NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

REPREENDENDO OS DISCÍPULOS

"E ajuntaram-se a Ele os fariseus, e alguns dos escribas que tinham vindo de Jerusalém. E, vendo que alguns dos seus discípulos comiam pão com as mãos impuras, isto é, por lavar, os repreendiam." (Marcos 7:1-2)

 Os fariseus, os religiosos da época sempre buscavam o Senhor Jesus com a intenção de criticar, apontar erros e discordâncias Dele em relação à lei. Os conhecedores da Palavra, da torá, da lei de Moisés, sempre o cercavam com o objetivo de desmoralizá-lo, dizendo que Ele agia contra a vontade, contra a Palavra de Deus. Mas esses religiosos daquela época não são diferentes dos da nossa, porque muitos vão a templos denominacionais para observar, apontar defeitos dos cultos e a maneira como são conduzidos. São muitos os que gostam de criticar o louvor, a oração, as vestes dos irmãos, a pregação e até mesmo a oração. A perseguição a Jesus não se encerrou com a sua morte na cruz, ao contrário, ainda mais se acirrou, e cada vez mais desencadeia novas frentes. Mas o cristão deve em primeiro lugar buscar agradar a Deus, e não aos homens, e por isto sempre pautar a sua vida e tudo o mais na Palavra de Deus. Os fariseus foram criticar os discípulos de Jesus por eles não seguirem uma tradição qualquer, por eles não estarem lavando as mãos antes de se alimentarem ou ingerirem algum alimento, porque os judeus, aqueles religiosos que sempre desobedeciam ao Senhor, que eram rebeldes a sua Palavra, faziam questão de guardar velhas tradições e as impunham a todos. Assim, eles não praticavam algo com o objetivo de agradar a Deus, mas simplesmente como um hábito religioso."Porque os fariseus, e todos os judeus, conservando a tradição dos antigos, não comem sem lavar as mãos muitas vezes; E, quando voltam do mercado, se não se lavarem, não comem. E muitas outras coisas há que receberam para observar, como lavar os copos, e os jarros, e os vasos de metal e as camas. Depois perguntaram-lhe os fariseus e os escribas: Por que não andam os teus discípulos conforme a tradição dos antigos, mas comem o pão com as mãos por lavar?"(Marcos 7:3-5). Esses escribas, fariseus, tinham o costume de agir dessa maneira e queriam impô-la a todos, como se fosse algo de relevância. Da mesma maneira, algumas denominações apresentam e querem impor sobre as ovelhas algumas práticas como se fossem mandamentos do Senhor.
 "E Ele, respondendo, disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito: Este povo honra-me com os lábios, Mas o seu coração está longe de mim; Em vão, porém, me honram, Ensinando doutrinas que são mandamentos de homens." (Marcos 7:6-7). Jesus responde mostrando como era grande a hipocrisia desses que falavam em uma tradição, mas não obedeciam ao Senhor. Eram pessoas que oravam, faziam preces ao Senhor, e de boca, com os lábios confessavam que amavam o Senhor, mas criavam doutrinas como se fossem mandamentos do Senhor, e obrigavam o povo a cumpri-las. Isto acontecia lá e aqui, na verdade, em toda parte, basta observarmos denominações que exigem que seus membros se vistam assim ou assado. Atualmente, encontramos denominações que exigem que as mulheres não usem maquiagem, ou que não usem calças compridas, somente vestidos e saias. Há algumas que chegam às raiais da loucura proibindo as mulheres de se depilarem ou de tomarem anticoncepcional. Nos templos proíbem os homens de sentarem com as mulheres, ou seja, as famílias, os casais são separados nos templos. Colocam um fardo pesado sobre as costas das ovelhas que, por ser difícil de carregar, acaba conduzindo ao erro, ao pecado, à mentira. São várias as mulheres que frequentam templos que proíbem as mulheres de usarem calças compridas, o que as leva à mentira, ao erro, pois não usam calças compridas somente quando vão aos cultos. No cotidiano as usam, e muitas vezes têm que se esconder quando veem um irmão da congregação ou o pastor. Assim, estão fechando a porta do Reino a muitos. São templos, denominações que honram o Senhor com os lábios somente. "Porque, deixando o mandamento de Deus, retendes a tradição dos homens; como o lavar dos jarros e dos copos; e fazeis muitas outras coisas semelhantes a estas." (Marcos 7:8). São muitos os que se preocupam com detalhes insignificantes, que criam leis, doutrinas, preceitos e fazem crer que são mandamentos do Senhor. Muitos praticamente obrigam as irmãs a irem aos templos quase todos os dias, a participarem de campanhas, ou de qualquer ato religioso. São muitas as normas criadas e impostas sobre as pessoas, mas, por causa do analfabetismo bíblico, elas as cumprem como se fossem uma ordenança do Senhor.
 "E dizia-lhes: Bem invalidais o mandamento de Deus para guardardes a vossa tradição." (Marcos 7:9). Muitos estão ensinando contra a própria Palavra de Deus, não obstante estarem citando o Nome do Senhor, porque se especializaram em trabalhar os textos fora de contextos, os versículos aleatórios ou somente parte deles, tentando infundir nas pessoas o temor como se fosse uma ordenança do Senhor. Primeiro, temos que entender que em Jesus há liberdade, portanto, o Senhor não quer e não deseja que sejamos sacrificados, mas simplesmente vivamos em obediência aos seus preceitos, que são claros em sua Palavra. Jesus não proibiu as mulheres de usarem calças compridas, mesmo porque naquela época elas inexistiam, assim também não proibiu o anticoncepcional pelo mesmo motivo. Não determinou que as pessoas fossem todos os dias à congregação, porque sabe que as pessoas têm famílias e têm que cuidar do marido, da esposa, dos filhos e, principalmente, têm que trabalhar para os manter, além das necessidades do descanso. Também não falou ou mandou participarem de campanha alguma, mesmo porque não existe essa prática na Bíblia, e nem obrigou as pessoas a ofertar até o que não têm."Porque Moisés disse: Honra a teu pai e a tua mãe; e quem maldisser, ou o pai ou a mãe, certamente morrerá. Vós, porém, dizeis: Se um homem disser ao pai ou à mãe: Aquilo que poderias aproveitar de mim é Corbã, isto é, oferta ao Senhor; Nada mais lhe deixais fazer por seu pai ou por sua mãe, Invalidando assim a Palavra de Deus pela vossa tradição, que vós ordenastes. E muitas coisas fazeis semelhantes a estas."(Marcos 7:10-13). Esses fariseus, religiosos sabiam que tinham que honrar o pai e a mãe, que tinham que mantê-los, os sustentar, se eles não tivessem condições. Mas, para não cumprir com essa obrigação, falavam que consagravam o que tinham ao templo, e era como uma oferta, assim somente eles poderiam desfrutar e não poderiam dar nada a ninguém, nem mesmo a seus pais. Hoje, os pastores falam em sacrifícios e ofertas, e os exigem das ovelhas, fazem promessas em Nome do Senhor e arrecadam fortunas que são usadas em benefício próprio, enquanto as ovelhas passam por necessidades. Templos faturam grandes quantias em campanhas várias que são usadas para enriquecimento dos seus líderes. "E, chamando outra vez a multidão, disse-lhes: Ouvi-me vós, todos, e compreendei. Nada há, fora do homem, que, entrando nele, o possa contaminar; mas o que sai dele isso é que contamina o homem. Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça. Depois, quando deixou a multidão, e entrou em casa, os seus discípulos o interrogavam acerca desta parábola. E ele disse-lhes: Assim também vós estais sem entendimento? Não compreendeis que tudo o que de fora entra no homem não o pode contaminar, Porque não entra no seu coração, mas no ventre, e é lançado fora, ficando puras todas as comidas? E dizia: O que sai do homem isso contamina o homem. Porque do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as fornicações, os homicídios, os furtos, a avareza, as maldades, o engano, a dissolução, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura. Todos estes males procedem de dentro e contaminam o homem." (Marcos 7:14-23). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário