Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2015

QUAL DAS DUAS?

E aconteceu que, indo eles de caminho, entrou Jesus numa aldeia; e certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa; (Lucas 10:38)
            Durante os três anos de duração do Ministério de Jesus aqui na terra, durante o tempo que Ele em carne pregou o Evangelho, curou enfermos, libertou pessoas possessas de demônios, multiplicou pães e peixes. Ele estava andando, viajando, pregando por todo o Israel, e em uma destas andanças, ou viagem missionária, como sempre era recebido em casas. Desta vez foi recebido em uma casa por duas mulheres, que depois vieram ser  grandes amigas,  e Jesus as amava tanto  como a tambem seu irmão Lazaro que foi ressuscitado por Ele. Se observarmos com cuidado que em toda a Bíblia todas as pessoas que receberam Jesus em suas casas foram por Ele abençoadas; e ainda é assim, e continua a mesma coisa, todos os que recebem Jesus em suas casas, em sua vida são abençoados por Ele. Mas, o que devemos entender é que receber Jesus é muito mais do que abrir a boca …

JESUS ESTÁ EXPULSANDO

"Depois disto desceu a Cafarnaum, ele, e sua mãe, e seus irmãos, e seus discípulos; e ficaram ali não muitos dias." (João 2:12)
Jesus tinha recém-iniciado o seu ministério terreno; tinha feito o seu primeiro milagre, que foi o de transformar água em vinho em uma cerimônia de casamento em Caná da Galiléia. Ao contrário do que muitos acreditam, ou até mesmo algumas religiões e pessoas dizem, o fato é que Jesus foi uma criança e jovem comum, e não operou nenhum milagre até completar trinta anos de idade, quando foi batizado nas águas pelo profeta João Batista e depois o Espírito de Deus o levou para o deserto para ser tentado pelo diabo. Depois que Ele veio do deserto, em uma festa de casamento, operou-se o primeiro milagre. Acredita-se que essa cerimônia era de algum parente de Maria, e depois disso Jesus foi com a sua família terrena a Cafarnaum. Quando a Bíblia fala em descer a Cafarnaum, é uma maneira de explicar que essa cidade ficava a um nível mais baixo."E estava pr…

SOMOS PRISIONEIROS

"Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas prossigo para alcançar aquilo para o que fui também preso por Cristo Jesus." (Filipenses 3:12)
Paulo tinha a consciência da nossa imperfeição humana, e que, por mais que busquemos a santidade, a perfeição, é uma busca incansável e infindável,da qual só descansaremos no dia em que formos recolhidos. Esse apóstolo se referia a si mesmo como prisioneiro em Cristo, e essa é a maneira correta de pensarmos, porque devemos saber que somos presos a Ele em seus preceitos e ordenanças enquanto aqui estivermos, se quisermos desfrutar de vida e da sua companhia por toda a eternidade. Não teremos descanso enquanto estivermos vivendo aqui no mundo, e a todo o tempo devemos andar em espírito, sempre em vigilância, combatendo contra a nossa carne. Se o nosso alvo é Jesus, então não podemos baixar a guarda, porque temos o nosso adversário, que é espírito e não descansa, uma vez que não tem essa necessidade e fica 24 horas por dia armand…

PRIMEIRO CULTO

"E aconteceu que, três dias depois, Paulo convocou os principais dos judeus e, juntos eles, lhes disse: Homens irmãos, não havendo eu feito nada contra o povo, ou contra os ritos paternos, vim contudo preso desde Jerusalém, entregue nas mãos dos romanos; Os quais, havendo-me examinado, queriam soltar-me, por não haver em mim crime algum de morte." (Atos 28:17-18)
Paulo, quando chegou preso a Roma, e por ter alcançado a benevolência das autoridades romanas, conseguiu o direito de poder alugar um lugar para ficar morando com escolta até a data do seu julgamento, portanto, tinha direito a receber visitas sempre. A primeira providência dele foi convocar as principais autoridades judaicas, os sacerdotes, para que ele pudesse esclarecer o motivo da sua prisão e também pregar o Evangelho de Jesus Cristo. Começou dizendo que ele nada tinha feito contra os ritos, os preceitos doutrinários, ou tradições dos judeus, e muito menos contra a lei, e mesmo assim tinha sido preso em Jerusalém…

A VINHA DO SENHOR

"E começou a falar-lhes por parábolas: Um homem plantou uma vinha, e cercou-a de um valado, e fundou nela um lagar, e edificou uma torre, e arrendou-a a uns lavradores, e partiu para fora da terra." (Marcos 12:1)
Jesus contou essa parábola para mostrar aos judeus o amor de Deus para com eles e as suas desobediências e rejeição a Ele e a tudo o que o Pai preparou para eles. Também serve muito bem para ilustrar, e de forma clara, a vida de muitos de nós e os cuidados do Senhor, mas pela nossa desobediência e ignorância nada recebemos, a não ser o castigo, pois é o que merecemos. Deus preparou a terra, o mundo com tudo o que nos é necessário para vivermos e desfrutarmos, além de nos capacitar com força e inteligência para podermos crescer. Cercou-nos de cuidados e proteção, somente exigiu que o seguíssemos para desfrutar de tudo o que Ele preparou para nós. Fomos criados para trabalhar, produzir e viver segundo os preceitos do Senhor, porque, se lhe obedecermos, sempre estaremos…

SABEDORIA E PERFEIÇÃO

"Todavia falamos sabedoria entre os perfeitos; não, porém, a sabedoria deste mundo, nem dos príncipes deste mundo, que se aniquilam." (1 Coríntios 2:6)
Falamos em sabedoria, em ser sábios, em casa, no trabalho,a todo o tempo, e na maioria das vezes sempre estamos falando de sabedoria ou em como ser sábios para os irmãos da fé. Mas a sabedoria que exaltamos e pregamos não é a sabedoria do mundo, onde ser sábio é levar vantagens, é fazer as pessoas de tolas, enganar, mentir, esconder ou omitir e fazer negócios desonestos. Não é ser esperto traindo, adulterando, sendo superior aos demais;ser sábio é considerar o próximo como a nós mesmos. A sabedoria de que falamos é contrária, confrontante com a sabedoria mundana, é o oposto, porque os sábios deste século querem levar vantagens e desfrutar do paraíso, da vida aqui, e nós buscamos viver por toda a eternidade e com o Senhor. A nossa sabedoria consiste em amar a Deus acima de tudo e de todos e o próximo como a nós mesmos; é reconh…

VIVENDO PELA FÉ

"Pela fé Moisés, já nascido, foi escondido três meses por seus pais, porque viram que era um menino formoso; e não temeram o mandamento do rei." (Hebreus 11:23)
Apesar da determinação do faraó de que todas as crianças do sexo masculino deveriam ser mortas ao nascer, os pais de Moisés, pela fé, arriscaram mantê-lo vivo. E durante três meses estiveram com ele em sua casa, escondido, mesmo sabendo que isso estava colocando a vida deles em risco, uma vez que, se descoberto o menino, todos eles seriam executados. Isso é fé, e, como Tiago diz, a fé sem obra é morta. Aqui a obra dos pais foi esconder e manter o menino vivo, mesmo arriscando as próprias vidas."Pela fé Moisés, sendo já grande, recusou ser chamado filho da filha de Faraó, Escolhendo antes ser maltratado com o povo de Deus, do que por um pouco de tempo ter o gozo do pecado." (Hebreus 11:24-25).Moisés, depois de adulto, vivendo no palácio do faraó e sendo respeitado como um príncipe, foi defender um hebreu, alg…