Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2018

NASCIDO DE DEUS

“Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, é nascido de Deus; e todo aquele que ama ao que o gerou também ama ao que Dele é nascido.” (1 João 5:1)

As pessoas citam constantemente o Nome do Senhor (que é Santo para sempre Amém) e muitas vezes de maneira indevida. Falam que o amam, mas, a bem da verdade, nem mesmo têm fé, creem Nele, porque, quando cremos, acreditamos, obedecemos e, com certeza, o tememos, pois sabemos e conhecemos o seu imenso Poder, temos medo do Juízo Dele. Todos os que acreditam sabem realmente que Jesus é o Filho de Deus, não filho de José e de Maria, mas Filho de Deus, porque Maria só foi usada, abençoada por Deus para poder gerar para o mundo aquele que já existia antes de tudo, inclusive do seu nascimento. José foi usado, abençoado para que cuidasse do Filho de Deus, e isso foi uma bênção, um privilégio, mas Jesus é o Filho de Deus, e todos os que têm esse entendimento acreditam Nele e vivem segundo a sua Palavra. Jesus, para vencer o pecado, tinha que se apresen…

FIRMES NOS GLORIAMOS

“Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo; Pelo qual também temos entrada pela fé a esta Graça, na qual estamos firmes, e nos gloriamos na esperança da Glória de Deus.” (Romanos 5:1-2)

 Sabemos que o pecado entrou no mundo através de Adão, e por tal motivo logo todos pecaram e foram destituídos do seu poder. Deus tinha dado poder a todos, mas, com a ação do pecado, o homem perdeu tudo, principalmente a sua salvação. Cristo, em seu imenso amor, aceitou assumir o pecado de toda a humanidade, e assim ficamos livres desse jugo pesado. Portanto, Deus enviou o seu Filho amado para que morresse em nosso lugar, assim estamos justificados, e, sabendo que fomos justificados, temos condições para assumir o poder que o Senhor já nos deu, e principalmente temos condições de caminhar com desenvoltura em direção a Ele, caminhar, peregrinarmos em direção à vida que Ele já nos outorgou através da sua morte. Temos que entender bem essa questão de vida e m…

A CRUZ

“Ora, ia com Ele uma grande multidão; e, voltando-se, disse-lhe: Se alguém vier a mim, e não aborrecer a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs, e ainda também a sua própria vida, não pode ser meu discípulo.” (Lucas 14:25-26)

          A multidão acompanhava Jesus à espera de receber algum milagre, alguma bênção, quem sabe alimento, pois Jesus podia multiplicar novamente pães e peixes para eles. Por tal motivo, eles tinham a intenção de o levantar como rei físico de Israel, porque achavam que o Messias ia ser somente um rei de Israel; não perceberam que Ele era o Rei dos reis. Mas Jesus se volta para trás e, olhando para esse povo, para essa multidão que o seguia, diz que, para segui-lo, é necessário largar pai e mãe, filhos, filhas e tudo o mais que amam. Jesus exige que seus discípulos o priorizem em tempo integral e que coloquem suas vidas à disposição Dele. Temos que refletir sobre o que Jesus disse e mais: devemos colocar em prática, porque, assim como naquela época…

CONSIDERANDO

“Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta, olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus. Considerai, pois, aquele que suportou tais contradições dos pecadores contra si mesmo, para que não enfraqueçais, desfalecendo em vossos ânimos.” (Hebreus 12:1-3)

  Temos muitos testemunhos de pessoas que viveram o Evangelho. Há vários exemplos de pessoas que passaram pelas mais difíceis provas para levar o Evangelho a tantos lugares, mas o maior dos testemunhos é o do nosso Mestre, é o de Jesus Cristo, que tudo sofreu e padeceu para que pudéssemos ser salvos. Para que pudéssemos desfrutar de vida, Ele se propôs morrer em nosso lugar. Assim, sabemos que o Evangelho de Jesus Cristo não é voltado para as coisas …

TESTIFICANDO NO SENHOR

“E digo isto, e testifico no Senhor, para que não andeis mais como andam também os outros gentios, na vaidade da sua mente.” (Efésios 4:17)

  As pessoas, quando entregam as suas vidas a Jesus, quando desejam viver o verdadeiro Evangelho, devem fazer uma mudança radical. Não falo de mudar de religião, falo de abandonar as religiões e ir para Jesus, começar a andar, a viver segundo os preceitos determinados pelo Evangelho. Mas essa mudança tem de começar de dentro para fora, a pessoa tem de se determinar a viver em santidade, que é viver segundo a Palavra de Deus, e abandonar todas as práticas erradas, todas as que a Palavra de Deus condena. Temos de ser verdadeiros, porque podemos enganar todos, mas não o Senhor, porque Ele conhece os nossos pensamentos e desejos antes de nós mesmos. Viver no Senhor é exatamente isto: abandonar o mundo, mortificar a nossa carne, não mais viver segundo a lógica humana, mas de acordo com o Evangelho de Jesus Cristo. “Entenebrecidos no entendimento, separa…

LIBERTAÇÃO DA CONDENAÇÃO

“Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito.” (Romanos 8:1)

 Não existe mais sentença condenatória para todos os que estão vivendo de acordo com o Evangelho de Jesus Cristo, independentemente dos erros e pecados que tenham cometido anteriormente. Quer dizer que todos, independentemente de raça, cor ou origem, mesmo que tenham cometido o mais horrendo dos crimes, se realmente se arrependeram, se confessaram ao Senhor, se aceitaram de verdade Jesus como seu único e suficiente Salvador, se são praticantes do Evangelho de Jesus Cristo, então não são mais pecadores; se perseverarem no Senhor até o dia em que forem recolhidos ou Jesus voltar antes, estarão salvos. O que importa não é o que a pessoa fez no passado, mas sim como ela é no presente, porque se ela entregou a sua vida ao Senhor e estiver andando em Espírito, que é viver de acordo com o Evangelho, então com certeza ela estará salva, porque o próprio…

REVELADO PELO ESPÍRITO

"Havia em Jerusalém um homem cujo nome era Simeão; e este homem era justo e temente a Deus, esperando a consolação de Israel; e o Espírito Santo estava sobre ele. E fora-lhe revelado, pelo Espírito Santo, que ele não morreria antes de ter visto o Cristo do Senhor." (Lucas 2:25-26)
      Simeão, um homem justo e temente a Deus, vivia para ver a Promessa de Deus se cumprir sobre o povo de Israel. O Espírito de Deus já lhe tinha revelado que ele não iria partir, morrer, sem antes ver o Libertador de Israel e do mundo. Portanto, ele vivia aguardando esse momento que sabia que veria, apesar de já ser de certa idade. Temos que compreender que, quando o Senhor nos fala, nos revela algo, é porque com certeza vai acontecer. Mas muitas vezes não vemos a promessa se cumprir, porque não temos paciência, não sabemos esperar, aguardar, e deixamo-nos dominar pela ansiedade. Não sabemos quanto tempo Simeão ficou aguardando para ver o Senhor, ele sabia que o veria, e por isto aguardou, e foi …

OS QUE SABEM A LEI

"Não sabeis vós, irmãos (pois que falo aos que sabem a lei), que a lei tem domínio sobre o homem por todo o tempo que vive?" (Romanos 7:1)
          As pessoas citam a lei sem mesmo conhecer ou entender o que é a lei ou o que são leis, pois são várias as leis que regem os diversos assuntos da vida do ser humano. Temos leis civis, militares, temos leis urbanas e rural, temos leis para menores e para adultos, temos leis para homens e para mulheres, leis de trânsito. Enfim, são várias, todas originadas da nossa Carta Magna, da nossa Constituição, cada país tem a sua, e as leis são aplicadas a partir dela. Assim também temos a lei de Deus, porque hoje vivemos na Lei de Jesus Cristo, vivemos na Graça, e não na antiga lei de Moisés, que foi cumprida em Jesus. O fato é que, enquanto vivermos, estamos primeiramente sob a lei de Deus, e depois a dos homens, e elas estarão acima do nosso querer ou desejo. Temos somente que obedecer a elas para que possamos viver em paz, porque quem se …

QUEM MATA

"Portanto, não os temais; porque nada há encoberto que não haja de revelar-se, nem oculto que não haja de saber-se. O que vos digo em trevas dizei-o em luz; e o que escutais ao ouvido pregai-o sobre os telhados. E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo." (Mateus 10:26-28)
      Não podemos jamais fazer uso da mentira para quem quer que seja ou em qualquer situação, porque mais cedo ou mais tarde ela será descoberta. Não podemos esquecer que podemos tentar esconder, omitir a mentira de todos, mas não do Senhor, que conhece o nosso interior e tudo sabe antes mesmo de nós. Tudo é revelado, é descoberto no tempo e momento exatos determinados por Deus, e como não podemos enganá-lo ou esconder as coisas Dele, seremos condenados pelas nossas omissões, mentiras, por sermos trevas, porque quem pratica a mentira, quem esconde as coisas é treva. Temos a obrigação de sermos luz, pois para isto fomos …

PROSTITUIÇÃO

"Geralmente se ouve que há entre vós fornicação, e fornicação tal, que nem ainda entre os gentios se nomeia, como é haver quem possua a mulher de seu pai." (1 Coríntios 5:1)

          Infelizmente nos últimos tempos está normal, uma rotina constante ouvirmos falar de atos que são considerados absurdos sendo cometidos dentro de templos que se denominam cristãos. Nós nos deparamos com noticiários, mídias que retratam fatos horríveis sendo cometidos por supostos homens e mulheres de Deus. Mas tudo isto acontece porque são sinais dos últimos tempos, porque o amor de muitos esfriou, já não amam mais Cristo como deveriam, já não têm zelo pelo Evangelho, pois, se assim fosse, não cometeriam tais atos. E mais: quando alguém os cometesse, a igreja deveria estar apta, pronta para punir os culpados, e não concordar, aceitar, apoiá-los como se faz hoje. Vemos em muitos templos a prática de pecados cometidos e defendidos, tais como a negociação, a extorsão, o estelionato, o comércio desva…

GUERREANDO

"De onde vêm as guerras e pelejas entre vós? Porventura não vêm disto, a saber, dos vossos deleites, que nos vossos membros guerreiam?" (Tiago 4:1)
          As pessoas vivem em guerras constantes, contra tudo e contra todos, e principalmente contra elas mesmas. As lutas para tentar se entender, autocompreender, lutas para conseguir vencer no trabalho, nos estudos, nos casamentos. Batalhas para conseguir ser próspero, ter independência financeira, conseguir um emprego, para se aposentar bem, para comprar um imóvel e sair do aluguel, ou lutas para conseguir pagar o aluguel, para ter um relacionamento, lutas com os filhos, com os pais, para conseguir se firmar em uma igreja, para conseguir ler a Bíblia, conseguir orar, são lutas e mais lutas diárias, constantes e intermitentes. Mas, se pararmos para analisar, nós mesmos somos os únicos culpados de vivermos nessas constantes lutas e guerras, por causa das nossas insatisfações crônicas. O problema do ser humano é que sempre ele q…