NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quinta-feira, 2 de junho de 2016

O BOM DESEJO DO MEU CORAÇÃO

"Irmãos, o bom desejo do meu coração e a oração a Deus por Israel é para sua salvação." (Romanos 10:1)

 Paulo orava a Deus pela salvação dos filhos dos hebreus, porque, infelizmente, a sua maioria, apesar de citar o Nome do Senhor, não o conhecia. Apesar de lerem as Escrituras, não a entendiam e não a colocavam em prática como deveriam, prova tal que não reconheceram, aceitaram Jesus como o Messias. E ainda o perseguiram, humilharam e o crucificaram, mesmo as Escrituras mostrando que Ele era o Filho de Deus. Ainda hoje em Israel, todos, ou grande parte, falam que amam Deus, mas adoram o rei Davi, e não Jesus Cristo, prova disso é que eles visitam muito mais o túmulo do Davi do que o de Jesus. Mas Paulo, vendo essa falta de conhecimento, clama a Deus para que venha sobre eles o entendimento, a sabedoria, e possam reconhecer em Jesus o Filho de Deus, o Salvador, e sejam salvos por Ele. Também isso ocorre não somente em Israel como em toda parte, aqui mesmo vemos muitos pregadores, templos, dedicarem muito mais tempo a ensinar uma lei que já se cumpriu do que ao nosso eterno Salvador. Falam da lei de Moisés, como se ainda estivesse para se cumprir, como se as exigências ali fossem para nós, como se as promessas ali ainda não tivessem se cumprido. Assim, estão ignorando o Filho de Deus e tentando reviver uma lei que não mais existe, porque ela se cumpriu em Jesus, e hoje vivemos na Graça, vivemos no Evangelho de Jesus Cristo. "Porque lhes dou testemunho de que têm zelo de Deus, mas não com entendimento." (Romanos 10:2). Sim, essas pessoas amam Deus, mas sem entendimento, em seus corações, são pessoas que têm temor do Senhor. Por desconhecerem a verdade, estão em práticas contrárias ao Evangelho de Jesus Cristo. Infelizmente, o analfabetismo bíblico é muito grande, não somente entre as ovelhas como entre supostos mestres, teólogos, que precisam aprender antes de pensar em ensinar. Os seus ensinos remetem ao Antigo Testamento, à Antiga Aliança, os remetem a Moisés, fazendo com que as pessoas busquem promessas que foram feitas ao povo antes de Jesus. Para nós é difícil entender que geralmente eles escolhem o que ensinar sobre a lei e não toda ela, apesar de que a própria lei dizia que quem não a cumprisse por inteiro seria maldito. Temos que ser sábios, porque, se a antiga Aliança era definitiva, não haveria necessidade de uma Nova Aliança, de um Novo Testamento, não precisaria de Jesus ter vindo.
 "Porquanto, não conhecendo a justiça de Deus, e procurando estabelecer a sua própria justiça, não se sujeitaram à Justiça de Deus." (Romanos 10:3). Por desconhecerem, não entenderem a Justiça de Deus, criam outros parâmetros, criam, na verdade, outros evangelhos, porque fazem uma adaptação da lei de Moisés e da Graça, falam da lei e do Evangelho. Em muitos casos, chegam ao entendimento de que Moisés foi igual ou superior a Cristo, porque tornam como definitiva a sua lei. Mas esquecem que Jesus veio e Deus Pai disse: "este é o meu Filho amado, a Ele ouvi". Amam Deus, mas sem conhecê-lo, porque fazem as suas leis e não praticam as leis de Deus, que não é a lei de Moisés, mas do Evangelho de Jesus Cristo. Vivemos na Graça, ou seja, vivemos em Jesus, então assim praticamos a sua Palavra, porque Ele é a Salvação. Temos que saber que, para obedecer a Deus, temos que nos sujeitar a Jesus, temos que o ouvir, porque todo Poder pertence a Ele, porque Deus Pai entregou a Ele todo o Poder na terra e no céu. Assim, não oferecemos sacrifícios e não buscamos promessas feitas ao povo de Israel como se fossem para nós nos dias de hoje. Devemos nos submeter à Justiça de Deus, que é Jesus, e vivermos pela fé. "Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê." (Romanos 10:4). O fim da lei é Jesus Cristo, portanto toda ela se encerra, se cumpre em Jesus, e agora não praticamos e não vivemos pela lei, mas vivemos por Jesus, vivemos pelo Evangelho de Jesus Cristo. Não podemos ignorar as determinações do Filho de Deus, que veio posterior a uma lei, para não cumprir as suas determinações e buscar o que nos favorece. A lei não existe mais para nós, hoje existe Jesus, e, se não obedecermos a Ele, estaremos rejeitando a salvação, estaremos rejeitando o Filho de Deus e, consequentemente, o próprio Deus. Tudo se cumpriu em Jesus, portanto, Ele é o único caminho que devemos percorrer; se amamos Deus, amamos Jesus; se obedecemos a Deus, obedecemos a Jesus, mas, se desobedecermos a Jesus, estaremos desobedecendo ao próprio Senhor Deus. "Ora, Moisés descreve a justiça que é pela lei, dizendo: O homem que fizer estas coisas viverá por elas." (Romanos 10:5). A Justiça pela lei era com sacrifício pelas obras, e quem não a cumprisse, morria, e como ninguém conseguia cumprir a lei por inteiro, não se falava em salvação. Mas Deus, em seu imenso amor, enviou seu Filho amado, feito semelhança de carne, para que se cumprisse a lei e por Ele sermos salvos.
 "Mas a justiça que é pela fé diz assim: Não digas em teu coração: Quem subirá ao céu? (isto é, a trazer do alto a Cristo.)Ou: Quem descerá ao abismo? (isto é, a tornar a trazer dentre os mortos a Cristo. )"(Romanos 10:6-7). Mas a nossa justiça, que é pela fé em Jesus Cristo, faz com que pratiquemos o Evangelho Dele. Não fazemos sacrifícios ou algo parecido e nem buscamos coisas difíceis demais, buscamos em primeiro lugar o Reino de Deus, porque sabemos que as demais coisas serão acrescentadas. Isto é, não vivemos em desespero buscando quaisquer coisas a qualquer preço, nem vivemos em uma prisão de preceitos e doutrinas. Vivemos na Graça, na Liberdade que há em Cristo, sabendo que Ele está no comando de todas as coisas e só a Ele nos submetemos. "Mas que diz? A Palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração; esta é a Palavra da fé, que pregamos, A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo." (Romanos 10:8-9). Não são mais ritos, mas simplesmente a fé, ela que está em toda parte, porque a Palavra é Jesus, o Verbo, e está em todo lugar, porque nada pode impedir que Ele esteja em nossos corações, em nossas mentes. Portanto, se confessarmos que Jesus é o nosso Senhor, o nosso Deus, é o nosso Salvador e crermos em nossos corações, então com certeza viveremos e praticaremos o seu Evangelho. Mas isso fazemos por fé Nele, sabendo que Ele é o Senhor. E, quando cremos e o aceitamos, confessamos e nos submetemos a Ele, então somos salvos, porque Ele é a própria Salvação, Ele é o Caminho que devemos percorrer em direção à Vida, que é Ele. "Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. Porque a Escritura diz: Todo aquele que Nele crer não será confundido." (Romanos 10:10-11). Com o coração se crê para a Justiça de Deus, isto porque, crendo, nos submetemos a Ele. Quando cremos em Jesus, involuntariamente somos obedientes aos seus preceitos, que não são pesados e, naturalmente, confessamos com a nossa boca, e essa confissão é que gera a nossa salvação, porque confessamos pela Justiça de Cristo. Assim, fica claro que quem não pratica o Evangelho de Jesus Cristo, mas ainda tenta praticar uma antiga lei, não conhece o Senhor e não tem fé no Filho de Deus."Porquanto não há diferença entre judeu e grego; porque um mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam. Porque todo aquele que invocar o Nome do Senhor será salvo. Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados? como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam o evangelho de paz; dos que trazem alegres novas de boas coisas."(Romanos 10:12-15). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário