Pular para o conteúdo principal

CRESCIMENTO NA FÉ

“Paulo, e Silvano, e Timóteo, à igreja dos tessalonicenses, em Deus nosso Pai, e no Senhor Jesus Cristo: Graça e paz a vós da parte de Deus nosso Pai, e da do Senhor Jesus Cristo. Sempre devemos, irmãos, dar graças a Deus por vós, como é justo, porque a vossa fé cresce muitíssimo e o amor de cada um de vós aumenta de uns para com os outros.” (2 Tessalonicenses 1:1-3)

         Paulo, juntamente com mais dois pastores, escreve essa carta aos da igreja em Tessalônica, e, como sempre, inicia com a saudação cristã, abençoando e clamando a Deus pela vida deles. A bem da verdade, todos nós, cristãos, devemos sempre cumprimentar os irmãos, os da mesma fé com esse cumprimento ou essa saudação que o Senhor Jesus nos mandou, com a paz do nosso Senhor Jesus Cristo, que às vezes muda conforme a denominação, umas dizem somente a paz do Senhor, outras dizem a paz do Senhor Jesus Cristo, além de algumas que fazem como Paulo fez, dando Graça e paz. Nenhuma dessas saudações é superior ou inferior, é simplesmente o cumprimento cristão, mas claro que digo entre cristãos, porque não fazemos isso com as pessoas que são profanas ou que não conhecem o Senhor, porque não entenderiam. Jesus disse que nas casas em que entrarmos devemos saudá-las com a sua paz, e se ali não existir ninguém de paz, que a paz voltará para nós. Muito bem, nesta carta, Paulo, juntamente com os seus dois colegas, exalta a fé, a maneira de se portar dos irmãos da igreja em Tessalônica, e nós de igual maneira devemos proceder quando nos depararmos com irmãos fiéis ao Senhor, mas, assim como Paulo, quando existir relaxamento e não estiverem praticando o Evangelho de Jesus Cristo, devemos sim falar, apontar, exortar, admoestar para que eles reconheçam seus erros e voltem ao primeiro amor. O ideal é que sempre tenhamos motivo para exaltar pelo comportamento dos irmãos nas várias congregações espalhadas pelo mundo, o que infelizmente, atualmente, está muito difícil, pois muitas congregações, denominações deixaram, permitiram que o mundo entrasse em seus templos, e eles agora têm um procedimento mundano, a tal ponto que muitas vezes somos impedidos de saudar com um cumprimento cristão, pois vemos que há muito apostataram da fé.
         “De maneira que nós mesmos nos gloriamos de vós nas igrejas de Deus por causa da vossa paciência e fé, e em todas as vossas perseguições e aflições que suportais.” (2 Tessalônica 1:4). Veja a alegria, a satisfação desses apóstolos ao falarem dos irmãos da igreja de Tessalônica, pois eles, apesar de estarem passando por lutas, perseguições, por dificuldades de um modo geral, permanecem firmes. Sabemos que nós, como cristãos, como discípulos de Jesus, sofremos todos os tipos de afrontas, mas temos que suportar e perseverar, porque isso é esperado de nós, uma vez que somos estrangeiros aqui. Este mundo não nos pertence, somos cidadãs e cidadãos do Reino, aqui somos peregrinos, portanto, são normais e esperadas as perseguições e afrontas, porque este mundo está morto no maligno. Infelizmente, hoje, muitos pregam contra o Evangelho, ao afirmarem que as pessoas aqui terão luxo, conforto, riquezas, mordomias, porque o Senhor não prometeu nada disso a ninguém, o que Ele nos prometeu foi a vida eterna. Jesus deixou claro que aqui teríamos aflições, teríamos lutas, portanto, devemos perseverar e sempre glorificar o Nome do Senhor (que é Santo para sempre Amém), porque sabemos que Ele nos prometeu uma vida em sua companhia por toda a eternidade, quando não teremos necessidade de nada e não passaremos por qualquer espécie de sofrimentos, mas isso acontecerá se nós realmente formos perseverantes. “Prova clara do justo juízo de Deus, para que sejais havidos por dignos do Reino de Deus, pelo qual também padeceis; Se de fato é justo diante de Deus que dê em paga tribulação aos que vos atribulam.” (2 Tessalonicenses 1:5-6). Deus é Amor, mas, antes disso, Ele é Juízo, é Justiça, portanto, sabemos que a sua Palavra é verdade, e ela se cumpre, mesmo porque Jesus é a própria Verdade. Assim, todos os que não vivem de acordo com a Palavra de Deus com certeza padecerão por toda a eternidade, mas os que perseveram em meio às lutas, às perseguições, às afrontas, com certeza receberão a coroa da vida Os que nos perseguem e nos trazem sofrimento deixamos nas mãos do Senhor. Devemos continuar cada vez mais buscando o Senhor, sem nos preocupar com as coisas do mundo e as suas afrontas, porque sabemos a quem seguimos, e o próprio Jesus suportou a maior afronta e sofrimentos, morreu crucificado para que pudéssemos ser vivos, portanto, se somos seus discípulos, se somos seus seguidores, temos que saber que são esperadas as lutas em nossas vidas. Jesus nos manda apanhar a nossa cruz e segui-lo, por isso sabemos o que nos espera, mas seguimos sempre glorificando, e quando nos deparamos com irmãos sérios e fiéis a Deus, nos gloriamos pelas suas vidas. Mas também desprezamos todos os que querem viver um evangelho diferente, que querem viver como se aqui fosse o Paraíso, tentando fazer as pessoas crerem que Jesus tem compromisso com riquezas aqui. “E a vós, que sois atribulados, descanso conosco, quando se manifestar o Senhor Jesus desde o céu com os anjos do seu Poder, Com labareda de fogo, tomando vingança dos que não conhecem a Deus e dos que não obedecem ao Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo; Os quais, por castigo, padecerão eterna perdição, longe da face do Senhor e da Glória do seu Poder, Quando vier para ser glorificado nos seus santos, e para se fazer admirável naquele dia em todos os que creem (porquanto o nosso testemunho foi crido entre vós). Por isso também rogamos sempre por vós, para que o nosso Deus vos faça dignos da sua vocação, e cumpra todo o desejo da sua bondade, e a obra da fé com poder; Para que o Nome de nosso Senhor Jesus Cristo seja em vós glorificado, e vós Nele, segundo a Graça de nosso Deus e do Senhor Jesus Cristo.”(2 Tessalonicenses 1:7-12).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino



Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Comentários

Postagens Mais Acessadas

RAÇA DE VÍBORAS? QUEM SÃO?

E, vendo ele muitos dos fariseus e dos saduceus que vinham ao seu batismo, dizia-lhes: Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira futura?(Mateus 3. 7)
           Aqui vemos como João Batista pregava, como ele falava e exortava para que os mesmos abandonassem os pecados e a religiosidade, muitos não gostavam porque achavam a pregação dura, mas João é aquele que foi enviado para preparar o caminho para Jesus, é o qual o Senhor testemunhou dele. “E eu vos digo que, entre os nascidos de mulheres, não há maior profeta do que João o Batista; mas o menor no Reino de Deus é maior do que ele.” (Lucas 7.28) João Batista não ficava alisando ego, não prometia bênçãos sem fim, nem mesmo prosperidade, mas chamava ao arrependimento. Ele não concordava com o fato de pecadores contumazes irem buscar somente o batismo com ele, ouvir a pregaçã o curta e direta dele, porém continuarem nos erros, nos pecados. Da mesma maneira existem hoje milhares de pessoas que gostam de ir à igrejas, de falarem o n…

A DIFERENÇA ENTRE O JUSTO E O ÍMPIO

Então vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus e o que não serve. (Malaquias 4.1)
                 Veja que a palavra de Deus chama a nossa atenção para que observemos as pessoas, que teme ao Senhor e as que não temem; devemos observá-las pela forma como vivem como enfrenta os problemas quando surgem, como educa e trata os seus familiares, e principalmente como reage diante do inesperado. Pois o mal vem sobre os justos e injustos, sobre bons e mal. “Para que sejais filhos do Pai que está nos céus; porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons e a chuva desça sobre justos e injustos.”(Mateus 5.45) Mas a diferença é exatamente como encaramos, pois se somos Justos, somos tementes e praticante da palavra, usaremos o nome e o poder do nome de Jesus e mandaremos o mal embora; e  também por maior que sej a o problema que estamos atravessando,   sabemos que vai passar logo, e temos paz, não perdemos a paz, e não nos desesperamos, pois a nossa confi…

FOME DA PALAVRA.

Eis que vêm dias, diz o Senhor Jeová, em que enviarei fome sobre a terra, não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do Senhor. (Amós 8.11)
Temos um grande número de pessoas que buscam as igrejas somente para ouvir palavras de consolo, incentivo, ou bênçãos, pessoas estas que decoram alguns versículos e se pauta por eles, e exigem as suas bênçãos, e isto com respaldo, uma vez que pregadores estão distribuindo, ou vendendo bênçãos, prosperidade e tranqüilidade. Estas pessoas não querem saber de ouvir a verdade, não querem saber de obediência, querem salvação, e bênçãos somente por ir a igrejas. Chegará o dia que irão querer ouvir a palavra verdadeira e não acharão, não encontrarão a verdade, somente as mentiras, e engano como já existem muitos por ai. “E irão errantes de um mar até outro mar e do Norte até o Oriente; correrão por toda parte, buscando a Palavra do Senhor, e não acharão.” (Amós 8.12) As pessoas viajarão de um país a outro tentando encontrar pregadores da …