NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

JUSTIÇA OU INJUSTIÇA DE DEUS

"Qual é pois, a vantagem do judeu? Ou qual a utilidade da circuncisão?Muita, em toda a maneira, porque, primeiramente, as palavras de Deus lhe foram confiadas." (Romanos 3:1-2)

O apóstolo Paulo desenvolveu um diálogo como se estivesse replicando as objeções de um judeu; entretanto, ele mesmo fazia as perguntas e as respondia em seguida. Ele afirmou que seu povo era muito privilegiado por ter recebido a revelação de Deus; porém isso não os isentava da condição de pecadores. Assim como Paulo fala dos judeus, nós falamos de nós mesmos, de todos os que receberam a Palavra de Deus, que tiveram a oportunidade de conhecer o dom de Deus. Não que isso nos coloque em posição privilegiada, ao contrário, nos dá mais responsabilidade, pois devemos levar esse conhecimento a todos, não somente com palavras, mas principalmente na nossa maneira de viver."Pois quê? Se alguns foram incrédulos, a sua incredulidade aniquilará a fidelidade de Deus?" (Romanos 3:3).Se pessoas que supostamente eram cristãs agiram ou agem de maneira errada, se pelo seu modo de viver de maneira arbitrária não receberam o cumprimento da Palavra de Deus em sua vida, isso não quer dizer que o Senhor falhou, que a sua Palavra não tenha se cumprido. Se não o receberam, foi porque não aplicaram a fé, não viveram na fé, pela fé, portanto torna-se impossível receber algo de alguémno qual não se crê. Deus é fiel, mas, se não crermos Nele, na sua Palavra, nada receberemos. "De maneira nenhuma; sempre seja Deus verdadeiro, e todo o homem mentiroso; como está escrito: Para que sejas justificado em tuas palavras, E venças quando fores julgado." (Romanos 3:4). Deus é verdadeiro, e nós, mentirosos, falhos e pecadores; somos incrédulos, e essa incredulidade é que conduz à desobediência, que é pecado, portanto gera a impossibilidade de recebermos alguma coisa do Senhor. Antes de falar, pensar que Deus falhou em algo a nosso respeito, devemos nos examinar para ver se realmente agimos como deveríamos, porque somente pela fé é que praticamos as obras do Reino, mas, se as praticarmos somente como obrigação, esperando recompensa, então não é por fé na sua Palavra, pois ela condena qualquer tipo de barganha. E barganhar com Deus, além de pecado, demonstra falta de fé, uma vez que, quando cremos, simplesmente sabemos que vai acontecer o prometido, ou seja, que todas as promessas se cumprirão e, portanto, não andamos ansiosos, buscando tempos.
"E, se a nossa injustiça for causa da justiça de Deus, que diremos? Porventura será Deus injusto, trazendo ira sobre nós? (Falo como homem.)" (Romanos 3:5). Quando erramos, pecamos, e o mal vem sobre nós;as promessas não se cumprem, simplesmente está se cumprindo a Palavra de Deus, pois Ele garante que receberemos duros castigos pela desobediência. Quando desobedecemos e o castigo de Deus vem sobre nós, é simplesmente a Justiça de Deus vindo sobre a nossa injustiça, e não o contrário. Quando a ira do Senhor, o castigo, o mal vem sobre nós, não podemos jamais questionar a sua justiça, e sim a nossa desobediência, nossos pecados, e saber, que se a sua Palavra está se cumprindo em nós, é simplesmente a Justiça de Deus."De maneira nenhuma; de outro modo, como julgará Deus o mundo?" (Romanos 3:6). Como poderia julgar Deus o mundo se Ele sempre tolerasse as desobediências, sem apresentar a correção, o castigo? Deus é justo e trata todos por igual, portanto, não importa quem quer que seja, se agir contrário à sua Palavra, nada receberá Dele, independentemente do tanto que clamar. "Mas, se pela minha mentira abundou mais a verdade de Deus para glória sua, por que sou eu ainda julgado também como pecador?" (Romanos 3:7).Se minhas desobediências e meus pecados serviram para Deus mostrar seu poder, sua justiça, e me corrigir, fazendo com que eu sofra e não receba o cumprimento da promessa no tempo certo, então não poderia ser julgado como pecador pelo fato de, pela minha desobediência, a justiça Dele se mostrar? Claro que eu continuarei sendo pecador e Ele justo, e a Palavra simplesmente se cumpre. "E por que não dizemos (como somos blasfemados, e como alguns dizem que dizemos): Façamos males, para que venham bens? A condenação desses é justa." (Romanos 3:8). Isso não quer dizer que podemos ou devemos fazer o errado para que o poder, a justiça de Deus seja manifestada. Muito pelo contrário, devemos mostrar a justiça de Deus com o cumprimento das suas promessas em nossas vidas, recebendo Dele honra e bênçãos, mesmo porque fomos criados para louvá-lo e obedecer-lhe, e não para lhe desobedecer, e então recebermos a correção, que também é a sua justiça. Devemos saber que tudo serve somente para glorificar o Nome do Senhor, até as nossas desobediências, mas isso não quer dizer que Ele é injusto, muito pelo contrário, serve para mostrar a sua justiça.
"Pois quê? Somos nós mais excelentes? De maneira nenhuma, pois já dantes demonstramos que, tanto judeus como gregos, todos estão debaixo do pecado." (Romanos 3:9). Não é o fato de o conhecermos que nos transforma em pessoas superiores, na verdade, somos todos iguais e pecadores, somos feitos a partir da terra, do pó, do barro, e para a terra voltaremos. Não é o tempo de igreja, ou o ministério, nem as nossas posses ou qualquer outra coisa que nos transformam em superiores, somente o amor de Deus e a sua justiça. Todos são pecadores, e somente pela justiça de Deus é que somos justificados. "Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer." (Romanos 3:10). Absolutamente ninguém pode levantar a bandeira como sendo santo,justo e sem pecado, pois todos são pecadores e nascidos no pecado, e não é religião ou dogmas que salvam, somente a justiça de Deus que tem nome é Jesus Cristo. "Não há ninguém que entenda; Não há ninguém que busque a Deus. Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só." (Romanos 3:11-12). A bem da verdade,todos nós estamos voltados para o cumprimento das promessas em nossas vidas no tocante a bênçãos. Queremos realizações em várias áreas, e fazemos tudo esperando recompensa do Senhor. A busca verdadeira pela sua justiça, pelo seu amor, que deveria ocupar todos os nossos tempos e espaço, não acontece. Achamos que estávamos fazendo o bem, mas, na verdade,o fazemos com um propósito que quase nunca é o correto, portanto estamos fazendo o mal. Todos correm em busca de uma solução, de uma realização individual. "A sua garganta é um sepulcro aberto; Com as suas línguas tratam enganosamente; Peçonha de áspides está debaixo de seus lábios; Cuja boca está cheia de maldição e amargura." (Romanos 3:13-14). A mentira é o que predomina, o engano. Mentem para o próximo e também para o Senhor;tentam enganá-lo como se isso fosse possível, portanto não recebem todas as bênçãos que deveriam receber; ao contrário, recebem lutas, sofrimentos e dores, é simplesmente a justiça de Deus se cumprindo. Como erramos, o Nome do Senhor é glorificado pela aplicação da sua justiça, porque tudo o que nos acontece é consequência dos nossos atos, que fazem com que a justiça de Deus se aplique em toda situação. "Os seus pés são ligeiros para derramar sangue. Em seus caminhos há destruição e miséria; E não conheceram o caminho da paz. Não há temor de Deus diante de seus olhos." (Romanos 3:15-18). Todos os homens, indistintamente, desviaram-se do Criador e passaram a viver na prática da impiedade, de modo que não havia um só que pudesse levar a humanidade à libertação. Paulo concluiu que perante o juízo de Deus ninguém pode justificar a si mesmo, nem o judeu nem o gentio, nem o evangélico ou de qualquer outra religião. "Ora, nós sabemos que tudo o que a lei diz, aos que estão debaixo da lei o diz, para que toda a boca esteja fechada e todo o mundo seja condenável diante de Deus."(Romanos 3:19).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
Pr.Henrique Lino
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário