Pular para o conteúdo principal

GLÓRIAS SOMENTE A DEUS

“E, apegando-se o coxo, que fora curado, a Pedro e João, todo o povo correu atônito para junto deles, ao alpendre chamado de Salomão. E quando Pedro viu isto, disse ao povo: Homens israelitas, por que vos maravilhais disto? Ou, por que olhais tanto para nós, como se por nossa própria virtude ou santidade fizéssemos andar este homem?” (Atos 3:11-12)

          Pedro e João, fazendo uso do Poder que há no Nome de Jesus, tinham curado um aleijado muito conhecido, pois vivia sempre à porta do templo pedindo esmola. Esse fato chamou a atenção de todos, principalmente dos que estavam ali no templo, eles vieram com a intenção de exaltar esses dois servos do Senhor, mas Pedro imediatamente se levanta e lhes fala que quem fez foi Jesus, e não eles. Isto porque ele tinha conhecimento de que não podia receber glórias no lugar do Senhor, pois todo o crédito pertence a Cristo. Infelizmente, os pregadores da atualidade não sabem, não conhecem isto, pois fazem questão de se vangloriar dizendo na sua denominação que eles fizeram isto ou aquilo. Há alguns falsos pregadores que chegam ao cúmulo de pagar pessoas para fingirem ser doentes e curadas ali com eles somente para que eles ganhem notoriedade. Temos que saber que nenhum homem tem o poder de curar quem quer que seja, e que toda cura, milagres, sinais são feitos em Nome de Jesus, portanto, quem faz é Ele, e devemos ficar felizes por Ele nos usar, porque o Senhor usa quem Ele quer e na hora em que quer. Temos um relato na Bíblia que cita que o Senhor usou uma mula para falar com um falso profeta. Portanto, sabemos que Ele pode usar quem Ele quiser, pode usar qualquer um, inclusive nós. Assim, sabemos que não é mérito ou poder nosso, tudo é o Senhor, pois Todo Poder pertence a Ele. “O Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó, o Deus de nossos pais, glorificou a seu filho Jesus, a quem vós entregastes e perante a face de Pilatos negastes, tendo ele determinado que fosse solto.” (Atos 3:13). Pedro aproveita a oportunidade para pregar, para apresentar Jesus Cristo, o Autor não só daquele milagre, mas de todos os milagres. Temos que observar a pregação de Pedro, pois ele não chegou dizendo que Jesus os amava, ao contrário, sua pregação consistia em chamar o povo ao arrependimento, mostrar-lhes o erro e não esconder a culpa deles, e sim expô-la, para que pudessem se arrepender.
          “Mas vós negastes o Santo e o Justo, e pedistes que se vos desse um homem homicida. E matastes o Príncipe da vida, ao qual Deus ressuscitou dentre os mortos, do que nós somos testemunhas.” (Atos 3:14-15). Essa pregação maravilhosa, que levou várias pessoas ao arrependimento, pessoas que buscaram se converter a Jesus Cristo, não foi feita com nada chamativo, não foi feita com cantores gospel, show, nem com campanhas ou palavrinhas consoladoras, na verdade, foi feita simplesmente acusando o povo de assassinato. Pedro expõe a Verdade e mostra que eles concordaram e clamaram para que Jesus Cristo fosse crucificado e morto, mas esse mesmo Jesus, Deus Pai o ressuscitou, e Ele é que tinha acabado de fazer aquele milagre. Pedro não ofereceu mais milagres, não ofereceu bênçãos, ele ofereceu salvação, falou de Jesus Cristo e chamou todos para se arrependerem dos seus pecados, se arrependerem de terem concordado com a crucificação do Senhor. O motivo hoje de haver tantos falsos crentes é porque estamos cheios de falsos pastores, de homens que estão comprometidos com o mundo, em agradar as pessoas, que não querem em hipótese alguma entristecer as pessoas, não querem desagradá-las, pois assim elas não ofertam em seus templos. Temos uma geração de hipócritas que não se acanham em negar Cristo com os seus atos, mas querem ser adorados por homens. “E pela fé no seu Nome fez o seu Nome fortalecer a este que vedes e conheceis; sim, a fé que vem por Ele, deu a este, na presença de todos vós, está perfeita saúde. E agora, irmãos, eu sei que o fizestes por ignorância, como também os vossos príncipes.” (Atos 3:16-17). Pedro fala que quem operou o milagre foi Jesus, o mesmo de que eles tinham pedido a morte, mas que sabia que eles faziam isso por ignorância, por desconhecerem a verdade, por terem sido enganados pelos sacerdotes da época, pelos mestres da lei, os religiosos. Da mesma maneira, hoje as pessoas estão sendo enganadas pelos falsos pastores que pregam um evangelho que não é o Evangelho de Jesus Cristo, porque na verdade eles pregam uma anarquia, pregam e ensinam rebelião à Palavra de Deus. Basta observarmos como eles levantam e ordenam pastoras, como se fosse possível, uma vez que a Palavra do Senhor condena mulheres de exercerem autoridade sobre homens, portanto, são impedidas de pregar ou ensinar em culto misto. Também vemos muitos falsos profetas e falsas profetisas entregando profecias mentirosas e carnais. Assim observamos um povo que diz adorar Deus, mas que vive na imundície, vive no pecado, basta observarmos os templos que estão cheios de fornicadores, adúlteros, desonestos, violentos e tudo o mais. Pregadores, supostos pastores aconselhando, orientando as pessoas a se divorciar e casar de novo, ou seja, indo contra a Palavra de Deus, que diz que o que Ele uniu o homem não pode separar. Precisamos de pregadores, de pastores que preguem a verdade, que ensinem o Evangelho e não fiquem afagando o ego das pessoas; precisamos de homens de Deus que exerçam a fé e não fiquem preocupados em ganhar dinheiro arrecadando ofertas, que queiram salvar almas, queiram conduzir as pessoas a Cristo, o Autor e Consumador. “Mas Deus assim cumpriu o que já dantes pela boca de todos os seus profetas havia anunciado; que o Cristo havia de padecer. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor, E envie ele a Jesus Cristo, que já dantes vos foi pregado. O qual convém que o céu contenha até aos tempos da restauração de tudo, dos quais Deus falou pela boca de todos os seus santos profetas, desde o princípio. Porque Moisés disse aos pais: O Senhor vosso Deus levantará de entre vossos irmãos um profeta semelhante a mim; a Ele ouvireis em tudo quanto vos disser. E acontecerá que toda a alma que não escutar esse profeta será exterminada dentre o povo. Sim, e todos os profetas, desde Samuel, todos quantos depois falaram, também predisseram estes dias. Vós sois os filhos dos profetas e da aliança que Deus fez com nossos pais, dizendo a Abraão: Na tua descendência serão benditas todas as famílias da terra. Ressuscitando Deus a seu Filho Jesus, primeiro o enviou a vós, para que nisso vos abençoasse, no apartar, a cada um de vós, das vossas maldades.” (Atos 3:18-26).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino


Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Comentários

Postagens Mais Acessadas

RAÇA DE VÍBORAS? QUEM SÃO?

E, vendo ele muitos dos fariseus e dos saduceus que vinham ao seu batismo, dizia-lhes: Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira futura?(Mateus 3. 7)
           Aqui vemos como João Batista pregava, como ele falava e exortava para que os mesmos abandonassem os pecados e a religiosidade, muitos não gostavam porque achavam a pregação dura, mas João é aquele que foi enviado para preparar o caminho para Jesus, é o qual o Senhor testemunhou dele. “E eu vos digo que, entre os nascidos de mulheres, não há maior profeta do que João o Batista; mas o menor no Reino de Deus é maior do que ele.” (Lucas 7.28) João Batista não ficava alisando ego, não prometia bênçãos sem fim, nem mesmo prosperidade, mas chamava ao arrependimento. Ele não concordava com o fato de pecadores contumazes irem buscar somente o batismo com ele, ouvir a pregaçã o curta e direta dele, porém continuarem nos erros, nos pecados. Da mesma maneira existem hoje milhares de pessoas que gostam de ir à igrejas, de falarem o n…

A DIFERENÇA ENTRE O JUSTO E O ÍMPIO

Então vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus e o que não serve. (Malaquias 4.1)
                 Veja que a palavra de Deus chama a nossa atenção para que observemos as pessoas, que teme ao Senhor e as que não temem; devemos observá-las pela forma como vivem como enfrenta os problemas quando surgem, como educa e trata os seus familiares, e principalmente como reage diante do inesperado. Pois o mal vem sobre os justos e injustos, sobre bons e mal. “Para que sejais filhos do Pai que está nos céus; porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons e a chuva desça sobre justos e injustos.”(Mateus 5.45) Mas a diferença é exatamente como encaramos, pois se somos Justos, somos tementes e praticante da palavra, usaremos o nome e o poder do nome de Jesus e mandaremos o mal embora; e  também por maior que sej a o problema que estamos atravessando,   sabemos que vai passar logo, e temos paz, não perdemos a paz, e não nos desesperamos, pois a nossa confi…

FOME DA PALAVRA.

Eis que vêm dias, diz o Senhor Jeová, em que enviarei fome sobre a terra, não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do Senhor. (Amós 8.11)
Temos um grande número de pessoas que buscam as igrejas somente para ouvir palavras de consolo, incentivo, ou bênçãos, pessoas estas que decoram alguns versículos e se pauta por eles, e exigem as suas bênçãos, e isto com respaldo, uma vez que pregadores estão distribuindo, ou vendendo bênçãos, prosperidade e tranqüilidade. Estas pessoas não querem saber de ouvir a verdade, não querem saber de obediência, querem salvação, e bênçãos somente por ir a igrejas. Chegará o dia que irão querer ouvir a palavra verdadeira e não acharão, não encontrarão a verdade, somente as mentiras, e engano como já existem muitos por ai. “E irão errantes de um mar até outro mar e do Norte até o Oriente; correrão por toda parte, buscando a Palavra do Senhor, e não acharão.” (Amós 8.12) As pessoas viajarão de um país a outro tentando encontrar pregadores da …