NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quarta-feira, 22 de junho de 2016

PÁSCOA E HUMILDADE

"Ora, antes da festa da páscoa, sabendo Jesus que já era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, como havia amado os seus, que estavam no mundo, amou-os até o fim." (João 13:1)

 A Páscoa é uma festa judaica comemorada de forma diferente do que acontece em nosso país. Jesus sabia que quase todas as coisas já tinham se cumprido, sabia que a sua missão aqui estava no final, e que logo estaria voltando para o Pai. Jesus estava consciente de que estava próximo o momento de deixar o seu revestimento carnal e retornar para o Reino para Deus. Cristo amou muito os discípulos que Deus Pai lhe tinha dado, até o final, e além. Os discípulos tiveram o privilégio de experimentar, de forma concentrada, o grande amor de Deus pela humanidade. "E, acabada a ceia, tendo já o diabo posto no coração de Judas Iscariotes, filho de Simão, que o traísse, Jesus, sabendo que o Pai tinha depositado nas suas mãos todas as coisas, e que havia saído de Deus e ia para Deus, Levantou-se da ceia, tirou as vestes, e, tomando uma toalha, cingiu-se."(João 13:2-4). Jesus amou os seus discípulos de maneira Divina, porque, mesmo sabendo quem iriam traí-lo, Ele não os discriminou em momento algum e permitiu que eles concluíssem o seu mau intento. Jesus tem nos amado de maneira Divina também, porque, sabendo que nós vamos traí-lo, abandoná-lo, continua nos amando. O Senhor sabe quem são os traidores, os desobedientes, os rebeldes, os que o buscam somente em troca de bênçãos, mas que não o amam. Mas Jesus continua nos amando, e no seu imenso amor Ele nos corrige, ensina, para que possamos vir a desfrutar das abundâncias do seu amor. O diabo já tinha colocado no coração, na mente de Judas Iscariotes, discípulo e tesoureiro do ministério de Jesus, para o trair. Jesus sabia de tudo o que iria acontecer, sabia que ia ser entregue, crucificado, e que entregaria a sua vida na cruz. Sabia que ressuscitaria, que voltaria para o Pai, mas fez questão de antes deixar uma grande lição de humildade. Após a ceia, Ele se levanta da mesa, apanha uma toalha, para fazer o serviço de uma serva. Jesus tinha alertado que quem queria ser o maior no Reino de Deus que fosse o menor aqui. Ensina-nos a ser servos, porque a primeira lição que temos que aprender é ser servos de Deus.
 "Depois deitou água numa bacia, e começou a lavar os pés aos discípulos, e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido." (João 13:5). Jesus então começa a lavar os pés dos discípulos, vai lavando de um por um, o que era inconcebível para o entendimento deles, porque sabiam quem Ele era, o reconheciam como Mestre, como o Messias, e agora Ele estava lavando os seus pés. Eles estavam acostumados a lidar, ver os sacerdotes, escribas, fariseus, doutores da lei se colocarem em uma posição elevada. Os representantes religiosos, que eram soberbos e orgulhosos, jamais se permitiriam a isso, mas agora, vendo Jesus e sabendo quem Ele era, tendo visto tantos milagres que Ele realizou, tendo presenciado tantas coisas, inclusive ouvido Deus Pai falar do Céu que aquele era seu Filho amado e que eles deveriam ouvi-lo, agora veem Ele se abaixar e fazer o trabalho de um escravo, de um servo."Aproximou-se, pois, de Simão Pedro, que lhe disse: Senhor, tu lavas-me os pés a mim? Respondeu Jesus, e disse-lhe: O que eu faço não o sabes tu agora, mas tu o saberás depois. Disse-lhe Pedro: Nunca me lavarás os pés. Respondeu-lhe Jesus: Se eu te não lavar, não tens parte comigo."(João 13:6-8). Pedro reclamou e questionou o porquê de Jesus lavar os pés dele, mas Jesus estava dando um ensinamento e disse que ele entenderia depois. Jesus estava mostrando, dando exemplo para que no futuro eles fizessem o mesmo, não que fossem sair lavando os pés das pessoas, mas que fossem servos do Senhor, e amassem e cuidassem dos seus semelhantes. Jesus não mandou que ninguém saísse lavando pés como é do feitio de alguns, que em determinada época do ano fazem um teatro e lavam os pés das pessoas. Jesus é o nosso Mestre, e até hoje Ele continua sendo servo do Pai e também nosso, pois é Ele que nos atende, nós não temos nada que possamos dar a Ele, a não ser o nosso amor e fidelidade. Em contrapartida, recebemos tudo Dele, e ainda sempre estamos pedindo mais. "Disse-lhe Simão Pedro: Senhor, não só os meus pés, mas também as mãos e a cabeça." (João 13:9). Quando Jesus afirma a Pedro que, se Ele não lhe lavar os pés, ele não terá parte com Ele, Pedro automaticamente pede que não lave somente os seus pés, mas também as mãos e a cabeça. Vemos que Pedro amava muito o Senhor e não tinha medo de declarar isto. Pedro queria ter parte com Jesus, queria receber mais do Senhor, mesmo que ele não entendesse o que estava acontecendo, mas Ele queria agradar Jesus.
 "Disse-lhe Jesus: Aquele que está lavado não necessita de lavar senão os pés, pois no mais todo está limpo. Ora vós estais limpos, mas não todos." (João 13:10). Aquele que está lavado não precisa lavar a não ser os pés, porque quem está na presença do Senhor, quem conhece Jesus já foi lavado pela Palavra, mas tem que vigiar para onde vai, cuidar sempre dos pés, pois eles o conduzirão à morte ou à vida. Os nossos pés têm que ser calcados com o Evangelho da Salvação, porque, se não vigiarmos, mesmo conhecendo a Palavra, podemos perder a nossa vida. Jesus disse a Pedro que somente precisaria lavar os pés, porque o resto estava limpo, mas Judas Iscariotes não estava limpo, estava com os pés sujos, e, apesar de conhecer a Palavra, permitiria que os seus pés conduzissem à morte. Jesus sabia e disse isso, apesar de Judas ter tido os mesmos ensinamentos com o mesmo Mestre, mas permitiu que os seus pés o conduzissem à morte eterna. Muitos dos que estão lotando templos, que conhecem a Palavra, são como Judas, pois estão permitindo que os seus pés os conduzam à morte. "Porque bem sabia ele quem o havia de trair; por isso disse: Nem todos estais limpos. Depois que lhes lavou os pés, e tomou as suas vestes, e se assentou outra vez à mesa, disse-lhes: Entendeis o que vos tenho feito?"(João 13:11-12). Nem todos os que estão nos templos, ou que ocupam lugar de discípulos, estão lavados, muitos ainda não foram lavados e remidos pelo Sangue de Jesus. Os judas iscariotes lotam os templos, mas Jesus os conhece e sabe quem são todos eles, e, com certeza, se não se converterem, receberão o mesmo que Judas recebeu. Jesus volta à mesa e pergunta se os discípulos entenderam o que Ele tinha feito. Pergunta se eles entenderam o porquê de Ele ter lhes lavado os pés, qual foi o ensinamento. "Vós me chamais Mestre e Senhor, e dizeis bem, porque eu o sou. Ora, se eu, Senhor e Mestre, vos lavei os pés, vós deveis também lavar os pés uns aos outros. Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também."(João 13:13-15). Jesus então explica que Ele, sendo Mestre, e sendo reconhecido por eles assim, lavou os pés deles, então que eles façam o mesmo. Jesus está falando de humildade, porque o lavar os pés não é exatamente lavar os pés das pessoas, mas ajudar, socorrer, estar disponível sabendo que não somos superiores a ninguém, mas, ao contrário, nos colocar em posição de servos. Jesus já tinha dito que sempre deveriam procurar mais servir do que ser servidos. Assim aprendemos uma grande lição que ser pastor é ser servo, e não buscar ser servido por ninguém. Jesus, o nosso Mestre, foi servo, lavou os pés, aprendamos com isso e sejamos discípulos Dele. "Na verdade, na verdade vos digo que não é o servo maior do que o seu senhor, nem o enviado maior do que aquele que o enviou. Se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois se as fizerdes." (João 13:16-17) 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário