NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

LEI ULTRAPASSADA.


"Então alguns que tinham descido da Judéia ensinavam assim os irmãos: Se não vos circuncidardes conforme o uso de Moisés, não podeis salvar-vos." (Atos 15:1)

 Naquela época, Paulo já enfrentava problemas seriíssimos com pessoas que teimavam em não abandonar uma lei arcaica que já tinha tido o seu prazo de validade, porque a lei nada mais foi do que uma espécie de muletas até a vinda de Jesus, e somente Jesus teve condições de cumprir toda a lei. Mas aqui o escritor do livro de Atos (Lucas) relata como alguns irmãos tinham vindo da Judéia e estavam ensinando preceitos da antiga lei. Estavam ensinando que, para se salvar, os irmãos deveriam cumprir o rito da circuncisão, que é um sinal externo, uma marca no pênis dos homens. Mas isso foi no passado, porque Jesus já tinha vindo e dito que queriam que circuncidassem o coração e não mais essa marca, circuncisão externa. Jesus estava dizendo que queria uma conversão legítima, verdadeira, e não uma mostra externa, que para nada serve. "Tendo tido Paulo e Barnabé não pequena discussão e contenda contra eles, resolveu-se que Paulo e Barnabé, e alguns dentre eles, subissem a Jerusalém, aos apóstolos e aos anciãos, sobre aquela questão." (Atos 15:2). Paulo não aceitou, não permitiu, e ele juntamente com Barnabé repreenderam publicamente os que estavam ensinando preceitos e ritos, a lei, como se fossem mandamentos de Jesus. Assim nos deparamos com muitos pregadores pastores que teimam em misturar a lei com a Graça, que tentam fazer arranjos entre as duas coisas, não percebendo que são totalmente distintas. A lei veio para mostrar, revelar o pecado, mas não para solucioná-lo, ou eliminá-lo. E isto foi possível com Jesus, somente Jesus tirou o pecado do mundo, e nos libertou. E Cristo eliminou os dez mandamentos e deixou somente dois, que são muito mais abrangentes, mudou o olho por olho e dente por dente e trouxe o amor e perdão. Mostrou que para o Senhor não existem dias especiais como sábado, que todos os dias são iguais, e que não existe um pecado mais sério do que outro, que todos são iguais, portanto o que existe é o pecado, e os seus praticantes não herdarão o Reino. Assim, quando pregadores tentam justificar pregações através de mandamentos da lei, usando o livro de Levíticos para impor ponto de vista, estão errando, porque vivemos em Jesus, vivemos o Evangelho de Cristo.
 "E eles, sendo acompanhados pela igreja, passavam pela Fenícia e por Samaria, contando a conversão dos gentios; e davam grande alegria a todos os irmãos. E, quando chegaram a Jerusalém, foram recebidos pela igreja e pelos apóstolos e anciãos, e lhes anunciaram quão grandes coisas Deus tinha feito com eles." (Atos 15:3-4). Muitos que hoje fazem uso de parte da lei, que lhes é conveniente para justificar pregações e suas ações, não aceitam serem contestados e sempre entram com a argumentação que a Bíblia tem que ser usada por inteiro. Concordamos, mas não desta maneira, não nesse contexto, porque ali simplesmente nos mostra a lei que se cumpriu em Jesus e nos traz no Novo Testamento, na Nova Aliança, o que devemos praticar. Se existe um Novo Testamento, é porque o anterior, se houve um, já caducou, caso contrário não haveria a necessidade de um novo, mesmo porque não existem dois testamentos em vigor. Mas esses pregadores, os que gostam de fazer uso de parte da lei, não praticam o oferecimento de holocausto constante e nem exigem a morte por apedrejamento dos adúlteros, buscam somente o que se fala de bênção e permissão para o pecado."Alguns, porém, da seita dos fariseus, que tinham crido, se levantaram, dizendo que era mister circuncidá-los e mandar-lhes que guardassem a lei de Moisés. Congregaram-se, pois, os apóstolos e os anciãos para considerar este assunto."(Atos 15:5-6). Muitos querem justificar o divórcio através da lei, que Moisés pela dureza do coração permitiu, apesar de que não autorizou o recasamento. Mas as pessoas querem isso, e não querem ouvir Cristo. A hipocrisia dominante no meio denominado evangélico é assustadora, muitas vezes nos leva a pensar que essas pessoas estão determinadas a afrontar Jesus Cristo, o nosso Salvador. Devemos saber que se na antiga lei se falava em bênçãos materiais, agora, o que se fala na Graça a bênção é muito maior, porque é espiritual. Jesus não fala em riquezas materiais, mas fala em mansões espirituais. "E, havendo grande contenda, levantou-se Pedro e disse-lhes: Homens irmãos, bem sabeis que já há muito tempo Deus me elegeu dentre nós, para que os gentios ouvissem da minha boca a Palavra do Evangelho, e cressem. E Deus, que conhece os corações, lhes deu testemunho, dando-lhes o Espírito Santo, assim como também a nós; E não fez diferença alguma entre eles e nós, purificando os seus corações pela fé."(Atos 15:7-9).Circuncisão e outros preceitos da lei nada são, mas tudo é Cristo, é a Ele que devemos ouvir. Não podemos trazer rituais antigos como se fossem de algum valor, ou ensinar a prática de sacrifícios, porque Jesus disse que o que deseja de nós é simplesmente obediência a sua Palavra, a seu Evangelho. "Agora, pois, por que tentais a Deus, pondo sobre a cerviz dos discípulos um jugo que nem nossos pais nem nós pudemos suportar? Mas cremos que seremos salvos pela Graça do Senhor Jesus Cristo, como eles também." (Atos 15:10-11). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas,  ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário