Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2017

JULGANDO E SENDO JULGADO

"Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e não sereis condenados; soltai, e soltar-vos-ão." (Lucas 6:37)
Esse é um versículo muito mal interpretado, porque as pessoas gostam de justificar suas omissões, seus pecados, afirmando que não podemos julgar ninguém. Mas isso ocorre exatamente por falta de cultura bíblica, por falta de as pessoas, ao invés de lerem as suas bíblias, elas lerem e acreditarem em versículos aleatórios. Não podemos nos firmar somente em um versículo, devemos sempre entender o contexto. As pessoas têm o terrível hábito de transformar esse texto em dois entendimentos diferentes, e ambos os entendimentos são errados e contrários ao que Jesus está dizendo. Primeiro, o Senhor está nos mostrando que devemos julgar, mas primeiro julgar a nós mesmos, porque, antes de apontarmos os erros dos outros, devemos olhar os nossos. Não podemos julgar, falar dos outros se também estivermos em erro, não é necessário ser o mesmo erro, o mesmo pecado, mesmo que sej…

ENTRANDO PELA PORTA DAS OVELHAS

"Na verdade, na verdade vos digo que aquele que não entra pela porta no curral das ovelhas, mas sobe por outra parte, é ladrão e salteador." (João 10:1)
         Jesus deixa bem claro que Ele é o Pastor, que somente Ele tem Poder para cuidar das suas ovelhas e conduzi-las à Vida. Mostra-nos que não existem anjos ou qualquer outra divindade que possa salvar, que possa conduzir alguém à salvação. Isto porque demônios e anjos são simplesmente espíritos, e como espíritos não tiveram um nascimento normal. Jesus, para ser vencedor, para vencer em nosso lugar, Ele teve que passar por tudo pelo qual qualquer pessoa passa. Jesus, para vir ao mundo como Cordeiro, nasceu de uma mulher como qualquer pessoa. Mesmo sendo Deus, Ele se submeteu a nascer e a viver como um homem comum. Portanto, Ele conhece tudo o que passamos e pensamos, porque Ele viveu como nós, além de ser o nosso Criador, portanto Ele, somente Ele, é o Pastor legítimo que pode salvar. Já o diabo, que é somente um espírito…

PERTO E LONGE DE JESUS

"E eis que no mesmo dia iam dois deles para uma aldeia, que distava de Jerusalém sessenta estádios, cujo nome era Emaús. E iam falando entre si de tudo aquilo que havia sucedido." (Lucas 24:13-14)
         Jesus tinha sido preso, acusado, humilhado, espancado, cuspido, condenado e crucificado; tinha morrido na Cruz do Calvário sem reclamar, sem se lamentar, foi o Cordeiro mudo. Jesus fez isso por cada um de nós, pois Ele ocupou o nosso lugar, sofreu e morreu em nosso lugar, assumiu nossos erros, nossos pecados, um inocente morreu em nosso lugar. No domingo, três dias após a sua morte, Ele ressuscitou e apareceu para algumas mulheres, e agora dois discípulos Dele, que estavam indo para uma cidade, um povoado a onze quilômetros de Jerusalém, vão comentando sobre tudo o que aconteceu. Esses discípulos, ou seja, esses dois que criam em Jesus, que eram seus seguidores, estavam tão preocupados com o acontecido que a visão deles estava fechada. Ficaram tão perturbados, que se desvia…

LIQUIDO E SÓLIDO

"E eu, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a meninos em Cristo. Com leite vos criei, e não com carne, porque ainda não podíeis, nem tampouco ainda agora podeis, porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens?" (1 Coríntios 3:1-3)
         Infelizmente, hoje em dia vivemos uma geração de crentes ou evangélicos, como for melhor para se referir aos frequentadores de igrejas, templos evangélicos. Esses frequentadores que gostam de se identificar como crentes, pelo menos nos meios dos seus pares, muitas vezes têm um procedimento inferior aos dos pagãos. E isso ocorre exatamente, primeiro por causa da preguiça de ler, de meditar na Bíblia, e segundo por serem carnais e praticarem um evangelho de emoções. São crentes, evangélicos de nomes porque são carnais, não são espirituais, e o que é pior: não querem ser espirituais, mesmo porque eles buscam templo…

OBEDECENDO E DESPEDINDO.

"E de Mileto mandou a Éfeso, a chamar os anciãos da igreja. E, logo que chegaram junto dele, disse-lhes: Vós bem sabeis, desde o primeiro dia em que entrei na Ásia, como em todo esse tempo me portei no meio de vós, Servindo ao Senhor com toda a humildade, e com muitas lágrimas e tentações, que pelas ciladas dos judeus me sobrevieram; Como nada, que útil seja, deixei de vos anunciar, e ensinar publicamente e pelas casas, Testificando, tanto aos judeus como aos gregos, a conversão a Deus, e a fé em nosso Senhor Jesus Cristo." (Atos 20:17-21)
         Paulo, em sua viagem, resolveu não aportar em Éfeso. Ele estava com pressa, porque queria passar o dia de Pentecostes em Jerusalém. Pentecostes é uma festa judaica, uma tradição. Apesar dessa ligação que nós, cristãos, fazemos entre Pentecostes e a vinda do Espírito Santo, a festa em si vem da tradição hebraica, em que é chamada de Shavuoth ("semanas"). Durava 7 semanas, desde o dia seguinte à Páscoa até o quinquagésimodi…

TAÇAS DE IRA

"E ouvi, vinda do templo, uma grande voz, que dizia aos sete anjos: Ide, e derramai sobre a terra as sete taças da ira de Deus. E foi o primeiro, e derramou a sua taça sobre a terra, e fez-se uma chaga má e maligna nos homens que tinham o sinal da besta e que adoravam a sua imagem." (Apocalipse 16:1-2)
         Quando João estava na ilha de Patmos, e o Senhor Jesus mostrou a ele tudo o que acontecerá no final, na época da sua vinda, ele, assim como outra pessoa qualquer, se assustou, pois o que virá é algo espantoso, jamais imaginado, e o principal: não tem mais como clamar por misericórdia ou socorro Divino; e principalmente não haverá mais tempo de arrependimento. E o mais importante: não sabemos quando será, pode ser daqui a mil anos como pode ser agora, porque Jesus nos alertou o tempo todo para vigiar, pois ninguém sabe o dia, nem mesmo Ele sabia, somente o Pai, e Ele disse que esse dia virá quando menos se espera. Assim devemos estar preparados para a volta de Jesus. No…

CONFORTO E CONSOLAÇÃO.

"Portanto, se há algum conforto em Cristo, se alguma consolação de amor, se alguma comunhão no Espírito, se alguns entranháveis afetos e compaixões, Completai o meu gozo, para que sintais o mesmo, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, sentindo uma mesma coisa." (Filipenses 2:1-2)
         O apóstolo Paulo sempre exortava para que se praticasse o Evangelho, e não uma religião, porque sabemos que os religiosos vivem praticando ensinamentos e doutrinas humanas e não a Palavra de Deus. A mesma coisa vemos acontecer e com muito mais frequência nos dias de hoje, em que supostamente cresce o número de cristãos, mas junto vemos aumentar o número de crimes, violência, adultério, roubos e de todos os tipos de crimes e pecados. Sabemos que onde Jesus chega, onde o Evangelho é vivido com certeza a tendência é diminuir a criminalidade ou zerar. Mas, se isso não acontece, é porque não está acontecendo a conversão, não existem tantos cristãos verdadeiros como se apregoa, o que existe são pesso…

FALANDO COM UMA MULHER

"E nisto vieram os seus discípulos, e maravilharam-se de que estivesse falando com uma mulher; todavia nenhum lhe disse: Que perguntas? Ou: Por que falas com ela?" (João 4:27)
         Jesus tinha saído da Judeia e estava voltando para a Galileia, e por isso foi forçoso ter que passar por Samaria - os samaritanos não se davam com os judeus de Jerusalém desde a época de Roboão, neto de Salomão, quando Israel foi dividido em reino do norte e reino do sul. Quando Jesus estava passando por ali, e sentindo-se cansado e com sede, parou próximo a um poço, enquanto os discípulos foram até a cidade comprar alimentos. E ali, próximo ao poço, começou a pregar para uma mulher samaritana, apresentando o Reino. Quando os discípulos retornaram, o encontraram falando com essa samaritana, e ficaram alarmados, porque não era costume os judeus falarem com mulheres estranhas, principalmente com uma de Samaria. Mas Jesus sempre fez questão de mostrar que não existe separação entre os seres humano…