NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

A VINHA DO SENHOR

"E começou a falar-lhes por parábolas: Um homem plantou uma vinha, e cercou-a de um valado, e fundou nela um lagar, e edificou uma torre, e arrendou-a a uns lavradores, e partiu para fora da terra." (Marcos 12:1)

Jesus contou essa parábola para mostrar aos judeus o amor de Deus para com eles e as suas desobediências e rejeição a Ele e a tudo o que o Pai preparou para eles. Também serve muito bem para ilustrar, e de forma clara, a vida de muitos de nós e os cuidados do Senhor, mas pela nossa desobediência e ignorância nada recebemos, a não ser o castigo, pois é o que merecemos. Deus preparou a terra, o mundo com tudo o que nos é necessário para vivermos e desfrutarmos, além de nos capacitar com força e inteligência para podermos crescer. Cercou-nos de cuidados e proteção, somente exigiu que o seguíssemos para desfrutar de tudo o que Ele preparou para nós. Fomos criados para trabalhar, produzir e viver segundo os preceitos do Senhor, porque, se lhe obedecermos, sempre estaremos debaixo da sua proteção e cuidados. Israel foi criado e conduzido a uma terra da qual mana leite e mel, para desfrutar do melhor, e principalmente de paz e prosperidade, se se obedecesse e respeitasse o Senhor."E, chegado o tempo, mandou um servo aos lavradores para que recebesse, dos lavradores, do fruto da vinha."(Marcos 12:2). Nós somos a vinha do Senhor, somos a plantação, a lavoura, o jardim particular de Deus, e por tal motivo devemos agir e viver segundo as suas determinações, pois Ele é o agricultor e somos somente as suas plantas. Deus tem enviado constantemente os seus servos para colher os frutos e receber o que Lhe é devido. Os servos de Deus são os legítimos pregadores da Palavra de Deus, que têm vindo até nós com a Palavra de Deus, têm procurado nos preparar, querendo nos ensinar a louvar e exaltar, glorificar o Dono da vinha. Os servos do Senhor são todos os que se dirigem a nós ensinando o Evangelho, falando do amor de Deus, mostrando que é o nosso dever viver segundo as ordenanças do Senhor, ensinando-nos que somos dependentes Dele, e que por nós mesmos nada podemos ou conseguimos, e que somos como as plantas, e é Ele que dá o adubo, a água e o que é preciso para o nosso crescimento, e tudo se resume na Palavra de Deus.
"Mas estes, apoderando-se dele, o feriram e o mandaram embora vazio." (Marcos 12:3). Mas quando os servos de Deus vêm até nós colher os frutos, simplesmente voltam vazios, porque nada temos para dar, não produzimos frutos. Não queremos ouvir a Palavra de Deus, queremos seguir a nossa própria direção, a lógica humana; rejeitamos a direção do Senhor, achamos que somos capazes de por nós mesmos comandar as nossas vidas. Escarnecemos dos servos de Deus, nós os criticamos, acusamos e os expulsamos, porque preferimos nos prender a uma religião, a um sentimento qualquer que falamos que é o nosso deus. Não produzimos frutos algum, porque estamos voltados para nós mesmos e não aceitamos que somos dependentes de ninguém. Preferimos falar de um deus que concorda e aceita o pecado, que é tolerante e jamais cobra obediências, e sabe somente proteger e abençoar, um deus que não tem regras. Um deus que só sabe abençoar e prosperar, e que, quando não nos atende, podemos exigir, determinar, mandar que nos atenda, podemos negociar, comprar seus favores e atenção com dinheiro ou com sacrifícios. "E tornou a enviar-lhes outro servo; e eles, apedrejando-o, o feriram na cabeça, e o mandaram embora, tendo-o afrontado." (Marcos 12:4).O Senhor insiste e manda sempre os seus servos, os evangelistas, os missionários, os pregadores da Verdade, envia a sua Palavra, mas aqueles que vêm falando realmente sobre a Verdade não os aceitamos, porque não queremos ouvir falar de obediências, nem de abandono de pecados. Os servos do Senhor são conhecidos e facilmente identificados, pois o idioma deles é do Reino, e vêm falando de arrependimento, conversão, purificação, santificação e salvação. Esses nós os apedrejamos, porque queremos os que dizem que Deus está abençoando sempre, independentemente da nossa postura de respeito a Ele. Apedrejamos todas as vezes em que viramos as costas à Palavra de Deus e a seus servos. "E tornou a enviar-lhes outro, e a este mataram; e a outros muitos, dos quais a uns feriram e a outros mataram. "(Marcos 12:5).Sempre expulsamos, apedrejamos, matamos todos os que vêm até nós com essa conversa de arrependimento e santificação, pois não aceitamos que Deus possa nos cobrar isso, e queremos o deus que permite que vivamos do nosso jeito, curtindo a vida, porque ele é amor e tudo permite e só quer a nossa felicidade. Assim, todos os que vêm com outro tipo de ensino simplesmente os matamos.
"Tendo ele, pois, ainda um seu filho amado, enviou-o também a estes por derradeiro, dizendo: Ao menos terão respeito ao meu filho." (Marcos 12:6). Deus envia o seu próprio Filho esperando que pelo menos a Jesus respeitemos, que tenhamos temor do Filho do Criador, do dono da vinha. Hoje o Filho de Deus é a Palavra, o Verbo, o Evangelho, e então o Senhor nos envia o seu Espírito, que nos convence do erro, do juízo e pecado. Recebemos o Espírito de Deus, que a todo instante nos mostra onde e porque estamos errando. O nosso Criador espera que O ouçamos e Lhe obedeçamos; espera que tenhamos respeito pelo seu Filho. "Mas aqueles lavradores disseram entre si: Este é o herdeiro; vamos, matemo-lo, e a herança será nossa." (Marcos 12:7). Mas em nossos corações tramamos não ouvir o Espírito, desconsiderar a sua voz, e ir em busca do que desejamos. Queremos tomar posse do que o Senhor criou, queremos viver segundo as nossas leis, queremos assumir o controle, queremos ser donos de tudo, portanto, pensamos em matar o Filho de Deus. Não podemos aceitar a voz do Filho de Deus em nossas vidas mandando nos arrepender. Achamos que é mais fácil silenciar essa voz. Queremos o mundo para nós, para vivermos segundo a nossa vontade e querer; queremos ditar as nossas próprias ordens e regras, queremos uma anarquia, e só desejamos bênçãos,e sermos atendidos em tudo. "E, pegando Dele, o mataram, e o lançaram fora da vinha." (Marcos 12:8). Então matamos o Filho de Deus, O sufocamos, não permitimos que viva em nós, não permitimos que colha os frutos, preferimos outros deuses, preferimos qualquer coisa que concorde conosco, queremos um deus, um jesus que simplesmente seja nosso garçom,nosso servo, que simplesmente atenda os nossos pedidos, porque o Filho de Deus não queremos que viva, esse nós O matamos todos os dias. "Que fará, pois, o Senhor da vinha? Virá, e destruirá os lavradores, e dará a vinha a outros." (Marcos 12:9). Deus não aceita impureza, desobediências, não permite que assassinem o Seu Filho e saiam impunes, e por isso somos destruídos, somos consumidos, seremos mortos e passaremos toda a eternidade no sofrimento se não nos convertermos urgentemente ao Senhor,se não aceitarmos entregar os frutos ao Senhor da vinha. Não pensem que sairemos impunes após assassinar o Filho de Deus. Jesus é o único Caminho que nos conduz a Deus,à salvação, e hoje Ele é a Palavra, o Verbo, e toda as vezes em que modificamos, desrespeitamos, adulteramos a sua Palavra, estamos matando Jesus. "Ainda não lestes esta Escritura: A pedra, que os edificadores rejeitaram, Esta foi posta por cabeça de esquina; Isto foi feito pelo Senhor E é coisa maravilhosa aos nossos olhos?" (Marcos 12:10-11). Vida e morte estão em Jesus, e todos os que O matam estão optando pela morte, não basta falar o seu nome, e sim se submeter a Ele, tem que ser vinha do Senhor e apresentar os seus frutos. "E buscavam prendê-lo, mas temiam a multidão; porque entendiam que contra eles dizia esta parábola; e, deixando-o, foram-se." (Marcos 12:12).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
Pr.Henrique Lino
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário