NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

SUPORTANDO OS FRACOS

"Mas nós, que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos, e não agradar a nós mesmos. Portanto cada um de nós agrade ao seu próximo no que é bom para edificação." (Romanos 15:1-2)

 Todos os cristãos "fortes", aqueles cujas convicções bíblicas em Cristo lhes permite mais liberdade que os "fracos", devem suportar os mais fracos, e não apenas tolerá-los. A expressão suportar não significa apenas tolerar, mas sustentar com amor fraterno e compreensivo. Observamos em templos os que se acham fortes desprezarem os mais fracos, criticarem e até mesmo os acusar. Mas temos que conhecer com profundidade a Palavra de Deus para colocá-la em prática, porque somente assim entenderemos qual é a nossa obrigação diante dos mais fracos na fé, mesmo porque ninguém tem a obrigação ou o dever de ter o mesmo conhecimento que nós temos, assim como também não temos de ter o mesmo conhecimento dos sábios, dos mais fortes, dos mestres. Para iniciar, devemos saber que sabedoria é o princípio da obediência, e os mandamentos de Jesus são: amar a Deus acima de tudo e todos e ao próximo como a nós mesmos. Portanto, se realmente estivermos obedecendo a Ele, praticamos os seus mandamentos e amamos a Deus, e amar a Deus é obedecer, e, se lhe obedecemos, amamos o próximo como a nós mesmos. Assim, não devemos criticar ou desprezar os mais fracos na fé e sim suportá-los, ajudá-los, socorrê-los. Não temos que nos preocupar em nos agradar ou fazer a nossa vontade; temos que nos preocupar em fazer a vontade de Cristo. "Porque também Cristo não agradou a si mesmo, mas, como está escrito: Sobre mim caíram as injúrias dos que te injuriavam." (Romanos 15:3). Ser cristão é ser discípulo de Jesus, é procurar imitá-lo em tudo, e, se somos seus discípulos, seus aprendizes, devemos agir em toda situação de maneira igual. Assim como Jesus nos amou tanto que deu a sua vida para nos salvar, nos resgatar das trevas do pecado, também devemos fazer tudo para levar luz e conhecimento a todos. Não merecíamos, e Jesus nos suportou e ainda nos suporta, uma vez que vivemos em desobediência e pecado, e Ele continua nos amando e perdoando. Assim, se realmente somos fortes em Cristo, devemos demonstrar essa força vivendo em obediência e suportando os irmãos que ainda são fracos na fé. Mas não podemos confundir fraqueza com rebeldia.
 "Porque tudo o que dantes foi escrito, para nosso ensino foi escrito, para que pela paciência e consolação das Escrituras tenhamos esperança." (Romanos 15:4). Tudo o que está escrito na Bíblia, toda a Escritura é para o nosso ensinamento, e é aproveitável para o nosso crescimento espiritual. Assim, não existe uma só parte que pode ser desprezada, isto não quer dizer que devemos vivê-la como está, mesmo porque devemos ter discernimento sobre histórias de Israel e mandamento do Senhor, e temos que compreender o que é lei e a Graça, saber que vivemos na Graça em Jesus e, portanto, devemos praticar o Evangelho Dele. Mas tanto os profetas com os salmos quanto as histórias de Israel servem para nos mostrar quem é Deus, e assim compreender que a Promessa é Jesus. Temos de observar os vários exemplos bíblicos, os testemunhos do Poder de Deus, e também entender que não somos e nem seremos Davi, Jacó ou outro da Bíblia, porque foram pessoas abençoadas e que venceram pela obediência e amor de Deus. Nós podemos receber mais ou menos, ser mais ou menores, mas cada um de nós tem que ser simplesmente filho, servo do Senhor. Conhecendo as Escrituras, praticando o Evangelho de Jesus Cristo, sabemos que Ele existe, é real, vive, e nos dará salvação se permanecermos firmes Nele. "Ora, o Deus de paciência e consolação vos conceda o mesmo sentimento uns para com os outros, segundo Cristo Jesus, Para que concordes, a uma boca, glorifiqueis ao Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo." (Romanos 15:5-6). A disposição de pensar em concordância significa buscar "um mesmo sentir" (a unidade). Não há possibilidade de todos os crentes pensarem de igual modo, mas é possível em Cristo que concordemos em tratar com fraternidade, tolerância e respeito todas as nossas diferenças. Devemos pensar e tratar os outros, especialmente os irmãos, indiscriminadamente, da mesma maneira que Cristo fez conosco. Mas isto não quer dizer que devemos aceitar ou concordar com o pecado, e sim orientar quem esteja em erro que o abandone. Temos que amar como Cristo amou, agir como Ele agiu, porque Ele atendeu todos os que o buscavam, deu instruções, mas todo o tempo condenou o pecado, e não titubeava em chamar os pecadores e falsos de hipócritas. "Portanto recebei-vos uns aos outros, como também Cristo nos recebeu para glória de Deus." (Romanos 15:7). Assim, recebamos todos e procuremos entender, compreender as fraquezas de todos, porque isto é mandamento do Senhor. E também porque não somos melhores do que ninguém; somos simplesmente servos do Senhor. Muitos querem servir o Senhor e o amam, mas, por não terem conhecimento pleno da verdade, acabam errando. Destes devemos não somente nos aproximar como conduzi-los, suportar as suas fraquezas. Temos que compreender com maior profundidade o que é o amor de Deus. "Digo, pois, que Jesus Cristo foi ministro da circuncisão, por causa da verdade de Deus, para que confirmasse as promessas feitas aos pais; E para que os gentios glorifiquem a Deus pela sua misericórdia, como está escrito: Portanto eu te louvarei entre os gentios, E cantarei ao teu Nome. E outra vez diz: Alegrai-vos, gentios, com o seu povo. E outra vez: Louvai ao Senhor, todos os gentios, E celebrai-o todos os povos." (Romanos 15:8-11). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário