Pular para o conteúdo principal

COMO AGRADAR A DEUS

"Finalmente, irmãos, vos rogamos e exortamos no Senhor Jesus, que assim como recebestes de nós, de que maneira convém andar e agradar a Deus, assim andai, para que possais progredir cada vez mais." (1 Tessalonicenses 4:1)

         A nossa responsabilidade em relação não somente ao que pregamos e ensinamos, mas muito mais à maneira como nos portamos é muito grande, porque o nosso modo de viver, agir, portar, o nosso procedimento tem que ser de acordo com o que falamos, uma vez que as pessoas nos observam e nos imitam. E se estivermos sendo hipócritas, falando uma coisa e fazendo outra, com certeza iremos prestar contas ao Senhor. Devemos ter a tranquilidade de poder falar como o apóstolo Paulo falava e cobrava, exigindo que as pessoas procedessem da mesma maneira que ele. Temos que, na nossa casa, em nosso trabalho, em nossos momentos de lazer, junto dos amigos, familiares, colegas, superiores, subalternos, enfim de todos, devemos ser autênticos e sempre viver de acordo com a Palavra de Deus, porque nós pregamos, ensinamos muito mais com o nosso jeito de viver do que com palavras. Falamos em santidade, mas, antes de ensinar, devemos nós sermos os modelos, os exemplos; falamos de fé, de amor e de prática do Evangelho, mas devemos, primeiramente, viver o Evangelho. Não podemos andar preocupados com alguém nos pegar, nos surpreender agindo de maneira errada, porque, antes de qualquer pessoa nos surpreender, o Senhor já sabe do nosso comportamento. Podemos esconder de todos, mas não do Senhor, que conhece os nossos pensamentos antes mesmo de nós o discernirmos. Temos que dar um bom testemunho do Evangelho, e, uma vez que sabemos que o Evangelho é o próprio Senhor Jesus, então temos a obrigação de agir em conformidade com Ele. Não podemos de maneira nenhuma macular o Nome do Senhor; assim falamos, pregamos e vivemos o Evangelho de Jesus Cristo."Porque vós bem sabeis que mandamentos vos temos dado pelo Senhor Jesus." (1 Tessalonicenses 4:2). Todos devem saber o que pregamos, podem até não concordar, não aceitar, mas devem saber que falamos de Cristo e procuramos viver de acordo com os seus preceitos. Assim, a nossa exortação tem que ser de acordo com o que vivemos, porque como podemos falar em obediência se nós mesmos não obedecemos? Como podemos falar em Amor de Cristo se nós mesmos não amamos o próximo? Portanto, é fundamental falar, pregar o Evangelho, mas muito mais importante é vivê-lo, porque é somente a nossa obediência que agrada ao Senhor.
 "Porque esta é a vontade de Deus, a vossa santificação; que vos abstenhais da fornicação; Que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santificação e honra; Não na paixão da concupiscência, como os gentios, que não conhecem a Deus." (1 Tessalonicenses 4:3-5). Santificação é fugir de todo tipo de pecado, de prostituição, que engloba o adultério, a fornicação e outros. A fornicação é o pecado cometido quando duas pessoas de sexos diferentes, sem se casarem, mantêm relacionamento sexual. E esse relacionamento pode ser somente por toque, sem mesmo a penetração, ou simplesmente mental, porque Jesus disse que basta olhar com olhos impuros para o sexo oposto que já pecamos. Já o adultério é quando uma pessoa casada se relaciona sexualmente com uma outra que não o seu cônjuge. Mesmo que essa outra pessoa seja solteira, o pecado é adultério, porque ela estará adulterando, traindo com uma casada. Assim, quem comete a fornicação, geralmente, são os jovens solteiros que ainda não se casaram e vivem no arroubo da juventude. A eles nós alertamos para que tomem cuidado e fujam desse pecado, porque por ele perderão a vida. Não se pode viver na concupiscência, que é a vontade desenfreada da carne, ou seja, que não satisfaçam os desejos carnais, que saibam se controlar e, se for difícil, que se casem para que não vivam no pecado. Aprendam a viver em santidade, aprendam a agir como verdadeiros cristãos, buscando sempre proximidade com o Senhor, procurando se unir a Ele de maneira permanente."Ninguém oprima ou engane a seu irmão em negócio algum, porque o Senhor é vingador de todas estas coisas, como também antes vo-lo dissemos e testificamos." (1 Tessalonicenses 4:6). Ser cristão é ser honesto, é não enganar o próximo, é não tentar passar a perna no outro, ou se aproveitar de uma situação. O cristão não aproveita o momento de dificuldade de alguém para adquirir algo barato, porque isso é covardia e desumano. Mas em toda situação procura ser justo e faz negócios justos. Devemos pagar salários justos e honestos, devemos valorizar o ser humano, devemos cuidar do próximo como gostaríamos de ser cuidados. Sempre que possível, favorecer, ajudar, socorrer a quem precisa, e nunca tentarmos ser espertos, porque, quando assim procedemos, tentando enganar ou levar vantagens, estamos sendo tolos diante do Senhor. Todas as vezes em que passamos alguém para trás, que nos aproveitamos de uma situação, com certeza prestaremos contas daquele ato, e de uma maneira muito séria. Ser cristão, ser discípulo de Jesus é andar, viver de acordo com o Evangelho; é muito mais do que falar que é evangélico, que é crente, é ser seguidor de Jesus, ser um praticante do Evangelho de Jesus Cristo todo o tempo e com todo o seu ser. "Porque não nos chamou Deus para a imundícia, mas para a santificação. Portanto, quem despreza isto não despreza ao homem, mas sim a Deus, que nos deu também o seu Espírito Santo." (1 Tessalonicenses 4:7-8). Deus nos chamou para sermos santos Nele, isto é, viver em santidade, praticar a santificação. Se realmente o amamos, lhe obedecemos e vivemos de maneira justa, piedosa em amor. Ele nos deu livre arbítrio, podemos escolher obedecer ou desobedecer a Ele, mas temos que saber que iremos prestar contas das nossas desobediências. A Palavra do Senhor se cumpre tanto para o bem como para o mal. A salvação é para os obedientes, e a desonra, sofrimento e morte para os desobedientes; assim cabe a nós escolher qual queremos ser. "Quanto, porém, ao amor fraternal, não necessitais de que vos escreva, visto que vós mesmos estais instruídos por Deus que vos ameis uns aos outros; Porque também já assim o fazeis para com todos os irmãos que estão por toda a macedônia. Exortamos-vos, porém, a que ainda nisto aumenteis cada vez mais. E procureis viver quietos, e tratar dos vossos próprios negócios, e trabalhar com vossas próprias mãos, como já vo-lo temos mandado; Para que andeis honestamente para com os que estão de fora, e não necessiteis de coisa alguma." (1 Tessalonicenses 4:9-12). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Comentários

Postagens Mais Acessadas

RAÇA DE VÍBORAS? QUEM SÃO?

E, vendo ele muitos dos fariseus e dos saduceus que vinham ao seu batismo, dizia-lhes: Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira futura?(Mateus 3. 7)
           Aqui vemos como João Batista pregava, como ele falava e exortava para que os mesmos abandonassem os pecados e a religiosidade, muitos não gostavam porque achavam a pregação dura, mas João é aquele que foi enviado para preparar o caminho para Jesus, é o qual o Senhor testemunhou dele. “E eu vos digo que, entre os nascidos de mulheres, não há maior profeta do que João o Batista; mas o menor no Reino de Deus é maior do que ele.” (Lucas 7.28) João Batista não ficava alisando ego, não prometia bênçãos sem fim, nem mesmo prosperidade, mas chamava ao arrependimento. Ele não concordava com o fato de pecadores contumazes irem buscar somente o batismo com ele, ouvir a pregaçã o curta e direta dele, porém continuarem nos erros, nos pecados. Da mesma maneira existem hoje milhares de pessoas que gostam de ir à igrejas, de falarem o n…

A DIFERENÇA ENTRE O JUSTO E O ÍMPIO

Então vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus e o que não serve. (Malaquias 4.1)
                 Veja que a palavra de Deus chama a nossa atenção para que observemos as pessoas, que teme ao Senhor e as que não temem; devemos observá-las pela forma como vivem como enfrenta os problemas quando surgem, como educa e trata os seus familiares, e principalmente como reage diante do inesperado. Pois o mal vem sobre os justos e injustos, sobre bons e mal. “Para que sejais filhos do Pai que está nos céus; porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons e a chuva desça sobre justos e injustos.”(Mateus 5.45) Mas a diferença é exatamente como encaramos, pois se somos Justos, somos tementes e praticante da palavra, usaremos o nome e o poder do nome de Jesus e mandaremos o mal embora; e  também por maior que sej a o problema que estamos atravessando,   sabemos que vai passar logo, e temos paz, não perdemos a paz, e não nos desesperamos, pois a nossa confi…

FOME DA PALAVRA.

Eis que vêm dias, diz o Senhor Jeová, em que enviarei fome sobre a terra, não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do Senhor. (Amós 8.11)
Temos um grande número de pessoas que buscam as igrejas somente para ouvir palavras de consolo, incentivo, ou bênçãos, pessoas estas que decoram alguns versículos e se pauta por eles, e exigem as suas bênçãos, e isto com respaldo, uma vez que pregadores estão distribuindo, ou vendendo bênçãos, prosperidade e tranqüilidade. Estas pessoas não querem saber de ouvir a verdade, não querem saber de obediência, querem salvação, e bênçãos somente por ir a igrejas. Chegará o dia que irão querer ouvir a palavra verdadeira e não acharão, não encontrarão a verdade, somente as mentiras, e engano como já existem muitos por ai. “E irão errantes de um mar até outro mar e do Norte até o Oriente; correrão por toda parte, buscando a Palavra do Senhor, e não acharão.” (Amós 8.12) As pessoas viajarão de um país a outro tentando encontrar pregadores da …