NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 10 de julho de 2017

QUAL VANTAGEM.

"Qual é logo a vantagem do judeu? Ou qual a utilidade da circuncisão? Muita, em toda a maneira, porque, primeiramente, as palavras de Deus lhe foram confiadas. Pois quê? Se alguns foram incrédulos, a sua incredulidade aniquilará a fidelidade de Deus?" (Romanos 3:1-3)

         Sabemos e conhecemos bem a história dos judeus. Na própria Bíblia encontramos os maiores relatos de infidelidade e traições ao Senhor por esse povo que Deus escolheu, protegeu e dele cuidou como a menina dos seus olhos. O amor e cuidado de Deus para com esse povo sempre foi extremamente marcante, mas a desobediência desse povo também fez com que ficasse comprovado o que é o amor de Deus, que não é conivência e nem tolerância com o pecado e a desobediência. Vemos na história de Israel que, todas as vezes em que os hebreus desobedeciam ao Senhor, este enviava o castigo, levantava inimigos adversários para punirem Jacó. Foram vários os cativeiros, as lutas, as batalhas pelas quais os hebreus passaram, doenças, pestes, fomes e espada, mas tudo acontecia por causa da desobediência desse povo que o Senhor amava. Esse povo tinha a lei, conhecia o Senhor e seu Poder, que viu, presenciou milagres e prodígios, sinais maravilhosos nunca vistos por outros povos. Foi a esse mesmo povo que o Senhor pediu somente obediência e fidelidade, mas eles constantemente se rebelavam e iam adorar outros deuses e se prostituíam esquecendo o seu protetor. Esse mesmo povo desobediente só se lembrava de clamar ao Senhor quando estava enfrentando o adversário, quando estava no cativeiro, quando o adversário o oprimia. Então clamavam ao Senhor, que os perdoava e os socorria. Esse povo prometia fidelidade, mas sempre traía o Senhor, e a maior traição foi quando eles perseguiram, prenderam, humilharam e conduziram à morte o Filho de Deus. Prenderam espancaram, crucificaram o Filho de Deus, do Senhor, do Criador de tudo. Crucificaram Deus. Mas o que houve não afastou o amor de Deus por esse povo, porque a Palavra de Deus se cumpre, e Ele prometeu amar e cuidar desse povo rebelde e desobediente, mesmo porque a Palavra, a salvação veio através de israel. Isso mostra que nenhum ser humano consegue invalidar a Palavra de Deus, que a Palavra Dele se cumpre de todas as maneiras, porque Ele nos conhece e sabe que a nossa natureza é maligna. Mesmo a desobediência e a rebeldia servem somente para exaltar, mostrar o Poder de Deus. Não é pelo fato de as pessoas desobedecerem ao Senhor que a sua Promessa não se cumprirá, ao contrário, simplesmente vemos a infalibilidade da sua promessa.
 "De maneira nenhuma; sempre seja Deus verdadeiro, e todo o homem mentiroso; como está escrito: Para que sejas justificado em tuas palavras, e venças quando fores julgado." (Romanos 3:4). Deus é amor, inclusive esse é um dos seus Nomes, como vemos no livro de Tiago, mas, antes de tudo, Ele é Justiça. Somente sendo justo Ele pode ser Deus, e, sendo justo, sabemos que toda a sua Palavra se cumpre para todos e por igual, logo, não existe situação que possa favorecer alguém diante da desobediência aos preceitos do Senhor. Portanto, não importa, quem quer que seja, para estar debaixo das bênçãos da proteção do Senhor, tem que estar na obediência. Jesus veio para os judeus, e eles não o receberam e o sacrificaram, mas isso não quer dizer que o Senhor não os ame, muito pelo contrário, seu amor permanece, e o castigo veio e vem sobre esses desobedientes. O Senhor não abandonou Israel, porque a sua Palavra é que sempre cuidaria desse povo e o protegeria. A sua Palavra se cumpre, mas os rebeldes pagam o preço pela sua desobediência. Israel é a menina dos olhos de Deus, mas todos os judeus desobedientes, religiosos, ingratos são punidos, porque do Senhor ninguém escarnece: o que plantar colhe. O amor de Deus é demonstrado quando Ele envia a punição, o castigo aos desobedientes, pois é a correção para que - quem sabe - eles reconheçam, abandonem o pecado e rendam-se aos pés do Senhor, e assim sejam salvos. "E, se a nossa injustiça for causa da justiça de Deus, que diremos? Porventura será Deus injusto, trazendo ira sobre nós? (Falo como homem.) De maneira nenhuma; de outro modo, como julgará Deus o mundo?" (Romanos 3:5-6). Se agimos com injustiça, com rebeldia, com desobediência, pecando, e somos castigados, isso não torna Deus mau ou cruel, ao contrário, o castigo serve para mostrar o seu amor, pois não é simplesmente a correção, mas principalmente a sua Palavra, se cumprindo. Quando somos injustos, Deus é justo, e não adianta tentarmos justificar nossos erros culpando Deus, porque Ele é justo, e não é por sermos pobres, estarmos desamparados, enfermos, termos vários filhos, crianças, que o Senhor não nos punirá Todos são iguais diante Dele, e as bênçãos e maldições são iguais para todos. Israel não tem ou teve nenhum privilégio, a não ser o do Senhor ter vindo inicialmente para eles, mas, como o desprezaram, o castigo veio e vem até reconhecerem que o Senhor é Deus, saberem que só existe salvação através de Jesus, reconhecerem que Davi não salva ninguém, quem salva é Somente Jesus Cristo. "Mas, se pela minha mentira abundou mais a verdade de Deus para glória sua, por que sou eu ainda julgado também como pecador? E por que não dizemos (como somos blasfemados, e como alguns dizem que dizemos): Façamos males, para que venham bens? A condenação desses é justa. Pois quê? Somos nós mais excelentes? De maneira nenhuma, pois já dantes demonstramos que, tanto judeus como gregos, todos estão debaixo do pecado; como está escrito: Não há um justo, nem um sequer. Não há ninguém que entenda; Não há ninguém que busque a Deus. Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só. A sua garganta é um sepulcro aberto; Com as suas línguas tratam enganosamente; Peçonha de áspides está debaixo de seus lábios; Cuja boca está cheia de maldição e amargura. Os seus pés são ligeiros para derramar sangue. Em seus caminhos há destruição e miséria; E não conheceram o caminho da paz. Não há temor de Deus diante de seus olhos. Ora, nós sabemos que tudo o que a lei diz, aos que estão debaixo da lei o diz, para que toda a boca esteja fechada e todo o mundo seja condenável diante de Deus. Por isso nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei, porque pela lei vem o conhecimento do pecado." (Romanos 3:7-20). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário