NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 4 de maio de 2015

ANTES DE SER PASTOR SEJA OVELHA

"Aos presbíteros, que estão entre vós, admoesto eu, que sou também presbítero com eles, e testemunha das aflições de Cristo, e participante da glória que se há de revelar." (1 Pedro 5:1)

 Pedro, que se identifica como apóstolo no início da carta, opta agora por identificar-se com os presbíteros (pastores, supervisores) das igrejas. Assim ficariam animados, tendo em vista suas grandes responsabilidades e a situação difícil em que as igrejas se achavam. Essas igrejas, sobre as quais esses pastores tinham responsabilidades, estavam espalhadas por boa parte da Ásia Menor, de modo que, se Pedro fosse líder de uma igreja local, deveria ter relacionamento formal com uma delas. Pedro tinha estado com Jesus desde os primeiros dias do seu ministério, sendo testemunha de todas as fases e aspectos da obra de Jesus, incluindo-se seus sofrimentos cruciais. Nessa carta dá testemunho notável dos sofrimentos de Cristo e obedece ao mandamento registrado no livro de Atos dos Apóstolos, mais especialmente no capítulo 1. Pedro foi testemunha da glória de Cristo no seu ministério, de modo geral e como pessoa presente na transfiguração, portanto já tinha visto a glória do Reino vindouro de Cristo. No tempo determinado por Deus, da mesma maneira que Cristo sofreu e entrou na sua Glória, assim também todos os seus, depois de sofrerem, participarão da sua Glória futura. Pedro se identifica com os pastores dessas igrejas para trazer essa exortação, que é muito atual. "Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente; nem por torpe ganância, mas de ânimo pronto." (1 Pedro 5:2). Pastorear o rebanho, cuidar do rebanho do Senhor, zelar, proteger, ensinar, encaminhar, são funções dos pastores, apesar de que muitos transformaram a função de pastores em um negócio ou em uma profissão lucrativa. Por ganância, muitos ensinam mentiras, facilidades não encontradas no Evangelho, praticam o engano ou aplicam a força para manter prisioneiras as suas vítimas. São vítimas porque, na sua ignorância, devido ao analfabetismo bíblico, acham que devem se submeter a estes como sendo a vontade do Senhor, aos que dominam com braço de ferro, tratando-as como propriedades, patrimônio particular ou mercadoria. A função do pastor é sofrer junto com as ovelhas, simplesmente guiá-las no Caminho da Verdade, e não com sabedoria própria ou humana.
 "Nem como tendo domínio sobre a herança de Deus, mas servindo de exemplo ao rebanho." (1 Pedro 5:3). "Pastoreiem o rebanho de Deus", a metáfora que o próprio Senhor empregou deve ter ficado gravada na mente de Pedro, que externa agora para orientar os pastores. Ovelhas necessitam de cuidados do pastor, e o Senhor levantou, ungiu-os para cuidarem do seu rebanho, sabendo que as ovelhas não são propriedade particular, mas que são o povo separado do Senhor. A ovelha segue o pastor, portanto esse deve ser exemplo no viver, porque se aprende muito mais em ver, em se espelhar do que em somente ouvir. Os pastores precisam saber que o nosso chamado não foi para desfrutar de luxo, conforto ou abundâncias materiais aqui, mesmo porque não há nenhum fundamento, uma vez que nos espelhamos em Jesus. O nosso Mestre desde o seu nascimento até a sua morte passou por perseguições e privações; se somos seus discípulos, não será diferente conosco. Ovelhas são e têm que ser o fruto do nosso trabalho de amor, porque a nossa recompensa está com o Senhor. "E, quando aparecer o Sumo Pastor, alcançareis a incorruptível coroa da glória." (1 Pedro 5:4). Quando o Verdadeiro Pastor aparecer, voltar, então todos nós receberemos a nossa recompensa de acordo como executamos as suas ordens aqui. Na sua vinda, o Senhor recompensará os que têm atuado como pastores em sujeição a Ele. Portanto, não devemos buscar recompensas ou satisfação material aqui; que esperemos com paciência o que receberemos das mãos de Cristo, que aqui sejamos humildes pastores do rebanho do Senhor. "Semelhantemente vós jovens, sede sujeitos aos anciãos; e sede todos sujeitos uns aos outros, e revesti-vos de humildade, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes." (1 Pedro 5:5). Refere-se aos pastores jovens que acabaram de sair de um curso de teologia e se acham capazes de cuidar do rebanho do Senhor de forma moderna, achando antiquada a maneira que é exigida. Os que querem trazer novidades, atualizar, modernizar, esquecem que o Senhor é imutável e que, para nos unirmos a Ele, temos que ser simples, humildes como Ele foi. A soberba não tem lugar no Reino, é necessário saber que o chamado de pastor, presbítero, é simplesmente para cuidar de ovelhas segundo as determinações do dono do rebanho, que é o Senhor.
 "Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte; Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós."(1 Pedro 5:6-7). Como seguimos e ensinamos o Evangelho daquele que foi exemplo de humildade, temos que ser humildes, reconhecendo que nada somos a não ser servos do Senhor. Não se pode extorquir ovelhas, enganar, criar doutrinas e preceitos próprios para conseguir arrecadar valores do rebanho do Senhor. Pode-se enganar ovelhas, pode-se conduzir as ovelhas para o matadouro, sem se esquecer de que o dono do rebanho vai cobrar, e o pagamento será por toda a eternidade e da forma mais dolorosa possível, com sofrimentos inimagináveis. Devemos nos humilhar diante do Senhor sabendo que, antes de sermos pastores, somos ovelhas, e o nosso Pastor tem cuidado de nós. Ele nos dá o que necessitamos, não o que queremos, somente o que é necessário. "Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; Ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo."(1 Pedro 5:8-9).Vigiar todo o tempo, porque o nosso adversário está sempre ao nosso lado, criando novas armadilhas para nos pegar. As astutas ciladas do diabo estão presentes na vida do crente enquanto ele aqui vive, e, portanto, há necessidade da vigilância para não cair, não se deixar influenciar por facilidades ou emoções, mas andar em espírito. As mesmas lutas são para todos e em toda parte, uma vez que não existe superpastor, ou supercrente, o que existe é vigilância e comprometimento com o Evangelho de Jesus Cristo. O pastor tem a função de cuidar de si e das ovelhas do Senhor, porque, se não vigiar o leão, o lobo, o urso vem e devora tanto o pastor como o rebanho. Vigilância em todo tempo sabendo que o diabo não desiste, e só podemos vencê-lo em Jesus, e, para estar em Cristo, é fundamental a prática da sua Palavra. "E o Deus de toda a graça, que em Cristo Jesus nos chamou à sua eterna glória, depois de havemos padecido um pouco, ele mesmo vos aperfeiçoe, confirme, fortifique e estabeleça." (1 Pedro 5:10). Portanto, devemos colocar a confiança no Senhor, viver segundo a sua Palavra, cuidar do rebanho Dele, alegrando-nos nas lutas e sofrimento, e sendo fiéis, porque sabemos que depois, assim como Ele, entraremos no descanso eterno. A nossa recompensa não está aqui, mas guardada com nosso Senhor, nós a receberemos Dele se permanecermos fiéis como Ele permaneceu. "A ele seja a glória e o poderio para todo o sempre. Amém." (1 Pedro 5:11). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
 Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário