NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quinta-feira, 31 de março de 2016

SUPORTANDO OS FRACOS

"Mas nós, que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos, e não agradar a nós mesmos." (Romanos 15:1)

 Quando conhecemos o Senhor, sabendo o plano da salvação para nós, agimos de acordo com o estabelecido por Deus. Quando estamos fortes no Senhor, procuramos fortalecer os que estão mais fracos, os que estão enfrentando lutas, os que, em momentos de fraqueza, permitem que as dúvidas os assaltem. Então procuramos mostrar que o Senhor sem pecado veio ao mundo e passou por todo sofrimento e humilhação por nós, para que possamos alcançar a salvação, assim é normal e são esperados sofrimentos e lutas, porque, se somos discípulos de Jesus, seguimos os mesmos passos Dele; e se o nosso Mestre passou por tudo, é normal nós passarmos também. Temos que fortalecer os mais fracos na fé, os que vivem o engano, os que acreditam que servir o Senhor é desfrutar do melhor aqui, porque não é essa a promessa do Senhor. A promessa é de vida abundante, e isto quer dizer que é viver longamente, viver por toda a eternidade, não é viver nababescamente aqui. Temos que fortalecer os que vivem uma religião, um engano, além de viverem confusão, decepção e sofrimento, além do afastamento da verdade. Temos que fortalecê-los levando-lhes a verdade, mostrando-lhes que a vitória nossa é espiritual, e que, se perseverarmos, com certeza alcançaremos a promessa. Não podemos ficar com medo de falar a verdade com as pessoas e não sermos entendidos, compreendidos, de sermos discriminados ou perseguidos, o que temos que fazer é falar e ensinar a verdade. Não podemos ficar preocupados com nós mesmos, querendo nos proteger, ou evitar acusações, mas nos preocupar com o próximo e tirá-lo da dúvida, do engano, mesmo que no primeiro momento ele mesmo se vire contra nós. A nossa preocupação não é nos agradar, mas agradar ao Senhor, fazer o que Ele mandou, fazer a sua vontade, porque isso é demonstração de amor para com Ele, sabendo que Ele ama todos e quer, deseja, espera que também amemos o próximo como a nós mesmos, e quem ama não deixa o próximo no engano, na mentira. Temos que socorrer os que são simplesmente religiosos, mas que não praticam o Evangelho de Jesus Cristo, temos que mostrar que não vivemos mais na lei de Moisés, mas na Graça de Jesus Cristo. Vivemos não a Antiga Aliança, mas a Nova, o Novo Testamento feito no Sangue de Jesus.
 "Portanto cada um de nós agrade ao seu próximo no que é bom para edificação." (Romanos 15:2). Assim, nossa preocupação tem que ser com o próximo, em conduzir o maior número de pessoas ao Reino. Agradar o próximo para edificação, para que ele fique edificado na Palavra da Verdade, que alcance a vida eterna e abundante assim como nós, que esmurramos o nosso corpo em busca da nossa salvação, porque não nos firmamos como se salvos fôssemos, mas caminhamos todos os dias em direção a ela. Temos que entender o que a Palavra quer dizer em agradar o próximo aqui, que não é o mesmo que fazer a vontade ou falar o que a pessoa quer ouvir, e sim agradar falando-lhe a verdade e mostrando-lhe o Caminho que é Jesus. Mesmo que a pessoa não queira ouvir ou aceitar, é nossa obrigação revelar-lhe a Verdade. "Porque também Cristo não agradou a si mesmo, mas, como está escrito: Sobre mim caíram as injúrias dos que te injuriavam." (Romanos 15:3). Jesus não veio com a função ou objetivo de agradar a si mesmo, mas primeiro de agradar ao Pai e depois a todos nós. Temos que observar que os que Ele veio agradar foram os que o perseguiram, o prenderam e decretaram a sua crucificação e morte. Os que o Senhor estava agradando não entenderam e não compreenderam o agrado do Senhor e receberam com agravo, pagando com ódio àquele que estava lhes dando amor, condenando à morte aquele que trouxe Vida. Mas o Senhor veio para agradar, e nós temos obrigação de praticar o mesmo e sempre, todo o tempo, falar sobre o Evangelho como Ele é, e não palavrinhas bonitas de incentivo. Temos que exortar, admoestar, mostrar a verdade, chamar ao arrependimento, à conversão, à prática da santificação, para que possam alcançar a salvação. Mesmo que sejamos apedrejados, discriminados, temos que agradar a todos, mesmo que não entendam o nosso agrado. "Porque tudo o que dantes foi escrito, para nosso ensino foi escrito, para que pela paciência e consolação das Escrituras tenhamos esperança." (Romanos 15:4). De tudo o que está na Bíblia, de tudo o que o Senhor nos deixou é para fazermos uso, portanto é necessário ler, estudar e, principalmente, colocar em prática o que aprendemos. Não podemos viver uma emoção ou tentar acrescentar algo, nem diminuir, mas simplesmente viver o Evangelho. Assim, por mais duro e difícil que seja, temos que vivê-la como ela é.
 "Ora, o Deus de paciência e consolação vos conceda o mesmo sentimento uns para com os outros, segundo Cristo Jesus, Para que concordes, a uma boca, glorifiqueis ao Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo." (Romanos 15:5-6). Que Deus dê entendimento para que possamos compreender a sua Palavra e colocá-la em prática, sem ficarmos preocupados com o que possa nos acontecer. Que aprendamos a amar o próximo como a nós mesmos, da mesma maneira que Jesus amou a todos nós. E que muitos venham concordar em viver o Evangelho de Jesus, e não esses vários evangelhos paralelos que conduzem à morte, porque como cristãos devemos simplesmente obedecer ao Senhor e glorificá-lo todo o tempo, sabendo que é o nosso dever agradar-lhe em tudo, porque somos simplesmente servos, e servos servem ao seu Senhor. A nossa consolação vem do Senhor; quando sabemos que estamos fazendo a sua vontade, sabemos que estamos sendo amados e somos esperados no seu Reino. "Portanto recebei-vos uns aos outros, como também Cristo nos recebeu para glória de Deus." (Romanos 15:7). Assim, temos o dever de receber a todos como Jesus nos recebeu, como queremos que Ele nos receba. E conhecemos como o Senhor nos recebeu, foi ensinando, mostrando o seu Poder, foi curando nossas feridas, foi exortando, e nos chamando à conversão. Jesus se entregou por nós, assim também devemos aprender a praticar a amor sacrificial e nos entregar pelo próximo. Assim exorto a todos que sejam discípulos de Jesus, que andem como Ele andou, que vivam como o nosso Mestre, e pratiquemos o amor, que estudemos o Evangelho e, fundamentalmente, o pratiquemos. "Digo, pois, que Jesus Cristo foi ministro da circuncisão, por causa da verdade de Deus, para que confirmasse as promessas feitas aos pais; E para que os gentios glorifiquem a Deus pela sua misericórdia, como está escrito: Portanto eu te louvarei entre os gentios, E cantarei ao teu nome." (Romanos 15:8-9). Somos ministros de Cristo, como Jesus foi o ministro de Deus, da circuncisão, para trazer a salvação a todos nós, que éramos ímpios, que estávamos afastados e sem possibilidade de salvação. Assim, temos a obrigação de levar a mesma mensagem, o mesmo amor a todos, para que todos também tenham o conhecimento dessa verdade. Todo o tempo louvemos e exaltemos o Senhor, glorifiquemos o Senhor, que nos deu a salvação e nos fez seus ministros, para que possamos levar essa verdade a todos. "E outra vez diz: Alegrai-vos, gentios, com o seu povo. E outra vez: Louvai ao Senhor, todos os gentios, E celebrai-o todos os povos."(Romanos 15:10-11). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino
Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário