NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quinta-feira, 22 de junho de 2017

AS TRADIÇÕES.

"Então chegaram ao pé de Jesus uns escribas e fariseus de Jerusalém, dizendo: Por que transgridem os teus discípulos a tradição dos anciãos? Pois não lavam as mãos quando comem pão." (Mateus 15:1-2)

 Jesus foi sistematicamente questionado pelos escribas, pelos fariseus, pelos religiosos de uma forma geral. Mas a maioria dos questionamentos deles não tinha base na Palavra de Deus, eram, na verdade, doutrinas e preceitos, costumes e tradições. São costumes e hábitos nos quais com o tempo as pessoas passam a acreditar como se fossem uma determinação do Senhor. Exemplo é que, atualmente, muitos pensam que existe uma determinação bíblica para que as mulheres usem somente saias, ou que não usem maquiagens, que a Santa Ceia tem que ser servida uma vez ao mês, e que mulher pode ser pastora. Infelizmente, existem muitas crendices, muito engano e mentira, que fazem com que pessoas se transformem em religiosas e não em discípulas de Jesus. Não existia uma determinação do Senhor para que se lavasse as mãos antes das refeições, isto era uma tradição, um costume dos judeus na época, em que acreditavam como se fosse uma determinação do Senhor. Não estamos dizendo que é errado lavar as mãos antes das refeições, muito pelo contrário, é uma questão de higiene, de saúde, mas não existe essa determinação por parte do Senhor. Não podemos misturar, confundir, porque o Senhor nos deu sabedoria e discernimento para sabermos o que é certo e o que é errado, o que devemos fazer e o que não podemos fazer. "Ele, porém, respondendo, disse-lhes: Por que transgredis vós, também, o mandamento de Deus pela vossa tradição? Porque Deus ordenou, dizendo: Honra a teu pai e a tua mãe; e: Quem maldisser ao pai ou à mãe, certamente morrerá." (Mateus 15:3-4). Muitas pessoas entendem que devem agir de determinada maneira, esquecendo-se de avaliar de acordo com a Palavra de Deus, e assim, muitas vezes, atendem à vontade, ao desejo do seu coração e rejeitam a Palavra de Deus. Jesus mostrou-lhes que sempre estavam rejeitando a Palavra de Deus para atender ao desejo próprio, à ganância. Assim, vemos em templos denominacionais pregadores ensinarem a desafiar Deus, a exigir, a determinar a bênção, e todos assim procedem como se fosse a Palavra de Deus. Não percebem que com essa atitude estão indo frontalmente contra a Palavra de Deus, assim como a criação de campanhas para isso e para aquilo, os jejuns com a finalidade de alcançar bênçãos. Isto fazem porque não pesquisam, não meditam na Palavra de Deus, porque, se assim fosse, saberiam que a função de Jesus é somente para crescimento e evolução espiritual.
 "Mas vós dizeis: Qualquer que disser ao pai ou à mãe: É oferta ao Senhor o que poderias aproveitar de mim; esse não precisa honrar nem a seu pai nem a sua mãe, e assim invalidastes, pela vossa tradição, o mandamento de Deus." (Mateus 15:5-6). Assim como esses fariseus, esses religiosos estavam preocupados em criticar, em acusar Jesus, não observando os seus próprios erros, e fazem igual ou pior dentro dos templos modernos. Eles falavam de um dos seus costumes, mas não cumpriam a Palavra de Deus, eles a distorciam em benefício próprio, porque Deus determinou que todos deveriam honrar pai e mãe, isto é, ajudar a sustentar, manter e cuidar dos seus pais quando idosos e quando necessitarem. É obrigação dos filhos sustentarem, manterem os seus pais na velhice quando eles não tiverem condições, isto é, cuidarem de tudo. É mandamento de Deus, e o primeiro com promessa, ou seja, para que vivam muitos anos sobre a face da terra. Mas esses religiosos criaram desculpas para não darem nada aos seus pais, para fugirem das suas responsabilidades, pois faziam uma espécie de oferta ao Senhor, da qual somente eles poderiam usufruir. Esses religiosos faziam o que muitos fazem hoje, porque simplesmente distorciam a Palavra de Deus em benefício próprio. Assim também vemos líderes de denominações pedirem e exigirem ofertas com a promessa de que Deus irá multiplicar, dará em dobro, ou qualquer coisa neste sentido. Mas não existe na Palavra de Deus essa promessa para ninguém. "Hipócritas, bem profetizou Isaías a vosso respeito, dizendo: Este povo se aproxima de mim com a sua boca e me honra com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim. Mas, em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens." (Mateus 15:7-9). Os povos vão a templos denominacionais, a igrejas várias, vestem-se como religiosos, mas não conhecem a Palavra de Deus. São pessoas que gostam de cantar - digo cantar porque a maioria do que vemos sendo entoado nos templos não são louvores, e sim músicas, letras que enaltecem o homem, e uma demorada pedição de bênção. Quase não se ouvem mais louvores ao Senhor, em que a letra seja somente para louvar, exaltar e glorificar o Nome do Senhor. Pessoas vão a templos e choram, rezam - porque não podemos falar que é oração, uma vez que tudo não passa de repetições de pedidos. Essas pessoas não conhecem a Palavra de Deus e vivem uma tradição religiosa e evangélica, gospel, mas que nada tem a ver com o Senhor. São religiosos, mas vivem em pecados que querem justificar alegando que o Senhor permite e concorda com eles. Os religiosos, os frequentadores de templos precisam urgentemente de se converter a Jesus, abandonar o erro para que possam alcançar a vida eterna. "E, chamando a si a multidão, disse-lhes: Ouvi, e entendei: O que contamina o homem não é o que entra na boca, mas o que sai da boca, isso é o que contamina o homem. Então, acercando-se dele os seus discípulos, disseram-lhe: Sabes que os fariseus, ouvindo essas palavras, se escandalizaram? Ele, porém, respondendo, disse: Toda a planta, que meu Pai celestial não plantou, será arrancada. Deixai-os; são cegos condutores de cegos. Ora, se um cego guiar outro cego, ambos cairão na cova. E Pedro, tomando a palavra, disse-lhe: Explica-nos essa parábola. Jesus, porém, disse: Até vós mesmos estais ainda sem entender? Ainda não compreendeis que tudo o que entra pela boca desce para o ventre, e é lançado fora? Mas, o que sai da boca, procede do coração, e isso contamina o homem. Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, fornicação, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias. São estas coisas que contaminam o homem; mas comer sem lavar as mãos, isso não contamina o homem." (Mateus 15:10-20). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário