NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

terça-feira, 25 de agosto de 2015

INSPIRAÇÃO DIVINA

"Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra." (2 Timóteo 3:16-17)

 A Bíblia, a Escritura Sagrada, a Palavra de Deus foi escrita por homens guiados pelo Espírito Santo. Pessoas que viveram há centenas de anos diferentes uns dos outros, mas os seus escritos se completavam e completam. Portanto, tudo o que está escrito na Bíblia é a vontade de Deus, digo a Bíblia original e suas traduções corretas, porque existem muitas religiões e seitas que a adulteram. Sim, adulteram, uma vez que acrescentaram ou suprimiram algo em benefício dos seus pensamentos e entendimento. A Bíblia foi escrita por homens, mas todos foram guiados por Deus e escreveram exatamente por ordem do Senhor, para que tomássemos conhecimento da sua vontade e dos testemunhos. Assim, ela é capaz de nos ensinar, mostrar o Caminho que devemos percorrer; ela é a fonte de vida, uma vez que ela é a vontade do Senhor que nos deu a vida. Quando falamos que somos homens e mulheres de Deus, só podemos falar se estivermos vivendo segundo os preceitos bíblicos, e esses preceitos só encontramos na Bíblia, nas Escrituras. Assim, quem não pratica, não vive o que as Escrituras determinam não pode falar jamais que é uma pessoa de Deus, e, se estiver falando, está mentindo. As Escrituras mostram Jesus, o Verbo, e atualmente o único lugar em que o vemos é nas Escrituras, porque Ele é a Palavra. Quando ouvimos e colocamos em prática a Palavra, estamos ouvindo e fazendo o que Cristo manda. A Bíblia é tão perfeita que sabemos quem foi o escritor que foi usado por Deus para escrever cada livro, bem como local e data. Não existe cristianismo sem as Escrituras, e em toda ela, inclusive no Antigo Testamento, na história de Israel, há testemunhos do Senhor. Ela mostra o tempo da lei e do poder de Deus, em que tudo se encaminhava para a rocha, que é Jesus. Sabemos de toda história da humanidade, da Criação, da rebeldia e das desobediências, e da correção do Senhor. Os profetas profetizaram a vinda do Senhor, que aconteceria centenas de anos depois, porque mostrava o cumprimento da lei. A lei se cumpriu em Jesus, e hoje vivemos na Graça, vivemos o Novo Testamento.
 "Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu Reino." (2 Timóteo 4:1). Portanto, devemos nos portar com seriedade diante da Palavra do Senhor, porque ela representa o próprio Cristo, que julgará a todos nós. No dia do Juízo, como as Escrituras nos mostram, seremos todos apresentados a Ele, uns para a Vida e outros para a morte eterna. No dia da sua vinda, dia do Juízo, todos serão chamados, os que morreram primeiro e, logo em seguida, os que ainda estiverem vivos, e todos, sem exceção, receberão a sentença. Portanto, diante do Senhor, sejamos autênticos e verdadeiros, preguemos o seu Evangelho, falemos das verdades bíblicas, e não podemos criar histórias, facilidades ou dificuldades, pois estaremos pecando. "Que pregues a Palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina." (2 Timóteo 4:2). Pregar a Palavra é obrigação de todos e não somente de pastores ou de pregadores profissionais, mas de todos os que se dizem cristãos. Pregar a Palavra é mostrar o amor de Deus, é ensinar a verdade contida nas escrituras, principalmente no Evangelho de Jesus Cristo. Em todo o tempo e lugar devemos falar da Palavra de Deus, independentemente de agradar as pessoas ou não, porque o que importa é agradar a Deus. Temos que repreender, exortar, e não só consolar; temos que chamar ao arrependimento quem está no erro, na cegueira espiritual. Não podemos ser mentirosos e ficar falando de um amorzinho, de um deus bonzinho que perdoa tudo e sempre, e que não se importa com o pecado. Devemos mostrar um Deus verdadeiro que é santo e cobra santidade, e não tolera o pecado, corrige os que ama. Temos que mostrar o verdadeiro poder e caráter de Deus, que é santo para todo o sempre. O Senhor não nos atende e nem nos aceita somente por palavras mentirosas ou bajuladoras, mas através do nosso comportamento verdadeiro e convertido a Ele. O Senhor não aceita ou permite que se mude a sua Palavra para agradar alguém, nem mesmo para conduzir pessoas a templos ou praticar outra ação. Somos como eletrodomésticos, saímos da fábrica com o manual de instrução e, se os usarmos corretamente, teremos vida longa. O nosso manual é a Bíblia, a Palavra, que nos garante vitória, paz e vida para sempre eterna.
 "Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas." (2 Timóteo 4:3-4). Nesse tempo que já chegou muitos não suportam a Verdade Bíblica, não suportam a Palavra verdadeira, preferem palavras agradáveis aos ouvidos, palavras bajuladoras e concordantes com a rebeldia aos preceitos do Senhor. Criaram pregadores que são mestres em fazer ofertas e oferecimento em nome do Senhor, o que não é bíblico, não está nas Escrituras. Muitos não suportam ouvir, não aceitam que o Senhor cobra, exige obediência aos seus preceitos e mandamentos, que o Senhor não tolera o pecado. Muitos não aceitam que tudo o que acontece no mundo é por vontade e permissão do Senhor, e o mal acontece em nossas vidas por permissão Dele, em virtude das nossas desobediências. Preferem pregadores que só falam em bênçãos e nunca cobram santidade e conversão. Assim, criaram uma nova religião, que é a evangélica, com a qual muitos se identificam, mas não vivem e nem praticam os preceitos do Senhor. Usam o nome do Senhor somente para enganar e se enganar, e vivem em mentiras, ensinando mentiras, adulterando a Palavra, são apóstatas, criadores de heresias. "Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério." (2 Timóteo 4:5). Mas nós devemos ser vigilantes, ser verdadeiros e legítimos filhos de Deus, discípulos de Jesus, e pregar, viver o Evangelho, não nos desviar jamais das Escrituras, pois nelas que está a vida. Sabemos que, para vivermos a Palavra de Deus, a sã doutrina, passamos por lutas e sofrimentos, mas não desistimos. Somos acusados em toda parte, perseguidos, mas não negociamos a nossa fé, não barganhamos o Evangelho. As lutas, as dificuldades, as perseguições são inerentes ao Evangelho, porque o Senhor não nos prometeu o Paraíso aqui, ao contrário, nos disse que aqui teríamos lutas e aflições, mas que, se perseverássemos, venceríamos e receberíamos a coroa da vida, assim como o apóstolo Paulo sabia e a recebeu. "Porque eu já estou sendo oferecido por aspersão de sacrifício, e o tempo da minha partida está próximo. Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé." (2 Timóteo 4:6-7). Paulo sabia que o seu tempo aqui já estava no fim, mas estava feliz, porque tinha consciência de que tinha vivido pela fé. Sabia que tinha praticado a Palavra de Deus, tinha pregado e continua pregando até hoje através dos seus escritos. Tinha combatido o bom combate, o combate da fé, não uma luta para conseguir bens materiais, mas para conduzir pessoas ao Senhor, para divulgar o verdadeiro Evangelho de Jesus Cristo. Que sejamos como Ele, que na hora da nossa partida tenhamos a certeza da nossa vitória, da nossa união plena e eterna com o Senhor. O Dia do Juízo é certo, Jesus está voltando, por isso nos santifiquemos, porque está muito próximo. "Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda." (2 Timóteo 4:8). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário