NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

PRATICANDO O AMOR

"Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine." (1 Coríntios 13)

 O fato de alguém estar em uma congregação, uma igreja denominacional, ou em qualquer outro local falando e orando em línguas estranhas não quer dizer que tenha a aprovação do Senhor. Não é pelo fato de sempre citar o Nome do Senhor, orar, cantar, pregar ou fazer coisas semelhantes a essas que o transformam em uma pessoa aprovada por Deus. Infelizmente, por desconhecimento, ignorância, muitas pessoas são enganadas e ainda levam esse engano avante, pensando que estão fazendo o que é correto. O analfabetismo bíblico e o encantamento por pregadores carismáticos e com pregações motivacionais fazem com que as pessoas se alimentem dos seus ensinos e não do Evangelho. Assim são muitos os que ensinam e mais ainda os que acreditam que o amor é a tolerância, aceitação e concordância com os erros. Muitos pensam que amar é simplesmente concordar, permitir erros e jamais apontar, condenar o pecado. E, para a nossa infelicidade, muitos são levados à morte espiritual por engano, e o pecado e o erro permeiam lares que se dizem cristãos. "E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria." (1 Coríntios 13:2). Também não é o fato de uma pessoa ter o dom da profecia, ou ser um bom orador, que pregue a Palavra de Deus, que faz essa pessoa ser aprovada por Deus. Devemos saber que os dons são irrevogáveis, e que o Senhor distribui de acordo com a sua vontade para o crescimento da igreja cuja cabeça é Cristo. Mas o fato de uma pessoa ter recebido este ou aquele dom não a transforma em uma pessoa aprovada por Deus, porque a aprovação do Senhor é conquistada diariamente, e é necessário estar fundamentada no amor. Devemos analisar não de maneira sentimental, carnal, mas de maneira espiritual, de acordo com a Palavra, todas as ações por nós praticadas para saber se estão sendo fundamentadas no amor. Não é por uma pessoa ter fé que ela está vivendo a plenitude de Deus, mesmo porque a fé é algo necessário para a nossa sobrevivência aqui, e são vários os tipos de fé. Queremos deixar claro que não é por alguém estar em um púlpito liderando uma congregação, ou ser simplesmente um pregador da Palavra de Deus, cheio de dons de Deus, que está aprovado por Deus.
 "E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria." (1 Coríntios 13:3). Também não é pelo fato de uma pessoa fazer caridade, fazer doações, ofertas, socorrer um necessitado que ela é uma pessoa cheia de amor, porque podemos fazer inúmeras coisas que aparentemente sejam vistas como caridade e atos de misericórdia, mas que não passam de atos egoísticos nossos. São vários os motivos que conduzem uma pessoa a fazer caridade, e a maioria não é por amor, mesmo porque os praticantes não sabem verdadeiramente o que é o amor. A bem da verdade, a ignorância em relação ao amor é muito grande, abrangente, e, por desconhecimento, vemos pais agirem sem amor para com os seus filhos. Muitas vezes, as mães agem sem amor, e fazem isso por desconhecimento, porque praticam um sentimento carnal que denominaram como amor, mas, na verdade, é totalmente ao contrário. O fato de alguém até mesmo morrer por uma ou várias pessoas não quer dizer que seja um ato de amor, apesar de ser um gesto extremo. O amor tem que ser analisado e praticado de acordo com o próprio Amor, que é Deus. "O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta."(1 Coríntios 13:4-7). O amor é sofredor e benigno, mas devemos entender esse sofrer e esse benigno. O maior exemplo de amor foi dado por Deus, que enviou o seu Filho único para sofrer, ser humilhado e morrer em nosso lugar. Portanto, com esse ato, Ele demonstrou total amor pela humanidade, porque providenciou a salvação de todos. Mas, ao mesmo tempo, também com esse ato deu o lugar de mais alta honra ao seu Filho. Jesus passou por todo tipo de sofrimentos e dor, e passou por tudo isso por amor, porque por amor ao Pai viveu em obediência até a morte de cruz. Não que esse ato seja mais benigno do que outro, porém esse ato causou dor, sofrimento a Deus, ao ver seu Filho passando por tudo, e trouxe morte, porque Jesus morreu ali na cruz. Mas trouxe vida para todos os que cressem Nele, e honra plena e total a Jesus, que vive para sempre. O amor traz sofrimentos para todos os que o praticam, porque, ao verem outros serem destruídos pelo pecado e erro, sofrem, e sofrem ainda mais quando têm que tomar decisões que aos olhos carnais são desumanas. Para falar sobre o amor, seriam necessárias muitas folhas, livros para somente iniciar, mas, com certeza, seria falar de algo que é essencial. Com este pequeno comentário, queremos despertar as pessoas para analisar o amor que estão praticando, mas devemos analisá-lo à luz do Evangelho. "O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá; Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos; Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado. Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino. Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido. Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor."(1 Coríntios 13:8-13). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário