NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

A RESSURREIÇÃO É UM FATO

"Ora, se se prega que Cristo ressuscitou dentre os mortos, como dizem alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos?" (1 Coríntios 15:12)

 Existem pessoas, religiões, seitas e outros que fazem questão de afirmar que não acreditam na ressurreição. Muitos tentam justificar de inúmeras maneiras as suas teorias infundadas e descabidas da impossibilidade da ressurreição. Existem várias histórias, mas que realmente não passam de histórias inventadas com o objetivo de denegrir o Evangelho. Entendo que não passa de artimanhas do diabo para trazer a dúvida e assim o afastamento de muitos que se perdem. Mas, a bem da verdade, o que temos é um relato de um fato acontecido em Israel há dois mil anos testemunhado por todos. A Bíblia relata o acontecido diante de inúmeras testemunhas, tudo foi registrado para que andemos por fé e não por vista, como alguns teimam. O cristão tem convicção da ressurreição, porque, além dos Evangelhos, tem o Espírito Santo, que o convence da Verdade. Portanto, a pregação, as histórias fantasiosas que existem para dizer que não há ressurreição, não passam de simples histórias com o intuito de distorcer e negar a Verdade. "E, se não há ressurreição de mortos, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé." (1 Coríntios 15:13-14). Se não é possível a ressurreição, se Jesus não ressuscitou, então o cristianismo é uma farsa, e todos os que se identificam como cristãos são tolos, ou aproveitadores, porque o fundamento da nossa fé é Cristo, e o nosso objetivo é a ressurreição, assim como aconteceu com Ele. Mas se isso não aconteceu, se não vamos ressuscitar, se não vai acontecer isso, então não há motivo para que vivamos em santidade. Então a morte é vitoriosa, e, após deixar este corpo físico que apodrecerá na terra, tudo se encerra. Sendo assim, não justifica procurar viver segundo os preceitos do Senhor, porque então tudo se encerra na morte. Neste caso, somos todos mentirosos, e eu também sou um dos muitos, pois pregamos, ensinamos sobre a vida em Cristo. Falamos de ressurreição, mostramos que, assim como Cristo ressuscitou, todos os que praticarem a sua Palavra também ressuscitarão Nele e com Ele viverão para toda a eternidade. Se a nossa pregação, nosso ensino é mentiroso, somos enganados e enganamos muitos, e a maior parte da população vive no engano, porque, de uma forma ou de outra, todos têm a mesma esperança.
 "E assim somos também considerados como falsas testemunhas de Deus, pois testificamos de Deus, que ressuscitou a Cristo, ao qual, porém, não ressuscitou, se, na verdade, os mortos não ressuscitam."(1 Coríntios 15:15). Se Deus não ressuscitou a Cristo, se esse fato não aconteceu, em que se fundamenta o cristianismo? Se esse fato não aconteceu, o mundo vive uma mentira de mais de dois mil anos, e todos mancomunaram essa história, e não somente algumas pessoas, pois, após a morte de Jesus, Ele apareceu para várias pessoas, e em uma das vezes para mais de quinhentas pessoas juntas. Em uma época em que não existia a tecnologia que temos, jogos de imagens, sabemos que, com certeza, seria impossível enganar todos. Mas todos afirmam a sua ressurreição. E, após a ressurreição, Jesus sempre fazia questão de, nas suas aparições, comer, beber junto com as pessoas para mostrar que não era um fantasma. Pessoas que viveram e conviveram com Ele em vida assistiram e acompanharam a sua morte e também a ressurreição. Lucas, que era um médico, tudo investigou e relatou em seus escritos, ou seja, um cientista da época investigou e comprovou. Assim todos esses foram mentirosos, e a mentira continua e somos todos mentirosos?"Porque, se os mortos não ressuscitam, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados."(1 Coríntios 15:16-17). Se não existe ressurreição dos mortos, Jesus não ressuscitou, e nós também não ressuscitaremos. Sendo assim, a nossa fé é tola, descabida, porque não pode tirar os nossos pecados. Se Cristo não ressuscitou, também não podemos ser perdoados dos nossos pecados, e assim, com certeza, só nos resta sofrimento, dor e morte. Quando se questiona a ressurreição de Cristo, é uma afirmação do domínio da perdição e da morte, e, sendo assim, não justifica nenhuma prática fundamentada no Evangelho. Assim todos os pecados, desde a herança adâmica e mais todos os que cometemos todos os dias voluntária e involuntariamente permanecem para sempre. O pecado prevalece, e Deus nada pode fazer para nos ajudar, porque a morte venceu. "E também os que dormiram em Cristo estão perdidos. Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens." (1 Coríntios 15:18-19). Se não há ressurreição, todos os que viveram uma vida em santidade, os que foram praticantes da Palavra de Deus foram tolos e jazem na morte. Assim, todos os apóstolos e todos os que vieram depois deles também jazem na morte.
 "Mas de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos, e foi feito as primícias dos que dormem." (1 Coríntios 15:20). Mas a verdade incontestável é que Jesus Cristo, o Filho de Deus, que se manifestou em carne corruptível como homem, foi crucificado e morreu na cruz do Calvário. Foi enterrado, onde permaneceu durante três dias como tinha dito, e no terceiro dia Deus Pai o ressuscitou, e hoje está sentado à destra do Pai. Após a sua ressurreição, durante quarenta dias, Ele se manifestou onze vezes para várias pessoas, e a última foi para o escritor desta carta aos coríntios. Jesus foi as primícias dos que morrem, ou seja, foi o primeiro, e todos os que morrem Nele, que vivem ou viveram de acordo com os seus preceitos também ressuscitarão naquele Dia. "Porque assim como a morte veio por um homem, também a ressurreição dos mortos veio por um homem." (1 Coríntios 15:21). A morte veio através de Adão, porque Deus Pai não nos criou para que passássemos pela morte, mas a desobediência nos trouxe dor, sofrimento e morte. A morte veio a todos através de Adão, e todos já nascem no pecado e só adquirem vida após confessarem a Jesus, porque, da mesma maneira que a morte veio por um homem, a salvação tinha que vir também por um. Assim Deus Pai enviou seu Filho, na forma de homem carnal, para morrer por todos nós. Portanto, a salvação, que é Jesus, está disponível a todos que reconhecem Jesus como seu Salvador e que aceitam a ressurreição. "Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo." (1 Coríntios 15:22). Todos morreram em Adão, assim, quem nasceu antes, ou ainda vai nascer, já nasce na morte de Adão. Mas todos também podem ter vida em Jesus, se o confessar, aceitar e praticar o seu Evangelho, porque Nele há vida, Ele foi o primeiro a ressuscitar, e todos os que o acompanharem em vida ressuscitarão com Ele. Para sermos vivificados, termos vida após a morte, temos que crer na ressurreição, crer em Jesus e viver segundo a sua Palavra."Mas cada um por sua ordem: Cristo as primícias, depois os que são de Cristo, na sua vinda." (1 Coríntios 15:23). Jesus foi o primeiro, e depois iremos todos nós, que somos Dele. Quando Jesus voltar, vai levar a sua igreja, que são os que vivem e praticam a sua Palavra. A igreja do Senhor são os que creem na sua ressurreição e a esperam, são os que pautam a sua vida pelo seu Evangelho. Estes serão os que irão ressuscitar para a vida com Ele. "Depois virá o fim, quando tiver entregado o reino a Deus, ao Pai, e quando houver aniquilado todo o império, e toda a potestade e força." (1 Coríntios 15:24). Quando Jesus voltar, quando a ressurreição acontecer, é o fim, os que forem salvos Nele terão vida eterna, e todo o resto padecerá no sofrimento, porque Cristo entregará o Reino a Deus Pai, porque já não mais existirá o pecado, será o fim, uns terão vida, outros morte, mas o pecado não mais existirá. "Porque convém que reine até que haja posto a todos os inimigos de baixo de seus pés. Ora, o último inimigo que há de ser aniquilado é a morte." (1 Coríntios 15:25-26). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário