NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 6 de julho de 2015

JESUS ENSINAVA

"E percorria as cidades e as aldeias, ensinando, e caminhando para Jerusalém." (Lucas 13:22)

 Jesus, ao contrário do que se pensa, do que muitos ensinam ou dão a entender, o que Ele mais fez durante o tempo de seu ministério terreno foi ensinar. Os milagres que Ele realizava eram exatamente para ensinar e mostrar o Poder de Deus; tudo o que o Senhor fez durante os três anos foi ensinar. O Mestre ensinava operando milagres e maravilhas, falava por parábolas, tudo o que fazia era para que aprendêssemos e fizéssemos igual, como Ele mesmo disse:"Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai." (João 14:12). Jesus percorria as cidades sempre ensinando, e esses ensinamentos hoje percorrem o mundo todo, mostrando como devemos agir. Jesus não parou, continua ensinando. Hoje Ele nos fala pela Palavra, pelo Evangelho, e, se ouvirmos, faremos milagres até maiores do que Ele fazia. Jesus não era e não é somente comprometido em abençoar com coisas terrenas, mas em ensinar o Caminho da Salvação, que é Ele mesmo, pois tem que passar pelo seu aprendizado para alcançá-la. Jesus continua viajando por toda parte ensinando, por isto não sejamos néscios e vamos ouvi-lo, vamos aprender e colocar em prática o aprendizado. Jesus é amor, veio, sofreu e morreu não para que ficássemos ricos ou outra coisa, mas o seu sangue foi derramado para nos dar salvação. Ele ensinou isso, e quem não o ouve não tem vida Nele. "E disse-lhe um: Senhor, são poucos os que se salvam? E ele lhe respondeu"(Lucas 13:23). Jesus, quando estava ensinando, alguém lhe pergunta se seriam poucas as pessoas que seriam salvas. Os ensinamentos de Jesus eram sempre sobre salvação, sobre arrependimento, sobre conversão. Aproveitando uma oportunidade, uma pessoa lhe pergunta se seriam muitas ou poucas as que se salvariam. Com certeza fez essa pergunta pensando nele mesmo ou quem sabe nos familiares, parentes. Essa pergunta ainda é repetidas várias vezes, muitas vezes de forma silenciosa, em oração, mas as pessoas não obtêm resposta, porque ela já nos foi dada. As pessoas continuam perguntando em oração ao Senhor se são poucas as que se salvarão, mas elas não atentam para os ensinamentos do Senhor. Se assim fosse, não perguntariam, pois saberiam a resposta, porque Ele já nos respondeu. Jesus não vai responder a ninguém em oração o que Ele já falou, não existe revelação nova.
 "Porfiai por entrar pela porta estreita; porque eu vos digo que muitos procurarão entrar, e não poderão." (Lucas 13:24). Veja a resposta de Jesus, e temos que saber que essa é a única resposta que ouviremos Dele, pois Ele é o mesmo ontem, hoje e sempre. Jesus não muda de opinião sobre nada do que falou, é a única verdade, e continua valendo para sempre. Porfiai, lute, combata, se esforce para entrar pela porta estreita, porque, no momento certo, muitos tentarão entrar por ela, mas não mais conseguirão, o tempo já terá passado. A porta estreita é obediência, arrependimento conversão, não é religião, a Porta é Jesus. Passar por essa porta é viver segundo os ensinamentos Dele, é amortecer a carne, abandonar os prazeres do mundo, as paixões infames, porque no último momento não há mais como se arrepender, o arrependimento pode acontecer agora, enquanto estamos vivos e conscientes. Lutar para entrar pela porta que é extremamente estreita é se moldar ao Evangelho de Jesus Cristo, praticar os seus ensinamentos, que são atuais. Lutar contra a lógica humana, confiar plenamente no Senhor, negar a si próprio, rejeitar as facilidades, e buscar de maneira incansável e ininterrupta viver no centro da vontade do Senhor. Pode lutar de todas as maneiras porfiando para entrar no Reino enquanto estamos vivos, porque, depois que partirmos, nada mais pode ser feito, não adiantam orações, intercessões, missas de dias e anos que nada mais valem. Se conhecemos a verdade e estamos preocupados com os nossos familiares, amigos, então que ensinemos o Evangelho, o Caminho, pois é a única maneira de ajudá-los. "Quando o pai de família se levantar e cerrar a porta, e começardes, de fora, a bater à porta, dizendo: Senhor, Senhor, abre-nos; e, respondendo ele, vos disser: Não sei de onde vós sois." (Lucas 13:25). Não adianta, depois que morrermos, pensar que no dia do juízo nos levantaremos para a vida, pois não será assim, ao contrário, iremos para o sofrimento eterno e veremos os nossos também indo pelo mesmo caminho, porque nós não nos convertemos e nem ensinamos a obediência. Todos os que estão comprometidos com os prazeres do mundo, os vários religiosos que concordam com o pecado, que procuram moldar o Evangelho as suas necessidades irão padecer. Os mestres de ensinos heréticos, os pregadores de facilidades, os defensores da fornicação, adultério, do divórcio, irão ouvir do Senhor que não os conhece.
 "Então começareis a dizer: Temos comido e bebido na tua presença, e tu tens ensinado nas nossas ruas." (Lucas 13:26). Não é por ter frequentado templos, igrejas, ter ofertado, ter vivido subindo montes, fazendo campanhas ou qualquer ato religioso que terão garantida a entrada. Muitas ovelhas e líderes ouvirão naquele dia da parte do Senhor que não os conhece. E a alegação de que frequentavam cultos, missas e oravam, rezavam, não lhes garantirá a entrada, porque ajuntamento solene sem prática da Palavra é abominação ao Senhor. Não adianta dizer que amam o Senhor, mas também adoram imagens, vivem em pecados, são mentirosos, gananciosos, são comprometidos com as coisas do mundo, pensam que um pecadinho para Deus não importa, acham que sempre podem contar com as misericórdias do Senhor, extorquem as ovelhas, usam o púlpito em benefício próprio, têm o oficio de ensinar a Verdade, o Evangelho e ensinam facilidades para lotar templos, usam de engodo para atrair, permitem pecados desde que as pessoas continuem nas suas denominações, templos. Nada disso lhes garantirá a entrada. "E ele vos responderá: Digo-vos que não vos conheço nem sei de onde vós sois; apartai-vos de mim, vós todos os que praticais a iniquidade." (Lucas 13:27). Não existirá complacência do Senhor, não mais existe o Jesus defensor, intercessor, o advogado, somente o Juiz Supremo, e Ele mesmo encaminhará, enviará todos os desobedientes para o sofrimento, terror e morte eterna ao lado do diabo. Muitos líderes de igrejas, que na verdade são animadores de palco, são especialistas em agradar o povo, dedicam-se a arrecadar fundos, ficarem conhecidos, divulgarem seus trabalhos, mas que não é o Evangelho legítimo. Pessoas vivem citando o Nome do Senhor, mas não lhe obedecem, não ensinaram os filhos, não respeitaram o matrimônio, não respeitaram e nem cuidaram das ovelhas. Pessoas que estavam comprometidas em serem felizes aqui sofrerão a infelicidade a eterna. "Ali haverá choro e ranger de dentes, quando virdes Abraão, e Isaque, e Jacó, e todos os profetas no Reino de Deus, e vós lançados fora." (Lucas 13: 28). Esses desobedientes, esses que, apesar de religiosos, não eram praticantes da Palavra de Deus, sofrerão, padecerão por toda a eternidade sem mais chance de arrependimento, porque desprezaram o Sangue de Cristo. Amar Jesus é obedecer aos seus ensinamentos; sem obediência aos seus preceitos ninguém será salvo. Ainda temos condições de escolher, basta nos convertermos ao Evangelho, não à emoção, ao fanatismo, mas somente a Jesus, e viver segundo as suas ordenanças, e assim teremos vida e não experimentaremos a segunda morte. "E virão do oriente, e do ocidente, e do norte, e do sul, e assentar-se-ão à mesa no Reino de Deus." (Lucas 13:29). Pessoas que julgamos condenadas, por não frequentarem uma igreja, um templo qualquer, por não serem religiosas, pessoas que achamos que não têm parte no Senhor, veremos elas serem salvas, e os religiosos ficando. Não é um templo que salva, nem práticas religiosas, mas Obediências ao Senhor. "E eis que derradeiros há que serão os primeiros; e primeiros há que serão os derradeiros." (Lucas 13:30). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário