NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

sábado, 29 de agosto de 2015

UMA GRANDE MULTIDÃO

"Ora, ia com Ele uma grande multidão; e, voltando-se, disse-lhe: Se alguém vier a mim, e não aborrecer a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs, e ainda também a sua própria vida, não pode ser meu discípulo." (Lucas 14:25-26)

Jesus estava andando e pregando o seu Evangelho quando observou que havia uma multidão o acompanhando, e por conhecer o sentimento, a natureza humana, Ele aproveita para dar um grande ensinamento. Fala que aqueles que não largarem as pessoas que lhes são importantes, que não largarem a própria vida, não terão nada. Para ter as pessoas, para se ter vida, é necessário largá-las, deixá-las. Vemos templos denominacionais, igrejas, lotados de pessoas, mas não de discípulos de Jesus; pessoas que estão ali por causa da sua vida ou por causa de parentes, bens materiais, realizações, por causa de tudo. As pessoas estão buscando o Senhor não por Ele ser o Senhor, ser Deus, mas por causa de bênçãos, por causa do que Ele pode fazer, do que Ele pode dar. Estão buscando, mas não com inteireza de coração, uma vez que a prioridade são os parentes, ou a si mesmo, e não o Senhor, e por tal motivo nunca alcançam o objetivo, a bênção. As pessoas falam que amam o Senhor, mas na verdade nunca o amaram, prova disto é que vemos pessoas deixarem de frequentar um templo, uma igreja, para agradarem aos filhos, ao marido, à esposa, aos pais. Pessoas dizem amar Deus, mas não têm tempo de irem ao templo, ou de meditarem na Palavra de Deus, de orarem, porque alegam cansaço. Mas elas têm tempo para fazerem visitas a parentes, recebê-los, agradar-lhes, passearem, e tudo o mais. Pessoas dizem que o Senhor quer que sejam felizes e façam os outros felizes, portanto, entre dar a atenção à Palavra de Deus e atender a seus sentimentos, o último vence. Pessoas colocam filhos acima de tudo, inclusive de Deus, pois as suas vontades e desejos predominam, e o Senhor é somente alguém que tem que cuidar e proteger dos seus. Muitos vão à busca do Senhor somente pedindo pela saúde, prosperidade, por vida sentimental, por vários motivos, mas nunca por realmente amá-lo. Amar o Senhor é querer segui-lo em toda parte, é simplesmente se submeter a Ele, não porque Ele pode nos dar algo, mas porque Ele é Deus. Quando se ama o Senhor, quando o buscamos em primeiro lugar, quando a prioridade é Ele, então do resto Ele mesmo cuida. Buscar primeiro o Reino de Deus, esse é o mandamento Dele.
"E qualquer que não levar a sua cruz, e não vier após mim, não pode ser meu discípulo." (Lucas 14:27). Jesus era Deus, mas se esvaziou do seu Poder, se aniquilou por amor ao Pai, fez tudo em obediência até a morte, e morte de cruz. Jesus não nasceu em berço de ouro, e sim em um local para animais (manjedoura), e durante toda a sua vida e ministério somente enfrentou perseguições. Jesus viveu como homem e sofreu todo tipo de lutas, e foi experimentado como a sua Palavra diz, mas venceu por amor ao Pai, e em obediência a Ele tudo fez. A prioridade de Jesus não éramos nós, não era ninguém, mas o Pai, era obedecer-lhe, e por isso foi vitorioso. Ele deseja que o imitemos, e, se somos seus discípulos, temos que agir como Ele. Jesus não dava prioridade ou atenção especial a Maria ou a algum dos seus meio-irmãos, tratava todos igualmente. "E foi-lhe dito: Estão lá fora tua mãe e teus irmãos, que querem ver-te. Mas, respondendo ele, disse-lhes: Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a Palavra de Deus e a executam." (Lucas 8-20-21). Jesus deixou bem claro que a família Dele eram os que lhe obedecem, os seus seguidores, não somente os que vão atrás Dele. Não podemos alegar cansaço, falta de tempo para segui-lo, uma vez que Ele tem que ser a nossa prioridade. Podemos não ter tempo para trabalhar, para cuidar de qualquer outra coisa, mas sempre devemos ter tempo para o Senhor. Jesus não prometeu riquezas para ninguém, não prometeu prosperidade financeira a ninguém, mas exigiu que, se quiséssemos ser seus discípulos, deveríamos segui-lo. Carregar a cruz é não fugir de lutas, mas enfrentá-las, sabendo que o nosso descanso, tesouro não é aqui. Carregar a própria cruz e não abrir mão de nada por causa do Evangelho, ou seja, viver, praticá-lo com toda intensidade. Não em busca de bênçãos, porque Jesus não veio ao mundo, sofreu e morreu para nos dar bênçãos, e sim a salvação. A promessa dos seus cuidados se cumpre em nossas vidas quando nos submetemos a Ele, e a nossa prioridade sempre tem que ser Jesus. Por isso, tantos casamentos são destruídos, porque o marido ou a esposa coloca o seu cônjuge em primeiro lugar, por isso tantos casamentos destruídos não são restaurados, porque a prioridade é essa, e não buscar o Senhor. Para termos alguma coisa, é necessário abrir mão, pois recebemos tudo é do Céu, para termos vida, temos que abrir mão dela.
 "Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se assenta primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com que a acabar?" (Lucas 14:28). Jesus não quer que ninguém vá até Ele somente em busca de bênçãos e depois se afaste, não quer que ninguém vá somente buscar. Por isso a necessidade de avaliarmos o que buscamos, o que queremos, porque são muitos os que dizem ter se convertido, mas somente mudaram de religião, pois continuam nas mesmas práticas erradas e servem somente de comentários maldosos por parte de todos. Todos olham e comentam sobre os falsos cristãos, os falsos crentes, os que se dizem do Senhor, mas vivem em pecados e derrotas. Pessoas que vieram a uma igreja somente em busca de receber uma bênção ou várias bênçãos, mas não analisaram, não pensaram realmente em se curvar diante do Senhor, porque são carnais. "Para que não aconteça que, depois de haver posto os alicerces, e não a podendo acabar, todos os que a virem comecem a escarnecer dele, Dizendo: Este homem começou a edificar e não pôde acabar." (Lucas 14:29-30). São tolos todos os que pensam que conseguem enganar o Senhor com palavras fingidas. Tolos diante do Senhor e do mundo os que falam o nome do Senhor, mas vivem nas práticas e no amor do mundo. Não se pode fazer compromisso com o Senhor, em servi-lo, e depois por qualquer motivo se afastar Dele. Por isto, esses que se dizem desviados nunca o conheceram, nunca o seguiram, somente vieram a Ele um dia em prol de bênçãos. Quem o conhece e o ama, quem é discípulo jamais abandona o Mestre, pois sabe que não tem para onde ir. "Ou qual é o rei que, indo à guerra a pelejar contra outro rei, não se assenta primeiro a tomar conselho sobre se com dez mil pode sair ao encontro do que vem contra ele com vinte mil? De outra maneira, estando o outro ainda longe, manda embaixadores, e pede condições de paz." (Lucas 14:31-32). Pessoas que dizem ou um dia disseram que amavam o Senhor, que seriam seus discípulos, mas não abriram mão dos seus prazeres, das riquezas mundanas ou de outras prioridades, querem servir ao Senhor e às coisas do mundo, nunca houve fidelidade em seus corações ao nosso Deus. São os fracassados, são os falsos crentes, os que dão mau exemplo, são os desviados, são os derrotados para toda a eternidade, não avaliaram a caminhada, não sabem e nem nunca souberam o que é ser discípulo de Jesus. Templos, igrejas estão lotados de pessoas que vieram na empolgação, no desespero por uma bênção, um socorro, mas o coração não era reto, não são discípulos de Jesus, porque estão buscando somente bênçãos, e por isso são envergonhados e envergonham."Assim, pois, qualquer de vós, que não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo. Bom é o sal; mas, se o sal degenerar, com que se há de salgar?" (Lucas 14:33-34). Sem a renúncia de nós mesmos, de bens pessoais não podemos seguir Jesus. O Senhor nos ensinou várias vezes sobre isso, e certa vez falou com um jovem rico que obedecia a todos os mandamentos, mas amava a riqueza, que esse era o seu pecado, o que o impediu de seguir Jesus. Temos que entender que não se pode colocar emendas ou adendos no Evangelho, somente cumpri-lo, obedecer-lhe para sermos discípulos de Jesus. Renunciar a tudo, inclusive a nós mesmos. "Nem presta para a terra, nem para o monturo; lançam-no fora. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça." (Lucas 14-35). 
 Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário