Pular para o conteúdo principal

PERFEITO TABERNÁCULO

“Mas, vindo Cristo, o sumo sacerdote dos bens futuros, por um maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, isto é, não desta criação, Nem por sangue de bodes e bezerros, mas por seu próprio sangue, entrou uma vez no santuário, havendo efetuado uma eterna redenção.” (Hebreus 9:11-12)

          Anteriormente, os sacerdotes tinham que constantemente sacrificar animais para aspergir, ou seja, jogar o seu sangue sobre o altar, na esperança de encobrir os pecados deles mesmos e também de todo o povo. Faziam isso não uma ou duas vezes, mas constantemente, pois o sangue de animais não tinha condições de tirar os pecados do povo, só servia para encobri-los. Jesus veio e não foi por um tabernáculo, ou seja, não foi através de um templo, de uma congregação construída pelas mãos dos homens, veio em seu próprio tabernáculo, em seu corpo, para que com seu sacrifício levasse de uma vez por todas o pecado. Jesus uma única vez derramou o seu precioso Sangue, derramou a sua Vida para nos dar vida, e desde então a Porta foi aberta, e todos os que querem, que se esforçam e entram por ela alcançam vida Nele. Temos que compreender que até Jesus vir não era possível nos libertar dos pecados, e não podemos esquecer que já nascemos no pecado, afinal, temos a herança adâmica. Mas com a vinda do Filho de Deus, com o seu derramamento de Sangue, Ele nos comprou e pagou com o seu precioso Sangue, e desde então podemos ser salvos. Temos condições de ir diretamente ao Pai através Dele, mas devemos compreender que, para sermos salvos, devemos nos esforçar como Ele disse. A salvação está disponível a todos indistintamente, mas, para sermos salvos, temos que aceitar Jesus como o nosso único e suficiente Salvador, e essa aceitação se dá não somente abrindo a boca e dizendo que o aceita, e sim, principalmente, se convertendo a Ele e tendo Ele como o Salvador de tudo, vivendo por Ele, para Ele e com Ele. Aceitar Jesus, aceitar a Vida, aceitar a Salvação, ou escolher ser salvo em Jesus, é decidir viver em obediência ao seu Evangelho, caso contrário, seremos somente religiosos, e os religiosos não herdam a vida. A Salvação existe e está disponível, mas temos que nos submeter a Jesus, que é o Senhor tanto no céu como na terra, é viver exclusivamente como Ele manda, caso contrário, apesar de a salvação existir e estar disponível, iremos para a condenação e sofrimento eterno.
        “Porque, se o sangue dos touros e bodes, e a cinza de uma novilha esparzida sobre os imundos, os santifica, quanto à purificação da carne, Quanto mais o Sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará as vossas consciências das obras mortas, para servirdes ao Deus vivo?” (Hebreus 9:13-14). Temos que analisar de maneira inteligente toda a situação, e então veremos que não podemos negar ou deixar de obedecer e nos render aos pés de Jesus Cristo, o Filho de Deus. Isto porque se no passado se acreditava que o sangue de animais, de touros, de bodes e de outros podia santificar, então muito mais é o Filho do inocente, pois sabemos que Jesus foi condenado pelos homens como pecador, sendo Santo. Por isto Jesus se ofereceu, pois Ele não foi obrigado. Ele aceitou a missão e se ofereceu para derramar o seu Sangue por todos nós pecadores, e temos que observar que Ele morreu não foi pelas mãos de boas pessoas, e sim pelos maus, pelos infames pecadores dos quais eu sou o principal. Sabendo disso, devemos nos purificar, santificar, para que a morte de Jesus não seja em vão em nossas vidas, porque quem despreza a morte, o sacrifício de Jesus, com certeza não desfrutará da Vida Nele. Sendo inteligentes, buscamos viver em obediência a quem deu a sua vida por nós, sabendo que, não agindo assim, estaremos fadados ao sofrimento e morte eterna. “E por isso é Mediador de um novo testamento, para que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia debaixo do primeiro testamento, os chamados recebam a promessa da herança eterna.” (Hebreus 9:15). Não vivemos mais na antiga lei, não mais vivemos nos profetas, pois tudo se cumpriu em Jesus, assim não estamos e nem praticamos o Velho Testamento. Vivemos o Novo Testamento feito no Sangue de Jesus, sabemos que estamos na Graça e não na lei. Desta maneira, não devemos buscar nenhuma promessa ou algum versículo que nos seja convenientemente bom para justificar nossas atitudes no Antigo Testamento, e não podemos colocar em prática o que não estiver claramente confirmado no Novo Testamento. “Porque onde há testamento, é necessário que intervenha a morte do testador. Porque um testamento tem força onde houve morte; ou terá ele algum valor enquanto o testador vive?” (Hebreus 9:16-17). Testamento só tem valor após a morte do testador, e Jesus morreu, mas Ele ressuscitou e está vivo para todo o sempre, por isso sabemos que o Testamento que tem validade, que é atual, é o Novo Testamento feito no Sangue de Jesus, e não o Antigo, que foi feito com sangue de animais. Busquemos com todo afinco nos aproximar mais do Senhor, queiramos e esmurremos os nossos corpos para vivermos o Evangelho da Graça, e não olharmos para a lei. “Por isso também o primeiro não foi consagrado sem sangue; Porque, havendo Moisés anunciado a todo o povo todos os mandamentos segundo a lei, tomou o sangue dos bezerros e dos bodes, com água, lã purpúrea e hissopo, e aspergiu tanto o mesmo livro como todo o povo, Dizendo: Este é o sangue do testamento que Deus vos tem mandado. E semelhantemente aspergiu com sangue o tabernáculo e todos os vasos do ministério. E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e sem derramamento de sangue não há remissão. De sorte que era bem necessário que as figuras das coisas que estão no céu assim se purificassem; mas as próprias coisas celestiais com sacrifícios melhores do que estes. Porque Cristo não entrou num santuário feito por mãos, figura do verdadeiro, porém no mesmo céu, para agora comparecer por nós perante a face de Deus.” (Hebreus 9:18-24).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino


Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Comentários

Postagens Mais Acessadas

RAÇA DE VÍBORAS? QUEM SÃO?

E, vendo ele muitos dos fariseus e dos saduceus que vinham ao seu batismo, dizia-lhes: Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira futura?(Mateus 3. 7)
           Aqui vemos como João Batista pregava, como ele falava e exortava para que os mesmos abandonassem os pecados e a religiosidade, muitos não gostavam porque achavam a pregação dura, mas João é aquele que foi enviado para preparar o caminho para Jesus, é o qual o Senhor testemunhou dele. “E eu vos digo que, entre os nascidos de mulheres, não há maior profeta do que João o Batista; mas o menor no Reino de Deus é maior do que ele.” (Lucas 7.28) João Batista não ficava alisando ego, não prometia bênçãos sem fim, nem mesmo prosperidade, mas chamava ao arrependimento. Ele não concordava com o fato de pecadores contumazes irem buscar somente o batismo com ele, ouvir a pregaçã o curta e direta dele, porém continuarem nos erros, nos pecados. Da mesma maneira existem hoje milhares de pessoas que gostam de ir à igrejas, de falarem o n…

A DIFERENÇA ENTRE O JUSTO E O ÍMPIO

Então vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus e o que não serve. (Malaquias 4.1)
                 Veja que a palavra de Deus chama a nossa atenção para que observemos as pessoas, que teme ao Senhor e as que não temem; devemos observá-las pela forma como vivem como enfrenta os problemas quando surgem, como educa e trata os seus familiares, e principalmente como reage diante do inesperado. Pois o mal vem sobre os justos e injustos, sobre bons e mal. “Para que sejais filhos do Pai que está nos céus; porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons e a chuva desça sobre justos e injustos.”(Mateus 5.45) Mas a diferença é exatamente como encaramos, pois se somos Justos, somos tementes e praticante da palavra, usaremos o nome e o poder do nome de Jesus e mandaremos o mal embora; e  também por maior que sej a o problema que estamos atravessando,   sabemos que vai passar logo, e temos paz, não perdemos a paz, e não nos desesperamos, pois a nossa confi…

FOME DA PALAVRA.

Eis que vêm dias, diz o Senhor Jeová, em que enviarei fome sobre a terra, não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do Senhor. (Amós 8.11)
Temos um grande número de pessoas que buscam as igrejas somente para ouvir palavras de consolo, incentivo, ou bênçãos, pessoas estas que decoram alguns versículos e se pauta por eles, e exigem as suas bênçãos, e isto com respaldo, uma vez que pregadores estão distribuindo, ou vendendo bênçãos, prosperidade e tranqüilidade. Estas pessoas não querem saber de ouvir a verdade, não querem saber de obediência, querem salvação, e bênçãos somente por ir a igrejas. Chegará o dia que irão querer ouvir a palavra verdadeira e não acharão, não encontrarão a verdade, somente as mentiras, e engano como já existem muitos por ai. “E irão errantes de um mar até outro mar e do Norte até o Oriente; correrão por toda parte, buscando a Palavra do Senhor, e não acharão.” (Amós 8.12) As pessoas viajarão de um país a outro tentando encontrar pregadores da …