Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2015

SANTIFICAÇÃO E SEPARAÇÃO

"Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor; Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem." (Hebreus 12;14-15)
Jesus nos deixou a paz, e devemos lutar sempre contra nós mesmos, nossa carne, para nos mantermos e vivermos em paz, porque não existe cristão que viva em violência, em tumultos, confusões, brigas, pelejas. Para vermos o Senhor, desfrutarmos da sua companhia, é necessário estar em paz, receber e transmitir paz. Não podemos permitir que nenhuma raiz de amargura brote, nasça em nossos corações, não podemos permitir ser contaminados por essas coisas. Devemos em tudo dar glórias a Deus, não importa o que nos fizeram ou estejam nos fazendo, se possível, nos desviarmos, sairmos do que está nos fazendo mal, então que façamos. Mas devemos sair em paz, não podemos ficar com ódio ou remoendo algo que alguém nos fez, devemos perdoar todas as ofensa…

COMO DEMOSTRAR AMOR A JESUS

"Se me amais, guardai os meus mandamentos.E eu rogarei ao Pai, e Ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre." (João 14:15-16)
Jesus tinha acabado de dar alguns ensinamentos e falado que o que pedissem em nome Dele ao Deus Pai, Ele faria para que o nome de Deus fosse glorificado por Ele. E, dando continuidade ao mesmo tema, Ele informa que quem o ama guarda, respeita os seus mandamentos. Também informa aos discípulos que Ele seria preso, crucificado e morto, mas eles não estariam sós, porque Ele iria rogar a Deus para que fosse enviado o Consolador, que ficaria com eles para sempre. E assim aconteceu, e hoje temos o Consolador de Deus, temos o Espírito Santo, não estamos sós, não estamos abandonados, mas, para vermos, sentirmos a ação do consolador de Deus em nossas vidas, é necessário amá-lo, e amá-lo é guardar os mandamentos de Jesus. "O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque …

QUALIFICAÇÕES EXIGIDAS DE UM PASTOR

"Por esta causa te deixei em Creta, para que pusesses em boa ordem as coisas que ainda restam, e de cidade em cidade estabelecesses presbíteros, como já te mandei." (Tito 1:5)
Paulo tinha deixado Tito em Creta para organizar as igrejas na região e concluir a organização. Envia essa carta lembrando os procedimentos que deveriam ser adotados para escolher os presbíteros, pastores, supervisores da igreja. Como já explicamos anteriormente, os termos presbíteros, bispos, na Bíblia, nada mais servem do que para designar pastores ou supervisores da igreja. Paulo tinha determinado a Tito que levantasse pastores para as igrejas recém-abertas, para os novos ministérios em Creta. O apóstolo lembra que foi por esse motivo que o deixou naquela região, assim fica subentendido a principal missão de Tito: levantar pastores para Creta. Tito era amado e considerado por Paulo como um verdadeiro filho na fé; em versículos anteriores, ele deixa isso de forma clara, possivelmente levando a crer qu…

SOMOS PECADORES

"Irmãos, se algum homem chegar a ser surpreendido nalguma ofensa, vós, que sois espirituais, encaminhai o tal com espírito de mansidão; olhando por ti mesmo, para que não sejas também tentado." (Gálatas 6:1)
Todos são pecadores, por sermos humanos, todos sem exceção cometem erros, falhas, desobediências, pecados, e por esse motivo não podemos em hipótese alguma sair condenando as pessoas por estarem cometendo erros. Não podemos condenar ninguém por estar vivendo no pecado, mas devemos mostrar, apresentar o amor de Cristo, mostrar o erro a quem estiver errando e orientá-lo com a verdade. Sendo espirituais, então cabe a nós demonstrar o legítimo amor de Cristo, mostrando onde as pessoas estão errando e ensinando-lhes o caminho correto para que elas se convertam, sejam perdoadas e sejam salvas. Claro que, existindo resistência, se não quiserem ouvir, aprender, mudar, devemos então simplesmente orar, porque não podemos insistir, e não é por força nem por violência. Não podemos ob…

GLORIAR-SE NAS FRAQUEZAS E LUTAS

"Em verdade que não convém gloriar-me; mas passarei às visões e revelações do Senhor." (2 Coríntios 12:1)
Enquanto os adversários de Paulo alegavam falsamente terem recebido doutrinas diretamente de Deus por meio de visões e de revelações, o próprio Paulo podia declarar que, no caso dele, isso ocorria de verdade. Mas aqui menciona o fato para demonstrar que as alturas supremas a que foi levantado mediante essas experiências estáticas foram contrabalançadas pela profunda humilhação de uma aflição específica que lhe foi imposta a fim de que continuasse a se gloriar, não em si mesmo, mas somente no Deus de toda a Graça. No nosso meio, ou melhor, no meio denominado gospel, deparamos com muitas pessoas que constantemente afirmam ter visões e revelações do Senhor, mas, na maioria das vezes, são pessoas como os opositores de Paulo. São pessoas que, na verdade, nunca tiveram uma experiência verdadeira com o Senhor, e o máximo que têm são visões enganadoras e sonhos confusos. Pessoas …

ENGRANDECENDO O EVANGELHO

"E quero, irmãos, que saibais que as coisas que me aconteceram contribuíram para maior proveito do evangelho; De maneira que as minhas prisões em Cristo foram manifestas por toda a guarda pretoriana, e por todos os demais lugares." (Filipenses 1:12-13)
Paulo nesta carta aos irmãos de Filipos esclarece, ou melhor, traz luz sobre a divulgação do Evangelho, mostrando que mesmo a sua detenção serviu para o progresso do Evangelho. Em vez de prejudicar o Evangelho, o seu encarceramento serviu para divulgá-lo. Tornou-se claro para todos os que sabiam da situação de Paulo que ele estava preso não por ser culpado de algum crime, mas por defender o Evangelho. E ele o divulgava para toda a guarda do palácio, o contingente de vários milhares de soldados, muitos dos quais teriam tido contato direto com Paulo ou teriam sido designados por turno para guardá-lo no decurso do seu encarceramento. Ao contrário da maioria que, quando acontece algum infortúnio, fica lamentando, Paulo usava esse a…

PRESTAÇÕES DE CONTAS

"E de Mileto mandou a Éfeso, a chamar os anciãos da igreja. E, logo que chegaram junto dele, disse-lhes: Vós bem sabeis, desde o primeiro dia em que entrei na Ásia, como em todo esse tempo me portei no meio de vós." (Atos 17:18)
Paulo manda chamar a liderança da igreja em Éfeso para dar umas instruções e também para se despedir, porque era consciente de que seria a sua última viagem, ou última visita àquela região. Mas o que devemos observar com muita cautela, e com orgulho, com o objetivo de imitar é a maneira de se portar desse abnegado servo de Deus. Ele chama atenção da liderança da igreja pela maneira como ele se portou no meio deles desde o início. Paulo tinha a tranquilidade de poder afirmar que sempre agiu de maneira correta, como um servo de Deus deve agir, sabendo que nada houve que pudesse acusá-lo. Esse servo do Senhor tinha a consciência tranquila de dever cumprido, de ter executado a missão que o Senhor lhe confiou e de tê-la executado com esmero, afinco, ter ag…