NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

NÃO SABEM

"Não sabeis vós, irmãos (pois que falo aos que sabem a lei), que a lei tem domínio sobre o homem por todo o tempo que vive?" (Romanos 7:1)

         Fico assustado com tantos pregadores que, para justificarem os seus ensinos heréticos, suas pregações de promessas mentirosas, se fundamentam na antiga lei. Vejo pregações e cultos inteiros ser apresentados através de versículos ou mandamentos de levíticos ou Deuteronômio. Querem praticar, ou melhor, querem receber o que Deus prometeu para os hebreus, mas não querem obedecer, como o Senhor exigia e determinava. São muitos os que amam fazer campanhas, estudos, promessas através de Deuteronômio 28, mas da primeira parte, é claro, até o verso 14, e jamais passam disso. Querem falar de bênção e não de maldições, o que ali é promessa de Deus a todos os desobedientes. Também querem buscar na lei a oportunidade, a chance de se divorciarem e casarem de novo, mas não querem ser apedrejados quando são pegos em adultérios. Uma raça de hipócritas tem dominado o mundo denominado gospel evangélico, onde as pessoas não buscam o Senhor, e sim pregações mentirosas para alisarem os seus egos. Não buscam ser servos, mas querem ser servidos, querem que Deus seja o servo deles para estar somente atendendo a seus pedidos. Não procuram a verdade, desejam somente ouvir alguém dizer que vão receber alguma coisa, que vão ser abençoados, que o milagre vai chegar, que vão prosperar. Não querem saber de renúncia, de abandono de pecado, de conversão, de entrega, de vida, de salvação. Falam em avivamento, que nada mais é do que festa e diversão nos templos; são danças, músicas, campanhas, shows, são eventos em clubes sociais, e não a verdade. Mas esses pregadores, os mestres desse engano fazem isso não por desconhecimento, mas porque são hereges e buscam somente bens materiais, são homens que não temem o Senhor; são pessoas perdidas, que, a bem da verdade, são mortas espiritualmente. São servos do diabo, porque, apesar de falarem, citarem o nome do Senhor, o compromisso que têm é com o mundo, por isso têm a preocupação de conduzir o povo a seus templos, mas que pratiquem os seus ensinamentos, e não o de Jesus Cristo. Paulo faz referência e dá um exemplo claro do que é a lei, mostrando que ela tem poder sobre a pessoa enquanto ela vive. Da mesma maneira, na época da lei de Moisés, todos os hebreus deveriam obedecer e, se desobedecessem, eram mortos a pedrada. A bênção vinha através da obediência, vinha através de obra, mas essa lei se cumpriu em Jesus, e hoje o que vivemos é a Graça de Jesus Cristo. Paulo aqui ainda mostra como é o casamento diante do Senhor, e olha que não é mandamento novo.
 "Porque a mulher que está sujeita ao marido, enquanto ele viver, está-lhe ligada pela lei; mas, morto o marido, está livre da lei do marido." (Romanos 7:2). Muito antes da lei, Deus já tinha determinado que o casamento jamais seria dissolvido, que não existe separação, não existe divórcio, pois são uma só carne. Assim, sabemos que a mulher casada, a esposa, jamais conseguirá se livrar, se libertar do marido, a não ser pela morte, não importa onde estejam e o que estejam fazendo. Já na época de Moisés, para aliviar, pela dureza do coração do povo, Moises autorizou, permitiu o divórcio, mas Jesus deixou bem claro que isto, essa ação, leva as pessoas à morte espiritual, porque quem pratica o divórcio não tem salvação pela dureza do coração. Deus só irá nos perdoar se perdoarmos o nosso semelhante, assim, em caso de adultério, a pessoa pode até se divorciar que não peca, mas não pode casar novamente, pois assim perde a salvação. Portanto, não adianta tentar justificar, qualquer que seja a ação, ato, através da antiga lei, porque ela se cumpriu, e hoje vivemos Jesus, e o que Ele fala é Lei, e é impossível mudá-la. Também temos que observar que a questão é tão séria que Paulo faz referência entre a lei e a Graça como entre um casamento; assim como no livro de Efésios ele faz referência entre o casamento e a igreja, entre Jesus e a noiva, a sua igreja. Vemos a seriedade do casamento, a aliança indissolúvel que é, mas que muitos estão tentando desfazer a seu bel prazer; vemos supostos pastores trocarem de esposas, mulheres trocarem de marido, e ainda falam que é bênção do Senhor. "De sorte que, vivendo o marido, será chamada adúltera se for de outro marido; mas, morto o marido, livre está da lei, e assim não será adúltera, se for de outro marido." (Romanos 7:3).Portanto, sabemos que todas mulheres, todos os homens que se divorciaram, separam e se aventuraram em novos relacionamentos, que casaram de novo estão em adultério. E que as pessoas que estiverem envolvidas com estes também estão em adultério, e sabemos que os adúlteros não herdarão a vida eterna. Paulo mostra isso pra que não haja dúvidas, porque quem também deseja viver na antiga lei e não na Graça está recusando o Sangue precioso de Jesus, está desconhecendo o sacrifício da Cruz. Assim como os adúlteros são mortos espiritualmente, os que adulteram a Palavra de Deus e querem viver na lei e não em Jesus também estão mortos. "Assim, meus irmãos, também vós estais mortos para a lei pelo corpo de Cristo, para que sejais de outro, daquele que ressuscitou dentre os mortos, a fim de que demos fruto para Deus. Porque, quando estávamos na carne, as paixões dos pecados, que são pela lei, operavam em nossos membros para darem fruto para a morte." (Romanos 7:4-5). Temos que saber que a lei se cumpriu e vivemos na Graça salvífica de Jesus Cristo. Não mais a lei, somos mortos para a ela e vivos para Cristo. Portanto, não praticamos, mas obedecemos em tudo a Cristo, pois Ele é Vida. A lei não dava vida, não salvava ninguém, pois era impossível que ritos e outras coisas pudessem salvar, mas veio o Filho de Deus e nos resgatou. Portanto, somos obedientes a Ele, a sua Palavra é Lei. "Mas agora temos sido libertados da lei, tendo morrido para aquilo em que estávamos retidos; para que sirvamos em novidade de espírito, e não na velhice da letra." (Romanos 7:6). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário