NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

domingo, 19 de fevereiro de 2017

ESTA CAUSA

"Por esta causa eu, Paulo, sou o prisioneiro de Jesus Cristo por vós, os gentios; Se é que tendes ouvido a dispensação da graça de Deus, que para convosco me foi dada; Como me foi este mistério manifestado pela revelação, como antes um pouco vos escrevi; Por isso, quando ledes, podeis perceber a minha compreensão do mistério de Cristo." (Efésios 3:1-4)

         O apóstolo Paulo considerava-se um prisioneiro em Cristo, não que estivesse lamentando ou reclamando de sofrimentos, mas dizendo as suas limitações e as suas obrigações. Paulo sabia que deveria pregar, ensinar o Evangelho de Jesus Cristo a todos e, principalmente, aos gentios, aos que não eram judeus, aos que não conheciam a lei. Paulo tinha o dever de pregar, ensinar sobre Jesus Cristo, e foi o próprio Cristo que apareceu para ele e o encarregou de tão sublime missão. Considerar-se prisioneiro é saber que não tem liberdade de fazer ou ir aonde quiser, mas simplesmente obedecer ao que lhe é imposto. Entendo que todos que somos discípulos de Jesus deveríamos nos considerar como prisioneiros Nele, porque devemos simplesmente viver de acordo com as limitações que nos são impostas. Temos que mortificar a nossa carne e nos dedicar somente a obedecer ao Senhor, saber que as suas ordenanças não são para serem questionadas ou negligenciadas, mas obedecidas, cumpridas. Paulo tinha compreensão do Evangelho de Jesus e tudo fazia para obedecer-lhe. Paulo não tinha preocupação de agradar ninguém e nem a si mesmo. Esse apóstolo enfrentou todos os tipos de lutas, perseguições, sofrimento, prisões, mas jamais deixou de divulgar o Evangelho de Jesus Cristo; foi obediente até a sua execução em Roma. Pregou para as pessoas simples e também para as autoridades, para reis, e, por mais que tripudiassem dele, escarnecessem, ele continuava com a sua missão e não se vendeu ao adversário. "O qual noutros séculos não foi manifestado aos filhos dos homens, como agora tem sido revelado pelo Espírito aos seus santos apóstolos e profetas; A saber, que os gentios são co-herdeiros, e de um mesmo corpo, e participantes da promessa em Cristo pelo Evangelho; Do qual fui feito ministro, pelo dom da graça de Deus, que me foi dado segundo a operação do seu Poder." (Efésios 3:5-7). Cristo nos chama e nos encarrega, nos dá missões as quais devemos cumprir, executá-las exatamente como Ele manda. Recebemos dons, capacitação para cumprir o que nos foi ordenado. E nem todos são chamados para pregar para os gentios, muitos são chamados para alertar, acordar a igreja, para exortar os que se dizem cristãos convertidos.
 "A mim, o mínimo de todos os santos, me foi dada esta graça de anunciar entre os gentios, por meio do Evangelho, as riquezas incompreensíveis de Cristo, E demonstrar a todos qual seja a comunhão do mistério, que desde os séculos esteve oculto em Deus, que tudo criou por meio de Jesus Cristo; Para que agora, pela igreja, a multiforme sabedoria de Deus seja conhecida dos principados e potestades nos céus, Segundo o eterno propósito que fez em Cristo Jesus nosso Senhor, No qual temos ousadia e acesso com confiança, pela nossa fé Nele."(Efésios 3:8-12). Assim como o apóstolo Paulo se considerava o menor dos apóstolos, o menor dos servos de Cristo, também devemos nos considerar, porque só existe um que é grande, que é Deus. Devemos saber que ser discípulo de Jesus é ser humilde, não essa falsa humildade praticada por muitos, mas é, no íntimo, saber que nada somos, que todos somos somente servos do Senhor, e a nossa missão é servir e não ser servidos, e assim levar o Evangelho a todos, sem a mínima preocupação de agradar a ninguém, a não ser a nosso Senhor. Temos que mostrar o Poder de Deus, devemos mostrar quem é o Senhor e falar da sua Promessa, que é de salvação; é nosso dever apresentar o Evangelho de Jesus Cristo como Ele é sem dourar a pílula, sem procurar amenizar nada, simplesmente apresentar a Verdade. Mostrar a todos que, se não obedecerem, se não praticarem o Evangelho, com certeza padecerão por toda a eternidade. Temos que falar abertamente que não é igreja, denominação, santos, imagens, campanhas, votos, propósitos, pastores sacerdotes, ofertas que salvam alguém. Temos que ensinar e mostrar através do Evangelho que somente um salva, que é Jesus Cristo crucificado. Muitos elogiam Paulo, mas não querem passar pelas lutas e sofrimentos pelas quais ele passou; muitos o enaltecem e têm muito mais condições agora do que ele naquela época de pregar o Evangelho, e não o fazem. Vivemos uma igreja egoísta, em que as pessoas falam que são cristãs, frequentam templos, mas não evangelizam, não usam o dom que Deus lhes deu, não fazem uso da capacitação com que o Senhor as brindou para o trabalho. Vivemos uma época em que os cristãos não conhecem Cristo e nem o seu Poder, conhecem somente o que lhes dizem, são pessoas religiosas e não servos, discípulos de Jesus. "Portanto, vos peço que não desfaleçais nas minhas tribulações por vós, que são a vossa glória. Por causa disto me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Do qual toda a família nos céus e na terra toma o Nome, Para que, segundo as riquezas da sua glória, vos conceda que sejais corroborados com poder pelo seu Espírito no homem interior." (Efésios 3:13-16). Paulo orava, rendia-se ao Senhor, ajoelhava-se diante do Senhor para clamar pelos gentios, e a nós cabe também imitá-lo, e, assim como ele, não reclamar das nossas tribulações, mas saber que é motivo de alegria poder padecer em Nome do Senhor. Não importa como somos vistos pelas pessoas, devemos nos preocupar como o Senhor nos vê, porque temos a obrigação de agradar-lhe e fazer a sua vontade, porque só assim alcançaremos Vida em Jesus Cristo. Fomos chamados, então que cumpramos a nossa missão, porque o discípulo de Jesus é prisioneiro em Cristo, e a única coisa que busca é a sua salvação, que é como a libertação. Não buscamos nenhuma recompensa aqui, mas a nossa liberdade está no Senhor a seu lado por toda a eternidade. "Para que Cristo habite pela fé nos vossos corações; a fim de, estando arraigados e fundados em amor, Poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade, E conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus. Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera, A esse Glória na igreja, por Jesus Cristo, em todas as gerações, para todo o sempre. Amém." (Efésios 3:17-21). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário