36-37). Jesus então explica, questiona como Davi, sendo usado por Deus, chama Jesus de Senhor, e não é hábito em lugar algum os pais chamarem os filhos de Senhor, e sim os filhos chamarem os pais de Senhor. Davi, sendo usado por Deus em revelação, refere-se a Jesus como o Senhor, então como ele poderia ser pai de Cristo? Não há como Jesus ser filho de Davi se o conhecemos como o Filho de Deus. Portanto, devemos atentar para o que falamos ou ensinamos, porque podemos ser mentirosos, podemos estar difundindo heresias. Jesus só tem e teve um Pai, que é Deus, e Maria foi usada por Deus para que Jesus tivesse um nascimento, um surgimento humano, porque, para vencer, Ele tinha que vir na carne e suportar todas as fraquezas que o ser humano suporta. Jesus foi vencedor exatamente nisso, porque venceu sendo humano e mostrou que todos nós podemos vencer se estivermos Nele. Temos que ser inteligentes, temos que buscar entender, compreender a Palavra de Deus, e não ficarmos simplesmente aceitando o que nos falam. Temos que aprender a pesquisar, afinal, temos a nossa Bíblia, que não é para enfeite, mas para ser usada. Basta analisar que Maria ficou grávida pelo Espírito Santo, e não por José, apesar de este ser da linhagem de Davi, mas ele não teve nenhuma participação no nascimento de Jesus. Portanto, não podemos falar nem mesmo que Ele é descendente de Davi, uma vez que José nada teve a ver com o nascimento da criança Jesus, portanto, sabemos pela Escritura, pela Palavra de Deus, que Jesus é somente Filho de Deus. Veja que o próprio Jesus ensinou isto no templo. Ele mostrou a contradição dos escribas ao afirmarem que Ele era filho de Davi, mas sabemos que o nosso Mestre é Filho de Deus. Temos que saber que Davi foi um grande homem, extremamente abençoado por Deus, foi um homem que foi usado por Deus para guiar os hebreus, para libertá-los do jugo dos adversários, mas ele era somente um ser humano. Falamos é de Jesus, o Rei dos reis, aquele que é Deus, e, consequentemente, Filho de Deus, para isto que devemos atentar. "E, ensinando-os, dizia-lhes: Guardai-vos dos escribas, que gostam de andar com vestes compridas, e das saudações nas praças, E das primeiras cadeiras nas sinagogas, e dos primeiros assentos nas ceias; que devoram as casas das viúvas, e isso com pretexto de largas orações. Estes receberão mais grave condenação." (Marcos 12:38-40).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
 Pr. Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

ENTRADA PELA FÉ.

"Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo; Pelo qual também temos entrada pela fé a esta graça, na qual estamos firmes, e nos gloriamos na esperança da Glória de Deus." (Romanos 5:1-2)

          Vivemos pela fé e tudo fazemos pela fé, porque por meio dela acreditamos que obteremos vida eterna em Jesus, e é exatamente por essa fé que rejeitamos as coisas do mundo. Cremos que Jesus assumiu o nosso lugar na Cruz, que morreu para nos dar salvação, portanto, sabemos que temos somente que crer e viver em obediência a sua Palavra. Cremos que fomos justificados por Jesus, por tal motivo, quando nos arrependemos e clamamos por perdão, sabemos que estamos livres do fardo do pecado, porque essa é a sua Palavra. Assim, desfrutamos de paz com Deus, temos paz em nós mesmos se cremos em Jesus; se temos fé Nele, sabemos que agradamos a Deus Pai; vivemos peregrinando em direção ao Senhor e rejeitamos todos os prazeres mundanos que o Senhor condena. Não fazemos isto por prazer, mas pela obediência, pela fé. Não podemos dizer, afirmar que vivemos um estilo de vida que amamos, e sim que vivemos porque amamos Cristo e temos fé Nele. Nós, os que escolheram viver Nele e por Ele, rejeitamos tudo o que não lhe agrada, porque corremos em busca de um tesouro maior, corremos em busca de vida duradora, vida longa, vida eterna, e o único que nos pode oferecer isso é o Senhor. Por isso praticamos a santidade, desviamo-nos de tudo o que lhe desagrada, nos santificamos em sua Palavra e desejamos o mais breve possível desfrutar do seu descanso. As pessoas falam muito em amar o Senhor, mas muitas não entenderam que a única maneira de demonstrar esse amor a Ele é pela obediência, porque podemos falar em amor o tempo todo, mas, se não vivermos em santidade, se não vivermos de acordo com a sua Palavra, com certeza não entraremos em seu descanso. A bem da verdade, buscamos o Senhor por interesse, procuramos obedecer-lhe em troca de salvação. O que nós, seres humanos, falamos que é amor a Deus na verdade não passa de interesse, uns por simples interesse em bênçãos imediatas, outros, os que realmente o conhecem por vida, por salvação. Temos esperança, cremos, temos fé, e por isso obedecemos e praticamos a sua Palavra, assim nos gloriamos na Glória de Deus. Somos movidos pela fé, e tudo fazemos pela fé em Jesus Cristo. Já os que não têm fé, ou cuja fé é dúbia, jamais conseguirão nada, pois não acreditam no Filho de Deus.
 "E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, E a paciência a experiência, e a experiência a esperança. " (Romanos 5:3-4). Por vivermos pela fé, sabemos que aqui não é o nosso lugar final, sabemos que caminhamos para algo muito maior, que ainda não conhecemos a vida e somente a conheceremos se passarmos aqui pelas rejeições mundanas. Assim, quando enfrentamos lutas, tribulações, nos alegramos, porque sabemos que estamos vivendo de acordo com a Palavra de Deus, sabemos que os sofrimentos e as lutas são esperados na vida de todos os que se propõem seguir Jesus. As lutas que enfrentamos produzem paciência, fazem com que saibamos que devemos aguardar com paciência a vinda do Senhor, fazem-nos entender que a Palavra se cumpre, porque o nosso Mestre foi perseguido, mas com paciência aguardou no Pai até que foi chamado da morte para vida, para reinar, e recebeu todo o Poder no Céu e na Terra, onde todos os joelhos se dobrarão diante Dele. Quando estamos enfrentando tribulações, lutas, desertos, sofrimentos, batalhas, sabemos que não devemos nos entristecer, e sim nos alegrar, pois estamos fazendo a vontade do Senhor e desagradando o mundo; além de nos fortalecer, isso faz com que tenhamos paciência na espera do Senhor, faz com que sejamos experientes na prática do Evangelho de Jesus Cristo. Tendo experiência, sendo conhecedores do propósito de Deus para as nossas vidas, vivendo isso, então automaticamente temos esperança de o encontrar e desfrutar da sua presença por toda a eternidade. "E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado." (Romanos 5:5). A Esperança não traz confusão, não traz dúvidas ou medo, porque o próprio Espírito Santo de Deus é quem nos consola, nos confirma e nos guia. Quando se tem dúvida sobre a salvação, é porque não existe o Espírito de Deus habitando na pessoa, é porque ela ainda não praticou a fé, ainda não se entregou ao Senhor. Temos que saber que, quando uma pessoa se entrega ao Senhor, ela realmente entrega a sua vida, não mais olha para trás, somente para Cristo, e não teme nada e não tem dúvidas, porque os que não procedem assim não são sinceros ou verdadeiros. Muitos são os que falam que amam o Senhor, que se entregaram a Ele, mas na verdade o buscam somente em troca de uma bênção passageira, imediata, não creem na salvação e nem a esperam. Não compreendem o projeto de Deus para nos libertar, nos salvar, nos dar vida eterna, nos tirar da vergonha, do sofrimento e da condenação eterna, porque todos nós éramos pecadores sem a menor chance de sermos salvos."Porque Cristo, estando nós ainda fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios." (Romanos 5:6). Jesus não padeceu, não sofreu ou morreu por sermos bonzinhos, ao contrário, morreu por sermos pecadores e sem esperanças. Jesus nos amou primeiramente sendo nós sujos, imundos, rebeldes, mesmo sabendo que a maioria não o aceitaria, não creria Nele. "Porque apenas alguém morrerá por um justo; pois poderá ser que pelo bom alguém ouse morrer. Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores. Logo muito mais agora, tendo sido justificados pelo seu Sangue, seremos por Ele salvos da ira. Porque se nós, sendo inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho, muito mais, tendo sido já reconciliados, seremos salvos pela sua vida. E não somente isto, mas também nos gloriamos em Deus por nosso Senhor Jesus Cristo, pelo qual agora alcançamos a reconciliação." (Romanos 5:7-11).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

domingo, 25 de fevereiro de 2018

MATAR PELO SÁBADO

"E por esta causa os judeus perseguiram a Jesus, e procuravam matá-lo, porque fazia estas coisas no sábado." (João 5:16)

          Jesus Cristo foi perseguido sistematicamente durante todo o tempo do seu Ministério terreno pelos religiosos, pelos que diziam ser seguidores e praticantes da lei de Deus, pelos que tinham a obrigação de conhecer com profundidade a Palavra de Deus, pelos que deveriam entender e conhecer as Escrituras, o que os profetas falaram e deixaram registrado a respeito da vinda do Messias. Mas talvez por esse motivo é que perseguiam Jesus, por inveja, porque tinham conhecimento de quem Ele era, e, apesar de falarem da lei, a maioria deles não era de fato praticante da mesma. Eles tinham medo de perder a posição em que se encontravam, tinham medo de serem relegados a uma posição inferior, porque eles tinham conhecimento de que agiam de maneira errada e desonesta em vários sentidos. Então, por temerem que isso acontecesse, tudo fizeram para eliminar o Filho de Deus. É claro que sabiam que Ele era o Messias, porque ninguém nunca tinha dado tantos sinais, feito tantos milagres como Jesus. Eles sempre procuravam desmerecer, desacreditar os sinais, os milagres que Jesus praticava, sempre estavam tentando armar armadilhas com palavras, criando ciladas para pegarem Jesus de alguma forma e então terem do que acusá-lo. Mas exatamente por assim é que sabemos que estavam a serviço do inferno, pois quem cria armadilhas e ciladas é o diabo; assim, sabemos que esses sacerdotes, apesar de citarem o Nome de Deus, falarem de Moisés, na verdade eram servos do diabo, que é o pai da mentira. Como não encontravam nenhuma maneira, nada que pudesse acusar o Senhor, resolveram então achar um pretexto na lei de Moisés sobre a questão do sábado. Jesus pregava, ensinava e curava os enfermos todos os dias, inclusive nos sábados; libertava os oprimidos do diabo todos os dias. Assim, eles perceberam, entenderam que seria por aí que conseguiriam acusá-lo e levá-lo à morte, porque esses religiosos tudo fizeram para condenar Jesus à morte, não queriam que o Filho de Deus vivesse. O fato é que esse foi o motivo alegado, apresentado, a desculpa para perseguirem Jesus. O que muito me estranha é que ainda existem seitas, religiões que continuam fazendo a mesma coisa, continuam perseguindo Jesus e os seus discípulos por não guardarem os sábados, por não respeitarem o sábado. Apesar de que, mesmo os que dizem guardar os sábados, não o fazem, pois continuam fazendo compras, indo às lojas, fazendo suas alimentações, deslocando-se para vários lugares. Se realmente fossem guardar o sábado de acordo com a lei de Moisés, deveriam não fazer absolutamente nada.
 " E Jesus lhes respondeu: Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também." (João 5:17). Jesus deu essa resposta a eles e continua nos dando a mesma resposta, continua nos falando que devemos trabalhar, cumprir com as nossas obrigações, nossos deveres, porque Deus trabalha até agora, e nós também devemos trabalhar. Jesus afirma que Deus Pai trabalha até agora, e que Ele também trabalhava, e vemos Deus trabalhando, porque o Pai estava no Filho, e o Filho no Pai, e da mesma maneira que Jesus estava trabalhando, estava curando, libertando, ensinando, Deus também estava. E se gostamos de fazer orações, pedidos a Deus em todos os momentos, então deveríamos nos dias de sábados também não dirigir súplicas a Deus, não poderíamos pedir nada a Ele. Deus continua até hoje curando, libertando, transformando vidas todos os dias, inclusive nos dias de sábados. Infelizmente, a hipocrisia religiosa que dominava aqueles religiosos daquela época continua até hoje em algumas pessoas que se recusam a enxergar a verdade, que se recusam a ouvir Jesus que disse: "Porque o Filho do homem até do sábado é Senhor". Jesus é o Senhor de todos os dias, e Ele não faz separação entre dias, portanto, devemos saber que o sábado é um dia como outro qualquer, e que aquela determinação do sábado da Antiga lei tinha um propósito, que era testar se aqueles escravos que saíram do Egito se iriam obedecer, e também para que houvesse um dia de descanso, porque escravo trabalha o tempo todo. Mas agora somos filhos de Deus e somos libertos em Jesus Cristo. " Por isso, pois, os judeus ainda mais procuravam matá-lo, porque não só quebrantava o sábado, mas também dizia que Deus era seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus." (João 5:18) Apesar de saberem a verdade, de saberem que Jesus era o Filho de Deus, eles não queriam admitir, pois, se assim o fizessem, teriam que se submeter à autoridade do Filho de Deus. E a arrogância, a soberba, a desobediência os impediam de aceitar Jesus como Filho de Deus, de ter que obedecer-lhe, portanto, tentavam de todas as maneiras desacreditar Cristo. Mas Jesus o tempo todo mostrava e declarava que era o Filho de Deus, e por esse motivo eles diziam se sentir ofendidos, porque um homem se dizia Filho de Deus e fazia o povo crer que o Messias viria de uma maneira espetacular, viria de uma maneira diferente e não seria como um homem, como um ser humano, apesar de eles saberem a verdade. Jesus então dá uma explicação clara mostrando que Ele é o Filho de Deus e só faz os sinais que Ele fez porque é o Filho, e o Pai está Nele." Mas Jesus respondeu, e disse-lhes: Na verdade, na verdade vos digo que o Filho por si mesmo não pode fazer coisa alguma, se o não vir fazer o Pai; porque tudo quanto Ele faz, o Filho o faz igualmente. Porque o Pai ama o Filho, e mostra-lhe tudo o que faz; e Ele lhe mostrará maiores obras do que estas, para que vos maravilheis. Pois, assim como o Pai ressuscita os mortos, e os vivifica, assim também o Filho vivifica aqueles que quer. E também o Pai a ninguém julga, mas deu ao Filho todo o juízo; Para que todos honrem o Filho, como honram o Pai. Quem não honra o Filho, não honra o Pai que o enviou. Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha Palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida. Em verdade, em verdade vos digo que vem a hora, e agora é, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus, e os que a ouvirem viverão. Porque, como o Pai tem a vida em si mesmo, assim deu também ao Filho ter a vida em si mesmo; E deu-lhe o poder de exercer o juízo, porque é o Filho do homem." (João 5:19-27).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
 Pr. Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

PRIMEIRO TRATADO

"Fiz o primeiro tratado, ó Teófilo, acerca de tudo que Jesus começou, não só a fazer, mas a ensinar, Até o dia em que foi recebido em cima, depois de ter dado mandamentos, pelo Espírito Santo, aos apóstolos que escolhera; Aos quais também, depois de ter padecido, se apresentou vivo, com muitas e infalíveis provas, sendo visto por eles por espaço de quarenta dias, e falando das coisas concernentes ao Reino de Deus." (Atos 1:1-3)

          Lucas era um médico e não andou com Jesus, e também não foi reconhecido como apóstolo; era um seguidor, um pesquisador das obras do Senhor. Esse médico escreveu o primeiro tratado, que é o Evangelho com o seu nome, e também escreveu o livro de Atos dos apóstolos. Como disse, apesar de não ter andado com Jesus, ele pesquisou muito, buscou conhecer com profundidade, investigou e assim pôde fazer um relato com maior precisão. Tudo o que está escrito no Evangelho de Lucas, ou em Atos dos apóstolos, não foi algo presenciado por ele, mas sim objeto de uma incansável investigação. E quando ele assim o fez, foi com o propósito inicial de apresentar um relatório a Teófilo. Mas não sabia ele que estava, na verdade, sendo usado para escrever esses dois livros que ficariam para sempre, os quais nos mostram, nos apresentam Jesus e a maneira como devemos adorá-lo e nos comportar. Em Atos, conhecemos a maneira como o Evangelho foi pregado pelo mundo, os missionários, os sacrifícios e suas lutas, o extermínio de alguns, além de vermos o Poder sobrenatural do Senhor. Vemos que Lucas fala que começou a escrever tudo o que Jesus fez, mas principalmente a ensinar. Como pesquisador, ele abrangeu todos os pontos. Fala como Jesus viveu, pregou, ensinou, e todo o seu Ministério terreno durante os quase três anos, até o dia em que se entregou por nós na cruz do Calvário e ressuscitou ao terceiro dia, e depois subiu e foi à vista de todos ao encontro do Pai. No Evangelho de Lucas, ele conta tudo o que Jesus fez e falou, além das ordenanças que deu aos seus apóstolos, antes de partir, porque Jesus, depois que ressuscitou, Ele se apresentou de inúmeras maneiras e em lugares diferentes durante quarenta dias. A bem da verdade, em um espaço de quarenta dias, Jesus se apresentou onze vezes, para trazer ensinamentos aos discípulos e a todos, e principalmente para mostrar que estava vivo e não era um fantasma. Por tal motivo, Ele fazia questão de se alimentar com eles, porque sabemos que fantasma não se alimenta.
 "E, estando com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a Promessa do Pai, que, disse Ele, de mim ouvistes. Porque, na verdade, João batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias." (Atos 1:4-5). Na última vez em que o Senhor Jesus se apresentou aos seus discípulos, antes de subir aos Céus na presença de todos, deu ordem para que eles não saíssem, não se afastassem de Jerusalém, que esperassem o revestimento espiritual, que esperassem o envio do Espírito Santo, pois até aquela época Ele não tinha se manifestado, e Jesus tinha dito que era necessário Ele ir, para que o Espírito da parte do Pai viesse. Jesus dizia para eles esperarem, pois seriam batizados com o Espírito Santo de Deus, só depois disso é que estariam capacitados para pregar o Evangelho, para levar a sua mensagem. Todos nós precisamos do revestimento para podermos pregar o Evangelho de Jesus Cristo, precisamos ser capacitados por Ele para falarmos em seu Nome, porque, quando vamos sem o Espírito de Deus, falamos quaisquer coisas e nada conseguimos, pois quem tudo faz é o Senhor, somos somente instrumentos, somos suas ferramentas. Jesus determinou que os seus discípulos não saíssem, mas que aguardassem, que esperassem a vinda do Espírito de Deus. "Aqueles, pois, que se haviam reunido perguntaram-lhe, dizendo: Senhor, restaurarás tu neste tempo o Reino a Israel? " (Ato 1:6). Mas observamos que os discípulos estavam preocupados com a mudança, com a libertação física de Israel, isto porque ainda não estavam raciocinando de maneira espiritual. Como ainda não tinham o Espírito Santo, não tinham o entendimento completo, Apesar de terem andado, acompanhado Jesus durante três anos e visto milagres e sinais grandiosos, apesar de verem que Jesus morreu e ressuscitou e estava falando com eles, apesar de tudo isto ainda pensavam que Jesus ia simplesmente libertar Israel do jugo da servidão, libertar de César e do seu domínio. Com referência a essa curiosidade e ansiedade, veremos que a resposta de Jesus simplesmente nos parece ser dura, mas foi para eles entenderem que a preocupação do Senhor não era aquela, e que eles, assim como nós, não podem ficar ansiosos por coisa alguma. "E disse-lhes: Não vos pertence saber os tempos ou as estações que o Pai estabeleceu pelo seu próprio Poder. Mas recebereis a Virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra. " (Atos 1:7-8). Jesus os cala com respeito à curiosidade e diz que não compete a eles, não é da alçada deles conhecer tempos, saber quando ocorrerá nada, o que eles têm que saber é que receberão o Espírito Santo de Deus, que lhes dará poder, e eles pregarão o Evangelho por todo o mundo. Jesus diz que não saberão o tempo que Deus Pai determinou, estabeleceu para as coisas acontecerem, mas que deveriam ser revestidos com o Poder de Deus. Isto serve para todos nós, porque também não devemos andar ansiosos, não devemos querer saber de tempo, ou de quando ocorrerá alguma coisa, devemos buscar nos revestir com o Espírito de Deus, pregarmos o Evangelho e testemunhar o que o Senhor fez em nossas vidas a todos. "E, quando dizia isto, vendo-o eles, foi elevado às alturas, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos. E, estando com os olhos fitos no céu, enquanto ele subia, eis que junto deles se puseram dois homens vestidos de branco.Os quais lhes disseram: Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir. " (Atos 1:9-11). 

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 
 

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

BOM PARA EDIFICAÇÃO

"Mas nós, que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos, e não agradar a nós mesmos. Portanto cada um de nós agrade ao seu próximo no que é bom para edificação." (Romanos 15:1-2)

 São muitos os que se identificam como cristãos, principalmente os católicos e os evangélicos, mas nem sempre é visto o comportamento cristão nessas pessoas. Ser cristão é seguir os passos de Jesus, é ser imitador de Cristo, é ter o Senhor como Mestre. Mas muitos desses que se autodenominam cristãos muitas vezes são pessoas que fazem julgamentos errados e precipitados, são pessoas avarentas, miseráveis, e que não têm a preocupação de ajudar, socorrer os seus semelhantes. Nós nos deparamos constantemente com pessoas mais fracas, pessoas que têm dificuldade para entender e compreender o Evangelho do Senhor, pessoas que são propícias à prática de pecados e vivem em desobediência. Mas assim procedem não por maldade, na verdade pela falta dela, porque, de maneira simplória, acham que o Senhor não se importará e que sempre perdoará, mas os que conhecem a Palavra de Deus não conseguem explicar, mostrar que a maneira daquela pessoa viver é errada e que nem sempre teremos o perdão, a misericórdia do Senhor. Se somos cristãos, devemos aprender a suportar as fraquezas dos outros, temos que aprender a amar, a cuidar do próximo assim como gostaríamos que fôssemos cuidados. Quando estamos errados, gostamos que alguém nos alerte, nos mostre o caminho certo, e assim evitamos a perdição. Da mesma maneira, devemos agir com o próximo e com toda sabedoria mostrar os seus erros para evitar que ele se perca, porque o nosso Mestre Jesus não agradou a si mesmo, desagradou a sua vontade, a sua carne, e se entregou para ser preso e sofrer em nosso lugar, ocupou o nosso lugar na cruz do Calvário. Jesus, sabendo tudo o que ia passar nos jardins, no Getsêmani, clamou a Deus Pai que, se fosse possível, evitasse de Ele passar por aquilo, por aquele sofrimento, mas que fosse feita a vontade de Deus, e não a Dele. Jesus estava revestido de carne como nós, sentia as mesmas necessidades e dores que qualquer um de nós, mas Ele não fugiu da sua missão, foi até o final, mesmo inocente. Sofreu por nossa causa, para que pudéssemos ter direito à vida. Mas nós, que dissemos ser cristãos, seus seguidores, não aceitamos, não nos permitimos sofrer por ninguém, não concordamos em tomar prejuízo, sofrer algum dano em prol de outra pessoa. Não gostamos de perder tempo, perder dinheiro, perder qualquer coisa para que alguém possa ser beneficiado. Falamos que somos cristãos, mas somos egoístas, somos religiosos, porque somente citamos o Nome do Senhor, mas não praticamos a sua Palavra.
 " Porque também Cristo não agradou a si mesmo, mas, como está escrito: Sobre mim caíram as injúrias dos que te injuriavam. " (Romanos 15:3). Temos que seguir Jesus para depois então nos identificar como cristãos, porque, fora disso, estamos pecando ainda mais, pois estamos mentindo, e os mentirosos não herdarão o Reino de Deus, uma vez que o pai da mentira é o diabo. Seguimos Cristo, somos cristãos verdadeiros quando praticamos o seu Evangelho, quando meditamos em sua Palavra, e o que aprendemos praticamos, executamos, assim, estamos sendo realmente aprendizes de Cristo. Não é o fato de frequentar um templo qualquer que nos transforma em cristãos, mas viver assim como Ele determinou. E o seu mandamento foi amar o próximo como a nós mesmos, e se temos amigos, conhecidos, desconhecidos que estão fracos, estão sofrendo, capangando, tateando, é nosso dever, obrigação, socorrê-los, ajudá-los, guiá-los, pois é uma ordem do nosso Mestre. Jesus assumiu a nossa culpa, e, portanto, não tenhamos medo, preocupação de assumirmos as culpas dos outros, não tenhamos a preocupação de nos defender quando acusados, porque, se sabemos que somos inocentes, sabemos que o Nosso Mestre também o sabe, e a sua Palavra diz que, se temos a consciência tranquila, e se ela não nos acusa, então temos paz com Deus. "Porque tudo o que dantes foi escrito, para nosso ensino foi escrito, para que pela paciência e consolação das Escrituras tenhamos esperança. Ora, o Deus de paciência e consolação vos conceda o mesmo sentimento uns para com os outros, segundo Cristo Jesus, Para que concordes, a uma boca, glorifiqueis ao Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo. " (Romanos 15:4-6). Não vemos Jesus com os nossos olhos físicos como uma imagem ou pessoa, não o ouviremos falar em nosso ouvido, mas o vemos através dos nossos olhos, sim, porque o vemos na sua Palavra, tudo o que foi escrito, tudo o que está escrito nas Escrituras é para a nossa consolação, edificação. O Senhor nos fala através da Bíblia, através da sua Palavra. Os cristãos, os discípulos de Jesus, os aprendizes de Cristo vivem é pela fé Nele, pela fé em sua Palavra, esperando a consolação, esperando obter vida Nele, e não por outro motivo. Assim, desagradamos a nós mesmos e a muitas pessoas que não aceitam ou concordam com a nossa maneira de viver, porque, apesar de ainda estarmos no mundo, não vivemos no mundo, mas no Reino, e seguimos e praticamos as leis, a Constituição do Reino, a Carta Magna, que é a Bíblia, a Palavra de Deus. Por isso, obedeçamos ao Senhor, idolatremos o Senhor, glorifiquemos o seu Nome em todo o tempo, porque somos seus servos, somos salvos, temos vida por Ele, e assim vivemos Nele, porque fomos comprados com o seu precioso Sangue. "Portanto recebei-vos uns aos outros, como também Cristo nos recebeu para Glória de Deus. Digo, pois, que Jesus Cristo foi ministro da circuncisão, por causa da verdade de Deus, para que confirmasse as promessas feitas aos pais; e para que os gentios glorifiquem a Deus pela sua misericórdia, como está escrito: Portanto eu te louvarei entre os gentios, e cantarei ao teu Nome. E outra vez diz: Alegrai-vos, gentios, com o seu povo. E outra vez: Louvai ao Senhor, todos os gentios, e celebrai-o todos os povos. Outra vez diz Isaías: Uma raiz em Jessé haverá, e naquele que se levantar para reger os gentios, os gentios esperarão. Ora o Deus de esperança vos encha de todo o gozo e paz em crença, para que abundeis em esperança pela virtude do Espírito Santo." (Romanos 15:7-13). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.