NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

terça-feira, 6 de maio de 2014

PLANO DE SALVAÇÃO.

"Mas eu de nenhuma destas coisas usei, e não escrevi isto para que assim se faça comigo; porque melhor me fora morrer, do que alguém fazer vã esta minha glória. Porque, se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o evangelho!” (1 Coríntios 9:15-16)

            Paulo tinha a certeza da sua obrigação de pregar o Evangelho, de ensinar a Palavra de Deus, e sabia que a sua alegria, o seu galardão era exatamente este: o de divulgar a Palavra de Deus, de ensinar o Evangelho de Jesus Cristo, mostrar apresentar o Caminho da salvação. Ele sentia prazer em trabalhar em prol do Reino e tinha o conhecimento de que era obrigado a evangelizar e ensinar a Verdade, e, se não o fizesse, pagaria um preço muito alto. Seria fantástico que todos os que se dizem convertidos tivessem esse conhecimento, se soubessem que deveriam sempre pregar o Evangelho a todos os perdidos, mas digo o Evangelho de Jesus Cristo, não outros evangelhos, como o da prosperidade, das bênçãos desmedidas e outras coisas, pois isso é maldito, porque o nosso comissionamento por Jesus é claro. "Então abriu-lhes o entendimento para compreenderem as Escrituras. E disse-lhes: Assim está escrito, e assim convinha que o Cristo padecesse, e ao terceiro dia ressuscitasse dentre os mortos,E em seu nome se pregasse o arrependimento e a remissão dos pecados, em todas as nações, começando por Jerusalém.” (Lucas 24:45,47). A nossa pregação  tem que ser de ARREPENDIMENTO E REMISSÃO DE PECADOS,  esse é o plano de salvação e não conversa fiada de engano. Devemos também saber que é dever de todos os cristãos pregar a Verdade e ensiná-la, e, se não o fizerem, com certeza serão cobrados, pregar em todo tempo, em todo lugar e para todos,  indistintamente de ouvirem não, pois, se aceitarem e se converterem, glórias a Deus; se rejeitarem a Palavra, depois eles  prestarão contas ao Senhor, mas  nós fizemos a nossa parte. Ser cristão é muito mais do que ir à igreja, é mais do que cantar ou subir no altar para pregar, é anunciar a Palavra de Deus. Não é ficar restrito a um templo, e sim ir para o mundo levando a mensagem da salvação, e chamando todos para o arrependimento.
            "E por isso, se o faço de boa mente, terei prêmio; mas, se de má vontade, apenas uma dispensação me é confiada.” (1 Coríntios 9:17). Se fizermos a nossa obrigação, se cumprirmos com o nosso dever  com alegria e felicidade, com certeza receberemos o nosso galardão também com alegria, pois o Senhor terá  alegria em nos conferir tal honra, pois atendemos com amor pela sua Palavra e seus preceitos, portanto também o receberemos. Mas, se fizermos simplesmente  porque é a nossa obrigação ou fizermos de má vontade, nada poderemos receber, pois simplesmente fizemos o que deveríamos fazer, e  forçados ainda, e  com medo  do castigo eterno. "Logo, que prêmio tenho? Que, evangelizando, proponha de graça o evangelho de Cristo para não abusar do meu poder no evangelho.”(1 Coríntios 9:18). Portanto, é nosso dever pregar o Evangelho de maneira gratuita, pois foi assim que o recebemos. Assim, de forma clara, todos os que cobram para pregar, evangelizar ou exigem oferta para ministrar estão em erro e pecado, e,  além de nem mesmo fazerem o que deveriam, ainda  estão em pecado, e sabemos que os pecadores não herdarão o Reino de Deus. Pregadores que cobram, cantores, igrejas que fazem eventos ou congresso cobrando, pessoas que usam os púlpitos para vender produtos, como livros, DVDs, CDs e outras coisas mais não estão evangelizando, estão fazendo qualquer coisa e  com certeza pecando. "Porque, sendo livre para com todos, fiz-me servo de todos para ganhar ainda mais. E fiz-me como judeu para os judeus, para ganhar os judeus; para os que estão debaixo da lei, como se estivesse debaixo da lei, para ganhar os que estão debaixo da lei.” (1 Coríntios 9:19-20). Devemos em toda parte  pregar, e não fazer separações, discriminações, ou seja, pregar para os espíritas, católicos, muçulmanos,  budistas, e para todos  os que não conhecem Jesus. A estes devemos apresentar Jesus, o que morreu e ressuscitou por todos, para que sejam livres do jugo do pecado, para que se arrependam e sejam salvos. Só não devemos perder tempo com falsos  evangélicos, pois estes dificilmente querem a Verdade. "Para os que estão sem lei, como se estivesse sem lei (não estando sem lei para com Deus, mas debaixo da lei de Cristo), para ganhar os que estão sem lei.” (1 Coríntios 9:21). Pregar para os viciados, os drogados, as prostitutas, os bandidos, os beberrões, os mentirosos, os maus; não podemos ter medo de falar a verdade para esses, ensinar a Verdade e não mentiras,  não oferecendo vantagens ou facilidades, mas simplesmente oferecendo  a oportunidade de serem salvos e de viverem por toda a eternidade.
         "Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns. E eu faço isto por causa do evangelho, para ser também participante dele.” (1 Coríntios 9:22-23). Devemos proceder assim porque  diz o Evangelho, e, assim agindo, estamos fazendo parte Dele, do Reino de Deus, porque  todos os que verdadeiramente conheceram o Senhor  e vivem no Evangelho sabem que são cidadãos e cidadãs do Reino e, portanto, devem somente falar e viver as coisas concernentes ao Reino. "Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis.” (1 Coríntios 9:24). Assim como uma corrida, uma disputa em que todos  correm, todos disputam, mas só um é o vencedor, assim com esse empenho é que devemos servir o Senhor, com essa vontade de vencer é que devemos  pregar a Verdade, o Evangelho de Jesus Cristo, devemos aplicar toda a nossa vontade, nosso potencial, pois somente assim teremos vitória. "E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, uma incorruptível.” (1 Coríntios 9:25). Aqui temos lutas, e a nossa luta não é física ou material, mas espiritual, mesmo porque somos espirituais, e, consequentemente, a nossa vitória é espiritual bem como o nosso prêmio, nosso galardão, que não é visto a olhos humanos. "Pois eu assim corro, não como a coisa incerta; assim combato, não como batendo no ar. Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado.” (1 Corintios 9:26,27).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
                                       Pr.Henrique Lino
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição 24 horas por dia para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual.
https://www.facebook.com/atalaiadedeus Skype: atalaiadedeusVisitem nosso site(www.atalaiadedeus.com.br) - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo divulgar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração e oferta de amor. "Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.” II Co 9:7 Ofertar é um privilegio. Semeando qualquer valor você estará contribuindo com a expansão do Reino de Deus. Envie sua oferta em nome de 
MINISTÉRIO ATALAIA DO EVANGELHO DE DEUS
BANCO ITAU
AGENCIA: 1639 CONTA CORRENTE: 61520-0
Banco: CAIXA ECÔNOMICA
AGÊNÇIA: 1529 OPERAÇÃO: 022 CONTA POUPANÇA NÚMERO: 230-5
Você será um agente evangelizador deste Ministério.
Sua colaboração é muito importante para nós.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário