NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

JESUS ESTÁ EXPULSANDO

"Depois disto desceu a Cafarnaum, ele, e sua mãe, e seus irmãos, e seus discípulos; e ficaram ali não muitos dias." (João 2:12)

Jesus tinha recém-iniciado o seu ministério terreno; tinha feito o seu primeiro milagre, que foi o de transformar água em vinho em uma cerimônia de casamento em Caná da Galiléia. Ao contrário do que muitos acreditam, ou até mesmo algumas religiões e pessoas dizem, o fato é que Jesus foi uma criança e jovem comum, e não operou nenhum milagre até completar trinta anos de idade, quando foi batizado nas águas pelo profeta João Batista e depois o Espírito de Deus o levou para o deserto para ser tentado pelo diabo. Depois que Ele veio do deserto, em uma festa de casamento, operou-se o primeiro milagre. Acredita-se que essa cerimônia era de algum parente de Maria, e depois disso Jesus foi com a sua família terrena a Cafarnaum. Quando a Bíblia fala em descer a Cafarnaum, é uma maneira de explicar que essa cidade ficava a um nível mais baixo. "E estava próxima a páscoa dos judeus, e Jesus subiu a Jerusalém. E achou no templo os que vendiam bois, e ovelhas, e pombos, e os cambiadores assentados." (João 2:13-14). Como estava próxima a festa da páscoa dos judeus, Jesus subiu ao templo, que ficava em Jerusalém. A festa da páscoa para os judeus é a comemoração do êxodo, da saída do povo hebreu do Egito, a libertação da escravidão, e, portanto, se comemora de maneira séria e geralmente no templo. Jesus, chegando ao templo em Jerusalém, se depara no pátio do templo com os que vendiam, comercializam animais, e os cambistas. Havia bois, ovelhas e pombos, indispensáveis para os sacrifícios. Os judeus, que vinham de lugares muito distantes, precisavam comprar animais para sacrificar perto do templo. Os mercadores, no entanto, estavam vendendo-os no átrio exterior do templo. Eram cambistas porque muitas moedas precisavam ser trocadas por dinheiro aceitável pelas autoridades do templo, e isso exigia a presença de cambistas. Esses comerciantes de animais eram os que estavam ali para vender animais e aves para as pessoas que vinham ao templo para oferecerem holocaustos, sacrifícios e ofertas. Naquela época se ofereciam sacrifícios e holocausto constante pela expiação dos pecados.
 "E tendo feito um azorrague de cordéis, lançou todos fora do templo, também os bois e ovelhas; e espalhou o dinheiro dos cambiadores, e derribou as mesas." (João 2:15) Jesus irou, e não foi uma ira explosiva, pois teve tempo para fazer um chicote, que é exatamente isto: um azorrague de cordéis, um açoite de várias correias ou cordas, látego ou chicote de couro,e expulsou os que estavam no templo com a finalidade de comercializar alguma coisa. Vemos que Jesus, com um objeto de punição e castigo nas mãos, expulsou do templo os comerciantes. É a única passagem da Bíblia em que vemos Jesus com ira e usando um objeto de punição contra alguém, nunca O vimos levantando a mão para alguém que não fosse para abençoar, curar. Somente aqui vemos pessoas serem expulsas da igreja pelo próprio Senhor Jesus, e vemos que o que eles estavam comercializando não era nada impuro ou objeto de pecados, e sim para se ofertar no templo. Seria o mesmo que hoje: livros, CDs, DVDs, Bíblias, óleos, e tantas outras coisas que se comercializam nos templos atuais. Infelizmente, hoje,há templos, igrejas que são pequenos shoppings, pois vendem de tudo, e os pregadores no altar oferecem tudo, inclusive viagens, fazem rifas, sorteios e mais um monte de coisas. Esses que são comerciantes nas igrejas já foram expulsos pelo Senhor Jesus, e o lugar que lhes está reservado é com o inimigo da nossa alma, para padecer por toda a eternidade. Todos os que compram ou vendem alguma coisa dentro das igrejas estão indo frontalmente contra a Palavra de Deus, contra as ordenanças de Jesus, e estão sendo expulsos da sua presença. Nada justifica qualquer comércio na igreja. "E disse aos que vendiam pombos: Tirai daqui estes, e não façais da casa de meu Pai casa de venda." (João 2:16).Na casa de Deus, lugar de oração, de louvar o Senhor, de ouvir a Palavra, de agradecer não pode existir absolutamente nenhuma espécie de comércio. Os templos da igreja sobrevivem exclusivamente com os dízimos e ofertas, e jamais se pode vender alguma coisa e nem maquiar o comércio ilegal pedindo ofertas e oferecendo alguma coisa em troca, pois isso é barganha, e na casa de Deus nada disso pode acontecer. Na casa de Deus, nos templos e igrejas, nada pode ser comercializado, e todos os que praticam algum tipo de comércio estão indo contra a Palavra de Jesus Cristo. Não existem desculpas ou qualquer respaldo bíblico que possa justificar tão grandes ofensas ao Senhor, e todos os que estão praticando são expulsos da presença do Senhor. Não podemos esquecer que tanto quem vende como quem compra incorre no mesmo pecado. Vemos pessoas usando o nome de Deus, de Jesus, para vender, comercializar tudo, usando e abusando da fé desses pecadores que, no afã de se libertarem, querem agradar, comprar. Escolhem o caminho fácil e, sem saber, estão sendo expulsos da igreja cuja cabeça é Jesus. Em todo o tempo devemos simplesmente praticar o Evangelho de Jesus Cristo.
"E os seus discípulos lembraram-se do que está escrito: O zelo da tua casa me devorará." (João 2:17). Jesus nos mostra que, assim como seus discípulos, devemos ter zelo pela casa de Deus e somente fazer o que Ele autoriza ou manda. Se podemos ignorar uma determinação tão séria como essa do Senhor Jesus, podemos ignorar qualquer outra, porque não vimos em toda a Bíblia uma reação do Senhor superior a essa por causa de desobediência aos preceitos Dele.Vemos que esse foi o seu segundo sinal, o primeiro foi transformar água em vinho, o segundo expulsar os comerciantes da fé do templo. Quando vemos grandes templos, igrejas luxuosas, quando nos deparamos com os comerciantes da fé que fazem algum sinal, achamos que é bênção, unção do Senhor, mas devemos averiguar na Palavra, e então perceberemos que os enganadores estão lotando os templos e conduzindo muitos à perdição eterna. Igrejas, templos sobrevivem somente com dízimos e ofertas, e todo o resto é armação e engano do diabo, e os que praticam qualquer comércio são seus servos e já são expulsos da presença do Senhor, e da Sião futura."Responderam, pois, os judeus, e disseram-lhe: Que sinal nos mostras para fazeres isto?"(João 2:18). Sempre esses comerciantes da fé vão apresentar desculpas, pretextos, questionamentos, para justificar seus pecados, sempre vão pedir sinais, mas o único que terão são os que o Senhor já deu. "Jesus respondeu, e disse-lhes: Derribai este templo, e em três dias o levantarei." (João 2:19). Mataram o Senhor, O assassinaram, mas Ele não permaneceu na morte,o Pai O ressuscitou depois de três dias. A morte foi vencida e não tem mais poder, e hoje Ele vive para sempre, recebeu todo o poder no Céu e na terra, e não aceita nenhum comerciante na Vida, portanto esses sim terão lugar garantido na morte por toda a eternidade. O sinal foi dado, a escolha é nossa."Disseram, pois, os judeus: Em quarenta e seis anos foi edificado este templo, e tu o levantarás em três dias?Mas ele falava do templo do seu corpo."(João 2:20-21).Esses comerciantes, mercantilistas da fé sempre vão olhar de maneira carnal e física,jamais vão entender que somos seres espirituais e que todas as nossas ações têm que ser espirituais. Quando falamos de maneira espiritual, sempre vão olhar de maneira física, vão dizer que Deus quer que o Evangelho seja pregado e que para isto precisam de dinheiro, e portanto eles precisam vender algo. Apesar de estarem nos púlpitos dos templos, nunca viram e nem conheceram o Senhor, pois há muito foram expulsos do Templo de Cristo. Todos os que vendem e compram alguma coisa nas igrejas estão expulsos da presença do Senhor, portanto, se você participa, se arrependa e volte à presença do Senhor enquanto é tempo."Quando, pois, ressuscitou dentre os mortos, os seus discípulos lembraram-se de que lhes dissera isto; e creram na Escritura, e na palavra que Jesus tinha dito. E, estando ele em Jerusalém pela páscoa, durante a festa, muitos, vendo os sinais que fazia, creram no seu nome. Mas o mesmo Jesus não confiava neles, porque a todos conhecia; E não necessitava de que alguém testificasse do homem, porque ele bem sabia o que havia no homem." (João 2:22-25).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário