Pular para o conteúdo principal

SE FAZENDO PRISIONEIRO

“Por esta causa eu, Paulo, sou o prisioneiro de Jesus Cristo por vós, os gentios; Se é que tendes ouvido a dispensação da graça de Deus, que para convosco me foi dada; Como me foi este mistério manifestado pela revelação, como antes um pouco vos escrevi; Por isso, quando ledes, podeis perceber a minha compreensão do mistério de Cristo.” (Efésios 3:1-4)

         Paulo se considerava um prisioneiro em Cristo, mas, a bem da verdade, todos os cristãos verdadeiros deveriam pensar de igual modo. Assim como Paulo, eu me considero um prisioneiro em Cristo, porque só posso fazer, falar ou até mesmo pensar o que Cristo permite, só posso agir de alguma maneira com a sua autorização. Por isso devemos sempre examinar as Escrituras para ver o que Cristo nos autoriza ou não fazer. Assim como um prisioneiro só pode fazer alguma coisa de acordo com as normas do presídio, da penitenciária, nós, os que nos declaramos discípulos de Cristo, só podemos fazer o que Ele permite. Quando resolvemos agir por nossa conta, desobedecemos às normas, somos punidos, pagamos um alto preço, e muitas vezes enfrentamos a sentença de morte eterna. Portanto, sejamos prisioneiros de bom comportamento, sejamos obedientes a Ele, sabendo que nada sabemos e podemos sem a sua permissão. E não precisamos ficar buscando revelação, ou algo similar, pois o Senhor já nos revelou tudo pela sua Palavra, basta ler, meditar, pesquisar nas nossas bíblias, pois Jesus está lá e nos fala diretamente. Assim, quando o Senhor me chamou, tornei-me um prisioneiro Nele, e não mais faço a minha vontade, e sim a do Senhor, não mais resolvo nada por mim mesmo, tudo é o Senhor, pois Ele me comprou e pagou um alto preço, portanto, não mais sou escravo do mundo, e sim de Cristo, sou seu servo por toda a eternidade. “O qual noutros séculos não foi manifestado aos filhos dos homens, como agora tem sido revelado pelo Espírito aos seus santos apóstolos e profetas; A saber, que os gentios são co-herdeiros, e de um mesmo corpo, e participantes da promessa em Cristo pelo Evangelho; Do qual fui feito ministro, pelo dom da graça de Deus, que me foi dado segundo a operação do seu Poder.” (Efésios 3:5-7). Assim, não nos rebelamos, mas obedecemos, e essa obediência muitas vezes gera antipatia por parte dos que não conhecem Cristo, ou dos falsos cristãos, dos falsos profetas, dos falsos pastores, mas não temos a preocupação de agradar quem quer que seja, e sim de agradar somente a Cristo, por isto falamos somente a Verdade, que é Jesus.
         “A mim, o mínimo de todos os santos, me foi dada esta graça de anunciar entre os gentios, por meio do Evangelho, as riquezas incompreensíveis de Cristo, E demonstrar a todos qual seja a comunhão do mistério, que desde os séculos esteve oculto em Deus, que tudo criou por meio de Jesus Cristo.” (Efésios 3:8-9). Assim como todos têm um chamado específico, têm uma ordem direta do Senhor, nós também, mas temos que obedecer a Ele, porque somos prisioneiros Nele. O Senhor me chamou, determinou que eu pregasse, alertasse sobre as muitas heresias que são ensinadas e vividas no meio denominado evangélico. Assim, não prego para católicos, espíritas ou de outras religiões, eu fundamentalmente prego para os que são da religião evangélica, para os que vivem em erros, pois, como Atalaia do Senhor, recebi a missão de abrir os olhos dos que, mesmo tendo olhos, são cegos. São muitos os que falam o Nome do Senhor (que é Santo para sempre Amém), mas com seus atos, orações, na verdade, estão indo contra Ele, pois fazem tudo o que Ele proíbe. Combatemos as campanhas com apresentação de envelopes, a comercialização, os desafios, os votos tolos; combatemos o levar as pessoas a agir pela emoção; combatemos o estelionato nos púlpitos; combatemos a prostituição que está acontecendo no interior dos templos; combatemos o divórcio e o recasamento, muito aceito, tolerado e sugerido por vários pregadores e templos. Nos chamam de radicais, nos criticam e pregam um amorzinho que não é o Amor de Deus, que é o próprio Deus, mas um amor tolerante com o pecado. Falam de um amor incondicional, que não é o Amor de Deus, pois o Amor Dele é condicional, porque, se queremos que Ele se manifeste em nossas vidas, devemos obedecer-lhe, pois sem obediência nada veremos em nossas vidas, a não ser castigo e, no final, a morte eterna. “Para que agora, pela igreja, a multiforme sabedoria de Deus seja conhecida dos principados e potestades nos céus, Segundo o eterno propósito que fez em Cristo Jesus nosso Senhor, No qual temos ousadia e acesso com confiança, pela nossa fé Nele.” (Efésios 3:10-12). Assim, combatemos as famigeradas pregações de prosperidade, como são pregadas, pois não é bíblico, não é de Cristo, uma vez que o Senhor nos ensina que devemos lutar, peregrinar aqui, pois não encontramos as nossas recompensa aqui, mas Nele. Discordamos e condenamos quando os templos, os pregadores profissionais fazem shows, campanhas, festas para atrair as pessoas, pois assim estão usando as armas das trevas, querendo levar as pessoas a frequentarem os seus templos através de enganos. Nós só temos para oferecer Cristo, e este crucificado. Mas se Cristo não for o suficiente para atrair as pessoas, essas que estão à procura de atrações bem como os criadores não conhecem e não desejam o Cristo Filho de Deus, buscam somente satisfazer o desejo da carne. Assim convido todos a reverem o seu cristianismo, a verem se realmente são discípulos de Jesus e se lhe obedecem, se praticam o seu Evangelho ou se são meramente religiosos.“Portanto, vos peço que não desfaleçais nas minhas tribulações por vós, que são a vossa glória. Por causa disto me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Do qual toda a família nos céus e na terra toma o Nome, Para que, segundo as riquezas da sua glória, vos conceda que sejais corroborados com poder pelo seu Espírito no homem interior; Para que Cristo habite pela fé nos vossos corações; a fim de, estando arraigados e fundada em amor, Poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade, E conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus.” (Efésios 3:13-19).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino


Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Comentários

Postagens Mais Acessadas

RAÇA DE VÍBORAS? QUEM SÃO?

E, vendo ele muitos dos fariseus e dos saduceus que vinham ao seu batismo, dizia-lhes: Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira futura?(Mateus 3. 7)
           Aqui vemos como João Batista pregava, como ele falava e exortava para que os mesmos abandonassem os pecados e a religiosidade, muitos não gostavam porque achavam a pregação dura, mas João é aquele que foi enviado para preparar o caminho para Jesus, é o qual o Senhor testemunhou dele. “E eu vos digo que, entre os nascidos de mulheres, não há maior profeta do que João o Batista; mas o menor no Reino de Deus é maior do que ele.” (Lucas 7.28) João Batista não ficava alisando ego, não prometia bênçãos sem fim, nem mesmo prosperidade, mas chamava ao arrependimento. Ele não concordava com o fato de pecadores contumazes irem buscar somente o batismo com ele, ouvir a pregaçã o curta e direta dele, porém continuarem nos erros, nos pecados. Da mesma maneira existem hoje milhares de pessoas que gostam de ir à igrejas, de falarem o n…

A DIFERENÇA ENTRE O JUSTO E O ÍMPIO

Então vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus e o que não serve. (Malaquias 4.1)
                 Veja que a palavra de Deus chama a nossa atenção para que observemos as pessoas, que teme ao Senhor e as que não temem; devemos observá-las pela forma como vivem como enfrenta os problemas quando surgem, como educa e trata os seus familiares, e principalmente como reage diante do inesperado. Pois o mal vem sobre os justos e injustos, sobre bons e mal. “Para que sejais filhos do Pai que está nos céus; porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons e a chuva desça sobre justos e injustos.”(Mateus 5.45) Mas a diferença é exatamente como encaramos, pois se somos Justos, somos tementes e praticante da palavra, usaremos o nome e o poder do nome de Jesus e mandaremos o mal embora; e  também por maior que sej a o problema que estamos atravessando,   sabemos que vai passar logo, e temos paz, não perdemos a paz, e não nos desesperamos, pois a nossa confi…

FOME DA PALAVRA.

Eis que vêm dias, diz o Senhor Jeová, em que enviarei fome sobre a terra, não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do Senhor. (Amós 8.11)
Temos um grande número de pessoas que buscam as igrejas somente para ouvir palavras de consolo, incentivo, ou bênçãos, pessoas estas que decoram alguns versículos e se pauta por eles, e exigem as suas bênçãos, e isto com respaldo, uma vez que pregadores estão distribuindo, ou vendendo bênçãos, prosperidade e tranqüilidade. Estas pessoas não querem saber de ouvir a verdade, não querem saber de obediência, querem salvação, e bênçãos somente por ir a igrejas. Chegará o dia que irão querer ouvir a palavra verdadeira e não acharão, não encontrarão a verdade, somente as mentiras, e engano como já existem muitos por ai. “E irão errantes de um mar até outro mar e do Norte até o Oriente; correrão por toda parte, buscando a Palavra do Senhor, e não acharão.” (Amós 8.12) As pessoas viajarão de um país a outro tentando encontrar pregadores da …