NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

PECADO NA GRAÇA

"Pois que? Pecaremos porque não estamos debaixo da lei, mas debaixo da graça? De modo nenhum." (Romanos 6:15)

 Tenho visto muitos pregadores ensinarem uma liberdade que não é bíblica; são muitas as pregações que, a despeito de citarem o Nome do Senhor, conduzem as pessoas para longe, na verdade as envia para a morte. Existe uma linha que diz que, uma vez salvo, salvo para sempre, e isto é frontalmente contrário à Palavra de Jesus, porque, se assim fosse, não existiria santificação, mas uma ausência da obediência à Palavra de Deus. Se, após uma pessoa levantar a mão em um templo qualquer falando que aceita Jesus como seu Salvador, e depois de passar nas águas batismais, se já conquistou a salvação e o direito de jamais perdê-la, então não podemos nem mesmo falar em contradição, mas em aberração. Jesus nos ensina a maneira correta de vivermos, que Ele resumiu em dois mandamentos: amar a Deus acima de tudo e de todos e ao próximo como a nós mesmos. Mas se não perdemos a salvação por nada, como alguns dizem, então qual o porquê de nos forçar a amar a quem nos fere, nos causa dano, por que dar a outra face quando somos agredidos? Se nada pode nos fazer perder a salvação, então poderemos viver uma verdadeira anarquia, porque já temos a vitória garantida. Honestamente falando, não sei como essas pessoas conseguem fundamentar, justificar essa linha de pensamento contrária à Palavra diante de pessoas que dizem conhecer a Bíblia. A Graça do Senhor é o direito de sermos salvos, o que antes não tínhamos, mas, para obtermos a salvação, é necessário viver de acordo com os preceitos estabelecidos pelo Senhor. "Não sabeis vós que a quem vos apresentardes por servos para lhe obedecer, sois servos daquele a quem obedeceis, ou do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça?" (Romanos 6:16). Como podemos falar em salvação para uma pessoa que vive presa no pecado? Como podemos explicar a salvação de um adúltero, ou de um viciado em drogas, bebidas ou em pornografia se não houver arrependimento? Se a salvação está garantida, não existe a necessidade do abandono do pecado, do vício, do arrependimento, de obediência nem de santificação, e que imperem o vandalismo e o desrespeito! Porque Luz e trevas não se adaptam, portanto quem está em erro, em pecado, em vícios está em desobediências, está nas trevas, e longe do Senhor, e o que domina é a morte, que é o oposto de salvação, de vida. A bem da verdade, para nossa salvação, devemos lutar, batalhar todos os dias por ela, porque podemos perdê-la facilmente, e o nosso nome ser riscado do livro da vida.
 "Mas graças a Deus que, tendo sido servos do pecado, obedecestes de coração à forma de doutrina a que fostes entregues." (Romanos 6:17). Mas ficamos alegres e felizes, porque são poucos os que acreditam nesse ensinamento herético, e a maioria sabe, conhece a necessidade do arrependimento e da santificação. Temos liberdade em Cristo, na Graça, que é diferente da lei, mas devemos tomar muito cuidado com essa liberdade se ela não nos conduz à morte por querermos vivê-la de maneira errada. Temos liberdade de irmos em oração diretamente a Deus Pai em Nome de Jesus Cristo e falar com Ele, o que antes só o sumo sacerdote poderia. Temos liberdade de usar o Nome de Jesus Cristo para clamar ao Pai, como também para repreender o mal. Temos liberdade de viver como pessoas normais, sem participar de rituais carnais que para nada servem, temos liberdade de rejeitar toda e qualquer religião, mas sermos seguidores, discípulos de Cristo. Em Cristo há liberdade para vivermos o seu Evangelho, para praticar a sua Palavra, porém essa liberdade tem limite, é algo como a liberdade vigiada. "E, libertados do pecado, fostes feitos servos da justiça." (Romanos 6:18). Fomos libertos do pecado, da nossa herança adâmica. Isso acontece quando aceitamos Jesus como nosso salvador, mas devemos nos moldar, nos acomodar aos seus preceitos, porque Ele nos liberta dos pecados, mas também diz: "Vá e não peques mais". A Graça nos dá condições de perseverarmos, de seguirmos o Senhor, sabendo que basta vivermos segundo as suas determinações que alcançaremos vida eterna Nele. Somos servos da Justiça e, portanto, devemos viver de acordo com ela. "Falo como homem, pela fraqueza da vossa carne; pois que, assim como apresentastes os vossos membros para servirem à imundícia, e à maldade para maldade, assim apresentai agora os vossos membros para servirem à justiça para santificação." (Romanos 6:19). Antes de nos converter, vivíamos nos erros, na desobediência, vivíamos em prol de satisfazer a nossa vontade carnal, que é inimizade com Deus. Agora, sabendo quem é o Senhor, não mais permitamos viver para o mundo, ou para agradar a nossa carne, vivamos com o único objetivo de satisfazer as nossas necessidades espirituais em Cristo Jesus. Assim, não mais permitamos o pecado, porque sabemos que significa afastamento do Senhor, e como o nosso desejo é viver para sempre ao seu lado, vivamos segundo o seu querer. Deus é Santo e exige santidade dos que desejam se aproximar Dele. Somos livres em relação à lei, mas, assim como o apóstolo Paulo fala, somos prisioneiros em Cristo e isto é para a vida. "Porque, quando éreis servos do pecado, estáveis livres da justiça. E que fruto tínheis então das coisas de que agora vos envergonhais? Porque o fim delas é a morte." (Romanos 6:20-21). Quando não conhecíamos o Senhor, o que praticávamos, hoje, nos envergonha, porque agíamos como verdadeiros inimigos do Senhor, e essa consciência só veio agora, depois que o conhecemos. Portanto, é incabível, injustificável que agora, sabendo quem é o Senhor, que é Santo, queiramos viver Nele e no mundo e nos pecados, alegando uma liberdade que não existe. Temos que saber que o pecado leva à morte, o pecado gera a morte. "Mas agora, libertados do pecado, e feitos servos de Deus, tendes o vosso fruto para santificação, e por fim a vida eterna. Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor." (Romanos 6:22-23). 
 Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário