NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

sexta-feira, 31 de março de 2017

AS DÚVIDAS

"E os discípulos de João anunciaram-lhe todas estas coisas. E João, chamando dois dos seus discípulos, enviou-os a Jesus, dizendo: És tu aquele que havia de vir, ou esperamos outro?" (Lucas 7:18-19)

         Temos que buscar todos os dias mais comunhão com o Senhor, buscar nos santificar mais, obedecer ao Senhor em tudo. Mas isso não quer dizer que nos transformaremos em super seres humanos, porque ainda estamos todos revestidos de carne, e a nossa natureza terrena e corrupta está presente, e o nosso Deus sabe disso. Muitas vezes somos traídos por ela, e quando percebermos os nossos erros, as nossas falhas, devemos ir ao Senhor, confessar, pedir perdão, nos acertar. Por isso, quando alguém se julga um supercrente, alguém que nunca erra, nunca cai, devemos saber que só por essa atitude já está em erro. Temos um exemplo em João Batista, que foi um homem de Deus, um profeta elogiado por Jesus, e este também teve momentos de dúvidas, de insegurança. Quando João Batista, o preparador do caminho do Senhor, estava preso, em um momento de fragilidade, de dúvidas, ele enviou os seus discípulos a Jesus em busca de confirmação se Jesus era realmente o Messias, o Esperado. Sabemos que João Batista sabia, e, antes mesmo de Jesus vir, ele já pregava, já avisava que Jesus viria, e foi ele mesmo quem batizou o Senhor nas águas, e na hora viu o Espírito Santo vir sobre Cristo em forma corpórea de uma pomba. Mesmo sabendo de tudo isso, ele teve dúvidas e enviou discípulos para perguntar a Jesus, para confirmar se realmente ele era o Messias. João queria ter a certeza de que a sua missão tinha sido cumprida. Assim somos todos nós, por mais que estejamos na presença do Senhor, há momentos em que nos bate a dúvida, o medo, a insegurança, e nesses momentos devemos recorrer ao Senhor. Devemos orar, clamar, buscar resposta no Senhor, na Palavra: "E, quando aqueles homens chegaram junto Dele, disseram: João o Batista enviou-nos a perguntar-te: És tu aquele que havia de vir, ou esperamos outro?" (Lucas 7:20). Os discípulos de João foram a Jesus e perguntaram se Ele era o esperado, se Ele era o Messias, o nosso Salvador. Muitas vezes, quando estamos atravessando um deserto muito longo, quando estamos em meio a uma tempestade que parece que não ter fim, às vezes parece que estamos agindo errado. Por mais que estejamos vivendo o que a Palavra determina, temos dúvidas, por causa das lutas e do sofrimento. Mas nessa hora, nesse momento é que devemos buscar a resposta no Senhor, e não no mundo, e não tentar justificativas pelas nossas fraquezas. Temos que tomar muito cuidado nesse momento para não sermos enganados pelas facilidades propostas pelo nosso adversário.
 "E, na mesma hora, curou muitos de enfermidades, e males, e espíritos maus, e deu vista a muitos cegos. Respondendo, então, Jesus, disse-lhes: Ide, e anunciai a João o que tendes visto e ouvido: que os cegos veem, os coxos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam e aos pobres anuncia-se o Evangelho." (Lucas 7:21-22). Não podemos ter medo, se estamos com dúvidas, devemos ir ao Senhor esclarecê-las, e só encontramos o esclarecimento correto em sua Palavra, no seu Evangelho, porque Ele é o Verbo. Quando nos dirigimos a Ele, obtemos a resposta. Assim como João Batista, olharemos e veremos o Poder de Deus em ação, os milhares de testemunhos do seu Poder, o que Ele faz e fez por nós. Vemos como Ele cura, liberta, transforma. Não podemos nos deixar ser dominados por nossa mente, ou aceitar as setas, os dardos inflamados do diabo; não podemos deixar o nosso adversário colocar pensamentos de engano em nossa mente. Qualquer dúvida, devemos ir ao Senhor, e no mesmo instante Ele nos responderá. João Batista estava preso, não saiu dessa prisão, pois foi morto, degolado por defender o Evangelho, por condenar o adultério. Jesus sempre nos responderá mostrando o seu Poder, portanto não olhemos para nossa fraqueza, olhemos para o Poder, olhemos para Jesus e as suas realizações. "E bem-aventurado é aquele que em mim se não escandalizar. E, tendo-se retirados os mensageiros de João, começou a dizer à multidão acerca de João: Que saístes a ver no deserto? uma cana abalada pelo vento?" (Lucas 7:23-24). Jesus deu a resposta aos discípulos de João Batista, mas não se esqueceu daquele assunto, não se esqueceu de João, e falou que os felizardos, os felizes, os vencedores são os que não se escandalizarem Nele. São muitos os que falam em amar Cristo, mas se escandalizam Nele, não aceitam pegar a sua cruz e carregá-la; são pessoas que têm um entendimento diferente, acham que aqui é o Paraíso. Temos que saber que estamos no mundo e que aqui é lugar de lutas, de desertos, principalmente para os cristãos, porque, se somos discípulos de Jesus, então sabemos que vamos passar por todos os tipos de lutas, assim como Ele. Mas, se somos seus discípulos, sabemos que receberemos a sua força e o seu Poder e seremos vencedores no seu Nome. "Mas que saístes a ver? um homem trajado de vestes delicadas? Eis que os que andam com preciosas vestiduras, e em delícias, estão nos paços reais. Mas que saístes a ver? um profeta? Sim, vos digo, e muito mais do que profeta. Este é aquele de quem está escrito: Eis que envio o meu anjo diante da tua face, O qual preparará diante de ti o teu caminho. E eu vos digo que, entre os nascidos de mulheres, não há maior profeta do que João o Batista; mas o menor no Reino de Deus é maior do que ele." (Lucas 7:25-28). Jesus elogia João e fala sobre a sua missão bem-sucedida, e ainda mostra que o povo foi ao seu encontro em busca da verdade, e não em busca de luxos ou bênçãos, porque João Batista vivia no deserto e tinha uma maneira peculiar de se vestir e de se alimentar, ao contrário dos que eram financeiramente realizados. As pessoas têm que aprender a buscar o Senhor não em prol de bênçãos, mas por Ele ser Cristo, elas têm que aprender a buscar os seus discípulos em busca de ensinamentos do Evangelho e não de outra coisa."E todo o povo que o ouviu e os publicanos, tendo sido batizados com o batismo de João, justificaram a Deus. Mas os fariseus e os doutores da lei rejeitaram o conselho de Deus contra si mesmos, não tendo sido batizados por ele. E disse o Senhor: A quem, pois, compararei os homens desta geração, e a quem são semelhantes? São semelhantes aos meninos que, assentados nas praças, clamam uns aos outros, e dizem: Tocamo-vos flauta, e não dançastes; cantamos-vos lamentações, e não chorastes. Porque veio João o Batista, que não comia pão nem bebia vinho, e dizeis: Tem demônio; Veio o Filho do homem, que come e bebe, e dizeis: Eis aí um homem comilão e bebedor de vinho, amigo dos publicanos e pecadores. Mas a sabedoria é justificada por todos os seus filhos."(Lucas 7:29-35). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário