NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quarta-feira, 8 de julho de 2015

A INCREDULIDADE DOS DISCÍPULOS

"E, passado o sábado, Maria Madalena, e Maria, mãe de Tiago, e Salomé, compraram aromas para irem ungi-lo. E, no primeiro dia da semana, foram ao sepulcro, de manhã cedo, ao nascer do sol. E diziam umas às outras: Quem nos revolverá a pedra da porta do sepulcro?" (Marcos 1-3)

 Após Jesus ser preso, humilhado, crucificado e ter morrido, algumas mulheres que acompanhavam o seu Ministério foram procurar o seu cadáver para cumprir a cerimônia fúnebre. Jesus morreu na sexta-feira, e, como no passado, pela antiga lei, os judeus não podiam fazer nada no dia de sábado, então elas esperaram passar o sábado para irem ao comércio comprar as especiarias necessárias para concretizar os seus intentos. Acreditamos que elas saíram ainda de madrugada para comprar os seus aromas, pois o comércio abria ainda de madrugada para compensar o dia anterior que permanecera fechado. Primeiro dia da semana, que é domingo, elas, então, se dirigiram ao sepulcro, onde Jesus tinha sido colocado. Sabemos que os judeus tinham o costume de proceder os enterros de maneira diferente da que conhecemos. Eles abriam uma cova tipo um ambiente amplo onde havia várias repartições e lá colocavam os seus mortos. Jesus foi colocado em uma dessas covas, cuja entrada não se fecha com terra, e sim com uma pedra, como se fosse uma porta. Portanto, quando elas se dirigiam para o sepulcro onde Jesus tinha sido colocado, elas iam se questionando como fariam para retirar a pedra, uma vez que era grande e pesada. Elas queriam cumprir com os ritos do sepultamento para com o Senhor, em uma demonstração de amor e carinho, mas não de fé, porque, se tivessem fé, saberiam que o Senhor não mais estaria lá, pois Ele, quando em vida, tinha dito que ressuscitaria depois de três dias. "E, olhando, viram que já a pedra estava revolvida; e era ela muito grande." (Marcos 16:4). Mas, quando chegaram, viram que a pedra tinha sido removida, e a porta estava aberta. Apesar de a pedra ser grande e pesada, viram que alguém a tinha retirado do local. Mas elas ainda continuaram olhando com os olhos carnais, agindo com impulsos e emoções, apesar de terem conhecido o Senhor e o ajudado a manter o seu Ministério durante os três anos.
 "E, entrando no sepulcro, viram um jovem assentado à direita, vestido de uma roupa comprida, branca; e ficaram espantadas." (Marcos 16:5). Essas mulheres adentraram o sepulcro pensando ou querendo encontrar o cadáver do Senhor, na verdade buscavam um cadáver. Essas mulheres queriam um morto para chorar, para lamentar, para externar sentimentos maternais. Apesar de terem convivido com o Senhor, de terem recebido milagres, libertação Dele, de ouvi-lo dizer que ressuscitaria, elas queriam o seu cadáver. Mas, ao entrarem, se depararam com um rapaz vestido de branco e se assustaram, não conseguiram entender, porque, em primeiro lugar, a frustração tomou conta. Sim, sentiram-se frustradas, porque encontraram um jovem que elas sabiam que era um anjo do Senhor. "Ele, porém, disse-lhes: Não vos assusteis; buscais a Jesus Nazareno, que foi crucificado; já ressuscitou, não está aqui; eis aqui o lugar onde o puseram." (Marcos 16:6). Esse anjo lhes fala e pede que não se assustem, não tenham medo. Fala que sabe que elas procuram o Senhor, mas Ele não mais está lá. E ainda as manda verificarem o local em que Ele estivera antes. O anjo fez questão de mostrar o local, porque, caso contrário, elas não acreditariam. O anjo teve que acalmá-las, depois informar que Jesus não mais se encontrava ali, e depois, para provar que era verdade o que dizia, teve que mostrar o local onde Jesus estivera. Assim são as pessoas que falam que amam o Senhor, que têm fé, mas ficam o tempo todo procurando-o, não creem em sua Palavra. Ficando buscando revelação particular, por não crerem em sua Palavra. "Mas ide, dizei a seus discípulos, e a Pedro, que ele vai adiante de vós para a Galileia; ali o vereis, como Ele vos disse." (Marcos 16:7). Agora o anjo dá uma ordem, manda-as dizer aos discípulos e a Pedro que o Senhor já tinha ressuscitado, como havia dito, e eles deveriam ir para a Galileia, como Jesus tinha falado, e lá o encontrariam. Jesus, em vida, já tinha dito que iria encontrá-los na Galileia, agora o anjo tem que novamente falar, caso contrário, não iriam, pois não creram. "E, saindo elas apressadamente, fugiram do sepulcro, porque estavam possuídas de temor e assombro; e nada diziam a ninguém porque temiam." (Marcos 16:8). Essas mulheres saíram correndo do sepulcro, vemos um bando de mulheres apavoradas, correndo e sem motivo, porque, se elas tivessem crido no Senhor, saberiam que Ele não estaria lá, e também estiveram com um anjo do Senhor e ficaram com medo, sendo que deveriam ficar alegres, felizes.
 "E Jesus, tendo ressuscitado na manhã do primeiro dia da semana, apareceu primeiramente a Maria Madalena, da qual tinha expulsado sete demônios." (Marcos 16:9). Jesus ressuscitou no domingo de manhã, e a primeira pessoa que o viu depois de ressurreto foi Maria Madalena. Essa mulher antes estivera possessa com sete demônios e Jesus a havia libertado. Ela foi a privilegiada de ter sido a primeira a ver o Senhor ressurreto. "E, partindo ela, anunciou-o àqueles que tinham estado com Ele, os quais estavam tristes, e chorando. E, ouvindo eles que vivia, e que tinha sido visto por ela, não o creram." (Marcos 16:10-11). Esses discípulos que andaram com Jesus, durante três anos, viram todos os tipos de milagres e prodígios, puderam se alimentar diretamente da fonte, mas não o tinham ouvido. Se tivessem ouvido o que o Senhor tinha dito, não estariam chorando, ao contrário, estariam alegres e esperançosos, pois saberiam que Ele vivia. Mas estavam chorando e tristes, e, mesmo após as mulheres relatarem o ocorrido no sepulcro, e Maria Madalena dizer que o tinha encontrado, eles ainda não acreditaram. Infelizmente, as pessoas têm dificuldade de crer no que não é aparente, naquilo que elas não entendem. Por tal motivo, os templos estão cheios de pessoas enfermas e com todos os tipos de problemas, porque ouvem a Palavra, mas não creem nela. "E depois manifestou-se de outra forma a dois deles, que iam de caminho para o campo. E, indo estes, anunciaram-no aos outros, mas nem ainda estes creram. Finalmente apareceu aos onze, estando eles assentados juntamente, e lançou-lhes em rosto a sua incredulidade e dureza de coração, por não haverem crido nos que o tinham visto já ressuscitado." (Marcos 16:12-14). Jesus apareceu várias vezes, e quando apareceu aos onze discípulos de uma vez, chamou-lhes a atenção. Jesus apareceu a eles já os exortando, porque eles não tinham fé, não tinham acreditado em suas palavras. E ainda mais por não acreditarem nas pessoas que o tinham visto e relataram a eles, e eles não tinham acreditado. Esse encontro deveria ter sido diferente, mas o Senhor teve que chegar repreendendo-os. "E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado. "Marcos 16:15-16). Jesus dá a ordem, manda que o Evangelho Dele seja pregado por todo o mundo, que sejam relatadas as leis do Reino, que sejam testemunhados os milagres e o seu Poder, que ensinem a obediência aos preceitos e ordenanças Dele. E ainda determina que os que crerem sejam batizados para serem salvos Nele. Mostra que a salvação é pela fé Nele. Mas os que não creem não são batizados, e já estão condenados. O batismo é pela fé e Nele, e a ausência deste é perdição eterna. "E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas; Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão. Ora, o Senhor, depois de lhes ter falado, foi recebido no céu, e assentou-se à direita de Deus.E eles, tendo partido, pregaram por todas as partes, cooperando com eles o Senhor, e confirmando a palavra com os sinais que se seguiram. Amém." (Marcos 16:17-20). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário