NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

ALEGRIA NOS SOFRIMENTOS

“E agora, eis que, ligado eu pelo espírito, vou para Jerusalém, não sabendo o que lá me há de acontecer, Senão o que o Espírito Santo de cidade em cidade me revela, dizendo que me esperam prisões e tribulações.” (Atos 20:22-23)

            Paulo foi um dos maiores pregadores ou senão o maior pregador do novo testamento, o que fez mais missões, e também o que mais sofreu, o mais perseguido, o que mais apanhou e o que mais vezes foi preso, mas em nenhum momento ele reclamou ou pensou em desistir.Ele se dava pelo ministério e não buscava nenhuma bênção material para si mesmo. Sempre a pregação dele era sobre salvação, arrependimento, conversão, e não sobre bênçãos, ele operava maravilhas e milagres em nome do Senhor, quando assim o Espírito Santo o determinava.Paulo, mesmo sabendo os riscos que determinada viagem o colocaria, ele não desistia, era consciente na sua missão, no seu chamado, e conhecia o Senhor, e não estava no Evangelho por engano e nem permitia o engano. Paulo sabia (porque Deus não deixa ninguém enganado) que iria para Jerusalém e que iria sofrer, sabia das prisões e surras que sofreria, sabia das perseguições, mas também sabia que deveria completar a sua missão entregue pelo Senhor Jesus. “Mas em nada tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira, e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus.” (Atos 20:24). O objetivo de Paulo sempre foi fazer o que o Senhor o tinha incumbido de fazer, que era pregar, ensinar o Evangelho, por isto sempre respeitou o seu chamado. Se estudarmos o ministério de Paulo, não o encontraremos em nenhum momento reclamando dos sofrimentos ou traições dos falsos irmãos, somente pregava a salvação. Nunca exigia condições favoráveis para ir pregar neste ou naquele lugar, e, quando se converteu, recebeu o chamado, partiu para missões e não foi a Jerusalém aprender, ou frequentou aulas de teologias, mas aprendeu tudo do próprio Jesus. Sabemos que, quando Jesus apareceu para ele no caminho para Damasco, ele era um perseguidor da igreja, mas depois passou a ser o maior defensor, e veio para o Evangelho com a missão de sofrer pelo Evangelho, e isso fazia com alegria e singeleza de coração. Não como os pregadores da atualidade, ou irmãos que exigem conforto, e boas condições para pregar,e boas ofertas, salários, não como pessoas que acham que servir a Deus é só receber bênçãos e que não podem sofrer.
            “E agora, na verdade, sei que todos vós, por quem passei pregando o Reino de Deus, não vereis mais o meu rosto. Portanto, no dia de hoje, vos protesto que estou limpo do sangue de todos. Porque nunca deixei de vos anunciar todo o conselho de Deus.” (Atos 20:25-27). Sabendo que estava indo para Jerusalém e que não mais voltaria, que era a última vez que estava com aqueles irmãos e naquele local, Paulo se despediu, e, diante da igreja, protesta a sua honestidade e sinceridade, porque estava com as mãos limpas, nunca tinha se aproveitado do seu cargo, do seu posto como líder espiritual para se beneficiar de alguma coisa. E mais, faz questão de ressaltar que, durante o tempo em que esteve lá, o que fazia era pregar o Evangelho de Jesus Cristo, não outro evangelho. “Olhai, pois, por vós, e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue.” (Atos 20:28). Paulo fala com os pastores, com os líderes daquela igreja, após esclarecer que ele sempre pregou a Palavra de Deus e que nunca tinha se beneficiado com nada, agora manda que eles tomem conta do rebanho do Senhor, da igreja de Deus, que ensinem e preguem a Verdade, pois são ovelhas de Deus compradas com o precioso sangue do seu Filho. Paulo manda zelar, não extorquir ou mentir e enganar negociando bênçãos. “Porque eu sei isto que, depois da minha partida, entrarão no meio de vós lobos cruéis, que não pouparão ao rebanho; E que de entre vósmesmos se levantarão homens que falarão coisas perversas, para atraírem os discípulos após si.” (Atos 20:29-30). Também alerta sobre os falsos pastores e pregadores mentirosos que iriam entrar no meio do rebanho, fingindo ser ovelhas, mas com outros intentos e pensamentos, ele alerta para que não permitam que isto acontecesse. Infelizmente, hoje em dia as igrejas estão cheias de negociadores da fé, vendedores de bênçãos; e a aquela igreja inicial, a igreja dos primogênitos, não mais existe. “Portanto, vigiai, lembrando-vos de que durante três anos, não cessei, noite e dia, de admoestar com lágrimas a cada um de vós.” (Atos 20:31). Paulo faz questão de trazer à memória deles que durante três anos ele os preparou e os alertou sobre tudo isto, Paulo lembra que sempre pregou e ensinou o Evangelho com palavras, mas muito mais com exemplos. Que até mesmo com rigor ensinou, mas que agora estava nas mãos deles continuar a ser uma igreja santa.
         “Agora, pois, irmãos, encomendo-vos a Deus e à palavra da sua graça; a ele que é poderoso para vos edificar e dar herança entre todos os santificados.”Atos 20:32). Faz então uma oração para que o Senhor os edifique, que os santifique para que permaneçam firmes nos seus ensinamentos, que sejam realmente homens de Deus nos ensinos e práticas da Palavra de santificação, purificação e consequentemente salvação. Paulo podia falar e fazer essa oração em público. “De ninguém cobicei a prata, nem o ouro, nem o vestuário. Sim, vós mesmos sabeis que para o que me era necessário a mim, e aos que estão comigo, estas mãos me serviram.” (Atos 20:33-34). Paulo mostra, faz prestação de contas mostrando que nunca se aproveitou da igreja ou dos irmãos, porque não usou o dinheiro da igreja, ou dos irmãos, para comprar, casas, carros, ou para qualquer outra coisa, porque os irmãos que estavam com ele se mantinham. Paulo tinha prazer em ensinar o Evangelho, tinha prazer em ver pessoas se converterem ao Senhor, e não se preocupava com bens materiais, pois sabia a quem servia. Infelizmente, os pregadores atuais estão preocupados com a arrecadação, com as mentiraspara aumentar a arrecadação, por isto pregam qualquer coisa. O que Paulo falou pelo Espírito hoje acontece de forma crescente na igreja do Senhor: corrupção, heresias, adultérios da Palavra. “Tenho-vos mostrado em tudo que, trabalhando assim, é necessário auxiliar os enfermos, e recordar as palavras do Senhor Jesus, que disse: Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber.” (Atos 20:35). Esse ensinamento não é praticado mais, porque os líderes atuais preferem receber e cada vez mais; o ministério é somente um negócio para estes; não existe mais o amor pelo ministério nem pelas ovelhas do Senhor; não existe mais respeito e nem obediência ao Evangelho. Vivem e pregam contrário à Palavra de Deus, basta, examinar nas Escrituras. Aconteceu! Que o Senhor tenha piedade deles, pois se afastaram do Senhor. Que Deus levante e chame vários Paulos para que iniciem igrejas verdadeiras e comprometidas com o Evangelho. “E, havendo dito isto, pôs-se de joelhos, e orou com todos eles. E levantou-se um grande pranto entre todos e, lançando-se ao pescoço de Paulo, o beijavam,Entristecendo-se muito, principalmente pela palavra que dissera, que não veriam mais o seu rosto. E acompanharam-no até o navio.”(Atos 20:36-39).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição 24 horas por dia para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual.
https://www.facebook.com/atalaiadedeus Skype: atalaiadedeus
Visitem nosso site(www.atalaiadedeus.com.br) - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo divulgar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração e oferta de amor. "Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.” II Co 9:7 Ofertar é um privilegio. Semeando qualquer valor você estará contribuindo com a expansão do Reino de Deus. Envie sua oferta em nome de 

MINISTÉRIO ATALAIA DO EVANGELHO DE DEUS
BANCO ITAU
AGENCIA: 1639 CONTA CORRENTE: 61520-0
Banco: CAIXA ECÔNOMICA
AGÊNÇIA: 1529 OPERAÇÃO: 022 CONTA POUPANÇA NÚMERO: 230-5
Você será um agente evangelizador deste Ministério.
Sua colaboração é muito importante para nós.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário