NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

QUEM É PASTOR

"Por esta causa te deixei em Creta, para que pusesses em boa ordem as coisas que ainda restam, e de cidade em cidade estabelecesses presbíteros, como já te mandei." (Tito 1:5)

Observamos com cuidado as determinações de Paulo a Tito, ou melhor, a missão que o encarregou de cumprir. A função de Tito era a de organizar, colocar as coisas em ordem nas igrejas em Creta, e, principalmente, escolher, nomear os pastores para aquelas congregações. Presbíteros, pastores, ou bispos, na Bíblia, é a mesma coisa, quer dizer simplesmente supervisores de igrejas, ou pastores. Paulo determina que Tito escolha e nomeie pastores para as congregações, mas o que nos chama atenção são as qualificações exigidas para estes, que são as mesmas que havia passado a Timóteo. Assim sabemos, aprendemos aqui quais as qualificações que são necessárias para alguém assumir a função de supervisor de igreja, ou melhor, de pastor. "Aquele que for irrepreensível, marido de uma mulher, que tenha filhos fiéis, que não possam ser acusados de dissolução nem são desobedientes." (Tito 1:6). Paulo começa dizendo que tem quer irrepreensível, marido de uma mulher - e não esposa de um marido -, portanto, logo de início já está descartada a possibilidade de mulher vir a ocupar esse cargo. A função de pastor ou supervisor de igreja só pode ser exercida por homens, assim fica bem claro à luz da Palavra que não existem mulheres pastoras. E o homem que exercer a função de pastor ou supervisor de igreja tem que ser casado, solteiro ou viúvo, mas jamais casado com uma divorciada, ou estar casado pela segunda ou terceira vez, e muito menos estar divorciado ou separado. Também não pode, em hipótese alguma, ter filhos desobedientes, arruaceiros, viciados ou que causem vergonha aos seus pais, porque os filhos dos pastores têm que ser exemplos, educados para viverem como verdadeiros cristãos; logo, antes de ser pastor, antes de cuidar do rebanho do Senhor, é necessário que saiba cuidar, educar seus próprios filhos. Portanto, quando nos deparamos com pessoas que se dizem pastores, mas que têm filhos homossexuais, ladrões, violentos ou outra coisa qualquer sabemos que alguma coisa está errada, pois se está indo contra a Palavra de Deus. Infelizmente, observamos que, atualmente, encontramos todos os tipos de pessoas que se dizem pastores e criaram a função de pastoras, sendo que no Evangelho ela não existe. A única referência que a Bíblia faz a respeito de pastoras é de cuidadoras de cabras, ovelhas, animais quadrúpedes, e não de igreja ou do rebanho do Senhor. Muito pelo contrário, a Bíblia deixa claro que não existe mulher no comando ou direção da igreja do Senhor, assim como encontrarmos pessoas divorciadas em segundo e terceiro casamento nos púlpitos se dizendo pastores, bem como pais de filhos com o pior comportamento possível.
 "Porque convém que o bispo seja irrepreensível, como despenseiro da casa de Deus, não soberbo, nem iracundo, nem dado ao vinho, nem espancador, nem cobiçoso de torpe ganância; Mas dado à hospitalidade, amigo do bem, moderado, justo, santo, temperante." (Tito 1:7-8). O supervisor de igreja, que é o mesmo que presbítero e bispo, tem que ser um homem do qual todos tenham um bom testemunho, deve ser uma pessoa confiável como representante de Deus, porque é exatamente isto que é um pastor: um representante de Deus, porque o que ele tem que falar, ensinar, orientar é de acordo com a Lei, a Palavra de Deus. O pastor não pode estar expondo suas opiniões, e sim falando do Evangelho, falando do Reino, assim, obrigatoriamente, tem que viver de acordo com o Reino. Não pode ser pessoa que goste de bebida alcoólica, nem violento, nem viver com raiva, ou de mau humor, porque quem vive no Reino sempre está de bom humor, sempre tranquilo, porque vive sempre com o Senhor. Também não pode ser soberbo ou se julgar melhor ou superior aos demais, porque a simplicidade tem que ser o seu cartão de visita, porque sabemos que Jesus é simples. As coisas do Reino são simples, a maneira de o cristão viver é simples e sem qualquer complicação, portanto há incompatibilidade com a ganância. O pastor não pode viver preocupado em ganhar dinheiro, em adquirir bens materiais, mesmo porque a sua herança é o Senhor, e assim ele vive do Maná do Senhor, se mantém através da congregação. Mas viver é não se preocupar em ganhar dinheiro, comprar propriedades, nem mesmo deve ter uma outra atividade, porque tem que estar disponível para as ovelhas, para o povo de Deus sempre. Assim, esses que se dizem pastores, mas são empresários, comerciantes, pessoas que vivem em busca de ganhar dinheiro, ou que estão envolvidos com as coisas do mundo, estão totalmente contrários à Palavra de Deus e não são pastores legítimos, pelo menos não do Senhor. O pastor tem que ser pessoa tranquila, sempre disposta a ajudar a todos, mas de acordo com a Palavra de Deus; praticar a misericórdia e, fundamentalmente, viver em santidade"Retendo firme a fiel Palavra, que é conforme a doutrina, para que seja poderoso, tanto para admoestar com a sã doutrina, como para convencer os contradizentes." (Tito 1:9). É necessário que o pastor seja um homem voltado exclusivamente para as coisas de Deus, conhecendo bem as leis do Reino e sempre pronto para expor de maneira clara as ordenanças do Senhor. Sempre em todo o tempo condenar o pecado e saber expor de maneira clara o Evangelho de Jesus Cristo para crentes e não crentes. "Porque há muitos desordenados, faladores, vãos e enganadores, principalmente os da circuncisão, Aos quais convém tapar a boca; homens que transtornam casas inteiras ensinando o que não convém, por torpe ganância. Um deles, seu próprio profeta, disse: Os cretenses são sempre mentirosos, bestas ruins, ventres preguiçosos. Este testemunho é verdadeiro. Portanto, repreende-os severamente, para que sejam sãos na fé." (Tito 1:10-13). Devemos estar sempre alertas, porque são muitos os pregadores que se dizem pastores, mas estão simplesmente a serviço do inferno, pois ensinam contra a própria Palavra, contra o Evangelho. São pessoas que utilizam um versículo fora de contexto para justificar os seus ensinos, que falam do que não conhecem e buscam simplesmente respostas materiais. Dizem-se pastores, mas estão preocupados somente com a lã das ovelhas; são os criadores de campanhas, desafios, votos, são os que pedem ofertas para tudo, e suas pregações são voltadas para questões materiais e físicas. "Não dando ouvidos às fábulas judaicas, nem aos mandamentos de homens que se desviam da verdade. Todas as coisas são puras para os puros, mas nada é puro para os contaminados e infiéis; antes o seu entendimento e consciência estão contaminados. Confessam que conhecem a Deus, mas negam-no com as obras, sendo abomináveis, e desobedientes, e reprovados para toda a boa obra." (Tito 1:14-16). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário