NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

PALAVRA FIEL

"Esta é uma palavra fiel: se alguém deseja o episcopado, excelente obra deseja." (1 Timóteo 3:1)

Almejar o episcopado é desejar ser exemplo em tudo e não só no falar; é estar disposto a ser um modelo de ensino em tempo integral. A palavra "episcopado" significa pastorado, dado que as palavras gregas "epíscopos", "poimen" e "presbítero" são de significado idêntico - bispo, pastor, presbítero ou ancião. Portanto, essa palavra é para os que querem ser pastores ou supervisores de igrejas, templos, porque aqui ela engloba os vários títulos, tais como apóstolos, presbíteros, bispos, pastores, anciãos, e outros criados recentemente. Mas, na verdade, são simplesmente pastores, e a função de pastores primeiramente é ser ovelha, pois, se não forem ovelhas ao pastoreio do grande pastor, Mestre Jesus, não servem como pastores aqui. Assim, quem deseja ser um pastor, cuidar de ovelhas está desejando algo excelente, pois está desejando praticar a Palavra do Senhor, cuidar do seu rebanho. "Convém, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma mulher, vigilante, sóbrio, honesto, hospitaleiro, apto para ensinar." (1 Timóteo 3:2). Para ser um pastor existem certas qualificações que são necessárias, sem as quais é impossível ser pastor do rebanho do Senhor. Ser pastor é receber o chamado diretamente do Senhor; ninguém se faz pastor, se o Senhor não o qualificar, não o preparar. Todos os que procuram de forma humana se capacitar para essa honrosa missão falham - uma prova são os tantos que estão denegrindo o Evangelho. São inúmeros os animadores de palco que poluem os templos, os criadores de doutrinas estranhas, os que lotam o templo, mas esvaziam o Reino, porque não conduzem ninguém à vida, mas levam seu rebanho à morte, porque, para ser pastor, é necessário ser solteiro, casado ou viúvo e nada mais, não existe pastor que esteja em segundo casamento, ou casado com divorciada, e nem divorciado. Também não existe pastora, ou melhor, mulher liderando templo, igreja, porque o termo é masculino. Biblicamente falando, não existe mulher pastora, isso é criação do modernismo e de outros evangelhos que não o de Cristo. E esse homem pastor tem que ser honesto, hospitaleiro, deve saber ensinar, amar as ovelhas e estar disposto a cuidar delas sempre. Pastorear quer dizer cuidar, proteger, ensinar, guiar, liderar, estar disponível, assim como uma mãe está disponível para os filhos. "Não dado ao vinho, não espancador, não cobiçoso de torpe ganância, mas moderado, não contencioso, não avarento." (1 Timóteo 3:3). Não pode ser homem violento, briguento nem cobiçoso, ou seja, não se pode estar à frente de um ministério como pastor e andar preocupado em ganhar dinheiro. O ministério de pastoreio é incompatível com a realização material, porque o pastor tem que viver disponível para o rebanho, assim, não pode se envolver com negócios deste mundo. O pastor deve ser alimentado, sustentado pela igreja, mas sustentado, e não querer viver em luxo à custa do rebanho. Existe a incompatibilidade entre pastoreio e riquezas, portanto, o pastor é o modelo de servo, porque primeiro serve o Senhor, e depois é servo de todas as ovelhas. O pastor recebe cuidados da igreja, do rebanho, recebe a sua manutenção, porque não pode se envolver com outra coisa a não ser o ministério. Pastor que quer ter outros trabalhos, funções, quer estar no mundo ganhando dinheiro, está contra a Palavra de Deus, porque desde o início o pastor não foi chamado para ter nada a não ser liderar, proteger o rebanho do Senhor, e a sua herança está no alto com o Senhor. "Que governe bem a sua própria casa, tendo seus filhos em sujeição, com toda a modéstia (Porque, se alguém não sabe governar a sua própria casa, terá cuidado da igreja de Deus?); Não neófito, para que, ensoberbecendo-se, não caia na condenação do diabo."(1 Timóteo 3:4-6). Pastor tem que liderar primeiro a sua casa, não é possível ser pastor e ter os filhos em desobediência, vícios, homossexualismo, roubos, desonestidades, badernas, filhos divorciados e em recasamentos. Não se pode falar em pastorear se não consegue pastorear a sua própria casa. Se for assim, como cuidará do rebanho do Senhor? Como poderá corrigir os de fora se não consegue corrigir os de dentro? Porque é necessário ser respeitado em toda parte e, principalmente, em sua casa. Não pode ser um novo convertido, porque, não conhecendo o Evangelho adequadamente, é fácil cair nas ciladas do adversário, e é necessário estar sempre pronto a responder aos questionadores do mundo. Portanto, é necessário que o pastor conheça bem as Escrituras, conheça com profundidade o Evangelho, para poder falar sempre e em qualquer situação sobre o mesmo, uma vez que a função do pastor é falar do Reino, e o mapa é a Bíblia.

 "Convém também que tenha bom testemunho dos que estão de fora, para que não caia em afronta, e no laço do diabo." (1 Timóteo 3:7). O pastor tem que ser modelo de referência não somente para os cristãos mas para todos, tem que ser conhecido como uma pessoa simples, pacata, honesta por todos. Todos, não somente as suas ovelhas, mas, principalmente, os de fora devem enxergar no pastor alguém em que se possa confiar plenamente, para que o Nome do Senhor não seja enlameado, e para que as pessoas citem como referência de honestidade, bondade, amor a figura do pastor, afinal, ele é representante do Reino de Deus aqui. "Da mesma sorte os diáconos sejam honestos, não de língua dobre, não dados a muito vinho, não cobiçosos de torpe ganância; Guardando o mistério da fé numa consciência pura."(1 Timóteo 3:8-9). De igual maneira deve ser o procedimento dos obreiros da casa do Senhor, porque os obreiros são os ajudantes do pastor, aqueles que têm a função de atender e até substituir o pastor no caso da sua ausência. Portanto, o pastor tem que ser criterioso na escolha dos seus obreiros, e sempre examinar a vida dos que se propõem a ser obreiros da casa do Senhor. Os obreiros têm que ser exemplos, pessoas às quais as ovelhas possam sempre recorrer em caso de necessidades, têm que ser pessoas qualificadas na Palavra de Deus. "E também estes sejam primeiro provados, depois sirvam, se forem irrepreensíveis." (1 Timóteo 3;10). É necessário que os que se candidatam a obreiros da casa do Senhor sejam examinados, provados, averiguados se realmente são praticantes da fé, porque não basta falar, é necessário ser realmente convertido ao Senhor, é preciso que tenham uma vida no altar, que sejam pessoas cuja prioridade seja servir ao Senhor. Portanto, o pastor tem que ter muito cuidado, muita responsabilidade antes de levantar ou ungir alguém a obreiro. "Da mesma sorte as esposas sejam honestas, não maldizentes, sóbrias e fiéis em tudo. Os diáconos sejam maridos de uma só mulher, e governem bem a seus filhos e suas próprias casas." (1 Timóteo 3:11-12). Assim como o pastor, o obreiro tem que ter cuidado com a sua casa, com a sua família, tem que ser solteiro, viúvo ou casado, e, se casado, tem que ter uma esposa que seja serva do Senhor, uma esposa que saiba cuidar do lar, da família, dos filhos, educando-os no caminho do Reino. Não existe obreiro divorciado, ou casado com divorciada, nem em segundo ou terceiro casamento. Ser obreiro é ser um trabalhador em prol do Reino de Deus, tem que existir fidelidade à Palavra de Deus. "Porque os que servirem bem como diáconos, adquirirão para si uma boa posição e muita confiança na fé que há em Cristo Jesus. Escrevo-te estas coisas, esperando ir ver-te bem depressa; Mas, se tardar, para que saibas como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade. E, sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade: Deus se manifestou em carne, foi justificado no Espírito, visto dos anjos, pregado aos gentios, crido no mundo, recebido acima na glória." (1 Timóteo 3:13-16). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pastor Henrique Lino 
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário