NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

O QUE O ESPÍRITO DIZ

"Portanto, como diz o Espírito Santo: Se ouvirdes hoje a sua voz, não endureçais os vossos corações, Como na provocação, no dia da tentação no deserto." (Hebreus 3:7-8)

 Temos que entender o que Deus nos fala neste texto através do seu Espírito. Exorta-nos, aconselha-nos a não agirmos como os hebreus, que foram libertos por Ele da escravidão no Egito. Aquele povo que Deus tirou do Egito, das mãos de Faraó, operando sinais e prodígio, não entrou na terra prometida por causa da desobediência. Exatamente por incredulidade e desobediências é que quase todos morreram no deserto depois de penarem durante quarenta anos dando voltas. Sim, somente dois entraram, que foram Calébe e Josué, e nem mesmo Moisés entrou, viu somente de longe a bênção prometida. O Espírito Santo nos avisa para não sermos incrédulos, para não duvidarmos das promessas do Senhor, porque tudo o que Ele prometeu pela sua Palavra se cumprirá de uma maneira ou de outra. Entretanto, podemos não receber, podemos morrer no deserto, como a maioria dos hebreus morreu, ou sermos como Moisés, que somente viu de longe, sem nada receber. A desobediência, a rebelião contra a Palavra de Deus é incredulidade, quem crê não desobedece, porque sabe as consequências. O endurecimento de coração é o que gera morte, porque, quando olhamos com os nossos olhos carnais, agimos carnalmente, nos afastamos do Senhor e das suas promessas, e morremos. Por tal motivo, muitos enfermos não são curados, casamentos não são restaurados, porque as pessoas não creem na Palavra de Deus. A Palavra diz que Jesus já levou todas as nossas enfermidades, e pelas suas pisaduras somos curados. Também diz que o que Deus uniu o homem não consegue separar. Mas a dúvida, a ansiedade, o medo, as circunstâncias, as reclamações fazem com que as pessoas não vejam as promessas de Deus se cumprirem em suas vidas. Tantos morrem no deserto, sendo que deveriam fazer parte da geração abençoada, da geração que recebe as promessas do Senhor. Não importa o tamanho do deserto, não importa a dificuldade, não importa o que falam ou o que vemos. O que importa é a Palavra de Deus, e o que Ele fala acontece, o que promete se cumpre. Por isso não podemos ser como aqueles hebreus que morreram no deserto, sejamos como Calébe e Josué, que enfrentaram os mesmos problemas, mas tiveram fé e venceram.
 "Onde vossos pais me tentaram, me provaram, E viram por quarenta anos as minhas obras."(Hebreus 3:9). Os hebreus eram escravos no Egito, eram prisioneiros de Faraó, mas Deus levantou Moisés e Arão para os libertar. E com sinais maravilhosos os libertou, os protegeu, abriu o Mar Vermelho. Ele era a nuvem durante o dia para dar sombra, uma vez que o calor era escaldante; também os guiava, dava-lhes direção, mostrava-lhes o Caminho. A noite era o fogo para iluminar o acampamento e para aquecer, uma vez que o frio era terrível. Enviava alimento direto do céu, e por todos os anos recebiam o Maná diariamente, e jamais passaram fome, quando pediram carne, o Senhor enviava codornizes. As suas vestes nunca estragaram ou apodreceram durante esses longos quarenta anos, as suas sandálias, os calçados não acabaram. A água saía da Rocha, da Pedra e em tudo havia o cuidado do Senhor. Durante esse tempo ninguém ficou resfriado ou teve qualquer enfermidade, somente sofreram quando o Senhor enviou o castigo pelas desobediências. Mas esses que recebiam esse cuidado tão especial do Senhor se rebelaram e fizeram um objeto de adoração, fizeram um bezerro de ouro para adorar, em lugar do seu protetor. "Por isso me indignei contra esta geração, E disse: Estes sempre erram em seu coração, E não conheceram os meus caminhos." (Hebreus 3: 10). Reclamaram de tudo, falaram contra o Senhor, duvidaram e não creram na Palavra do Senhor, e por isso receberam o devido castigo, por não aceitar viverem em santidade, de acordo com os mandamentos do Senhor, de acordo com o que Ele tinha ordenado, e esse povo tinha prometido que cumpriria, que obedeceria. O Senhor teve que puni-los, e por várias vezes os castigou, e, mesmo vendo o castigo dos desobedientes, eles teimavam em desobedecer, em não acreditar, em reclamar, e por isso pagaram um preço muito alto. "Assim jurei na minha ira Que não entrarão no meu repouso." (Hebreus 3:11). Por tal motivo Deus, pela sua Palavra, prometeu que, diante da insistência em desobedecer-lhe, esse povo não entraria na terra prometida, mas a sua Palavra se cumpriria, e os seus filhos é que receberiam o cumprimento da promessa. Muitos estão morrendo sem receber as bênçãos do Senhor, sem ver as promessas se cumprirem em suas vidas, por causa da incredulidade. Muitos não prosperam, não restauram seus casamentos, não recebem a cura, não saem da miséria, das perturbações, não são libertos, porque somente reclamam e não creem na Palavra, nas promessas do Senhor.
 "Vede, irmãos, que nunca haja em qualquer de vós um coração mau e infiel, para se apartar do Deus vivo." (Hebreus 3:11). Por isso devemos sempre nos examinar e ver se não estamos sendo incrédulos, se não estamos reclamando, porque toda reclamação é contra o Senhor. Temos que entender que tudo o que acontece é vontade ou permissão Dele, e tudo tem um motivo, o porquê de acontecer. E, ao reclamar, estamos falando Dele e reclamando da sua ação, da sua decisão. Sejamos fiéis a Ele, temos que crer em sua Palavra, pois é a única verdade, e todas as promessas que encontramos acontecerão se estivermos de acordo com Ele. Não importa o tamanho do nosso deserto, as dificuldades que estejamos enfrentando, se a Palavra de Deus diz que teremos vitória, então devemos perseverar sem olhar para lado algum, e principalmente sem reclamar. "Antes, exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje, para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado; Porque nos tornamos participantes de Cristo, se retivermos firmemente o princípio da nossa confiança até ao fim." (Hebreus 3:13-14). Não podemos endurecer os nossos corações em relação à Palavra de Deus, porque essa ação é pecado, é rebelião e desobediência contra Ele, e podemos receber a sua ira, a Palavra de morte. Por mais difícil ou impossível que seja aos nossos olhos, se pela Palavra existe a promessa, devemos crer, pois acontecerá. Temos Jesus, se cremos Nele e nos seus preceitos, sabemos que já somos vitoriosos, mesmo que não estejamos vendo ainda a vitória. Mesmo que estejamos em pleno sofrimento, se somos de Cristo, se conhecemos a sua Palavra, se somos fiéis, perseveramos e entramos na terra prometida. "Enquanto se diz: Hoje, se ouvirdes a sua voz, Não endureçais os vossos corações, como na provocação."(Hebreus 3:15). Assim, sabemos que essa Palavra é para nós, sabemos que o Espírito Santo está nos falando, e tomamos posse e praticamos a sua Palavra. Sabemos que podemos estar em luta, em deserto, mas venceremos, não seremos imitadores daqueles hebreus que padeceram no deserto. Vamos ouvir a voz do Senhor, não vamos endurecer os nossos corações, porque o endurecimento traz a morte."Porque, havendo-a alguns ouvido, o provocaram; mas não todos os que saíram do Egito por meio de Moisés."(Hebreus 3:16). Os hebreus endureceram os seus corações, isto é, não todos, porque Josué e Calébe perseveraram e desfrutaram da herança do Senhor. Estavam no erro, no Egito, éramos escravos, agora podemos estar no deserto, mas estamos caminhando em direção à promessa. "Mas com quem se indignou por quarenta anos? Não foi porventura com os que pecaram, cujos corpos caíram no deserto?"(Hebreus 3:17).Vamos nos submeter ao Senhor, aceitar o seu cuidado, e, mesmo que estejamos em provações, não reclamemos, porque Ele tem cuidado de nós. Não desperte a ira do Senhor, porque por ela morreremos. "E a quem jurou que não entrariam no seu repouso, senão aos que foram desobedientes? E vemos que não puderam entrar por causa da sua incredulidade." (Hebreus 3:18-19). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário