NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

terça-feira, 25 de outubro de 2016

DEUS E O CASAMENTO

"Digo, porém, aos solteiros e às viúvas, que lhes é bom se ficarem como eu." (1 Coríntios 7:8)

 Vejo muitas pessoas, pregações e ensinos falarem como se o casamento fosse mandamento de Deus, que todas as pessoas tivessem que casar e constituir família. Mas isto não é verdade, basta analisarmos as Escrituras desde o início, quando da criação do homem. Deus disse que não seria bom que o homem ficasse só, mas não determinou que se casasse, além do que Jesus mesmo disse que nem todos têm esse dom. Alguns não receberam esse ministério, porque casamento é um ministério, e, por muitos não entenderem e não compreenderem isto, são infelizes e fazem infelizes outras pessoas. O fato de uma pessoa optar por viver só, por se dedicar à obra do Senhor não a transforma em homossexual, ou em uma pessoa com aversão ao sexo oposto, simplesmente ela resolveu viver para o Senhor e evitar aborrecimentos. O apóstolo Paulo aqui dá orientações aos solteiros e viúvos para que, se puderem, que fiquem como ele, Paulo, que vivia só para a obra de Deus. Acho que, principalmente os viúvos, viúvas, que já tiveram uma experiência, deveriam não mais buscar maridos, esposas, mas se dedicarem a servir o Noivo, que é Cristo. Infelizmente, muitos acham incompatível uma pessoa ser solteira e ser pastor, isto por causa do desconhecimento da Palavra de Deus. Mas, a bem da verdade, um homem solteiro tem muito mais condições de cuidar do rebanho do Senhor do que um casado. "Mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se." (1 Coríntios 7:9). Entretanto, se a pessoa, homem ou mulher, vive o tempo todo afogueado, pensando em sexo, com desejos, com tesão, então que se case para evitar o pecado. Não se pode falar em ficar só, se a pessoa vive o tempo todo olhando, pensando e desejando o sexo oposto. Assim, não teria condições de cuidar das coisas do Senhor; além de pecar, ainda conduziria outras pessoas ao erro, ao pecado, além de viver em constante sofrimento. Como Jesus disse, nem todos têm esse dom. Mas, se for possível viver sem estar abrasado e sem ter o sexo oposto, que assim o faça e tenha uma comunhão maior com o Senhor, tenha mais disponibilidade para a obra de Deus. O que devemos saber é que não existe obrigatoriedade da parte do Senhor para que as pessoas se casem, isso é uma opção nossa, que devemos avaliar bem, porque estamos não somente decidindo por nós, mas também por uma outra pessoa que passará a fazer parte da nossa carne, e que tem que ter, receber todo amor e atenção. Temos que pensar em nossa felicidade, mas na do próximo também, porque depois do casamento passa-se a ser uma só carne.
 "Todavia, aos casados mando, não eu mas o Senhor, que a mulher não se aparte do marido."(1 Coríntios 7:10). Veja que o apóstolo Paulo fala que é mandamento do Senhor e não dele que, quando casado, não se separe. Observamos que Paulo faz questão de dizer que o Senhor manda e não ele que a mulher jamais se separe do marido. E vemos mulheres, homens, por qualquer motivo, ameaçar separar, se divorciar, até mesmo por causa do adultério se divorciar e ainda dizerem que amam, que obedecem ao Senhor. Quando vemos as pessoas com esse comportamento, sabemos que não conhecem o Senhor e que não lhe obedecem. Se a pessoa fez a opção pelo casamento, então que saiba que está ligada a outra pessoa até que a morte as separe, tem que saber que está assumindo uma outra pessoa com a natureza diferente, e, como todos, com virtudes e também com muitos defeitos. Mas o principal é saber que, aconteça o que acontecer, jamais pode se separar, porque o casamento, depois de realizado, só se desfaz com a morte, somente a viuvez é que deixa ao outro a opção de um novo casamento, de novas núpcias."Se, porém, se apartar, que fique sem casar, ou que se reconcilie com o marido; e que o marido não deixe a mulher." (1 Coríntios 7:11). Nunca se deve deixar o cônjuge, e, se por algum motivo isto vier acontecer, que se busque a reconciliação. Se o marido, a esposa, por algum motivo deixar, abandonar a outra parte, então que o cônjuge se santifique, que busque no Senhor a restauração, porque essa é a vontade do Senhor. Não existe causa de exceção, não existe nenhuma possibilidade de alguém se aventurar em um recasamento, novo relacionamento, e permanecer na presença do Senhor, porque, segundo a Palavra de Deus, todos os que vivem um segundo ou terceiro relacionamento, se um dia foram casados, estão em adultério. E os adúlteros não herdarão o Reino de Deus é o que diz a Palavra de Deus."Mas aos outros digo eu, não o Senhor: Se algum irmão tem mulher descrente, e ela consente em habitar com ele, não a deixe. E se alguma mulher tem marido descrente, e ele consente em habitar com ela, não o deixe." (1 Coríntios 7:12-13). A partir daí é que muitos fazem confusão, porque daqui para frente está se falando dos outros, dos que não estão casados legalmente, dos que vivem juntos como se casados fossem, os popularmente chamados de amigados. A orientação do apóstolo é a de que, estando juntos, não se deve separar, mas procurar legalizar a situação. "Porque o marido descrente é santificado pela mulher; e a mulher descrente é santificada pelo marido; de outra sorte os vossos filhos seriam imundos; mas agora são santos. Mas, se o descrente se apartar, aparte-se; porque neste caso o irmão, ou irmã, não está sujeito à servidão; mas Deus chamou-nos para a paz. Porque, de onde sabes, ó mulher, se salvarás teu marido? ou, de onde sabes, ó marido, se salvarás tua mulher?" (1 Coríntios 7:14-16). Aqui, quando está se referindo a marido, não é marido de fato, e sim a pessoa que vive em concubinato, que vivem juntos somente. O conselho é de que se deve legalizar a situação e não se separar, mas se um dos dois resolve deixar, separar-se do outro, então a outra parte não deve lutar nem ir atrás, porque o senhor não tem nenhum compromisso com esse relacionamento, que é de pecado de fornicação, uma vez que, como realmente não são casados, é impossível um salvar o outro, porque não são uma só carne. "E assim cada um ande como Deus lhe repartiu, cada um como o Senhor o chamou. É o que ordeno em todas as igrejas." (1 Coríntios 7:17). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário