NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

INDESCULPÁVEIS

"Portanto, és inescusável quando julgas, ó homem, quem quer que sejas, porque te condenas a ti mesmo naquilo em que julgas a outro; pois tu, que julgas, fazes o mesmo." (Romanos 2:1)

 Os ensinamentos de Paulo sobre o ato de julgar concordam com os de Jesus, que não condenava o julgamento em si, e sim o julgamento hipócrita. Advertência de especial pertinência para os judeus, que tendiam a desprezar os gentios pelo fato de desconhecerem a revelação de Deus no Antigo Testamento, e por levarem uma vida imoral. Muitas pessoas têm o habito de usar esse versículo e outros para se eximirem da responsabilidade, e por concordarem e consentirem com os erros. A questão do julgamento é que não podemos esconder os nossos erros para apontar os dos outros, não podemos tentar tirar um cisco dos olhos dos outros com um poste em nossos olhos. Como cristãos, devemos procurar viver de acordo com o Evangelho de Jesus Cristo, praticar a sua Palavra, e se há pessoas que se dizem cristãs, evangélicas, mas que vivem na pratica do erro, é nosso dever, obrigação, falar. Temos que mostrar os erros para que essa pessoa os abandone, mas, se ela não quiser e insistir nas práticas erradas, devemos então nos afastar dela. Não podemos julgar quem não conhece o Evangelho e está em erros e pecados, a esses devemos ensinar, orientar, aconselhar, mas jamais julgar, porque, se julgarmos os de fora, estaremos errando, pecando, indo contra a própria Palavra de Deus. Para aconselharmos alguém, temos que primeiro nos examinar para ver se não estamos incorrendo no mesmo erro ou talvez pior. Sim, pior, porque, se temos conhecimento do erro e o estamos cometendo, é por desobediência e rebeldia à palavra de Deus. "E bem sabemos que o juízo de Deus é segundo a verdade sobre os que tais coisas fazem." (Romanos 2:2). Pessoas estão há tempos frequentando um templo, uma igreja denominacional, dizem que conhecem o Senhor, mas vivem em práticas erradas. Gostam de condenar, apontar os erros dos outros, talvez pensem que vão ser perdoadas, compreendidas por acusarem os outros, mas elas permanecerem em erros. Assim como pessoas que estão em púlpitos, em altares pregando para os outros, porque elas mesmas vivem em erros. Deus conhece o oculto, o escondido, e seu juízo é perfeito, e receberemos pelo que fazemos, pensamos e com o que concordamos.
 "E tu, ó homem, que julgas os que fazem tais coisas, cuidas que, fazendo-as tu, escaparás ao juízo de Deus?" (Romanos 2:3). Não existe escape para os pecadores, a não ser confessar e abandonar o erro, porque Deus é Santo, e sem santidade ninguém o verá. Não podemos apontar os erros dos outros se temos erros similares ou piores, porque assim estaremos aumentando os nossos pecados. Devemos procurar viver segundo a Palavra de Deus e nos desviar do mal, fugir dos pecados. Também devemos chamar todos os ao arrependimento e abandono de pecados, e quando pessoas da mesma fé estiverem em erros, devemos confrontá-las para que nos ouçam e abandonem os pecados. Não podemos nos calar com a desculpa de estarmos fazendo julgamentos, porque estaremos em concordância com os erros e, portanto, pecando também. Se sabemos que também estamos em erros, devemos abandoná-los imediatamente, caso contrário receberemos o justo juízo de Deus, por nossa rebeldia. "Ou desprezas tu as riquezas da sua benignidade, e paciência e longanimidade, ignorando que a benignidade de Deus te leva ao arrependimento?" (Romanos 2:4). As pessoas ignoram, ou não entendem, talvez não queiram compreender a bondade de Deus, porque agem de uma maneira contrária a sua Palavra. Pessoas falam em misericórdia, amor e bondade de Deus, e vivem em pecados, querendo que o Senhor as entenda e as perdoe. Pessoas vivem em pecado e gostam de apontar os erros dos outros, mas não pensam em abandonar os seus. Elas não conhecem o amor de Deus, porque saberiam que o seu amor é que nos faz viver de maneira santa, porque, quando conhecemos o Senhor, buscamos demonstrar o nosso amor pela prática do Evangelho, uma vez que sabemos que a desobediência é a pura demonstração de desrespeito e falta de amor. "Mas, segundo a tua dureza e teu coração impenitente, entesouras ira para ti no dia da ira e da manifestação do juízo de Deus; O qual recompensará cada um segundo as suas obras; a saber." (Romanos 2:5-6). Mas exatamente por agirem como religiosos, por gostarem de apontar os erros, as falhas dos outros, mesmo sabendo que cometem piores, essas pessoas estão buscando sofrimento para si, por desrespeitarem a Palavra de Deus. Ele nos manda chamar todos ao arrependimento. Ele disse: "Sede santos, porque Eu, o Senhor, Sou Santo". Por isso, quando condenamos os outros mesmo vivendo em pecado, ou deixamos de mostrar os erros dos irmãos por não praticarem a santidade, estamos buscando a ira de Deus contra nós.
 "A vida eterna aos que, com perseverança em fazer bem, procuram glória, honra e incorrupção; Mas a indignação e a ira aos que são contenciosos, desobedientes à verdade e obedientes à iniquidade; Tribulação e angústia sobre toda a alma do homem que faz o mal; primeiramente do judeu e também do grego."(Romanos 2:7-9). Mas os que buscam viver segundo os preceitos, as ordenanças do Senhor, os que demonstram amor a Ele pela obediência receberão vida em abundância. Entretanto, os desobedientes, os que vivem segundo o seu entendimento da lógica humana receberão a ira de Deus. Os que gostam de discutir, contestar a Palavra de Deus, os que dizem que não aceitam isto ou aquilo, os que vivem buscando escape para não praticarem o Evangelho receberão o duro castigo. Os primeiros a serem castigados são os que conhecem a Palavra e a vontade do Senhor e não as colocam em prática. E depois então os que não conheciam, não praticavam os mandamentos do Senhor. Uma vez que a Palavra é para todos, os que não se converterem, que não quiserem aprender, preferiram viver na ignorância também serão punidos. Por isso que, enquanto o Evangelho de Jesus Cristo não for pregado para todos, o Juízo de Deus não virá. "Glória, porém, e honra e paz a qualquer que pratica o bem; primeiramente ao judeu e também ao grego; Porque, para com Deus, não há acepção de pessoas." (Romanos 10-11). Mas todos os que buscarem viver de acordo com o Evangelho de Jesus Cristo recebem honra, glória e desfrutam da Paz do Senhor. Para recebermos as bênçãos de Deus sobre as nossas vidas, é necessário concordarmos com Ele, caso contrário nada obteremos. Não é por muito falar, orar, rezar, ou fazer outra coisa qualquer, e sim pela obediência aos preceitos, pelas ordenanças estabelecidas. Temos direito à escolha: paz, alegria, honra, ou dor, sofrimento e morte. E essa escolha se dá pela obediência ou desobediência aos mandamentos do Senhor."Porque todos os que sem lei pecaram, sem lei também perecerão; e todos os que sob a lei pecaram, pela lei serão julgados. Porque os que ouvem a lei não são justos diante de Deus, mas os que praticam a lei hão de ser justificados." (Romanos 2:12-13). Não é por conhecer ou desconhecer a Palavra de Deus que será o julgamento, mas pela prática, assim, todos os que não quiserem conhecer os preceitos do Senhor para não os pôr em prática também receberão a condenação. E os que conhecem e não os praticam igualmente serão condenados. Não são os que conhecem a Palavra de Deus que serão salvos, mas os praticantes. O diabo é o maior conhecer da Palavra de Deus, só não a pratica. "Porque, quando os gentios, que não têm lei, fazem naturalmente as coisas que são da lei, não tendo eles lei, para si mesmos são lei; Os quais mostram a obra da lei escrita em seus corações, testificando juntamente a sua consciência, e os seus pensamentos, quer acusando-os, quer defendendo-os; No dia em que Deus há de julgar os segredos dos homens, por Jesus Cristo, segundo o meu evangelho." (Romanos 2:14-16). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário