Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2019

JUSTIFICAÇÃO PELAS OBRAS

"Que diremos, pois, ter alcançado Abraão, nosso pai segundo a carne? Porque, se Abraão foi justificado pelas obras, tem de que se gloriar, mas não diante de Deus." (Romanos 4:1-2)

         Abraão é considerado e chamado de pai da fé, isto porque ele creu e praticou a Palavra de Deus. Ele ouviu a voz do Senhor e praticou, obedeceu às ordens do Senhor, e sabemos que, para obedecermos a Ele, somente o fazemos pela fé. Abraão não foi justificado pelas suas obras, mesmo porque as obras que ele praticou foram pela fé em Deus, porque sabia que Deus cumpriria a sua promessa. Quando vemos pessoas viverem em desobediências, em rebeldia à Palavra de Deus, sabemos que essas pessoas, por mais que falem, não têm fé, não acreditam no Senhor, porque só podemos obedecer em quem acreditamos, e se acreditamos no Senhor, sabemos que devemos obedecer-lhe para que a Promessa de vida se cumpra em nossas vidas, caso contrário, prevalecerá a morte. Quando Deus determinou que Abraão saísse do meio dos…

AS QUESTÕES, CONTENDAS.

"Se alguém ensina alguma outra doutrina, e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade, é soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas, perversas contendas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho; aparta-te dos tais." (1 Timóteo 6:3-5)

         Esses versículos contradizem esses ensinamentos, essas pregações de prosperidade, muito comuns dos pregadores dos nossos tempos. Em nenhum momento Jesus prometeu riquezas, poderio econômico aqui a ninguém; ao contrário, Ele sempre nos disse que aqui passaríamos por todos os tipos de lutas, mas que deveríamos ter fé, permanecer firmes que venceríamos. Esse vencer não se aplica vencer aqui as questões materiais, a nossa vitória é vida e alcançarmos a vida eterna Nele. Portanto, esses pregadores de prosperidade, os que di…

MULHERES

“E no primeiro dia da semana, muito de madrugada, foram elas ao sepulcro, levando as especiarias que tinham preparado, e algumas outras com elas.” (Lucas 24:1)

          Não quero com esta mensagem homenagear as mulheres ou algo assim, mesmo porque não é essa a minha função; mas pregar, expor as verdades bíblicas. E não poderia deixar de citar, após observar cautelosamente a força das mulheres, a devoção delas, sem levar em consideração que são elas responsáveis pelo menos por setenta por cento das conversões dos seus lares. Minha função é pregar o Evangelho de Jesus Cristo, por isso procuro meditar sempre na Palavra e já há muito tempo que me chama a atenção o fato de os templos terem mais mulheres do que homens, e de as mulheres orarem mais do que os homens, de elas buscarem muito mais pela família do que os homens. Talvez seja exatamente o instinto materno, a preocupação em cuidar dos seus, e, portanto, a busca de ajuda de quem sabe ou de quem elas pensam que pode ajudá-las, socorrê…

INTERROGATÓRIO

"E foi Jesus apresentado ao presidente, e o presidente o interrogou, dizendo: És tu o Rei dos Judeus? E disse-lhe Jesus: Tu o dizes." (Mateus 27:11)

Jesus estava preso e foi conduzido amarrado diante do governador, ou presidente como queiram, porque aqui presidente é só uma questão de tradução, já que era somente o governador, cujo nome era Pilatos. Ele não era presidente, mas somente governador daquela região, mesmo porque Israel vivia sob o domínio de Roma, cuja autoridade máxima era César, e naquele regime político não existiam presidentes. Esse governador, Pilatos, interroga Jesus querendo saber se realmente Ele tinha se declarado rei, porque essa era a acusação que os fariseus, os sacerdotes, tinham apresentado. Se assim fosse, Ele estaria fazendo rebelião e seria punido, porque estaria contra o governo de César. Portanto, Pilatos pergunta a Jesus se Ele era o rei dos judeus, e Jesus simplesmente responde que ele é que estava dizendo. Jesus Cristo, na Verdade, é o único …

AMOR FRATERNAL

“Permaneça o amor fraternal. Não vos esqueçais da hospitalidade, porque por ela alguns, não o sabendo, hospedaram anjos. Lembrai-vos dos presos, como se estivésseis presos com eles, e dos maltratados, como sendo-o vós mesmos também no corpo.” (Hebreus 13:1-3)

          Nós, os que nos identificamos como cristãos (isto quer dizer seguidores de Cristo, praticantes do Evangelho, obedientes aos seus preceitos), devemos praticar o amor fraternal, temos a obrigação de praticar o amor para com todos, caso contrário, somos mentirosos, hipócritas e não conhecemos Cristo, consequentemente, não o seguimos, pois como poderemos seguir quem não conhecemos? Isto porque a Palavra diz que Deus é Amor, e se Ele é Amor e se o seguimos, devemos então amar ao próximo como a nós mesmos, porque é mandamento do Amor, que é Deus. Amar é desejar para o próximo, o desconhecido, a pessoa que nunca vimos, o mesmo que desejamos que nos aconteça. Não podemos negar ajuda a ninguém, temos a obrigação de socorrer a tod…

CONHECENDO JESUS

“No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus.” (João 1:1-2)

         A maioria das pessoas que se identificam como cristãos, como crentes ou conhecedores de Deus, na verdade, estão mentindo, pois não o conhecem, e basta ver pelas suas afirmações, porque a verdade é que Jesus é Deus, e que Jesus é a Palavra, é o Verbo, consequentemente, quando estamos meditando na Palavra, no Evangelho, estamos falando, ouvindo, estamos em comunhão com o Pai. Quando a Palavra, que é Jesus, afirma que no princípio, no início de tudo era o Verbo, ou seja, era Jesus, e que Jesus estava com Deus, é porque, como o próprio Jesus disse: “quem vê o Pai vê a mim, pois eu e o Pai somos um”. O verbo, a Palavra, era Deus, assim fica bem esclarecido que Jesus é a Palavra e que Deus é a Palavra, pois ambos, ou melhor, os três: Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo vivem juntos, assim como nós somos três, e não é possível separar. Somos um espírito que…

OUVINDO DEUS

“Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo.” (Hebreus 1:1-2)

         É muito comum no meio evangélico, gospel, as pessoas dizerem que querem ouvir Deus falar com elas, querem que o Senhor fale como devem agir e proceder. Principalmente no meio denominado pentecostal, as pessoas vivem muito em busca de profecias, revelações, querem revelações pessoais, mas o principal, não leem a Bíblia, porque, a bem da verdade, o Senhor já nos disse tudo, já nos deu todas as respostas, basta-nos buscá-las e encontrá-las ali na Bíblia, no Novo Testamento. Temos que compreender que no passado, na época da lei de Moisés, e antes disso, melhor dizendo, desde o início, o Senhor falou e falava com as pessoas de várias maneiras, enviava o seu anjo e tudo, mas, depois disso, o Senhor nos fala pela sua Palavra, nos fala pelo seu Filho, nos fala atr…

EM GANDARA

“E chegaram ao outro lado do mar, à província dos gadarenos. E, saindo Ele do barco, lhe saiu logo ao seu encontro, dos sepulcros, um homem com espírito imundo; O qual tinha a sua morada nos sepulcros, e nem ainda com cadeias o podia alguém prender; Porque, tendo sido muitas vezes preso com grilhões e cadeias, as cadeias foram por ele feitas em pedaços, e os grilhões em migalhas, e ninguém o podia amansar.” (Marcos 5:1-4)

         Jesus cruzou o mar de Tiberíades, ou lago de Genesaré como também é conhecido, e veremos que Ele tinha um propósito bem definido, como tudo o que Ele fazia e faz. Durante a travessia no barco, Jesus tinha sido acordado pelos discípulos e tinha acalmado o mar somente com a sua Palavra. Agora no território dos gadarenos, (Gandara), assim que aporta vem correndo dos sepulcros um homem terrivelmente endemoniado. Mas aquele endemoniado era um homem que manifestava até mesmo violência contra si mesmo e contra os outros, pois era violento. As pessoas tentavam prendê…

MULHER ADÚLTERA

“Jesus, porém, foi para o Monte das Oliveiras. E pela manhã cedo tornou para o templo, e todo o povo vinha ter com Ele, e, assentando-se, os ensinava.” (João 8:1-2)

         Jesus, ao contrário do que se imagina, ou se comenta – há muitos pregadores que ensinam que Jesus era rico e tinha várias casas, o que não é verdade, mesmo porque Ele passava as noites no horto, no Getsêmani, e pela manhã vinha para o templo e ficava pregando, ensinando. Também as pessoas acreditam que a principal função de Cristo era operar milagres e maravilhas, que era curar, mas não era a sua principal missão, além claro de nos salvar, ou seja, morrer em nosso lugar, a sua principal missão era pregar o Evangelho, era ensinar. Os milagres Ele os fazia para mostrar o Poder de Deus, mas a sua função foi – a qual Ele executou de maneira incansável – pregar o seu Evangelho. O povo que queria ouvir, queria aprender, já sabia que pela manhã, quando Ele se encontrava em Jerusalém, Ele viria para o templo pregar, ensina…

CHEIO DO ESPÍRITO

“E Jesus, cheio do Espírito Santo, voltou do Jordão e foi levado pelo Espírito ao deserto; E quarenta dias foi tentado pelo diabo, e naqueles dias não comeu coisa alguma; e, terminados eles, teve fome.” (Lucas 4:1-2)

         Jesus era Deus, mas veio como homem, como um ser humano comum, porque Ele se despiu da sua Glória, do seu Poder, e veio como uma pessoa comum para que pudesse vencer. Portanto, sabemos que Jesus teve uma vida comum, foi uma criança, um adolescente, um jovem comum, inteligente, esperto, mas comum como tantos outros. Claro que, assim como outros, deve ter brincado com seus irmãos e irmãs, uma vez que Ele foi o primogênito de Maria, ou seja, o primeiro, pois depois ela teve filhos e filhas, como a Bíblia fala. Também deve ter corrido, trabalhado. Sabemos que era carpinteiro, pois aprendeu o ofício com José, marido de Maria, e assim a sua profissão depois de adulto era carpinteiro. Também sabemos que Ele não fez nenhum milagre antes dos seus trinta e três anos aproxim…

ORDEM

"Por esta causa te deixei em Creta, para que pusesses em boa ordem as coisas que ainda restam, e de cidade em cidade estabelecesses presbíteros, como já te mandei: Aquele que for irrepreensível, marido de uma mulher, que tenha filhos fiéis, que não possam ser acusados de dissolução nem são desobedientes." (Tito 1:56)

         O apóstolo Paulo já tinha dado instruções semelhantes a Timóteo sobre como organizar as igrejas, e sobre quais deixar como pastores à frente dos ministérios. Agora dá essas instruções a Tito, sobre como organizar a igreja em Creta, lembrando que em relação a esse assunto já lhe tinha dado ordens. Não podemos esquecer que, quando a Bíblia fala ou cita presbíteros, bispos, está se referindo simplesmente a pastores ou supervisores de igreja, e não existe a diferença entre esses cargos, porque são somente nomes diferentes, e podemos afirmar que são somente pastores. Essas definições colocando bispos acima de pastores ou presbíteros inferiores são somente os …

TEMPLO

"E, quando Jesus ia saindo do templo, aproximaram-se Dele os seus discípulos para lhe mostrarem a estrutura do templo. Jesus, porém, lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derrubada." (Mateus 24:1-2)

 Jesus estivera no templo como era seu costume e, na saída, os seus discípulos o chamaram para lhe mostrar a estrutura, a suntuosidade do templo, pois era o orgulho do povo. A construção era bonita, grande, e para a época era não somente confortável, mas até mesmo luxuosa. Era um grande templo, com capacidade para muitas pessoas, e com várias divisões. Mesmo sendo discípulos de Jesus, eles não tinham aprendido sobre o que realmente importava para o Senhor, por isso é que quiseram com orgulho falar daquele templo de pedras e areia. Da mesma maneira, vemos pessoas se orgulharem de frequentar determinados templos faraônicos, templos enormes, com capacidade para milhares de pessoas. Muitas vezes essas pessoas vêm até nó…

BUSCANDO

“Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus.” (Colossenses 3:1)

         Vejo muitas pessoas falarem que se converteram ao Senhor, ou outras dizerem que estavam desviadas, mas que se reconciliaram com Deus. O que chama a atenção é que elas falam isso, porém, conversando com elas, observamos que não houve mudança de vida, continuam sendo pessoas carnais, materialistas, mudaram de religião ou assumiram uma nova religião, mas continuam buscando a satisfação, a realização carnal, pois afirmam e acham que têm o direito de viverem o melhor aqui, que têm o direito de reinar, acham que, por terem se batizado, assumido uma nova religião, Deus tem o compromisso, a obrigação de fazê-las felizes e de realizar todos os seus desejos, e vão além, colocam Deus como o seu vingador pessoal. Temos que saber é que se realmente conhecemos Cristo, se entregamos as nossas vidas a Ele, se nos batizamos em seu Nome – e o batismo se d…