NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

MANDADO DE DEUS

"Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, segundo o mandado de Deus, nosso Salvador, e do Senhor Jesus Cristo, esperança nossa, a Timóteo meu verdadeiro filho na fé: Graça, misericórdia e paz da parte de Deus nosso Pai, e da de Cristo Jesus, nosso Senhor." (1 Timóteo 1:1-2)

         Paulo era um grande e abnegado apóstolo de Cristo; como Ele mesmo afirmava, um apóstolo chamado e ungido por Cristo e não por homens. Paulo, apesar de não ter andado com Jesus durante o seu Ministério terreno, foi chamado por este para levar a sua mensagem, o Evangelho, a toda parte, e ainda hoje é um dos maiores pregadores do Evangelho de Jesus Cristo. Esse apóstolo não foi chamado para ser rico, nem nenhum superapóstolo, mas para sofrer pelo Nome de Jesus, e sabemos como foi o seu ministério. Ele constantemente sofria perseguições, prisões, surras, apedrejamento, enfermidades, fome, acusações, de todos e, inclusive, dos falsos irmãos. Mas nada disso foi o suficiente para o fazer desistir de cumprir a missão que tinha recebido, e a executou até o seu último dia de vida aqui na terra. Nessa carta que envia a Timóteo, seu filho na fé, faz severas recomendações para que o mesmo permaneça firme nos ensinamentos dele, e que não se desvie do Evangelho de Jesus Cristo, porque, infelizmente, assim como antigamente, hoje são muitos os que estão no templo citando o Nome do Senhor, mas ensinando e pregando contra o Evangelho de Jesus Cristo. Então a preocupação de Paulo é para que Timóteo não seja corrompido com as falsas doutrinas ensinadas e vividas por muitos que se dizem cristãos. "Como te roguei, quando parti para a macedônia, que ficasses em Éfeso, para advertires a alguns, que não ensinem outra doutrina, nem se deem a fábulas ou a genealogias intermináveis, que mais produzem questões do que edificação de Deus, que consiste na fé; assim o faço agora." (1 Timóteo 1:3-4). Paulo pede a Timóteo que fique alerta e não caia no engano de muitos pregadores, muitos que se dizem mestres, mas que utilizam a Bíblia de maneira errada, pois fazem questão de se prenderem ao Velho Testamento citando a história de Israel e querendo que as pessoas creiam que aquilo que aconteceu aos hebreus acontecerá com elas atualmente. Temos que ensinar sobre Jesus, sobre os seus preceitos, porque a lei se cumpriu Nele, e as histórias do povo de Israel servem somente para delas termos conhecimento, e não esperar que nos aconteça o mesmo. Assim como havia os livros dos profetas, hoje temos o maior dos Profetas, que é Jesus, e a Ele ouvimos. Não podemos buscar resposta em outro se temos o Caminho, a Verdade e a Vida diante de nós.
 "Ora, o fim do mandamento é o amor de um coração puro, e de uma boa consciência, e de uma fé não fingida." (1 Timóteo 1:5). Temos que ensinar, e principalmente viver, que Jesus é o centro das nossas vidas e que devemos permitir ser comandados por Ele. Esse comando se dá quando entregamos realmente nossas vidas em suas mãos, quando aprendemos a andar em espírito, e andar em espírito é viver na prática do Evangelho. Para andar na prática do Evangelho, temos de estar na fé, andar, viver, praticar a fé, porque sem ela é impossível agradar a Deus, uma vez que, para andar com fé, é necessário que creiamos que Ele exista e é galardoador daqueles que o buscam. Se não tivermos fé, se não crermos que Ele existe e irá nos abençoar com vida abundante e eterna, então não conseguiremos obedecer-lhe. E sem obediência não existe salvação, porque a salvação depende da nossa obediência a Ele, e, para obedecermos, é necessário crermos, e, se cremos, logo temos fé, uma fé não fingida, uma fé autêntica, verdadeira, em que vivemos sabendo que Cristo é tudo em nossas vidas e em toda parte, que Ele é o Senhor. "Do que, desviando-se alguns, se entregaram a vãs contendas; querendo ser mestres da lei, e não entendendo nem o que dizem nem o que afirmam." (1 Timóteo 1:6-7). São muitos os pregadores, os inovadores que têm uma pregação diferente do Evangelho de Jesus Cristo. São os pregadores de bênçãos, os criadores de campanhas várias, os pregadores de facilidades e tolerância ao pecado, os que estão muito mais preocupados em agradar pessoas do que a Cristo. Dizem-se muito sábios e conhecedores, mas, na verdade, são criadores de doutrinas, que outros carnais assim como eles difundem, criando assim a classe de cristãos mortos, ou seja, dos religiosos que não conhecem Cristo. Não o conhecem, apesar de citarem o seu Nome, vivem uma religião totalmente contrária aos seus ensinamentos. Paulo tinha a preocupação de que Timóteo não caísse nessa cilada, porque são muitos os que caem, pessoas que vieram para um templo em busca de Cristo, em busca da Verdade, mas foram enganados e caíram e hoje são simplesmente religiosos. "Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela usa legitimamente; Sabendo isto, que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para os ímpios e pecadores, para os profanos e irreligiosos, para os parricidas e matricidas, para os homicidas, Para os devassos, para os sodomitas, para os roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina, Conforme o evangelho da glória de Deus bem-aventurado, que me foi confiado."(1 Timóteo 1:8-11).Todos nós nascemos no pecado, somos pecadores por nascimento, e vivemos no pecado, e só nos libertamos desse jugo, quando conhecemos Cristo, quando o assumimos em nossas vidas, quando confessamos e nos arrependemos; e todos sabem que arrependimento é mudança de direção; é abandono das velhas práticas. Portanto, quando não pregamos, não mandamos as pessoas abandonarem os pecados, estamos errando, porque o Senhor só aceita o pecador arrependido. As leis de Deus, os preceitos de Jesus são para nós obedecermos, porque somos pecadores. "E dou graças ao que me tem confortado, a Cristo Jesus Senhor nosso, porque me teve por fiel, pondo-me no ministério; a mim, que dantes fui blasfemo, e perseguidor, e injurioso; mas alcancei misericórdia, porque o fiz ignorantemente, na incredulidade. E a graça de nosso Senhor superabundou com a fé e amor que há em Jesus Cristo." (1 Timóteo 1:12-14). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário