NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

DISCURSO CONVINCENTE

“E, ouvindo eles isto, compungiram-se em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, homens irmãos?” (Atos 2:37)

            Pedro, após receber o batismo com o Espírito Santo, no dia da festa de pentecostes, faz uma pregação para todos os que ali estavam, os curiosos. Pedro simplesmente falou das Escrituras, do poder de Deus, falou de Jesus, e em nenhum momento ofereceu bênçãos ou milagres; não chamou ninguém para a sua igreja, ou para se converter; ele não mandou ninguém ir à frente levantar a mão para aceitar Jesus, nem ficou repetindo que o Espírito Santo o estava incomodando,intimando, que havia pessoas que deveriam ir à frente receber oração. Pedro relatou o que estava na Escrituras, nos profetas sobre Jesus, e de forma clara esclareceuque Jesus era Deus, era o Messias, o Filho de Deus, e que tudo tinha se cumprido Nele. Durante seu discurso, ele pregou sobre salvação e não falou sobre qualquer outro assunto, mas o povo, ao ouvi-lo, quis conhecer o Senhor, quis fazer parte do Reino, perguntou como eles deveriam fazer para tomar parte no Reino, como se salvariam. Pedro não estava falando sobre cura alguma, ou sobre problema algum, e sim sobre como fazer a vontade do Senhor. Pedro não chamou ou constrangeu ninguém, o povo é que queria o Senhor após ouvi-lo falar sobre o Reino. Isso porque ouviu a Palavra verdadeira e não pregações emotivas e de coação. “E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo.” (Atos 2:38). Vemos que, diante da pressão do povo para se converter ao Senhor, Pedro responde de maneira simples e direta, como as coisas do Reino são; manda que eles se arrependam e sejam batizados em nome de Jesus, para o perdão dos pecados, e então receberiam o Dom do Espírito Santo. Pedro não disse que eles deveriam ficar indo à igreja para fazer curso de batismo, ou que deveriam primeiro levantar as mãos, ou que teriam que se transformar primeiro em ofertante, ou qualquer outra coisa. Diz simplesmente que se arrependessem dos seus erros e pecados, assim receberiam o perdão e logo a seguir o Dom do Espírito Santo. Devemos prestar atenção que falamos aqui em Dom do Espírito Santo e não batismo com o Espírito Santo.
            “Porque a promessa vos diz respeito a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe, a tantos quantos Deus nosso Senhor chamar.” (Atos 2:39). Pedro ainda faz questão de esclarecer que a promessa é para todos, que Deus não faz exceção de pessoas, não discrimina ninguém e nem faz exigências, somente que se convertam, que abandonem os pecados. Diz que não existem exigências para se converterem, para serem batizados em nome de Jesus, porque a promessa é para todos e de todas as partes e nacionalidades, todas as etnias e línguas, para todos os que receberem o chamado; e receber o chamado é ter vontade, querer ir ao Senhor, desejar se converter. Vemos a simplicidade com que Pedro expõe o Evangelho, o que fez com que muitos quisessem ir ao Senhor. Nada tem a ver com as cerimônias praticadas atualmente nas igrejas, onde colocam rituais, e tudo se transforma somente em atos religiosos que nada servem, a não ser para afastar as pessoas do Senhor. As pregações de hoje são feitas para levarem as pessoas às igrejas e aos pregadores e ao inferno, e não ao Senhor; as pregações são oferendas de bênçãos e não do Reino; são exigências e preceitos; doutrinas de homem e não de Deus. “E com muitas outras palavras isto testificava, e os exortava, dizendo: Salvai-vos desta geração perversa.” (Atos 2:40).Na pregação Pedro diz para o povo abandonar os pecados, converter-se ao Senhor e se salvar daquela geração de religiosos e enganadores maldosos e mentirosos. Chamou o povo para Jesus. O discurso de Pedro e como apresentou o Senhor Jesus e o Evangelho foi o início da igreja. Mas, infelizmente, o povo mudou tudo, e hoje vemos somente outro tipo de pregação e, consequentemente, pessoas que também buscam outra coisa, por isso o povo perece, e a destruição bate à porta, a morte espiritual reina nas igrejas, e o pior, nos altares e púlpitos. “De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas. (Atos 2:41). No mesmo dia, sem curso de batismo ou qualquer ensino teológico qualquer, nem oferecimento de bênção alguma, a não ser a salvação, três mil pessoas se converteram e foram batizadas na hora; simplesmente receberam a Palavra e não tiveram que ir à frente levantar a mão para receber oração, simplesmente foram batizadas e transformadas, aceitaram a mudança, o Evangelho. Não houve confusão, três mil pessoas através de uma pregação legítima, verdadeira, se curvaram ao Senhor.
            “E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos.” (Atos 2:42-43). Aqueles que se converteram, que se batizaram perseveravam na doutrina dos apóstolos, ou seja, viviam e praticavam o mesmo que os apóstolos, e, como os apóstolos praticavam a Palavra de Deus,os ensinamentos de Jesus, então todos assim também viviam segundo os ensinamentos do Mestre Jesus Cristo, e não de homens. E não existia a pregação mentirosa e diabólica da prosperidade, ao contrário, todos viviam juntos, e ninguém tinha mais do que o outro, eles perseveravam em orações e nas práticas do Evangelho, existia temor, e, consequentemente, os sinais e prodígios aconteciam, porque onde há o Espírito há maravilhas. Tudo o que era arrecadado pela igreja era para a igreja e não para pastores comprarem mansões, fazendas, aviões e outras coisinhas mais; não era para líderes ou igreja viverem no luxo, enquanto muitos membros passavam por necessidades, ao contrário, todos tinham tudo em comum, ninguém tinha demais nem de menos. “E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum. E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister. E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração.”(Atos 2:44-46). As pessoas foram convertidas, e, portanto, viviam o Evangelho, no Evangelho e para o Evangelho, todos os que criam, que tinham fé viviam juntos somente praticando o Evangelho, e não viviam ali pedindo bênção para resolver problemas materiais, dependiam simplesmente do Maná do Senhor, vendiam-se os bens que eram divididos entre os irmãos. Mas, atualmente, os líderes mandam as ovelhas venderem os bens para lhes darem dinheiro, para eles se enriquecerem mais; o que se vive hoje não é o Evangelho, é uma apostasia, heresia. Devemos voltar à Igreja dos primogênitos, devemos voltar à Verdade, a Jesus, e com certeza seremos salvos pela prática da Palavra.“Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.”(Atos 2:47).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição 24 horas por dia para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual.
https://www.facebook.com/atalaiadedeus Skype: atalaiadedeus
Visitem nosso site(www.atalaiadedeus.com.br) - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo divulgar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração e oferta de amor. "Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.” II Co 9:7 Ofertar é um privilegio. Semeando qualquer valor você estará contribuindo com a expansão do Reino de Deus. Envie sua oferta em nome de 

MINISTÉRIO ATALAIA DO EVANGELHO DE DEUS
BANCO ITAU
AGENCIA: 1639 CONTA CORRENTE: 61520-0
Banco: CAIXA ECÔNOMICA
AGÊNÇIA: 1529 OPERAÇÃO: 022 CONTA POUPANÇA NÚMERO: 230-5
Você será um agente evangelizador deste Ministério.
Sua colaboração é muito importante para nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário