Pular para o conteúdo principal

JUSTIÇA PELA FÉ

“Irmãos, o bom desejo do meu coração e a oração a Deus por Israel é para sua salvação. Porque lhes dou testemunho de que têm zelo de Deus, mas não com entendimento.” (Romanos 10:1-2)

          O apóstolo Paulo é chamado o último dos apóstolos, pois foi o último a ver Jesus. Aqueles que se autoproclamam apóstolos não passam de pastores, e isto no máximo, pois há dois mil anos não existem mais apóstolos, basta lermos o Evangelho. “E por derradeiro de todos me apareceu também a mim, como a um abortivo. Porque eu sou o menor dos apóstolos, que não sou digno de ser chamado apóstolo, pois que persegui a igreja de Deus.” (1 Coríntios 15:8-9). O apóstolo Paulo desejava ardentemente que Israel fosse salva, que os judeus fossem salvos, porque, apesar de serem o povo escolhido por Deus, eles não agiam em conformidade com o Evangelho de Jesus Cristo. Na verdade, eram religiosos, pois se prenderam a Moisés e não o quiseram largar e, até hoje, estão presos a uma lei que a ninguém pode salvar. Esses israelitas têm zelo e de coração amam Deus, mas sem entendimento, porque se recusam a amá-lo como Ele determinou, recusam-se a aceitar o seu Filho Jesus Cristo, que é o único intermediador entre o homem e Deus. Esses hebreus entendem que ainda vivem segundo uma lei que caducou, um Testamento que se extinguiu. Vivemos no Novo Testamento, na lei de Jesus Cristo, na Graça, e praticamos o Evangelho de Jesus Cristo e não mais a lei de Moisés. Mas como só existe uma única maneira de amar Deus, e é como Ele determina, se as pessoas, se esses judeus não se renderem aos pés de Cristo, não serão salvos, portanto, devemos imitar Paulo e orar incessantemente para que os judeus venham se converter a Cristo, e assim possam ser salvos. “Porquanto, não conhecendo a justiça de Deus, e procurando estabelecer a sua própria justiça, não se sujeitaram à justiça de Deus. Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê. ” (Romanos 10:3-4). Apesar de conhecerem a Justiça de Deus, sabendo a maneira como o Senhor age, eles rejeitaram e preferiram seguir Deus de uma outra maneira, de acordo com a vontades deles, mas eles esqueceram que não existem várias maneiras de adorar Deus, portanto, os que não se renderem a Cristo serão excluídos da eleição. Isto por serem os eleitos, serem escolhidos por Deus para serem o seu povo, mas, se não se converterem a Cristo, não alcançarão a salvação, não desfrutarão da eleição, porque hoje quem tudo faz é Cristo, e diante Dele é que todos os joelhos se dobram, porque todo o Poder lhe foi entregue.
 “Ora, Moisés descreve a justiça que é pela lei, dizendo: O homem que fizer estas coisas viverá por elas. Mas a justiça que é pela fé diz assim: Não digas em teu coração: Quem subirá ao céu? (Isto é, a trazer do alto a Cristo.) Ou: Quem descerá ao abismo? (Isto é, a tornar a trazer dentre os mortos a Cristo). ” (Romanos 10:5-7). Na lei, as pessoas deveriam cumprir todos os preceitos e ordenanças dadas por Moisés, e se quebrassem um sequer, tudo perdiam, era a lei de olho por olho dente por dente, e eram obrigados a praticar toda ela, e quem não a praticasse era maldito. O único que cumpriu toda a lei foi Jesus, e por isso Ele é dono do Novo Testamento feito em seu Sangue, e vivemos Nele, porque somente por Ele poderemos alcançar a salvação. A lei não tinha condições de salvar ninguém, de conduzir ninguém à salvação, e continua do mesmo jeito, ninguém tem condições de cumprir toda a lei, por isto os que querem viver por ela fazendo somente partes, ou melhor, vivendo somente partes dela se tornam malditos, porque ela mesmo assim diz. Vivemos hoje na Graça, em que há liberdade, podemos ser salvos pela fé em Jesus Cristo e não por preceitos de uma lei cruel. Mas os que rejeitam Cristo não alcançam a salvação, porque também não conseguem praticar a lei, e assim, por mais que digam que amam Deus, infelizmente serão rejeitados por não amá-lo como deveriam.“Mas que diz? A Palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração; esta é a Palavra da fé, que pregamos, A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.” (Romanos 108-9). Hoje vivemos pela fé, e a salvação está ao alcance de todos, basta confessar a Jesus Cristo, mas essa confissão só será válida se realmente crerem que Jesus Cristo, o Filho de Deus, nasceu de uma virgem, viveu como um homem comum até os seus trinta anos, e depois do seu batismo, revestido do Espírito, iniciou seu ministério, que durou cerca de três anos, e que depois foi preso, morreu na cruz do Calvário, e foi sepultado, mas que Deus Pai o ressuscitou ao terceiro dia, e hoje está sentado à direita de Deus e reina para sempre. Para confessar, é necessário crer, saber que Jesus existe e está vivo, e que pode nos conduzir à salvação, porque, se falarmos somente sem crermos, é porque não temos fé e, consequentemente, estaremos impedindo o Senhor de nos salvar. Temos que ser inteligentes e saber que sem fé é impossível agradar Deus, que somente Ele pode nos salvar, saber que Jesus está vivo e que reina para sempre. “Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. Porque a Escritura diz: Todo aquele que Nele crer não será confundido. Porquanto não há diferença entre judeu e grego; porque um mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam. Porque todo aquele que invocar o Nome do Senhor será salvo. Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem não ouviram? E como ouvirão, se não há quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam o Evangelho de paz; dos que trazem alegres novas de boas coisas. Mas nem todos têm obedecido ao Evangelho; pois Isaías diz: Senhor, quem creu na nossa pregação? De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela Palavra de Deus. ” (Romanos 10:10-17).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino


Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Comentários

Postagens Mais Acessadas

RAÇA DE VÍBORAS? QUEM SÃO?

E, vendo ele muitos dos fariseus e dos saduceus que vinham ao seu batismo, dizia-lhes: Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira futura?(Mateus 3. 7)
           Aqui vemos como João Batista pregava, como ele falava e exortava para que os mesmos abandonassem os pecados e a religiosidade, muitos não gostavam porque achavam a pregação dura, mas João é aquele que foi enviado para preparar o caminho para Jesus, é o qual o Senhor testemunhou dele. “E eu vos digo que, entre os nascidos de mulheres, não há maior profeta do que João o Batista; mas o menor no Reino de Deus é maior do que ele.” (Lucas 7.28) João Batista não ficava alisando ego, não prometia bênçãos sem fim, nem mesmo prosperidade, mas chamava ao arrependimento. Ele não concordava com o fato de pecadores contumazes irem buscar somente o batismo com ele, ouvir a pregaçã o curta e direta dele, porém continuarem nos erros, nos pecados. Da mesma maneira existem hoje milhares de pessoas que gostam de ir à igrejas, de falarem o n…

A DIFERENÇA ENTRE O JUSTO E O ÍMPIO

Então vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus e o que não serve. (Malaquias 4.1)
                 Veja que a palavra de Deus chama a nossa atenção para que observemos as pessoas, que teme ao Senhor e as que não temem; devemos observá-las pela forma como vivem como enfrenta os problemas quando surgem, como educa e trata os seus familiares, e principalmente como reage diante do inesperado. Pois o mal vem sobre os justos e injustos, sobre bons e mal. “Para que sejais filhos do Pai que está nos céus; porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons e a chuva desça sobre justos e injustos.”(Mateus 5.45) Mas a diferença é exatamente como encaramos, pois se somos Justos, somos tementes e praticante da palavra, usaremos o nome e o poder do nome de Jesus e mandaremos o mal embora; e  também por maior que sej a o problema que estamos atravessando,   sabemos que vai passar logo, e temos paz, não perdemos a paz, e não nos desesperamos, pois a nossa confi…

FOME DA PALAVRA.

Eis que vêm dias, diz o Senhor Jeová, em que enviarei fome sobre a terra, não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do Senhor. (Amós 8.11)
Temos um grande número de pessoas que buscam as igrejas somente para ouvir palavras de consolo, incentivo, ou bênçãos, pessoas estas que decoram alguns versículos e se pauta por eles, e exigem as suas bênçãos, e isto com respaldo, uma vez que pregadores estão distribuindo, ou vendendo bênçãos, prosperidade e tranqüilidade. Estas pessoas não querem saber de ouvir a verdade, não querem saber de obediência, querem salvação, e bênçãos somente por ir a igrejas. Chegará o dia que irão querer ouvir a palavra verdadeira e não acharão, não encontrarão a verdade, somente as mentiras, e engano como já existem muitos por ai. “E irão errantes de um mar até outro mar e do Norte até o Oriente; correrão por toda parte, buscando a Palavra do Senhor, e não acharão.” (Amós 8.12) As pessoas viajarão de um país a outro tentando encontrar pregadores da …